História Contrato Inviolável - Capítulo 9


Escrita por: ~

Visualizações 280
Palavras 1.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fluffy, Harem, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!
Esse é extra okie?
boa leitura <3

Capítulo 9 - EXTRA - Channies


Fanfic / Fanfiction Contrato Inviolável - Capítulo 9 - EXTRA - Channies

 

Channy abriu os olhos e se viu em um divã bonito azul marinho e olhou ao redor. Parecia um palácio estranho, mas agradável e o mais impressionante era o sentimento de aquário, ele não estava molhado, mas via peixes brilhantes passar por si e tudo iluminado por grandes bolas azuis neons...
— Olá Pequeno Channy.
  A voz conhecida lhe fez sorrir e ele se virou para assistir grande Channy entrar no estranho quarto e vir para ele vestido em roupas estranhas, uma túnica branca adornada com perolas negras. As tatuagens marinhas brilhavam em sua pele, contudo seus olhos pareciam muito tristes, jamais viu ele triste assim:
— O que houve?
  Perguntou preocupado. 
  Há muito tempo não o via, há muito tempo mesmo, mas como sabia que ele estava cuidando da família a última vez que o viu, achou que tudo estava bem... O tempo não passava para ele, era como vinte anos atrás e seu primeiro encontro do qual se esqueceu naquele ano, porém foi se lembrando com o tempo e outros encontros. Nunca contou há ninguém aquele pequeno segredo, seu único segredo. O deus dos mares profundos que tinha como amigo e que lhe ajudou nas horas mais sombrias.
  Agora pensava se a bruxa que lhe deu o milagre da vida – Ele tinha esquecido dela por um tempo, e tudo ficava vago quando despertava, mas ali, no mundo do grande Channy, como denominou os locais que se alteravam a cada vez que ele surgia para si, ele se recordava de tudo claramente – ele pensava se aquela mulher, sua parente de outro mundo, estava lá também. Rubiath. A loira de olhos verdes e doces que lhe deu um trevo de quatro folhas em seu sonho estranho há mais de dois anos. 
  Grande Channy suspirou pesado e se sentou no divã onde acordara:
— Sua parente distante outra vez, bagunçando o mundo... - Ele então o encarou e Channy viu lágrimas em seus olhos – Ela voltou o tempo, pequeno Channy e a magia foi tão profunda, velha e perigosa que até mesmo em nossas vidas foi atingida, minha Jadinha agora não está comigo, porque o tempo no mundo em que ela vive, ela ainda não me encontrou. Tudo voltou, mas nós, os deuses nos lembramos. Está um caos do lado de lá e eu me senti sozinho, senti saudades de você... Como está o mini Channy?
Channy foi até ele e abraçou sua versão imensa, musculosa, tatuada e careca. 
— Eu sinto muito, grande Channy... Posso ajudar em algo?
— Um abraço está ótimo – Channy sentiu os braços fortes rodear sua cintura com carinho – Você sempre foi o mais amoroso de todas as cópias.
— Obrigado – Channy sorriu – Pequeno Channy está bem, agora está quase minha altura, um homem mesmo! E os gêmeos estão crescendo bem. A última vez você nos viu quando eu dei à luz, não foi?
— Sim, foi, os bebês eram a nossa cara! - Ele disse rindo baixinho – Eu adoro crianças!
— Eu sinto muito mesmo...
  Disse pesaroso, sabia como ele amava as filhas que tinha. Não conseguia pensar em uma volta ao tempo. Parecia tão louco...
— Eu entendo a bruxa, ela está tentando salvar todos os mundos, o fim do mundo chegou a cinco dos doze paralelos e se tem alguém que pode fazer isso é ela... Enfim, eu só tenho que conquistar minha Jadinha outra vez. Preciso de dicas! Porque o Zmey só pensa em mandar tudo para o inferno e roubar a Kell, sabe como ele é né! Hades quer esganá-lo, ao menos isso não mudou, mas eu não consigo ficar no submundo sem as mulheres lá...
— Ishiiii, o Baek dark deve estar muito bravo.
— Bravo? – Grande Channy o soltou e ambos se encararam, o maior rolou os olhos – Zmey está procurando algum humano burro para fazer um pacto que o permita ir para a superfície aprontar. As coisas estão loucas, mesmo... Mas e você? Eu percebi que tem tido sonhos tensos, aconteceu algo?
  Channy assentiu e foi sua vez de suspirar:
— Voltamos para casa, para Seul e bem, esperávamos ter dinheiro com os diamantes da Mimi, acho que te contei que eles esconderam na antiga vila, não? – Grande Channy assentiu – Mas foram roubadas, os daddys estão tensos com isso e sei que Mimi vai inventar algo perigoso. Eu não queria envolver minha mãe nisso, ela está feliz e meus maridos ainda tem alguns inimigos... Voltamos por causa dos pequenos, mas todo dia reflito se fizemos certo... Eu, bem – E dessa vez se sentiu sem graça – Ainda estou ovulando sabe. Tenho quarenta e dois anos e sou mais fértil que uma mulher de trinta, não quero preocupar meus maridos, grande Channy... E bem, desde que eu fui tocado por ela... 
— Você ganhou presentes femininos, certo?
   Grande Channy sorriu e ele acabou fazendo o mesmo. 
  Sim, era aquilo, não aconteceu de imediato, mas com o passar da gravidez ele percebeu mudanças em seu corpo não só a barriga e quando chegou a hora do parto... Ele já tinha uma vagina, menor, mas totalmente funcional. Após a quarentena ele passou a menstruar e tudo o que vinha com isso. Ele agora era uma mulher e um homem no mesmo corpo. Tinha tudo dos dois, menos seios, contudo ele amamentou e foi isso o que mais colocou seu segredo em risco e um dos motivos de terem fugido do Brasil. 
  Agradecia sua imensa família todos os dias por não questionarem aquilo, era um milagre para eles e para si mesmo e toda a estranheza jamais foi questionada. Tae e os irmãos, que inclusive sabiam que aquilo era impossível na medicina, tomaram como tudo certo, o importante era ele estar saudável. 
Tinha como amar mais sua família? Ele faria tudo por eles, tudo!
— Sou uma aberração para o mundo, mas não me sinto assim com minha família, esse foi meu milagre, meu desejo mais profundo... Minha família, eles são tudo para mim, e eu me sinto mal por não querer usar o recurso mais fácil, minha mãe... Ela é a herdeira, grande Channy, ahhh eu me sinto tão mal...
— Seul, você disse, não é?
— Sim.
  Então ele sorriu e bateu na sua cabeça como costumava fazer sempre e lhe sorriu encorajador.
— Fique tranquilo, pequeno Channy. Para sua sorte sou um deus e orixá muito venerado e tenho muitas riquezas espalhadas pelas praias secretas do seu mundo também.
— Grande Channy, eu não prec...
— Não se nega um presente dos deuses já não te disse? - E ele cruzou os braços o encarando sério – eu ficaria chateado, você vai ter uma vida muito longa, está esperando um bebê outra vez, como acha que vou me sentir se...
— EU O QUÊ?
  Chanyeol sentiu tudo rodar e o deus gargalhou animado:
— Ahá! Eu sabia que não sabia HÁ HÁ HÁ! Eu senti assim que te trouxe para meu palácio, você é um filho da noite pequeno Channy, um filho da noite cheio de maridos garanhões...
— Aishi! Não fala assim!
  Ele se sentiu sem graça, mas em choque, outro bebê, pelos deuses! Outro bebê!
— Gosto quando pensa assim, deveria passar mais tempo aqui sabe, eu sinto mesmo a sua falta! Acho que vou passar um tempinho no seu mundo humano para me distrair... Deveria?
  Channy abraçou a própria barriga encantado e assentiu animado para o amigo:
— Claro que sim, será bem-vindo em casa!
— Hum, vou pensar, quem sabe não passo por lá, não é? Agora vai, eu sei que vai esquecer quase tudo, mas quando se lembrar do nosso encontro, faça o teste de gravidez ok? E eu vou incutir um desejo em você de ir para a praia, vai entender lá no seu mundo, espero que se divirta esses meses, pequeno Channy! E mande um beijinho para suas crianças!
  Channy assentiu e então caiu em sono antes que se despedisse decentemente. Seu último pensamento era que estava grávido! GRÁVIDO!

 


Notas Finais


Beijocas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...