História Contos passados - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 0
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


—Espero encontrar algum jeito de quebrar logo este feitiço...

Capítulo 50 - A droga do amor


Fanfic / Fanfiction Contos passados - Capítulo 50 - A droga do amor

Passei correndo pelo portão de casa,e entrei dentro dela,meu pai logo percebeu minha agitação e veio falar comigo:

—Saki?! O que foi?! O que aconteceu?!??

—Pai(eu estava bem ofegante)—Tá acontecendo alguma coisa comigo,eu não sei explicar o que é!

—Calma,vamos por partes.

Nós nos sentamos no sofá e ele foi me acalmando aos poucos.

—Agora,me conte,o que tá acontecendo?

—Eu fui treinar naquela antiga quadra, como eu havia te falado,mais só que,depois de uns minutos,algo tomou conta de mim,eu não sei dizer bem o que era,mais ela disse que era a minha "outra versão",só que,sua aparência era um pouco parecida com a minha,mais o seu modo de pensar era diferente!

—(ele me olhou)—Você tem certeza que isso foi real?

—Sim,foi real! Ela assumiu o controle e fez a quadra desmoronar!

—O que?! Pera aí, tá me dizendo que tem algo controlando você?!

—SIM!

—Saki me diz uma coisa,você não acha que isso pode ser as transformações ou até mesmo os efeitos do seus olhos?

—Mais eu não consegui testar isso para ter certeza,cidaddposso saber se é ou não?!

—Se acalme,vai ficar tudo bem...(ele desviou o seu olhar,eu havia o deixado preocupado)—Eu quero que você vá descansar um pouco está bem? Você não tá bem ainda...

—...

Como eu não conseguia controlar a minha magia?! Eu estava envergonhada de mim mesma.

Tanto esforço...

—Amanhã eu vou treinar com você, mais eu quero que você descanse hoje. Eu vou falar com o Dara mais tarde...

—Tá...(eu me levantei do sofá desanimada e desesperançosa)

Subi as escadas,e logo depois,eu realmente percebi que eu estava tensa:

Se acalme,se acalme,se acalme... Vai ficar tudo bem,vai ficar tudo bem...

Entrei no quarto e me sentei na cama,minhas mãos estavam inquietas,minha respiração estava acelerada,eu não conseguia relaxar...

Mais que droga!!! Eu tenho que me acalmar,por que isso está sendo tão difícil?!!

Me levantei e comecei a andar em círculos,estava pensando em tudo que havia acontecido. Alguma coisa estava saindo fora do normal,ter pensado que o Yuto pode ter mata- Não,ele nunca faria isso!

Como você pode ter tanta certeza disso?

Aquela garota começou a andar em minha mente,ela estava andando em círculos seriamente também:

Por que ele é meu amigo!(eu a encarei)

Qual é? Cai na real,se ele fosse realmente o seu amigo,não teria de abandonado aqui,amigos de verdades não fazem isso.

ELE TEVE SEUS MOTIVOS!(eu comecei a me afastar dela,estava com medo)

Será que teve mesmo?(ela começou a olhar suas unhas)Então,me dê um dos motivos dele!

E-Eu.... MESMO ASSIM,ELE NÃO FARIA ISSO!

Saki,sempre tão inocente,isso me irrita(ela olhou para mim de novo) E não percebe que ele está só te usando.

O que você quer dizer com isso?!

Não hahaha,eu não vou te contar...

Você vai me falar agora MESMO!(eu me aproximei dela)

Eu não quero te deixar magoada pobre Saki.(ela disse que ironia)

SUA-(eu estava indo para ataca-lá,mais ela me parou)

Certo,certo,mais lembre-se,foi você que pediu.

....

Ela usou a magia e começou a me mostrar tudo que havia acontecido na terceira dimensão, o Yuto com uma garota desconhecida,muitos próximos,e o jeito que ele falava com ela,como a tratava... Por fim,uma festa que mostraria ele a-beijando,mais ela encerrou o fluxo da magia,acabando com o feitiço.

Então,satisfeita com o que viu?

!!!!!

Eu não queria acreditar,não podia ser verdade,mais tudo parecia tão real,meus olhos estavam com lágrimas, e eu estava contendo a raiva e meus punhos estavam cerrados.

O que foi? Perdeu a confiança no seu "melhor amigo"?

Grrrr...(eu me sentei no chão com as mãos na cabeça)

Oh,por favor,assim você me deixa de coração partido!(ela veio caminhando)

SE AFASTE DE MIM!(eu lancei um feitiço contra ela)

OK(ela se defendeu)Por hoje já chega,até outro dia...

Quando acordei estava deitada no chão,já estava de noite,o dia havia passado enquanto falava com ela.

Será que é tudo verdade o que ela me disse? Será que o Yuto poderia mesmo fazer isso?(abri a porta furiosa)

Comecei a descer as escadas,e nem percebi que estava sozinha em casa,meu pai havia me dito que iria no Dara mais tarde,então imaginei isso depois de um tempo. Estava apenas eu e a Cogumela, ela estava tão grande,lembrei do dia que o Yuto a me deu...

Como você pode...(me sentei no sofá passando as mãos nela).... Talvez eu esteja errada,ele é livre para fazer o que quiser,ele não tem namorada,pelo menos era o que eu pensava até a pouco.(me senti triste)

Que saco...(afundei a cara na almofada)

Segundos depois,eu escutei alguém abrindo a porta,era o meu pai:

—Tadaima.

—Okaeri...(levantei a cabeça,disfarcei o olhar)

—Tudo bem com você? Descansou?(ele trancou a porta e veio caminhando até mim)

—Sim...

—Bem,é...- Eu trouxe isso para você. (Ele me entregou um saco com alguma coisa dentro)

—O que é?!? O que é?!!

—Bom,abra!

Eu comecei abrir,eram os famosos dangos da cidade:

—Owwww!!! Obrigada pai!!!!

Eu abracei meu pai,e logo depois,eu e ele devoramos aquele doce,rimos durante isso.

Fazer aquilo,foi divertido,nos afastou um pouco te todas as tensões daqueles últimos dias,pareciam ter desaparecido... Foi bom esquecer um pouco tudo aquilo.

Terceira dimensão

12:46 PM

Eu estava lutando contra o sono,passei o resto do dia no quarto estudando aquele idioma desconhecido,não havia encontrado nada,meu quarto estava espalhado de livros, mais nem um deles dizia sobre o idioma.

Ou seja,foi tudo em vão! Que raiva!(joguei o livro com força em cima da cama)

Caramba,onde é que eu vou achar isso!? Quanto mais o tempo passa,mais tempo eu perco!(estava na janela)

Ultimamente as coisas tem sido surreais,tudo tá acontecendo tão rápido... Eu estou tão longe de quem eu realmente deveria estar perto... E o Kentaro... Todos na vila... Eu realmente não pensei naquela hora o que fazer,era a vila,ou ela... Eu vou enfrentar isso de que jeito?! Eu tô tão cansado... Eu acho que... Eu vou... Dormir...

Eu deitei na cama,e não me lembrei de mais nada naquele momento.


Território do Nagano,12:52 PM,castelo principal:

Eu estava andando até a sala do Yuzimaru,o clima estava pesado,e o dia da revelação estava chegando,todos estavam concentrados apenas nisso,mais algo me preocupava,e era o poder daquela garota. Estava passando pelo corredor,no fim,eu vi a porta do seu escritório, os guardas mostraram sinais de reverência para mim,e me deixaram entrar:

—O que está fazendo acordado uma hora dessas?(ele não olhou para mim, estavam lendo alguns rótulos de feitiços)

—Você sabe,eu nunca posso descansar assim facilmente. Sempre tem alguma coisa há mais para fazer.

—Sim eu sei,no caso,o que deseja?

—(eu me sentei)—É a garota.

—Hmm,o que foi? O que aconteceu com ela?

—As três transformações, os olhos,ela despertou isso.

—Quando?(ele se levantou,parecia interessado)

—E tem mais,as transformações dela não parece serem normais,tem um grau de magia muito alto,eu senti quando ela manisfestou.

—Hmm,interessante,não esperava menos da filha do Yan,ela é habilidosa,mais tem um problema em controlar sua magia... Isso pode ser vantajoso para nós.

—Não sei bem ao certo,e se ela conseguir controlar a sua magia? Pode ser um pouco difícil traze-lá para cá...

—Nada que você não dê conta,Nagano.

—(suspiro)—Sim.

—Tem mais alguma coisa para relatar?

—Não,nada mais.

—Então(ele se sentou novamente)

Me levantei,parecia que tudo que eu havia dito,não havia feito diferença alguma.

Mais que saco!! Essa garota também... Por que ela-(o seu sorriso veio na minha mente) O que?!!!.... Pare de pensar idiotices.

Entrei no meu quarto,me deitei na cama,e me concentrei em dormir... Mais não conseguia, ela não saía da minha cabeça...

É sério isso?(literalmente me entreguei aquilo,desistindo completamente)

Essa garota conseguiu me enfeitiçar... Não me sentia assim desde que a Elaine...- Não-Que se dane ela a Elaine! Ela preferiu o Kentaro... Grr...(cerrei os punhos)

Amanhã seria um novo dia,novas aventuras estariam por vir...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...