1. Spirit Fanfics >
  2. Contra as Regras >
  3. Capitulo I

História Contra as Regras - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam cada detalhe, assim cada vez mais, se sentirão dentro da História, explore a sua imaginação até que ela se esgote, Boa leitura.

Capítulo 1 - Capitulo I


Fanfic / Fanfiction Contra as Regras - Capítulo 1 - Capitulo I

Em uma noite fria qualquer, eu tinha recém debutado, ou seja, completado 15 anos. Estava tudo tranquilo como sempre, eu não notava nada de mais.

Até que em uma noite em que eu disse aos meus pais que estava cansada, consegui escuta-los, conversando com algo que me deixou um pouco angustiada, e nervosa ao mesmp tempo, sensação horrível.

- O que iremos fazer agora?

- foi você que decidiu fazer isso! Foi você que colocou sua família no lixo!

-você sabe que eu jamais faria isso!

-eu Sinto nojo em ficar na mesma cidade que você, irei para Austin em algumas semanas.

- Jasmine, e oque faremos em Questão a S/N?

-ela tem idade e Maturidade total para decidir, deixe que ela devida.

Eu fiquei ali paralisada por um tempo, todos sabemos que na maioria das vezes temos mudanças, mas eu nunca imaginei que seria agora, ficava me perguntando, como não percebi nada? Como tudo isso acontecia diante de meus olhos, e era como se eu só quise-se enxergar o meu Conto de Fadas que havia em minha cabeça.

Eu apenas sentei em minha cama, e acabei desabando no choro. Minha mãe devia ter ouvido, pois entrou no quarto para checar o que acontecia.

Jasmine: Querida eu sinto muito mesmo, não queria que soube-se dessa forma, eu juro, te garanto que tudo ira se encaixar...

Ela me abraçou, e instantâneamente eu parei de chorar, foi como se pela primeira vez, um abraço tornaria as minhas emoções totalmente diferentes.

/passagem/_

Meu pai havia se mudado para Forks, e minha mãe como dito, estava em Austin.

Eu ficava indo de lá para cá, e de cá para lá, e isso me fez ter notas vermelhas no ensino Médio. 

Quando me formei no Último ano do Ensino Médio, decidi testar uma faculdade em Forks, já que por questões de mamãe, eu nunca tive oportunidade de estudar em uma escola de lá. 

Papai sempre parecia culpado por algo, e eu nunca sabia o que era, ele ficava estranho toda vez que eu tocava sobre a cidade onde morava-mos. 

S/N: Papai, ando notando isso a tempo, porque fica estranho ao tocar no nome de Seattle?

Charlie: É uma questão pratica, a partir de lá, tudo mudou...

S/N: Sei que pode explicar melhor...

Charlie: Trai sua mãe, me sinto ferido em saber que um simples ato que tomei por impulso, tornou a nossa vida tão miserável.

Meu pai se alevantou com um tom alto, não devia ter tocado nesse assunto.


Notas Finais


Eu irei concertar alguns erros eu juro, tento dar o meu melhor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...