1. Spirit Fanfics >
  2. Contrato de paz! >
  3. A verdadeira Guerra Santa se inicie

História Contrato de paz! - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Pessoal desculpa se tiver escrito errado é que quando fui escrever minha maldita depressão resolveu me dar crises de choro,praticamente escreve chorando esse capítulo. Desculpa se tiver erros ortográficos..

Capítulo 17 - A verdadeira Guerra Santa se inicie


Elizabeth

Enquanto Meliodas mordia é alpapava um dos meus seios eu só gemia,o mesmo removeu os resto do meu vestido me deixando só com a calcinha   é o tiro sua blusa é sua calça. Voltamos a nos beijar com romance é rapidamente Meliodas se livra das nossas últimas roupas,ele me olha e começa a me penetrar com força que gemo em resposta.

Meliodas:-Hoje a noite é nossa Elizabeth!

Ele se movimentou com rapidez e força me tanto o maior prazer possível,gemia junto com ele com cada movimento. A cama batia contra a parede fazendo barulhos de quebrar a madeira,eu sei que tem algo errado esses dias pequei Meliodas chorando no quarto com medo.

Quebra de tempo 

Gozei quando Meliodas acertou meu ponto de prazer é logo sou seguida por ele com três medidas caindo do meu lado na cama.

Meliodas:-Quebramos um pouco a cama...

Elizabeth:-Foi melhor que nossa primeira vez...

Meliodas:-Talvez,todas vezes são ótimas para me...

Elizabeth:-Hm seu romântico!

Meliodas:-Só um pouco....

Meliodas me abraçou e dormindo de conchinha,sorrio me entregando aí sono.

Pesadelo on

Estou num campo de guerra onde só a destruição é mortes,me preocupo com Meliodas olhando para todas lados é não o vendo.

Elizabeth:-Meliodas!-chamo gritando seu nome sem resposta-Meliodas!!

Grito várias vezes pelo seu nome andando pelo chão com o sangue,caiu no chão por tropeçar na lança é vejo que não estou com minhas asas.

Elizabeth:-Meliodas!!!! Diane!!! King!!! Ban!!! Merlin!!!! Escanor!!! Gowther!!!!

Chamo eles sem resposta nenhum então resolvo chamar pelo meu bebê.

Elizabeth:-Melizabeth!!!!

Melizabeth:-Mamã....

Vejo minha filha ser morta na minha frente pela minha mãe.

Pesadelo of 

Elizabeth:-Melizabeth não!!!

Acordei assustada chamando um nome que desconheço,se alcama Elizabeth só foi um pesadelo.

Meliodas:-Eli...Elizabeth-percebo que acordei Meliodas-Elizabeth o que aconteceu?

Elizabeth:-Só foi um pesadelo...está tudo bem!

Meliodas:-Você tava chamando meu nome é mexendo na cama,eu acordei esperando você acordar é escutei você chamando "Melizabeth não". O que foi nesse pesadelo?

Elizabeth:-Eu não sei,está tudo confuso na minha cabeça..

 Meliodas:-Vem dormir,talvez amanhã você lembre...

Elizabeth:-Está bem...

Voltei a dormir e sinto Meliodas me abraçar fazendo carinho na minha barriga.

Quebra de tempo 

Acordei com os raios do sol e Meliodas já estava do lado da cama com meu café da manhã,sorrio para ele é sento na cama é pego um a bandeja é como um pedaço da torta de cereja.

Meliodas:-Demorou acordar!

Elizabeth:-Quando tempo dormir?

Meliodas:-Já são três da tarde.

Elizabeth:-Três da tarde! Porque não me acordou!?

Meliodas:-Porque você só mexia na cama nem estava conseguindo dormir,só pegou no sono direito quando o sol começou a parecer!

Elizabeth:-Teve ter sido um pesadelo bem grande....

Meliodas:-Come é vamos até o jardim,minha mãe quer contar algo para você.

Elizabeth:-Está bem...

Meliodas me deixou sozinha no quarto comendo,termino de comer é vou até o banheiro tomar. Tomo meu banho e pego uma calcinha é meu vestido branco pegando minhas sapatilhas,me visto é vou até o jardim e avisto a rainha Nathália e me sento ao seu lado.

Elizabeth:-Rainha o que aconteceu?

Nathália:-Já não podemos esconder isso de você,e Meliodas liberou para contar.

Elizabeth:-Contar o que?

Nathália:-A Guerra Santa começou mas não a verdadeira...

Elizabeth:-Guerra Santa? E você não me contaram! E como assim a verdadeira não começou!?

Divindade Suprema 

Mael:-Os soldados estão prontos!

Divindade:-Que ótimo Mael,e os arcanjos?

Mael:-Estão mais prontos que nunca.

Caminhei até o salão com Mael ao meu lado,quando chego vejo todos meus soldados.

Divindade:-Meus caros soldados!

Elizabeth 

Nathália:-O que estávamos confrontando era apenas o início da Guerra Santa!

Elizabeth:-Minha mãe que matar tudo é todos?

Nathália:-Praticamente sim,Elizabeth seu bebê e a nossa única salvação!

Divindade Suprema 

Divindade:-Sei que perdemos muitos soldados nesse início de Guerra mas agora vamos lutar para ganhar,o bebê da minha filha é nossa vitoria precisamos somente do pai Meliodas! Se conseguirmos fazer ele obedecer nossas ordens o anjo demoníaco será nosso é todos ficaram sobre a luz sem pecados,que a verdadeira Guerra Santa se inicie!!

Elizabeth 

Elizabeth:-O que vamos fazer?

Nathália:-Vamos fazer de todo custo não perder esse guerra é proteger você,Meliodas é o bebê da Divindade! Elizabeth nos do contrato de paz não iremos perder!

Elizabeth:-Como pode ter certeza?

Nathália:-Apenas tenho Elizabeth.

Elizabeth:-Isso é sua habilidade?

Nathália:-Sim é um tom meu,Elizabeth eu tenho uma ideia.

Elizabeth:-Qual?

Nathália:-Não importa o que aconteça onde você esteja,Elizabeth crie os sete pecados capitais!

Elizabeth:-Sete pecados capitais?

Nathália:-Serão seres capazes de lutar quase de igual contra o Clã das Deusas,são a ganância,ira,inveja,gula,orgulho,luxúria e preguiça.

Elizabeth:-Porque eles?

Nathália:-Porque nem mesmo os dez mandamentos sozinhos conseguiram ganhar essa guerra,o verdadeira contrato de paz ainda vai ser feito!

Elizabeth:-Feito? Mas eu e o Meliodas nos casamos esse não é o contrato de paz?

Nathália:-Você não sabe de nada ainda Elizabeth,muitas coisas ainda vão acontecer mas uma coisa é certa você é o Meliodas jamais irão se separar!

Elizabeth:-Como pode ter certeza?

Nathália:-Quando se é amor-ela se levantou e caminhou até as flores brancas-nada se separar se for verdadeiro! Por isso Elizabeth o amor seu pelo Meliodas é impossível de se acabar,minha querida tudo ainda vai acabar. Essa desputa sem sentido é mentiroso que demônios é deusas não podem conviver juntos,o seu bebê e a prova que podem sim viver sim.

Elizabeth:-Então somos uma faísca para verdadeira paz?

Nathália:-Exato minha querida,Meliodas está a sua espera.

Não sei o que dizer naquela hora eu simplesmente caminhei pelo castelo é pude ver o Meliodas me procurando,ele veio até me sorrindo.

Meliodas:-Desculpa não ter contado sobre a Guerra Santa...

Elizabeth:-Você só queria me proteger então não tem problema...

Meliodas:-Mesmo?

Elizabeyh:-Mesmo Meliodas,eu sei que não é fácil mas estamos juntos agora!

Meliodas:-Eu sei só que meu medo de perder você é grande!

Elizabeth:-Não precisa ter medo de me perder,nunca vou entregar esse bebê para minha mãe. É se eu morrer sabia que minha alma irá proteger esse bebê mesmo não estando presente.

Meliodas:-Você não vai morrer,eu não vou deixar!

Elizabeth:-Está bem seu demônio protetor!

Meliodas:-É...

Elizabeth:-Sua mãe contou sobre os pecados capitais?

Meliodas:-Contou,ela dize que é para eu liderar eles. Assim protego você,nosso bebê e todos que são importantes para me. Não importa o que aconteça eu sempre vou até você!

Elizabeth:-Ah Meliodas...você é incrível tenho certeza que os sete pecados irão o respeitar.

Meliodas:-Espero Elizabeth,ainda preciso saber quem vão ser. Não temos ninguém que se encaixe nesse perfil!

Elizabeth:-Vamos achar,nem que dure dois anos!

Meliodas:-Precisamos ser rápidos Elizabeth,não podemos esperar por dois anos!

Elizabeth:-Estamos em guerra é sei que temos que agir rápido,minha mãe concerteza já veis seu discurso de guerra. Meliodas não saía do castelo fique aqui comigo!

Meliodas:-Tenho que liderar os mandamentos!

Elizabeth:-Zeldris cuida deles,temos que proteger nossas família. 

Meliodas:-Vou falar com ele,se ele concordar fico aqui é não saio do seu lado.

O abracei por instinto de amor,sei que agora pode estar tudo acabado mas tenho a salvação para livrar o mundo da minha mãe. 

Pensamento:Mãe aguarde eu vou derrotar você é assumir o trono,meu bebê nunca será seu!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...