História Contrato De Casamento ( imagine Castiel) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Kentin, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Tags Contrato De Casamento
Visualizações 144
Palavras 1.833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiiiiiiiiiiiiiii meus amores! estou de volta com mais um capitulo!
gente muito obrigada por tudo! amo vcs!
bora ler?

Capítulo 32 - Trinta e Doisssssss!


Fanfic / Fanfiction Contrato De Casamento ( imagine Castiel) - Capítulo 32 - Trinta e Doisssssss!

                                                     P.D. Castiel

A Debrah está impossível hoje , ela está mim puxando para MEU quarto.

Debrah: vem logo gatinho – meu pensamento está na S\n no que quase rolou entre nós e o beijo com o otario do meu primo. Entramos no meu quarto - vem gatinho vamos nós divertir um pouquinho – se divertir?   - – que tal tomarmos um bainho antes? Para relaxarmos – respiro fundo e a olho nós olhos.

Castiel: deixa eu te explicar uma coisa Debrah eu não quero transar com você – ela nega com a cabeça.

Debrah: o que aconteceu gatinho? Eu sempre fui a prioridade na sua vida e sempre que eu te chamava você ia e passávamos momentos maravilhosos...lembra? – respiro fundo e sorrio.

Castiel: desculpas Debrah mais aquele tempo passou... eu amo outra e você sabe bem disso – ela cruza os braços irritada.

Debrah: mais você vai ficar comigo, e se você me deixar sabe bem o que vai acontecer comigo e você vai se sentir culpado pelo resto da vida – essa garota está me irritando! Ela sai batendo os pés... me jogo na cama e fico olhando pro teto, olho de lado e vejo o lugar onde a S\n dormia e passo a mão no travesseiro. Sinto tanto a falta do meu bebe o seu cheiro ainda está nesse quarto, como se ela nunca tivesse saído daqui. Se ela soubesse que não coloquei ninguém no seu lugar, não quero outra onde ela dormia, onde nós amemos um dia.

                                                               P.D.S\n  

O Castiel está deitado na cama e estou um pouco mais tranquila por dois motivos, um por que ele não transou com a Debrah pelo menos não agora,  e segundo porque  tive a sorte deles não me pegarem aqui, o que eu iria dizer?

Castiel: S\n? – falei cedo demais – o que você está fazendo aqui no meu banheiro? – me ferrei  - você viu o que acabou acontecer? – o jeito é negar tudo.

S\n: uma pergunta por vez Castiel – ele cruza os braços e sorri – eu vim procurar meu pingente que é de herança de família  e não sei do que estás falando, faz tempo que você está no seu quarto? – ele sorri e nega com a cabeça – er... se você ver meu pingente me devolva por gentileza, então era só isso – vou saindo do banheiro quando ele segura meu braço e me puxa contra ele.

Castiel: fica – o olho dentro dos seus olhos cinzas -  pela a ultima vez S\n – nego com a cabeça – não faz isso S\n eu realmente sinto sua falta – respiro fundo e ele vai encostando o seu  rosto do meu e vou fechando os olhos.

Debrah: Castiel! – ele se afasta de mim – o que essa coisa está fazendo aqui? – reviro os olhos, eu não preciso ouvir isso... olho para o Castiel e desvio o olhar.

Castiel: me deixa Debrah... S\n – me viro o saio sem olhar para nenhum dos dois. Como sou burra me deixar levar assim! S\n foco! Vou descendo rápido, estou com tanta raiva que não vejo nada na minha frente, quando esbarro em alguém, que me segura pela cintura olho para frente cima e vejo que é o Ken que sorri.

Ken: oi? – sorrio e me ergo, ele continua com as mãos em volta da minha cintura.

S\n: oi e obrigada – ele sorri e só a sente, me puxa contra seu corpo e sem falar uma palavra me beija e claro o retribuo.

************************** domingo**********************************

O Ken e eu  estamos ficando, o Castiel odiou a ideia de me ver com outro mais eu não me importo já que ele não liga mesmo para meus sentimentos. E para falar hoje a Iris organizou uma festinha na piscina. Estou terminado de me arrumar. A Iris entra no quarto.

Iris: nossa o Ken vai pirar em gata – nego com a cabeça e ela sorri – meu irmão não está bem, ele está chateado por esse seu romance com o Ken.

S\n: não é um romance Iris, a gente só está ficando e além do mais seu irmão está com a Debrah – ela rir e nega com a cabeça.

Iris: vocês parecem crianças, se amam e ficam se torturando dessa forma. – ela dá um beijo em minha bochecha – vamos descer – assinto  visto um short e fomos para a sala onde todos estavam na sala.

Ken: oi gata – ele dá um sorriso malicioso e me puxa contra seu corpo – você está maravilhosa  - me dá um selinho, me afasto e sorrio para ele. Olho na minha frente e vejo o Castiel me olhando de forma fria e desvio o olhar.

Vih: estou morrendo de vontade de ir para piscina.

Lysandre: então vamos amor – os dois são tão fofos juntos.

Armin: bora para piscina meu povo – o Ken pegou em minha mão e saímos de mãos dadas, sinto o olhar do Castiel queimar sobre  mim.

Iris: vamos ter musica ao vivo – sorrio e um homem com um violão começa a cantar. Me sento na beira da piscina e o Ken senta ao meu lado.

Ken: está tudo bem? – sorri e assinto – você vai tomar banho de short?

S\n: vou tirar quando eu for entrar na piscina – ele sorri e me beija.

Debrah: olha só o casalzinho que fofos – me largo do Ken e olho para ela que está perto do Castiel que está olhando com um olhar triste.

S\n: vai cuidar de sua vida garota, vem Ken – me levanto e pega na mão do Ken e fomos para perto do homem que estava cantando. Me aproximo do cantor – posso cantar? – ele me olha surpreso e assente.

Cantor: quer que eu toque o que? – sorrio, ninguém sabe mais que canto e toco muito bem.

S\n: pode deixar eu mesma toco  - ele se levanta e me entrega o violão todos me olham surpresos , sorrio e vejo a Debrah com um sorriso sínico no rosto... aposto que ela não faz a mínima ideia que  sei cantar, me aproximo do microfone e sorrio – gente vou cantar “planos impossíveis” da Manu Gavassi, amo realmente essa musica – limpo a garganta e começo a toca as primeiras notas, logo a Debrah fecha o sorriso, começo a cantar.

                                   Uma semana sem te ver

Eu já sabia que isso ia acontecer

O tempo passa eu fico mal

É ilusão achar que tudo está igual

Você apareceu pra mim

Não posso evitar me sentir assim

 

O que eu faço pra escapar

Dessa vontade que eu tenho de falar

Toda hora com você

Faço planos impossíveis pra te ver

Mas pra mim são tão reais

O que aconteceu eu não me lembro mais

 

Eu poderia escrever mil canções só pra você

Poderia te falar meus motivos pra gostar tanto de você

Me diz quando a gente vai se ver

Pra eu poder te abraçar

E tentar te explicar

A falta que você me faz

Eu não aguento mais

Ficar tão longe de você

 

Você me diz que não tá bem

Que não para de pensar em mim também

Agora antes de dormir

Por dois segundos, eu consigo até sorrir

Porque essa complicação

Distância é o fim pra quem tem coração

 

Será que eu devo te dizer

Que eu quase choro, quando falam de você

Mas eu consigo segurar

Pra ter certeza, que ninguém vai reparar

Que eu tô cada vez pior

E a saudade em mim é cada vez maior

 

Eu poderia escrever mil canções só pra você

Poderia te falar meus motivos pra gostar tanto de você

Me diz quando a gente vai se ver

Pra eu poder te abraçar

E tentar te explicar

A falta que você me faz

Eu não aguento mais

Ficar tão longe de você

 

E eu nem sei se algum dia eu já me senti assim

Eu nem me lembro de querer alguém

Como eu quero você pra mim

E é por isso que eu vou te dizer

 

Eu poderia escrever mil canções só pra você

Poderia te falar meus motivos pra gostar tanto de você

Me diz quando a gente vai se ver

Pra eu poder te abraçar

E tentar te explicar

A falta que você me faz

E eu não aguento mais

Ficar tão longe de você

Tão longe de você

Tão longe de você

 

Durante o tempo que eu cantava não parava de olhar para o Castiel,  não porque eu queria mais  eu não conseguia olhar para outra pessoa, mais eu não conseguia. Quando terminei de cantar todos aplaudem e até mesmo o cantor. Sorrio e entrego o Violão. Vou até os outros.

Iris: nossa amiga, não sabia que você cantava e tocava tanto – dou de ombros.

Rosa: eu sabia – ela pisca para mim.

Castiel: S\n você realmente me surpreende a cada minuto – ele sorri de lado, óbvio que ele associou a musica com o que estávamos passando. Fico um pouco sem jeito.

Ken: minha gata é encantadora – nego com a cabeça e o Castiel revira os olhos.

Alex: vamos cair na piscina meu povo -  tiro o short , meu olhar vai para o Castiel que me olha fixamente e acabo sorrindo e ele também. Como sou boba. Pulo na piscina e em seguida os outros pulam atrás.  Vou para a borda da piscina e o Castiel vem atrás de mim.

Castiel: não sabia que você cantava tão bem – ele sorri, tento subir – deixa que te ajudo, ele segurou em minha cintura e me ajudou a sentar  na borda da piscina.

S\n: obrigada, muita coisa que você não sabe sobre mim – começo a tirar a água do meu cabelo, ele fica me olhando e sorrio.

Castiel: será que poderei te conhecer melhor... algum dia – sorri e dei de ombros, me levanto –para onde você vai?

S\n:  vou me enxugar – ele sorri e vou me enxugar, alguns minutos depois todos estão fora da piscina, dançando a Iris dispensou o Cantor e ligou o som.

Rosa: ei S\n vamos dançar aquela musíca? – fiquei pensando -  Hellovenus que ensaiávamos antes lembra?

S\n: não sei se tenho coragem – o Alex se aproxima da gente.

Alex: coragem de que? – a Rosa sorri.

Rosa: dançar Hellovenus – ele  bate palminhas.

Alex: vamos amiga! Por favor – assinti e vesti o meu Short – gente vamos dançar para vocês ! – eles se animam – deixa eu colocar a musica, Armin quando se ajeitarmos você solta o play! – então o Armin solta a música e claro os garotos ficaram de boca aberta com nossa sensualidade ( deixo o Link da dança nas notas finais amores).  Depois que dançamos, tomamos mais banho de piscina e o nosso domingo foi assim.

****************************** na segunda****************************

Após que cheguei no trabalho fui para a sala do Castiel, resolver o assunto do divorcio.

Armin: pronto assinem aqui por favor – assinto e pego a caneta , na hora de assinar paro e fico pensando se isso é o certo, e acabo assinando – agora sua vez Castiel.

Castiel: ok – ele pega a caneta e sorri para mim – eu não vou assinar papel nenhum – olhei para ele surpresa – você não vai ficar solteira S\n, eu não assino nada. Por mim você vai ser minha mulher para sempre....

Continua....  


Notas Finais


eita S\n! surpreendendo todos e o Castiel em gente sem querer assinar o divorcio o q vcs acham q vai acontecer? olha patricia09235 a música q vc falou lembra? rsrs
Xeru gente até mais!

Biquine da S\n : : http://static.cloud-boxloja.com/lojas/qnd6b/produtos/3e012d5f-ea34-4f1f-816c-227b044f1c3e_t260x260.jpg

short: https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQSpREUG0OTvBTfagGpueccl9VVULqjjB15cYS7LDba2crKR48wbA

coleografia da Hellovenus: https://www.youtube.com/watch?v=wLFJqua1H4k

musica Manu Gavassi:https://www.youtube.com/watch?v=OeczcR5zKfo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...