1. Spirit Fanfics >
  2. Controle >
  3. Começo de um conto

História Controle - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Yo pessoas! Tudo bem? Bom eu estou escrevendo essa história pois eu gostaria de sair um pouco mais da minha zona de conforto ao qual vocês estão sempre habituados sabem? Eu sempre tive interesse em escrever uma fic de Naruto, pois é uma obra que fez muito parte da minha vida e infância. Então nada melhor do que começar com um tema em Naruto que eu realmente não vejo muitas pessoas darem foco e se dão é bem difícil de encontrar isso, principalmente vindo da parte dos BR e o tema é "O que teria rolado se a Rin não tivesse morrido pelas mãos do Kakashi!?" E bom pode até parecer muito fácil de falar que "Cara Konoha teria sido destruída" MASSSS, na minha humilde opnião eu não acho que Konoha seria tão despreparada pra comportar um jinchuuriki, tipo, eles tinham a Kushina como a portadora do Kurama, sem falar que nessa época o Minato ainda tava vivo e o conhecimento dele por parte de jutsus de selamento era realmente supreendente, então nessa história eu vou abordar na minha visão o que poderia ter rolado e caso encontrem algo que não faça muito sentido dentro da fic, fiquem a vontade para me falarem, seria muito legal debater com vocês sobre esse assunto. Uma última coisa, dentro dessa fic não vai seguir exatamente o mesmo rumo e cronologia do anime e nem do mangá, claro que eu vou tentar ser o mais compatível possível, mas alguns exemplos claros do que vai rolar será o Obito como novamente um Shinobi de Konoha, Minato vivo e tendo um tempo bem mais longo como hokage e até mesmo o Naruto não sendo órfã, então vai ter várias alterações dentro da linha do tempo dentro dessa fic, mas eu espero que gostem e caso tenham alguma crítica pra fazer caso eu erre algo, por favor não sejam tóxicos nelas, apesar de que essa é uma obra de fã pra fã, então pfv vamos debater como fãs dessa obra incrível e não como fanboys tóxicos de personagem x ou y, blz? Dito isso simbora pra esse cap!
Boa tarde
Bom cap
Boa leitura
E flwwwww

Capítulo 1 - Começo de um conto


Era noite, aquele fatídico campo de batalha e aquela cena trágica, Kakashi corria com seu chidori para acertar um ninja de Kirigakuri, apesar de estarem cercados ao que parecia uma tentativa desesperada de Kirigakuri para retomar a mais nova jinchuuriki do três caudas, Rin Nohara, a qual tinha sido capturada pela aldeia rival em uma missão que havia sido enviada por Konoha. 

O caos naquele campo de batalha obviamente se generalizava e era totalmente injusto duas crianças lutarem contra ao que seria quase um exército inteiro mandado por Kirigakuri para a retomada da jinchuuriki do três caudas, tudo ao redor era muito rápido e caótico, todos estavam vindo pra cima mas sendo mortos pelo ninja de Konoha que habilmente lutava protegendo sua amiga e tentando sair daquela situação inteira, não parecia ter esperança, não parecia ter jeito, Kakashi não conseguia ver saídas sem ter que lutar e não dava pra simplesmente sair correndo por todos com Rin sem que eles fossem atingidos ou algo assim, seus pensamentos estavam turvos pois a situação não deixava o pobre garoto mesmo sendo um gênio de sua geração pensar em uma saída que salvasse ele e sua parceira para saírem daquele local sem que fossem pegos ou no pior dos casos, mortos, ele tinha de proteger Rin, ele havia prometido a seu falecido amigo Obito Uchiha que iria proteger sua amiga custe o que custar, essa era a sua promessa e mesmo que ele morresse ali ele iria proteger Rin.

Voltamos para o momento trágico, o momento em que em uma das várias baixas que estava fazendo Kakashi acaba por se afastar de Rin, tempo o suficiente para a mesma em um ato de desespero por saber que era a jinchuuriki do três cauda e que dentro de seu coração tinha um selo o qual a faria liberar Sanbi quando estivesse em Konoha, acaba por ir para um ângulo favorável e ir no que seria um ataque suicida quando Kakashi acaba por ir para cima do ninja de Kirigakuri com seu chidori em mãos, a mira estava clara, não tinha como aquele cara desviar de um golpe rápido e certeiro, mas por outro lado Kakashi estava cansado, o Sharingan transplantado por Rin no dia em que seu amigo morreu consumia tanto chakra quanto ele usar o chidori mais de duas vezes por dia, aquele chidori mais o Sharingan ativo já estavam esgotando seu chakra muito rapidamente, isso sem contar no extremo cansaço das lutas que o pobre gênio de Konoha estava tendo naquele campo de batalha, apenas para proteger sua companheira, se proteger e ainda por cima ter que ficar se movimentando junto com Rin pra lá e pra cá para que ambos não fossem pegos ou mortos.

Kakashi corria de forma rápida e prescisa para cima daquele ninja de Kirigakuri e finalmente mete seu chidori, mirando em seu coração, uma morte rápida e fácil, talvez não o deixasse tão cansado se ele não levasse o chidori a longas distâncias, talvez fosse a solução usar aquele jutsu para apenas finalizações, só que tudo isso foi pelo ar quando Rin se joga na frente do chidori de Kakashi, tudo naquele momento, era uma mera fração de segundos da mão de Kakashi até o coração da kunoiche de Konoha, tudo estava perdido, Kakashi não conseguia parar, sua trajetória era certa e não havia como ele tirar a mira de Rin já que seus reflexos e músculos estavam travados naquele movimento que possívelmente seria fatal para Rin.

Mas, nesse momento algo ocorre e tudo escuresse na visão de Kakashi, algo havia ocorrido e quando o pequeno gênio acorda, o mesmo estava no chão e seu corpo inteiro estava dolorido e parcialmente imóvel, fazendo coisas como respirar ou até mesmo falar ser um desafio para o pequeno gênio que não entendia o que estava ocorrendo alí mas ao passar alguns segundos algo começa a pingar em seu rosto e com muito esforço que por sinal quase o desacordou de novo, Kakashi olha ao redor e a cena que o mesmo vê é algo totalmente aterrorizante e praticamente sanguinária, diversos ninjas de Kirigakuri totalmente empaldos por gigantescas estacas de madeiras levantadas do chão, outros estavam no chão cheios de estacas pelo corpo e até mesmo tinham ninjas com pescoços quebrados ou empalados por suas próprias espadas naquele mesmo local, nada parecia fazer sentido e a visão daquela zona de mortes era aterrorizante e quase insuportável de ver, além do massacre a quantidade insana de sangue que literalmente alagava o chão escorrendo por todo o chão frio com diversos mortos e todos acabados de algum jeito muito dolorido.

Kakashi não conseguia andar, nem se mexer ou até mesmo gritar por socorro mas um pensamento rapidamente assolou sua mente:

"Estão todos mortos, mas se quem fez isso ainda estiver aqui? Seria um aliado? Alguém de outra vila? E se ainda estiver aqui será que capturou a Rin!? Não, não é possível! Isso não pode ser verdade"

Kakashi tentava se mexer em todo momento, ele tentava ao menos se arrastar pra um canto fora dali para poder depois ir atrás de quem fez tudo aquilo, ou melhor, se aquele alguém tivesse pego Rin ele tinha de pensar em um plano extremamente bom para novamente resgatar sua companheira, mas era inútil, seu corpo não o obedecia não havia mais energia dentro do seu físico e nem mesmo chakra para o sustentar, Kakashi agora era só mais um corpo morto dentro aqueles diversos corpos que estavam ao seu redor e aquele sentimento de impotência estava desesperando ao pobre garoto que quanto mais pensava em sua amiga e na promessa que havia feito a seu falecido amigo, mais se desesperava alí, o que ele diria a Obito quando morresse? O que ele poderia fazer? E se ele ficasse vivo como ele poderia viver com esse peso na consciência de não ter conseguido fazer nada a não ser falhar miserávelmente numa promessa tão simples quanto a que seu amigo lhe havia pedido? A culpa, a raiva, o desespero, aquilo tudo assolava a cabeça de Kakashi que chorava desesperadamente sem poder fazer muita coisa a não ser ficar alí e lamentar a sua falha.

Kakashi estava exausto de tudo aquilo, era algo tão doloroso e ao mesmo tempo frustante que ele não conseguia suportar, só que algo fez tudo aquilo que o garoto pensava em sua pobre cabeça confusa ir embora quando uma mão um pouco morna toca em seu ombro direito, o que fez o pobre garoto acabar gelando na hora já que estava de costas a quem estava tocando em seu ombro, seria um inimigo? Um aliado? O homem que fez tudo aquilo? Subitamente o corpo do garoto foi levantado para a direção daquela pessoa que estava pegando em seu ombro e por um momento Kakashi simplesmente aceitou que iria com certeza morrer pelas mãos daquela pessoa e que finalmente iria se reencontrar com Obito e Rin do outro lado, só que esse pensamento foi automaticamente refutado com essa pessoa abraçando Kakashi, um abraço apertado e cheio de alegria e ao ser afastado um pouco do abraço Kakashi vizualiza um garoto mais ou menos da sua idade, um de seus lados estava meio amassado junto de um dos olhos fechados, seu cabelo estava grande parecia que não o cortava fazia tempos, suas roupas eram bem simples sendo uma manto grande preto com um capuz atrás da mesmo e um ser branco que parecia revestir completamente seu corpo, dês da cabeça até os pés, a parte da cabeça estava aberta mostrando o rosto coberto por sangue daquele garoto que ao ver melhor a expressão e o sorriso, Kakashi acabou por reconhecer que era Obito, ele tinha derrotado todos aqueles caras? Aquele era realmente o mesmo Obito que ele tinha conhecido a anos atrás? Todas aquelas perguntas passavam pela cabeça de Kakashi que ficava cada vez mais confuso, mas logo sua confusão foi deixada de lado com uma pergunta que rapidamente passou pela sua cabeça e ignorando qualquer coisa que Obito estaria falando, Kakashi muda rapidamente de uma expressão assustada e confusa para uma totalmente desesperada e indaga  seu amigo mas fazendo muito esforço para falar:

Kakashi:-Obito! Antes de mais nada, cadê a Rin!? Ela tá bem? Aconteceu alguma coisa com ela?

Obito:-Ah? Sim! Na verdade quando eu estava chegando eu vi você simplesmente caindo com seu chidori já sendo desativado, então pensei que tinha caído em algum Genjutsu ou algo assim e na hora que os soldados tentaram ir pra cima da Rin eu fugi de mim e acho que acabei com todos eles kkk

Kakashi:-E onde ela tá!?

Obito:-Ela tá ali... Mas em todo momento ela tava se afastando e parecia planejar algo, então eu dobrei minha guarda pra não acertar ela caso ela entrasse na frente dos meus golpes pra fazer alguma coisa

Rin estava sentada no chão um pouco afastada de Kakashi e Obito, a mesma estava numa posição onde seus braços abraçavam suas pernas e os puxava para si, Rin parecia inconformada com o que estava ocorrendo, não que ela quisesse morrer mas ela achava que por Kakashi não ter matado a mesma o jubi selado dentro dela e que estava programado pra sair poderia destruir a vila quando chegassem a mesma, a expressão da kunoiche era de tristeza e de muita aflição.

 Antes de estar como estava, Rin já havia contado a Obito tudo o que tinha ocorrido com a mesma e a situação que os três tinham de resolver, Rin era uma bomba relógio que possívelmente estouraria quando chegasse a Konoha e isso era literalmente inevitável, mas vendo a tristeza da companheira Obito ajuda seu amigo o colocando em suas costas e indo até Rin e falando:

Obito:-Rin, temos que ir pra Konoha...

Rin:-Me deixem, vai ser melhor pra todos por lá

Obito:-Não fale besteiras! Você mais do que ninguém sabe que é muito importante tanto pra Konoha quanto pra mim, pro Kakashi, pro sensei! Ir sem você seria a mesma coisa que abandonar um companheiro e eu não faço isso

Rin:-Obito se eu for pra lá todos irão morrer! Você não tá raciocinando isso ainda!? Eu prefiro morrer a ter que colocar uma só pessoa daquela aldeia em perigo! Logo quando o perigo sou eu...

Obito:-(serrilha os dentes) Rin! Eu acho que você não entendeu muito bem o que eu quis dizer em voltar pra aldeia!

Rin:-Huh?

Obito:-Sei que devíamos está comemorando por nos reencontrarmos de novo, eu sinto que tenho muito a falar mas logo logo virão mais ninjas de Kirigakuri e se você não for pra Konoha você volta pra lá e se torna escrava ou apenas uma arma pra aumentar o poder bélico daqueles desgraçados! E me desculpe falar isso, mas se você não voltar com a gente e for pega por eles consequentemente muitas pessoas vão morrer por causa que você não quer cooperar agora! Por que você não tá considerando a ideia de eles simplesmente usarem você pra matar a vila numa ataque, mesmo que estejamos preparados ainda sim Konoha pode sofrer por sua causa por que você não quis cooperar, então por favor confia em mim! Eu tenho um plano

Rin:-...

Obito:-Rin... Por favor

Rin:-(ranje os dentes) você me dá a certeza que ninguém da vila vai sofrer por minha causa?

Obito:-Não posso dar a certeza em completo, mas se meu plano der totalmente certo então é quase certeza que ninguém ficará ferido ou a aldeia será atacada

Rin:-Me prometa então...

Obito:-(suspira) Tá... Prometo que vai ficar tudo bem

Rin:-(suspira se levantando) tá vamos logo...

Obito:-(sorri de canto) Tá! Kakashi eu vou prescisar que você descanse tá? Você é uma parte muito importante do plano para que a gente possa salvar a vila

Kakashi:-(Dormindo)

Obito:-(dá uma risada de leve) esse é o gênio de Konoha, já pegou o plano antes de eu falar kkk

???:-E quanto a mim Obito? Agora que você salvou  todos como fica aquela parte do nosso acordo?

Obito:-... (Entrega Kakashi a Rin) 

Rin:-O-Obito!? O que você tá fazendo?

Obito:-Pode tomar conta dele enquanto eu resolvo uma coisa com um certo alguém? Se poder já vai na frente, alcanço vocês em um instante

Rin:-Pra onde você vai!?

Obito:Vou só resolver uma coisa, é rápido! Prometo kkk vai na frente já te alcanço

Rin:-Ta... Só não vai sumir de novo tá? (Ajusta Kakashi em suas costas)

Obito:-Te garanto que não vou, do seu lado eu não saio nunca mais

Rin:-Oi?

Obito:-A-Ah! Vai logo por que se não vai amanhecer cada vez mais e a gente vai ficar em desvantagem

Rin:-Tá (Sai correndo para a mata)

Obito:-Guruguru... Avisa ao Madara que eu tô dizendo a ele muito obrigado pelo que ele fez por mim e que eu nunca vou poder retribuir o tanto que ele me ajudou, mas se der diga a ele que irei honrar o nosso acordo de uma forma um pouco diferente

Guruguru:-Hã? Como?

Obito:-Irei me tornar um Hokage um dia! E quando for o primeiro Hokage Uchiha irei realizar o sonho dele de trazer a paz pra esse mundo! Só que de uma forma mais realista e direi ao mundo inteiro que esse plano foi dele!

Guruguru:-Acho que ele não quer ser reconhecido desse jeito Obito...

Obito:-Relaxa cara! Vai dar tudo certo, eu não estou traindo ele nem nada e ainda por cima vou ajudar ele só que dessa forma mais simples e justa! Bem melhor do que trabalhar pelas sombras como ele tava querendo, todas as boas ações são feitas pela luz e não pelas sombras, então não se preocupe eu irei levar esse plano só que de uma outra forma, então será que pode sair do meu corpo?

Guruguru:-Tá bom, não se preocupe, eu irei falar tudo isso ao Madara, pode ficar tranquilo... Pode ir a sua aldeia(vai saindo do corpo de Obito)

Obito:-Obrigado amigo... Até mais Guruguru! Foi bom te conhecer cara, obrigado por tudo (sai correndo)

Guruguru:(materializado)

Obito:(se afastando)

Guruguru:(vai descendo no chão)

Obito:(entra na floresta)

Guruguru:(Quase desaparecendo) É até mais garoto... Idiota

Após uma longa corrida, Óbito finalmente encontra Rin e Kakashi mais a frente, assim os três vão em direção a Konoha pulando pelos troncos das árvores, todos apressaram o máximo possível seu passo até Konoha e acabaram chegando perto da aldeia pelo amanhecer e acabou que ao estarem bem perto da aldeia, Rin começou a parar a corrida o que fez Obito que estava mais a frente parar também e voltar até a amiga para saber o que estava ocorrendo, mas não se precisou de nenhuma palavra pra Obito entender o por que de sua amiga está parando, então com um olhar firme o mesmo acaba por assegurar a amiga e com um sorriso de lado a conforta mesmo sem dizer nenhuma palavra.

Obito parte pra Konoha, indo o mais rápido que ele podia e chegando lá em poucos minutos por conta da proximidade onde eles estavam, então passando pelos portões o mesmo acaba por ir em grande velocidade para o escritório do Hokage, chamando muita atenção por onde passava até que finalmente o mesmo vê de longe o escritório do 3°Hokage e onde seu mestre poderia está, chegando lá Obito entra de forma abrupta no escritório não encontrando seu  mestre mas o terceiro Hokage, Sarutobi Hiruzen, mesmo se assustando com a entrada desesperada de Obito e quase o atacando, Obito explica de forma rápida para Hiruzen o que havia ocorrido e da urgência, claro que o senhor não acredita em Obito e que aquilo possívelmente poderia ser uma armadilha, mas Obito comprova quem ele era com seu Sharingan de um de seus olhos, aquela era a marca registrada dos Uchiha, era praticamente inegável que ele era quem dizia ser e que não estava mentindo para o terceiro que após ver o olho do garoto e que ao explicar de forma reduzia mas útil acaba por acreditar na História que óbito contava e chamando uma equipe de Jounins e outra equipe de mesma classe para relatar a Minato ocorrido, Hiruzen acaba indo com Obito e o grupo de ninjas nível Jounin até onde Kakashi e Rin estavam.

Demorou alguns minutos até Hiruzen, Obito e o grupo de Jounin chegarem até onde Rin e Kakashi estavam, mas quando chegaram foi um alívio pra todos que eles estivessem bem, mas após algumas explicações rápidas do que tinha ocorrido com ela e qual era sua situação, Hiruzen acaba entendendo a gravidade da situação e decide que vai cuidar daqueles três enquanto Minato chegava, o mesmo estava em uma missão e demoraria alguns dias ou algumas horas para chegar até alí, então até o relâmpago amarelo chegar Hiruzen prometeu cuidar daqueles três junto com aqueles Jounin até o Minato chegasse alí.

Passou-se o tempo e Minato veio a chegar um dia depois, mas quando o mesmo voltou se sentiu muito aliviado de ver seus alunos alí mas estranhando o garoto a sua frente, mas Hiruzen rapidamente lhe explica a situação de Rin e o perigo que ela e a aldeia estavam ocorrendo, mas por sorte Minato tinha um alto conhecimento em jutsus de selamento e derivados, mas ao saber que também havia um justsu de selo amaldiçoado no coração da pobre garota que servia para liberar o Sanbi quando estivesse em Konoha, logo o relâmpago amarelo tratou de retirar primeiro aquele selo e com alguns ninjas médicos que estam no grupo de Jounin, eles começaram um procedimento de remoção do selo amaldiçoado do coração da garota sem liberar o Sanbi junto, por garantia afastaram Rin pra bem longe de Konoha e Kakashi e Obito tiveram que voltar pra Konoha com Hiruzen.

A remoção do selo foi extremamente arriscada e nada indolor, demorou 3h para que se finalmente a remoção daquele selo fosse feita, Rin resistiu até o fim da remoção mas acabou que Minato foi obrigado a deixar o selo do Sanbi totalmente intacto, pois mexer com aquele tipo de selamento após a remoção do selo amaldiçoado poderia desencadear na saída do Sanbi da garota, o selo que ela tinha em seu corpo poderia está enfraquecido pelo próprio selo amaldiçoado, então era muito perigoso mexer nele, Minato infelizmente foi obrigado a deixar Rin como uma jinchuuriki até que ou o Sanbi saísse e eles fizessem um selamento na mesma de forma mais ajeitada ou que o selo por si só se fortificasse sozinho, mas no fim todos sabiam que essa última hipótese era uma idiotice e que infelizmente Rin Nohara seria uma jinchuuriki até o fim de seus dias ou até o próprio Sanbi sair por si só, tudo era um cronômetro e a vida daquela pobre garota nunca mais séria a mesma.




Notas Finais


Terminei
Espero que tenham gostado do primeiro cap, se tiver alguma incoerência ou algo assim em relação a conceitos de selos por exemplo ou o funcionamento deles ou de suas remoções ou acontecimentos com os personagens como o caso da Rin, não se incomodem em me falar que eu irei corrigir
Bom espero que tenham gostado e é isso, muito obg pela paciência e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...