História Contrato De Casamento - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Visualizações 266
Palavras 992
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 29 - Capítulo XXIX


     Justin Bieber point of view


"- Eu aceito."

     Lucas olhou surpreso pra mim e deu um suspiro relaxando. Não sei onde eu estou com a cabeça ao fazer isso, mas foda-se.

- É o seguinte: eu terei que voltar para lá com informações. Vou dizer a ela que ouvi de alguém que você levantou o dinheiro que ela pediu e está agoniado querendo se comunicar para fazer a troca. Vou dizer também que você deu entrada na documentação abrindo mão da empresa, e enquanto isso dê um jeito de arrumar um documento falso que pareça completamente legal. Você vai encher as malas com dinheiro falso, como ela pediu. Direi a ela que você não envolveu a polícia e ela vai acreditar porque confia em mim. Vou tentar convencê-la a fazer a troca lá mesmo, mas saiba de uma coisa: ela não vai querer entregar Eliza, ela vai matá-la. Mas eu tenho um plano pra livrar ela. Vou precisar fazer um mapa do lugar e trazer para vocês. A polícia terá que ficar escondida. Ela vai ligar hoje quando eu voltar, vou tentar fazer a troca daqui a dois ou três dias. - ele disse e eu o olhei incrédulo.

- DOIS OU TRÊS DIAS? TÁ MALUCO, PORRA? - gritei partindo pra cima dele mas Ryan me segurou.

- Sim, só vou poder voltar com o mapa amanhã e teremos que planejar tudo certo sem correr o risco de sermos pegos também.

- Cara, ele tem razão. - Ryan falou.

- .

     Voltei minha atenção para o delegado dizendo para que deixasse Lucas sair e assim ele fez.

Elizabeth Forbes point ir view


     Cinco minutos. Ela é um ser humano desprezível. 5 minutos. Tomei banho o mais rápido que pude e comecei a me vestir novamente. Coloquei as roupas íntimas que ela trouxe e vesti o short e a blusa em seguida. Sequei meus cabelos com a toalha e saí, encontrado a mesma sentada numa cadeira olhando o celular. Quando notou minha presença largou o mesmo e me olhou sério.

- Até que você foi rápida. - ela disse com desdém.

- Sim. - falei baixo.

- Não dirija a palavra a mim, sua imunda. Vá para o quarto. - ela falou e assim eu fiz.

     Chegando lá, me deitei e fiquei encarando o teto. Eu estou acabada. Cansada, com dores horríveis, fome, frio (ainda mais com essa roupa minúscula que ela me deu). Estou com medo de Justin não nos achar, de não sair daqui com meu filho. Passei a mão na barriga e fazendo carinho ali. Comecei a sentir dores mas tentei me manter calma.

- Quando eu soube de você, eu fiquei completamente assustada, não quis que você nascesse por motivos errados e me arrependo. Mas agora eu não quero que você nasça pelo motivo certo, temos que esperar seu pai, meu amor. Você tem que aguentar até ele chegar. A mamãe sozinha não vai conseguir proteger você. Seu pai é a nossa força. Eu amo você mais que tudo nesse mundo, ajuda a mamãe, tá bom?

     Comecei a respirar fundo pra ver se melhorava e com o tempo melhorou. Ouvi a porta ser aberta e um homem encapuzado passou por ela. Ele tinha uma bandeja nas mãos, com algumas comidas em cima. Ele trancou a porta e veio até mim tirando o capuz.

- Por que você está fazendo isso? Por que está com eles? - perguntei vendo que era Lucas.

- Fale baixo, ninguém pode saber que sou eu aqui. - ele disse sussurrando. - Eu vou ajudar você, já estou ajudando o Bieber a chegar até aqui com um plano, então não me encha o saco com perguntas, porque se eu tiver que escolher um lado com certeza não será o seu. Eu só não quero que você e o bebê morram, porque é exatamente isso que vai acontecer, mas Kate não tinha me contado dessa parte do plano. Eu só sabia que ela ia pedir resgate e algumas coisas em troca. Coma isso, ela saiu mas já está voltando. Coma rápido.

     Eu estava em choque com tanta informação, mas o obedeci, estava morrendo de fome. Peguei o pão que tinha e comi rapidamente e tomei o suco que ele havia trago. Não foi suficiente, mas pelo menos aliviou um pouco.

- Por que você fez isso? - perguntei baixo.

- Porque eu queria me vingar. Bieber tirou minha mulher de mim, o amor da minha vida, é meu maior rival na indústria musical. Eu estava fora de mim. - ele disse.

- Mas pra isso você não precisava me usar, ainda mais com um filho na barriga. - falei e ele me olhou arrependido.

- Agora já foi, eu quis fazer parte disso, mas porque eu achava que você iria sair intacta daqui, mas Kate mudou os planos e decidiu matar você e eu não concordo, por isso vou ajudar, mas tenha paciência. - ele disse e saiu do quarto.

     Espero que ele esteja falando a verdade e ajude Justin a nos resgatar. Me deitei novamente e me deixei vencer pelo cansaço, dormindo.

Justin Bieber point of view


     Depois que Lucas saiu, o delegado e os policiais foram embora. Minha mãe foi com Marie para o quarto e acho que adormeceram. Fui para o escritório e me joguei na poltrona. Ryan entrou e sentou na cadeira em frente a mesa. Colocou whisky pra nós dois e me encarou.

- Eu sei que a situação tá difícil, mas estressado assim você não vai resolver nada, Drew. - Ryan falou e eu o encarei.

- Eu sei, foi mal ter ido pra cima de você na delegacia. - eu disse.

- Tranquilo. Você sabe que pode contar comigo. Mas descanse um pouco, Eliza e seu filho vão precisar de você bem disposto amanhã. - ele disse e saiu.

     Eu continuei tomando meu whisky e depois fui para o quarto. Me deitei do jeito que estava e acabei adormecendo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...