História Contrato De Casamento - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Visualizações 102
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Capítulo XVIII


     Justin Bieber point of view


     Fiquei puto ao ver ele aqui. Quem esse desgraçado pensa que é pra vir aqui dessa maneira depois de ter se juntado com Kate e Jaxon?

- O que porra você quer aqui? -
perguntei travando o maxilar.

- Eu quero ajudar, e você não vai conseguir salvar Elizabeth e seu filho sem a minha ajuda.

- E porque caralhos eu deveria confiar em você? - perguntei.

- Porque sua família depende disso. Fique contra mim e tenha certeza que nunca mais verá eles. Eu sou sua única chance. - ele disse e eu respirei fundo.

- Entre.

     Com policiais armados apontando para ele, fiquei mais tranquilo de que aquilo não era uma armação e deixei que ele falasse.

- A casa onde Elizabeth é da minha família. Era o único lugar realmente seguro para levar ela sem que ninguém a encontrasse. Inicialmente meu plano com Jaxon era só causar susto em vocês, mas Kate o procurou e ele cedeu, já que ele é apaixonado por ela. Ela convenceu ele a se vingar, pegar o filho de vocês para criarem juntos e pedir um resgate milionário, além de fazer você abrir mão da empresa, fazendo você acreditar que teria Elizabeth de volta, mas eles vão matar ela em seguida e eu garanto que Kate vai dar um jeito de se livrar de Jaxon para vir atrás de você, que ela realmente "ama" e vai usar seu filho para conseguir isso. - ele falou tudo de uma vez e tudo fazia sentido.

- E como eu posso ter certeza que é verdade?


- Porque eles estão fazendo Elizabeth sofrer. Eu saí de lá há pouco tempo, vi quando Kate mandou o vídeo pra você. Depois do vídeo ela ficou com raiva por ver o quanto você se importa com Eliza e lembrou que você disse que ela não pode fazer esforço. Bieber, ela botou Elizabeth pra carregar peso, trabalhar, limpar aquele lugar imundo e ainda bateu nela. Eu saí de lá porque ela pediu para que eu viesse conseguir informações sobre o que você estava fazendo, mas mesmo que você não acredite eu amo de Eliza e não quero que ela se prejudique, mesmo que isso inclua me aliar a você.

     Olhei sério para e respirei fundo, buscando paciência. Eu não tinha saída. Ninguém conseguiu pensar num plano realmente bom pra salvar Eliza e meu filho. Fui para o quarto e me joguei na cama, fechando os olhos.
     A porta foi aberta e minha mãe entrou, sentando ao meu lado. Coloquei a cabeça no seu colo e ela deu um leve sorriso para mim.

- Justin... Eu posso lhe dar um conselho? - ela perguntou olhando nos meus olhos.

- Sim. - falei, me sentando de frente para ela.

- Sei que você tem motivos para não confiar nesse rapaz, mas pense na sua família. Se ele estiver falando a verdade, você poderá levá-los, e se não estiver, você vai saber o que fazer depois, mas não se deixe arrepender por não ter tentado de tudo por eles. - ela disse e saiu do quarto antes que eu pudesse responder.

     Ela está certa. Eu preciso tentar de tudo. Agarrar todas as chances de salvar minha família.
     Fui para a sala e encarei o homem na minha frente, ainda cercado por policiais armados.

- Eu aceito.

Elizabeth Forbes point of view


     A porta do quarto foi aberta e Kate entrou. Ela me puxou, fazendo eu me levantar e parou na minha frente em seguida. Eu ainda estou com as mãos e a boca amarrada. Não comi nem bebi nada também. Sem aviso prévio, ela deu um tapa no meu rosto. E em seguida deu mais um, e mais um, e mais um. Até que eu caí de joelhos, mas ela continuou. A essa altura eu já estava chorando novamente.

- Sabe o por que de tudo isso, minha cara Eliza? - ela perguntou, segurando o meu rosto. - Eu mandei o vídeo para Bieber e liguei para ele, ele está tão preocupado com você que meu ódio e nojo só aumentaram, e toda vez que eu ficar assim, é em você que eu vou descontar.

     Ela mandou um cara me levar para a sala e ele saiu me arrastando. Chegando lá ele me levantou e ela me guiou até um espelho, fazendo eu me encarar. O canto da minha boca estava sangrando e minha sobrancelha também. Meu rosto estava vermelho e inchado, meus cabelo bagunçados.
Ela se afastou e pegou um balde com produtos de limpeza e colocou ao meu lado.

- Vou soltar você, mas não tente fugir nem aprontar nada, e se você falar alguma coisa você vai apanhar novamente, mas dessa vez na barriga. Limpe tudo. - ela disse e me desamarrou.

     Comecei a fazer o que ela tinha dito antes que ela fizesse algo que pudesse prejudicar meu bebê. Ela foi para fora da casa mas pude ouvir uma conversa.

- Jaxon, dê um jeito de arrumar alguma coisa pra ela comer e alguma roupa também, ela não vai voltar para lá nem tão cedo. Lucas, vá até a cidade e procure informações sobre Bieber.

     Lucas e Jaxon estão com ela? Ouvi o barulho de um carro saindo e logo voltei a limpar as coisas.
Quando terminei, já não aguentava mais fazer nada. Fui para o quarto e me deitei passando a mão na barriga. Não conseguia mais chorar, já tinha feito isso demais. Fechei os olhos tentando ter um minuto de paz antes do caos, mas isso é sempre impossível.

- Lavente! Eu não deixei que você deitasse. - Kate disse parada na porta do quarto.

- Por favor, eu não aguento mais isso. - falei, tentando me levantar e não obtendo sucesso.

- Não quero saber, venha. - ela falou me puxando pelo braço.

     Ela me levou até um banheiro e me entregou uma sacola com uma toalha e roupas limpas.

- Tome banho e se vista. Você tem 5 minutos para sair daí, caso contrário virá nua mesmo, aposto que meus amigos irão gostar. - ela falou e me deixou sozinha. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...