1. Spirit Fanfics >
  2. Conversando com a Lua >
  3. Sabe, não terminou tão bem quanto parecia

História Conversando com a Lua - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Perdão pela demora galera... E aí tudo bom? Estão se cuidando? Como vai a quarentena?
Bora lá pessoas...

Capítulo 9 - Sabe, não terminou tão bem quanto parecia


- E aí galera? Tudo em cima? Como podem ver hoje não estou sozinha estou com ele meu grande amigo, porque não dizer meu melhor amigo, Lucas Inutilismo.

(Sim ele foi apresentado como amigo porque ainda não assumimos o namoro nas nossas redes sociais).

- Ainda bem que eles podem me ver sinal de que os sentidos deles estão funcionando bem.

- Verdade faz sentido, e pra quem percebeu sabe que estamos no seu estúdio e não no meu. Acho que eu já falei bastante da oi pra galera.

- Oi galera como é que vocês estão?

- Esperamos que estejam bem.

- Isso aí.

- Sem mais delongas bora tocar?

- Bora.

Ali começamos a música ele tocava e cantava muito bem, isso já era claro nos seus vídeos de playlist, mas ver pessoalmente era algo magnífico. E eu mesmo cantando me peguei olhando maravilhada.

POV LUCAS “Na hora que a Manu começou a cantar na vez dela eu literalmente me senti na letra nada mais importava naquele momento a não ser estar ali, ela era incrível parecia um anjo de tão bela.”

...

- Então é isso galera, esperamos que tenham gostado, e o que eles têm que fazer agora em Lucas?

- Se inscrever no canal, ativar o sino, deixar aquele like e um comentário bem bacana.

- Isso aí e se esse vídeo passar de dez mil likes esse rapaz ao meu lado volta aqui, combinado?

- Combinado.

- Então é isso pessoal um beijo e valeu. Dizemos juntos encerrando o vídeo.

GRAVAÇÃO OFF

POV MANU OFF

POV LUCAS ON

Assim que terminamos Manu foi pra sala brincar com o Adilson enquanto eu editava o vídeo pra ela e postava no canal pra ela.

- Adilson volta aqui, devolve o meu chinelo, ele não é seu brinquedo, Lucas me ajuda!

- Adilson, vem com pai. Digo e sem muito esforço tiro o chinelo do meu cachorro e devolvo pra Manu.

- Obrigada.

- Imagina, ei estava pensando numa coisa.

- Diga Lucas.

- Lembra aquele vídeo que gravamos mês passado?

- Aquele do meu namorado irritante que você quase ganhou um olho roxo?

- Esse mesmo, acho que já está na hora de assumir nossa relação e nada melhor que aquele vídeo para fazer isso, o que acha?

- Uma ótima ideia, afinal não tem maneira mais espontânea no mundo.

- E se eu te contar que eu já postei!?

- Não acredito, a sua sorte é que eu aceitei.

- Eu sei, mas não muda tanto assim porque a senhorita fica linda brava.

- Vem cá meu grandão.

Ela me puxou pela camiseta e ali mesmo começamos a nos beijar, o clima foi esquentando e decide pegar ela no colo.

- Vamos? Proponho.

- Só se for agora.

POV LUCAS OFF

POV MANU ON

Estava no colo do Lucas, já imaginava o que ia acontecer depois dali, fomos pro quarto dele e fizemos questão de deixar nossos celulares na sala pra literalmente ninguém nos interromper.

Ele me colocou na cama e começamos a nos despir e nos beijar com bastante intensidade até que chegamos aos finalmente, no começo estava um pouco preocupada, mas logo fui me deixando levar em meio aos beijos, carícias e gemidos, eu não imaginava que era desse jeito afinal minha mãe sempre me ensinou a esperar o casamento, mas eu me esqueci de tudo aquilo que ela me ensinou e me entreguei naquele momento e também mostrei a ele que não era tão inocente quanto parecia, afinal, nós dois queríamos e eu já o tinha feito esperar durante nosso primeiro mês de namoro e eu também já estava bem curiosa pra descobrir o que era fazer sexo ou o famoso amor que as pessoas tanto falam.

...

Assim que terminamos deitamos juntos um pouco sem fôlego até que ele quebra o nosso silêncio:

- Posso te fazer uma pergunta?

- Claro docinho.

- Foi sua primeira vez?

- Sim.

- E como foi pra você?

- Melhor do que eu imaginava.

- Que bom.

- E sabe por quê?

- Por quê?

- Foi com alguém especial pra mim.

Assim que respondi meu namorado me beija e ficamos ali por mais alguns minutos até decidirmos ir atrás de comida.

- Ei grandão já olhou seu celular?

- Não, ele nem tão foi importante nessas últimas horas.

-Não mesmo, mas dá uma olhada, tem muitos comentários na nossa foto que postamos antes do vídeo, e mensagens que não acabam mais. Fora os comentários do vídeo.

- Caraca, não imaginava que ia virar tudo isso. Diz ele olhando no celular.

- Nem me fale, até mensagem do Roberto e do Diego tem aqui.

- Acredite ou não até o Canella mandou mensagem.

- Isso é preocupante, pra ele mandar mensagem, logo ele.

Assim disse isso meu telefone toca, era minha mãe.

LIGAÇÃO ON

- Oi mama, tudo bem?

- Filha nós estamos indo pra casa da sua vó.

-Nossa, mas o que aconteceu?

- Seu avô faleceu filha.

-...

- Filha?

- Pode falar...

- Se puder ir, vai alegrar um pouca a sua vó.

- Tudo bem.

 - Beijos minha querida mandaremos notícias.

- Beijinhos mama.

LIGAÇÃO OFF

Não consegui conter as lágrimas, ainda mais por se tratar do meu único avô vivo, éramos muito ligados e quando ele era saudável e podia vir nos visitar sempre trazia alguma coisa e contava as melhores histórias sobre nossa família e a infância dele e só de pensar na minha vó ter ficado sozinha me peguei chorando ainda mais, afinal eles eram muito ligados o casal perfeito e exemplo pra família inteira.

 - O que aconteceu gatinha?

- Meu avô morreu.

- Meus sentimentos, sinto muito, o pouco que eu me lembro dele ele era um bom homem.

- Ele era incrível, e eu vou arrumar minhas coisas pra ir lá dar uma força a minha vó.

- Se precisar de qualquer coisa pode contar comigo.

- Agora eu só preciso de um abraço.

- Tudo bem.

Ele me abraça e continuo chorando ainda mais.


Notas Finais


Valeu galera...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...