História Cookies or Jeongguk? - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jk!kid, Namjin, Taehyung!kid, Vkook, Yoonminseok
Visualizações 10
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bonjour :''''''''') annyoung
me perdoem a demora pra postar :'''''''D
e neh, minhas aulas começaram e a criatividade tá sendo tomada e as coisas começam tudo de novo num novo semestre
compromissos, responsabilidades, deveres, estudos e dedicação
Mas não vou deixar de postar aqui mesmo que demore meses, ok?




VÃO DAR VIEW EM EPIPHANY DO JIN AAAAAAAAAA❤❤❤

Espero que gostem
Obg~

Capítulo 6 - Enigmático, porém interessante.


Fanfic / Fanfiction Cookies or Jeongguk? - Capítulo 6 - Enigmático, porém interessante.

Eu sabia cada detalhe seu


Cada gesto, cada fala, cada jeito 'desleixado' de si mesmo me deixava tão...leve como uma nuvem?


Ele era tão enigmático, porém interessante...

Era tão enigmático a ponto de fazer meu psicológico 'bugar' de vez a cada momento que, até mesmo seus gestos, eu queria decifra-lo.

Eu não entendo o que sinto, até por quê não quero parecer clichê a ponto de dizer que tenho uma 'quedinha' por Min Yoongi.



Ah, Yoongi. Por quê escolhi você?

Eu não compreendo, nem mesmo você iria me compreender...o que faz minha situação piorar.

Eu não tenho nem mesmo coragem de lhe chamar no nosso chat depois daquele dia no parque. 

Não faz muito tempo, você me despertou.


Podemos voltar a aqueles tempos? 


Eu já percebi você me observando, deve me achar um idiota apaixonadinho, né? Talvez não? Por favor, diga-me.


Eu apenas quero te tocar, falar contigo por mais simples que seja.


Ah céus, eu estou dramatizando? 


Park Jimin, um garoto escondendo algo não tão enigmático por Min Yoongi.


Sorriso gengival, ah como eu o amo. Aquelas mãos cheias de veias com seus dedos longos. Completamente perfeito.


A cada cor de cabelo retocada ou até mesmo nova, borboletas se formam em meu ser. 


Então é essa a sensação de sentir uma 'atração' e tanta pelo garoto de madeixas escuras? Sei lá, ele as pinta todo tempo e continua magnífico.



Um gênio.



                  || ~•~ ||


Eu havia acabado de me despedir de Jeongguk e Taehyung, tinham coisas a fazer e eu decidi por conta própria ficar um tempo a mais no mesmo lugar.


Suspendi a mochila em minhas costas e segui meu caminho direto ao lugar onde exponho meus pensamentos silenciosamente, a biblioteca. 


Eu estava com uma sensação de que algo iria acontecer e eu não estava preparado a ponto de lidar com isto. Eu estava inseguro de mim mesmo, eu não fazia ideia do que fosse. Meu caminho se finalizou naquele momento em que pus meus pés e adentrei alí. Senti o frio do ar-condicionado bater meu corpo quente e a sensação vir novamente. A insegurança me tomava como um objeto, parecia que gostava de brincar comigo me fazendo mais inseguro ainda.



Pus minhas mãos no livro escolhido da, exatamente, sétima estante das, possivelmente, dez que faziam parte Dalí e se juntavam as outras. Passei meus dígitos naquele escolhido livro,  era um livro qualquer e eu estava com tédio apenas. Queria pensar.

Escolhi a mesa e me sentei na não tão pequena e confortável cadeira, comecei folhear as páginas e ler as notas do autor do determinado livro que estava sendo lido por mim. Era interessante, enigmático...


Enigmático, então era isto!


Min Yoongi estaria aqui!


Esse era o sinal de minha insegurança, Yoongi, desde que eu sei, não anda constantemente com seus companheiros da outra classe, vulgo a turma A dois, também a mesma que a nossa, porém em salas diferenciadas. Ele sempre vinha até aqui nos intervalos de aula e saídas. Como raios eu não pensei e não cheguei a pensar nisso? Fui por impulso, não fui racional quando, agora, mais precisei.


Eu tremia, eu estava nervoso, eu não queria que ele me visse. Disfarçadamente comecei a procurar o mesmo pelas pessoas que alí estavam.


Nenhum lugar, nenhuma mesa.

As estantes! 



Min Yoongi sabe se esconder melhor do ninguém nessa escola, por isso quase ninguém o vê nos intervalos. Ele é rápido a ágil, não é atoa que é um gênio.


Andei pelas estantes e, enquanto achava uma maneira de encontrá-lo sem que ele percebesse, comecei a me distrair com os livros que alí se encontravam. 


Porém, eu me distrai até mais do que devia quando senti meu corpo se chocar com um alheio.


Três livros caíram no chão dando um belo estrondo, eram grossos e dois de detetive. Talvez a pessoa gostasse de enigmas, e, quando me toquei, eu percebi que não cheguei a olhar para a pessoa alí a minha frente com quem tombei.


Estava na cara, ela lia livros de detetive, gostava de enigmas, era enigmática.


Quantas vezes já disse isso? Enigmático, enigmática, enigmático, enigmático.


 MIN Y-YOONGI!? – era de se esperar que ele estivesse aqui por meio dessas estantes. Tampei minha boca com as mãos quando percebi que fui histérico dentro de uma biblioteca.


— Caralho, minha cabeça... – eu fiz problemas aqui, socorro.

— Yoongi! – tentei amenizar a situação, mesmo nervoso com o que se aconteceu aqui.


— Perdão, mas eu lhe conheço de algum lugar? – perguntou ainda capturando o que havia acontecido a pouco arqueando a sombrancelha e franzindo a testa demonstrando dor.

— Desculpa por ter tombado em você do nada, eu estava distraído com os livros da estante... – abaixei a cabeça, senti meus olhos marejados logo seguidos de pequenos pingos de lágrimas umidecendo minha calça. Estava de joelhos em forma de perdão, mas não entendia o por quê de mim mesmo estar alí chorando.

— Você é Park Jimin. — esperto, meu esperto – Eu estou estressado, até por quê não gosto de contato com pessoas e nem mesmo que se 'tombem' comigo. Porém é você, então não tenho motivos para te dar uma bronca. — ergui meu olhar lagrimado do recente e ainda choro o vendo estender a mão.

— Eu sei que você está querendo até mesmo me socar por isso ou está sendo educado demais para não fazer. – eu neguei por quê estava envergonhado do que havia feito.

— Você nunca fez mal algum a mim e sei que nunca me fará. E não, eu não estou sendo educado demais para não te dar bronca. Estou estressado porém sei me controlar nesse momento por incrível que pareça, mas não tenho outros motivos para lhe socar e não tenho ao menos coragem pra isso. Você é inocente, vários tombaram comigo de propósito... você não, você teve um motivo e não fez por querer. Eu te conheço e já te observo há muito tempo, Park Jimin. – não sei se foi por impulso dele, mas ele me sustentou e me levantou num estalar de dedos. 

Eu me sentia seguro, porém nervoso, diante dele naquele momento. Eu estava perplexo para falar algo, então só tinha de agradecer e ainda pedi perdão pelo o que aconteceu.

Eu estava mais perplexo pelo o que o mesmo acabava de falar. Ele me observava a tanto tempo e eu sempre tive a ideia em minha cabeça que ele voltava o olhar para mim nas aulas como troco das minhas olhadas e 'espiadas' a ele. Eu nunca parei pra pensar que Min Yoongi me observava mesmo quando eu estava tão distraído.

Eu mantinha em segredo o que sentia por Min Yoongi. Fui tão inseguro a ponto de nunca pensar que isso aconteceria e agora ele me diz isto.


Eu só sei de uma coisa...




Eu estava tão perto a ponto de beija-lo a qualquer momento.


                   


                     

















Notas Finais


Não sei se ficou curto, mas obg por ter lido até aqui ; ~;; ;3;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...