História Contratempo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Lay
Tags Baekxing, Dia Das Crianças
Visualizações 30
Palavras 488
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só pra não deixar passar em branco~

Feliz dia das crianças sz

Capítulo 1 - Capítulo Único


“—Não Yixing, você está fazendo errado! —As mãozinhas soltaram o emaranhado de flores ao lado dos pés, e se esticaram para unirem-se com as do amigo. —Você não pode quebrar o caule delas, senão elas não ficam.

Tomou a pequena coroa das mãos do outro e rapidamente substituiu as flores quebradiças, colocando novas recém-arrancadas no lugar. Logo passou a trança-las lenta e cuidadosamente, como se cuidasse de um animalzinho ferido. Porém, o outro menino ao lado, não prestava atenção alguma aos enlaçados de pétalas e caules, apenas velava apaixonado o mais novo concertar sua —falha—, tentativa de fazer uma coroa de flores.

—Viu? —Baekhyun ergueu a coroa finalizada na altura dos olhos de Yixing, e riu brevemente ao ver que o mais alto se assustou com a ação repentina, colocou o pequeno adereço nos cabelos negros e sorriu com o resultado. Servia como uma luva. —Você é bem avoado, né?

—Desculpe, é que você… —Engoliu à seco, um pouco nervoso com o que diria em seguida. —É que você é tão bonito, Baekhyun.

As bochechas coradas de ambas as crianças conseguiam deixar a cena mais adorável, um riso nervoso escapou dos lábios de Baekhyun, que logo retribui o olhar encantado para o mais velho.

—Sabe, quando eu me tornar rei, você será meu duque, e eu farei questão de te ver no castelo todos os dias. —O mais novo sorriu sonhador, se animando com a ideia. —Vai ficar para sempre comigo, não é Yixing?

—Claro que vou!

—Jura de mindinho? —Estendeu o dedinho para o amigo.

—De mindinho! —Entrelaçou o seu com o semelhante e sorriu, sendo prontamente acompanhado pelo mais novo.”

Baekhyun abriu os olhos um pouco zonzo, sentindo que poderia vomitar a qualquer momento. Olhou em volta e reparou que as luzes estavam apagadas, deixando somente a luz natural da Lua iluminando o quarto. Tentou se levantar, mas o corpo exausto não tinha forças para se despedir do aconchego da cama e das cobertas quentinhas.

—Droga.

Ouviu um murmúrio baixinho ao seu lado, que logo se transformou em um resmungo incompreensível. Sentiu braços esguios entrelaçarem sua cintura e suspirou, o perfume do outro logo lhe acalmando como um antídoto natural.

—Tive um sonho estranho.

—Hm… Com o que? —Yixing perguntou ainda um pouco grogue de sono.

—Com nós dois. —Suspirou. —Mas, nós não éramos nós, éramos crianças e eu era um príncipe.

Yixing sentiu o sangue gelar nas veias, e o suor aos poucos passou a se acumular nas têmporas.

—Que sonho… Esquisito. —Forjou uma risada um tanto sarcástica. —É melhor voltar a dormir, ou vai perder o sono.

—Tem razão. —Sorriu, e logo após alguns instantes já retornava aos braços de Morfeu.

O vira-tempo pesou nos bolsos de Yixing, bem como as lágrimas que insistiam em tomar-lhe os olhos e acalentar-lhe o peito, fungou baixinho tentando não acordar o mais novo, aproximando-se mais para um abraço caloroso.

—Para sempre, Baekhyun, para sempre. —Sorriu.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...