História Cool For The Summer. - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Anitta, Austin Mahone, Becky G, Beyoncé, Britney Spears, Cameron Dallas, Cole Sprouse, Dylan Sprouse, Harry Styles, Ian Somerhalder, Jensen Ackles, Justin Bieber, Kendall Jenner, Madelaine Petsch, Nicki Minaj, Sandra Bullock, Selena Gomez, Shawn Mendes, Vanessa Hudgens, Zac Efron, Zayn Malik, Zendaya
Personagens Austin Mahone, Becky G, Cole Sprouse, Dylan Sprouse, Justin Bieber, Selena Gomez, Zac Efron, Zendaya
Tags Banda, Colegial, Comedia, Drama, Musica, Romance
Visualizações 16
Palavras 1.669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


As musicas citadas no capitulo são:
Shawn Mendes - There's Nothing Holdin' Me Back.
Justin Bieber - Boyfriend.

Capítulo 29 - Quer namorar comigo?


Fanfic / Fanfiction Cool For The Summer. - Capítulo 29 - Quer namorar comigo?

    Três dias se passaram e nada do Dylan e Cole voltarem. Pelo menos era oque eu pensava até receber uma mensagem do Cole dizendo que eles iriam voltar ainda hoje, já que ele odeia perder aulas e o Dylan odeia ficar perto da mãe deles. Fiquei nervosa em saber que verei o Dylan, ainda não estou pronta para o ver depois do que rolou... 
    Tem tantas coisas acontecendo ultimamente, primeiro o Justin com essa nossa relação que nem sei se posso chamar assim. Depois o Harry dizendo que gosta de mim, outra coisa que ainda preciso resolver pois ainda não conversei com ele. E agora, beijei o Dylan. Oque é que está acontecendo com a minha vida?
    
   -Hoje tem aula de musica! -Mity disse toda animada enquanto se arrumava. 


   -Não tenho nada pronto! -Falei.


   -Nem eu, más a apresentação de hoje é opcional! -Mity explicou. -Eu estou curiosa mesmo é com a apresentação do Pedro, ele disse que teria algo especial para hoje! 


   -O Justin também! -Falei me lembrando do que ele havia me dito segunda, que iria cantar uma musica que ele mesmo escreveu para uma tal garota... Quero muito saber se essa garota, sou eu.


   -Ele canta? -Mity perguntou surpresa.


   -Sim! -Respondi. -Pelo menos foi oque ele disse...


  Pedro POV.


  Acordei com o Justin me chamando.


  -Ei, mano! Cade aquela musica que você disse que iria me emprestar? 


  -Está no meio de alguns dos meus cadernos ali na mesa! -Respondi sonolento.


  -Ah sim! É que hoje tem aula de musica, e vou cantar para a Nancy, igual havia lhe dito! 


  -É verdade, tinha me esquecido que é hoje! -Falei.


  Já o Justin vai usar a musica que escrevi para a Mity, (da qual eu alterei, é claro) precisarei de outra musica para cantar, pois falei pra Mity que teria algo especial hoje. Más acho que vou ter que usar a primeira que escrevi sobre ela, da qual a mostrei na festa do Justin.


  -Você vai cantar oque hoje? -Justin perguntou. -Ouvi você dizendo que iria apresentar também!


  -Ah, uma musica boba que escrevi aí...-Falei sem dar muita emoção. Não quero que o Justin desconfie que é sobre alguém. 


  -Bom, vai se trocar porque temos jogo agora antes da aula de musica! -Justin disse.


  -Está bem, já vou! -Falei me levantando e indo até o banheiro para me trocar.


  Dylan POV.


  Britney nos levou de volta para o colégio. Apesar de ainda estar muito triste, prefiro ficar aqui do que lá na casa dela. Confesso que estou um pouco nervoso, pois pensei na Nancy durante esses três dias inteiros. Não sei oque está acontecendo comigo, será que estou gostando dela? Antes eu estava achando essa ideia ridícula, más agora estou começando a acreditar nisso.
   Uma das ultimas coisas que meu pai me disse foi para correr atrás da Nancy, e isso está me remoendo a cada minuto que passa. Apesar de não ter certeza dos meus sentimentos, eu queria ser sincero com a Nancy sobre oque estou sentindo nesses últimos dias. Eu sei que vai ser difícil, pois não consigo me abrir com facilidade. Más apesar da Nancy ser uma garota extremamente irritante, sei que ela é gente boa e não vai debochar de mim. 
    Cole e eu chegamos no horário de aula, então todos estão nas salas uma hora dessas. Me troquei e fui até a educação física, que é a aula que está tendo agora. Quando cheguei na quadra, todos já estavam jogando. Alguns pararam e ficaram me encarando com um olhar de pena, droga, odeio que me olhem desse jeito. 


   -Oi Dylan, é bom te ver aqui! -O professor Ian disse sorrindo para mim. -Você pode ficar no  time do Harry!


   Eles estavam jogando basquete, fui para o time do Harry como o professor disse. Justin e seus amigos idiotas também estavam jogando, más no time rival. Por incrível que pareça, hoje ele não mexeu comigo nenhuma vez, deve ter me poupado por causa do luto. É um bunda mole mesmo. 


  O Harry parecia não estar inteiramente no jogo, pois toda hora ele se distraia e acabava perdendo a bola pro time rival. 


  -Ei, oque você tem? -Perguntei para o Harry.


  -Ah, é por causa de uma garota ai... -Ele disse e eu o olhei incrédulo. Eu que perdi meu pai a três dias estou conseguindo jogar normalmente, e ele está se distraindo parecendo um cachorro abandonado por causa de uma GAROTA?


  Quando terminou o jogo, perdemos graças ao Harry. Enquanto ele se sentava na arquibancada para descansar, me sentei em seu lado e perguntei oque estava acontecendo.


   -É que eu estou gostando de uma garota, ela é muito especial, sabe? É diferente das outras desse colégio, ela não se prende a coisas superficiais e é muito engraçada! Más quando fui dizer isso a ela... Ela simplesmente saiu correndo! -Harry contou e eu comecei a rir. É a primeira vez que eu ri de verdade depois que meu pai morreu...


   -Como assim correu? Que tipo de garota faria isso? -Perguntei ainda rindo.


   -A Nancy! -Assim que ele falou, parei de rir e fiquei assustado.


  -Você está gostando da Nancy? -Perguntei surpreso e ele apenas confirmou com a cabeça.


  -Sei que vai parecer engraçado, más é o primeiro fora que eu levo... -Harry falou triste.


   Droga, se ela deu um fora até no Harry, imagine em mim? Más foda-se, quem precisa da Nancy? Nem sei aonde estava com a cabeça de querer me declarar pra ela, ainda bem que conversei com o Harry antes, se não eu poderia ter cometido uma grande burrada.


 Nancy POV.


   Depois da primeira aula, fomos ansiosas para a sala de musica, sempre adoramos essa aula. Resolvi dar uma passadinha no banheiro antes da aula começar. No caminho, acabei encontrando Dylan pegando alguns livros no armário e resolvi ir até ele. Por mais que eu esteja com vergonha, ele ainda é meu amigo e eu quero saber como ele está depois do que aconteceu.


   -Oi Dyla... -Antes de terminar, ele me interrompe grosseiramente.


   -Só deixei você me beijar porque eu estava em um momento vulnerável e você se aproveitou da situação! Más não pense que isso irá se repetir! -Ele disse e depois saiu. Oque? Más que merda foi essa que ele acabou de dizer? 


    Porque ele foi tão grosseiro e que historia é essa de ''deixei você me beijar'', foi ele quem me beijou! Más é claro, é o Dylan, como eu pude esquecer, ele não merece um pingo de compaixão. Nunca mais vou tentar ajudar ele em um momento difícil, tentei ser gentil e ele me fala umas besteiras dessas. Na próxima vez, vou lhe acertar um tapa na cara quando ele tentar me beijar. 
   
 Pedro POV.


   Finalmente fui para a aula de musica. Confesso que estou nervoso, vai ser a primeira vez que vou apresentar nessa aula, e ainda vai ser uma musica que eu mesmo escrevi. Espero que a Mity perceba que essa musica é sobre ela. 
    A professora iniciou a aula e depois de passar algumas tarefas de voz iniciais, finalmente começou as apresentações musicais. Se apresentou duas pessoas na minha frente, percebi que os alunos por aqui são bem talentosos. Por fim chegou a minha vez, respirei fundo e subi no palco.


   -A musica que irei cantar é uma que eu mesmo escrevi, ela se chama There's Nothing Holdin' Me Back! -Falei olhando para a Mity, que me olhava sorrindo. 
    Comecei a tocar meu violão e então iniciei a musica. Cantei a maior parte olhando para a Mity, que pude notar que parecia emocionada. Quando terminei, todos me aplaudiram e me senti realizado. 


   -Muito bom Pedro, muito bom mesmo! -A professora Marina disse para mim. -Bom, quem mais quer se apresentar hoje?


    Foi ai que o Justin levantou a mão e foi até o palco. Me sentei próximo a Mity e perguntei o que ela havia achado da musica que acabei de cantar.


   -É linda! Foi a mesma que você me mostrou aquele dia, né? -Ela perguntou.


   -Sim... Pode ficar pra você! -Falei dando o papel onde estava a musica escrita. Pude ver os olhos dela brilharem com o meu presente. 


   Nancy POV.


  Pedro se sentou perto da Mity e lhe deu a musica que ele havia acabado de cantar. É claro que ele cantou essa musica pra ela, pois não tirava os olhos dela um minuto sequer enquanto cantava. Não sei porque eles enrolam tanto e não se pegam de uma vez.
   Parei de prestar atenção neles assim que o Justin começou a falar no palco.


   -Bom gente, essa musica que escrevi é sobre uma garota muito especial, e ela está aqui agora... -Justin disse e vi varias garotas se animando, oque me incomodou um pouco. -Essa musica se chama Boyfriend! -Ele disse pegando o violão.
     Quando ele começou, me encontrei completamente apaixonada por sua voz. Ele tem uma voz tão doce que eu poderia ouvir o dia todo. Ele cantava olhando fixamente para mim e sorrindo algumas vezes, isso me deixava cada vez mais iludida pensando que talvez aquela musica possa ser sobre mim. O refrão era assim: 


       ''Se eu fosse seu namorado, nunca te deixaria ir
             Manteria você em meus braços, garota, você nunca estaria sozinha 
            Posso ser um cavalheiro, qualquer coisa que você quiser
       
    Se eu fosse seu namorado, eu nunca te deixaria ir, nunca te deixaria ir.''

    No final da musica, Justin fez algo que nem eu, nem ninguém estava esperando. Ele desceu do palco e veio até mim, pegou na minha mão me fazendo levantar. Ele me levou até o palco, e cantou o ultimo refrão diretamente para mim, eu quase chorei de tão emocionada.


      -Então Nancy, quer ser minha namorada? -Ele perguntou quando finalizou a musica. 


   Meu coração até mesmo errava as batidas. Acabei de ser pedida em namoro, ou ouvi errado? Pela cara de espanto e surpresa de todos daqui, acho que eles ouviram o mesmo que eu. Apesar de conhecer o Justin a pouco tempo e nos beijamos somente uma unica vez, aceitei sem pensar duas vezes.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...