1. Spirit Fanfics >
  2. Cópia Perfeita - Jung Hoseok >
  3. Decisão difícil

História Cópia Perfeita - Jung Hoseok - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo<3 fiquei um pouco sumida, mas é porque comecei uma fanfic do Taehyung (o link vai estar nas notas finais) vão lá ler depois, tenho certeza que não vão se arrepender.

BOA LEITURA <3

no capítulo anterior:

Eu sinceramente não sei o que vai acontecer daqui pra frente, saber que ela é minha irmã me abalou muito, mas ela é uma psicopata, tenho que levar isso em consideração.

Capítulo 23 - Decisão difícil


no capítulo de hoje:

Acordo com o despertador me infernizando.

- DROGA. - me levando e me arrumo.

- Bom dia bela adormecida. - Diz Joy sentada a mesa tomando café.

- Tô de mal humor. - pego uma torrada.

- Por quê?

- Preciso decidir o que vou fazer com a Lily. - disse desanimada.

- Ah, até eu ficaria mal humorada, mas pensa, ela te matou... Se ela ficar livre pode voltar pra te atormentar.

- Tava pensando isso, mas deve ser ruim matar uma pessoa, ainda mais ela que é minha irmã gêmea.

- QUÊ? - disse chocada, e só aí fui me lembrar que não tinha contado a ela.

~quebra de tempo~

Contei tudo pra Joy, mesmo ela sabendo que a Lily é minha irmã ela acha melhor eu me vingar, mas eu não tenho certeza.

- O Hoseok chegou. - disse abrindo a porta.

- Bom dia amor. - me da um selinho.

- Bom dia, onde vamos primeiro? - pergunto.

- Estava pensando em ir pro galpão já, quanto mais rápido resolvermos o que faremos com aquela menina é melhor.

- Certo então vamos, tchau Joy. - abraço a mesma e saímos em direção ao galpão.

~quebra de tempo~

- Oi S/N, pronta pra tomar a maior decisão que você já teve que tomar? - diz Jin com o mesmo humor de sempre.

- Jin, não tô com paciência hoje.

- TPM? - pergunta

- Não esqueça que eu tenho poderes, me zoa de novo que você vai sentir dor.

- Nossa, não tá mais aqui quem falou.

- Vem vamos logo. - disse Hoseok. - ela está dormindo ainda?

- Eu injetei um remédio nela para dormir, mas daqui uns minutos ela vai acordar. - respondeu Jin

~quebra de tempo~

- Ela acordou. - nos chamou Jin.

Entramos na sala que ela estava e pude ver o estado que ela estava, parecia estar cansada e com fome.

- Irmãzinha? Olha o que eles estão fazendo comigo. - disse chorando.

- Ela está tentando te manipular, não se deixe levar. - me avisou Hoseok.

- Você acha que eu vou ter pena de você, sua ridícula, você me matou! Você merece morrer. - rebati

- Eu sou indestrutível, ninguém pode me matar.

- Está enganada, essas algemas que estão te prendendo bloqueiam todos seus poderes.

- Você não seria capaz de me matar. - me desafiou

- Não? - perguntei chegando perto dela. - Então vou ter que te provar.

Começo a apertar seu pescoço cada vez mais forte até ela ficar roxa.

- Você me torturou, mas eu não vou fazer o mesmo com você, quero terminar com isso logo.

Minha garra de ferro das mãos cresce e eu finco em seu peito, logo a mesma que estava viva deu seu último suspiro.

- Como se sente? - perguntou Hoseok

- Me dá um tempo. - disse grossa.

Sai rapidamente daquele lugar e fui pra uma praça ali perto. A história de ter matado minha irmã que me matou mexeu com minha cabeça, não sei se serei a mesma S/N de antes.

- Tudo bem? - um desconhecido se aproxima

- Quem é você? - pergunto com a mesma grosseria que estive o dia inteiro

- Sou Jungkook, Jeon Jungkook, mas pode me chamar de Kook se quiser, e você? Como se chamar?

- S/N, por que você tem uma arma? - pergunto olhando pro objeto em sua cintura 

- Sou policial.

P.O.V HOSEOK

Logo fui atrás da S/N e vi que ela foi a uma praça, quando ia me aproximar dela para conversamos um cara já estava lá, pera... É o policial daquele dia... o... Policial Jeon, o que ele quer com ela? Sem pensar em mais nada me aproximo deles.

- Tudo bem amor? - olho pro policial.

- Eu te conheço de algum lugar... Você é o dono daquele galpão, certo? - perguntou

- Eu mesmo, vamos, eu te levo pra casa S/N.

- Por quê? Estou conversando com ela. - policial chato.

- Eu tenho que ir, até mais Kook - disse S/N.

Nos afastamos e eu me pronunciei

- Que merda foi aquela?

- O que? - estava confusa.

- "Até mais Kook"

- É o apelido dele, agora vamos embora logo.

P.O.V S/N

Eu e Hoseok já estávamos na rua da casa da Joy, até que eu sinto que alguém estava nos perseguindo.

- Hoseok, tem alguém atrás da gente.

Como Hoseok manjava mais dos poderes ele usou a visão pra ver quem era.

- Droga, é aquele policial, o que ele quer?

...........................................

 


Notas Finais


fanfic do Taehyung: https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-dark-mind--kim-taehyung-18706656

adicionem aos favoritos

comentem o que estão achando

desculpem qualquer erro

beiJINhos e J-HOPEbrigada <3333333333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...