História Cor de Marte - Capítulo 48


Escrita por:

Postado
Categorias Philippe Coutinho, Thiago Silva
Visualizações 271
Palavras 1.320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá suas linda, sim a escritora diva ta de volta, eu tive alta, tem coisa melhor do que isso, não tem.

Vamos lá as notícias
1 As inscrições para os papeis das personagens estão fechados (Obrigado por todas as fichas)

2 Eu decidir abrir 4 vagas de personagens (Sim suas lindas voces tem mais chances de entrar na fanfic)

3 O resultado eu já escolhi as 4 meninas( o resultado vai lá para as notas finais viu)

4 Como amanhã vai começar as minhas aulas na faculdade, sim eu faço faculdade de Design Gráfico to no último período ai voces entendem né que tem TCC, Horas complementares e entre outras coisas.

5 Eu não vou desistir da Fanfic, sério eu comecei e vou terminar, só que agora vamos estipular que eu irei postar 3 vezes na semana pode ser, a e é voces que escolhem o dia viu quero a opinião de voces

6 Como descobrimos a pouco tempo que a protagonista Tati Silva está grávida de gemeos, quero o comentários de voces se vai ser .
- Um casal
-Duas meninas
-Dois meninos


Bom é uma satisfação enorme ta de volta, espero que o estagiário tenha cuidado bem de voces

Capítulo 48 - Philippe Coutinho o Super Herói


Capitulo 48

Pv da Tati

Já era quase 7 da noite eu nada do Alisson, eu olhava no telefone preocupada, sabia que não tinha com o que me preocupar na verdade ele estaria cuidando da Helena junto com a Natalia.

Droga o que eu tava fazendo ali. Eu me arrumei, botei uma legging preta, um moletom cinza já que a noite no Rio de Janeiro estava fria e uma tenis, amarrei meu cabelo e passei uma maquiagem simples e botei na minha bolsa, meu telefone, meus documentos e algum dinheiro.

Sair do apartamento e decidir da uma caminhada pela Orla de Copacabana, na verdade eu só queria respirar um pouco, parei em um dos vários quiosques de Copacabana e pedir um suco, quando o meu telefone tocou, olhei no visor era Firmino.

_Fala meu consagrado- falei atendendo

_Nossa é assim que se fala, Oi minha fisioterapeuta preferida- falou ele e eu rir

_O que devo a honra da sua ligação- perguntei

_Quando ce ia me contar que eu ia ser padrinho- perguntou ele, nossa até ele, não ia ter criança pros meninos serem padrinhos . Eu apenas rir

_Assim que chegar-se em Liverpool eu contaria querido, como anda as coisas em São Paulo- perguntei

_Vão bem, na verdade Larissa está com saudades- falou ele

_Fale que eu mandei um beijo e também sinto saudades, daqui á 1 semana a gente se ver em Liver- falei e ele riu

_Então ta decidida ir mesmo- perguntou ele

_Sim, na verdade eu só quero viver a minha vida- falei

_Te entendo, mas e o Coutinho- perguntou ele

_Ele tem família Beto- falei

_Eu sei mas ele te ama- disse Firmino

_Se amar-se mesmo tinha dado um jeito- falei birrenta

_Tudo bem moça birrenta, bom eu preciso ir eu só liguei para saber como meus sobrinhos estavam, beijos morena- falou ele

_Beijos Beto- falei desligando o telefone, ele tinha adotado o mesmo apelido que o Coutinho me chamava "Morena".

Terminei de tomar meu suco e paguei e continuei a caminha, e acabei a comprar uma pipoca amanteigada. Quando o meu telefone tocou novamente, olhei no visor era Philippe.

_Aló- atendi meio receosa

_Graças a Deus, desculpa ligar essa hora, não sabia para quem ligar, o Phil caiu da escada e não quer ir pro hospital e ele pediu para ligar para voce- falou ela e eu engoli em seco.

_Não sou médica Aine- falei e foi quando eu ouvir "Me passa esse telefone"

_Oi, sou eu, por favor eu sei que voce quer distancia, mas eu preciso de voce, é a minha clavícula- falou ele

_Tabom, pode mandar o endereço- perguntei

_To mandando por mensagem- falou ele

E assim desliguei o telefone e vi a mensagem chegar não era tão longe, eu peguei um táxi e corrir pra lá, quando eu cheguei lá o seu irmão me esperava na porta.

_Tatiana- perguntou ele e eu assentir

Acompanhei ele e quando eu entrei na sala ele tava sentado no sofá tinha um corte feio nas costas e a sua clavícula estava estranha do outro lado que eu tinha posto pro lugar.

_Olá boa noite- falei

_Bom noite querida, obrigado por vim, o teimoso não quer ir ao hospital- explicou a mãe dele e dei um sorriso de lado.

Me sentei de frente para ele e ele me olhou.

_Quer me contar como voce fez isso- falei e ele deu um sorriso de lado parecia que estavamos na Rússia em uma de suas sessões.

_A Maria ia caindo da escada e ia se cortar feio no vidro do vaso, eu agarrei ela, e acabei me ferindo mais do que pensei- falou ele

_Mas ela está bem- perguntei e ele assentiu

_Aine ta cuidando dela- falou Dona Esmeraldina e eu assentir

_Podem providenciar Gelo e algumas toalhas mornas por favor- falei Dona Esmeraldina assentiu pedindo para governanta.

_Obrigado por vim, devo ter te tirando do seu filme- falou Philippe

_Estava na Orla comendo pipoca quando ligaram, ta tudo bem, eu odeio ficar sozinha em casa- falei

_E onde está o Alisson- perguntou ele

_Saiu cedo para resolver com a Natalia sobre o aniversário de 2 anos da Helena- comentei

_Ta tudo bem com os bebes- perguntou ele e eu engoli em seco

_Ta sim. Pode sentar no chão eu vou botar a clavícula no local- falei

_Vai doer da primeira vez- perguntou ele e eu assentir

Vi que tinha retornado com as coisas, peguei uma pedra de gelo e levei até a boca do Philippe.

_Se concentra no gelo e não grita- falei eu senti o choque térmico quando a ponta dos meus dedos tocaram nos seus lábios.

E assim fui pra trás fiquei de joelhos, a minha barriga era pequena mas já encostava no Philippe, peguei nos nervos certos e puxei botando no local e ele apenas gemeu de dor.

_Pronto- falei

_Voce é muito habilidosa com isso, parecia que era só uma menina na Seleção- comentou o pai de Philippe

_Pai, para- falou Philippe

_Ta tudo bem, é um prazer conhecer-lo Senhor Coutinho, tudo o que deixa é a primeira impressão né, meus parabéns por ter um filho tão maravilhoso- falei e ele assentiu

_Desculpa pelo modo que eu falei- disse ele

_Ta tudo bem- falei então eu me virei e olhei para Philippe.

_Vamos fazer o curativo disso- perguntei e ele deu aquela risada de lado.

_Não quero tomar seu tempo- disse ele- falou ele

_Vamos logo antes que eu me arrependa- falei e ele assentiu

Sentei no sofá e ele sentou no chão entre as minha pensas e como o ferimento era na costa na parte de cima, eu fui limpando e fazendo o curativo.

_Pronto- falei limpando a mão e botando uma toalha morna na clavícula para não inchar muito.

_Essas toalhas mornas são para que- perguntou a irmã dele

_Quando qualquer distensão tiver no corpo e for posta no local novamente o aconselhado é fazer isso, é para não ficar muito inchado- falei  e ela assentiu

_Ah sim- comentou ela e eu sorrir ela era tão fofinha quando o irmão.

_Bom eu preciso ir- falei

_E quanto é seu serviço- falou Aine descendo as escadas com Maria nos braços

Para surpresa de toda Maria esticou os braços para mim querendo colo

_Não filha a Tatiana já vai né- falou Aine mas não dei atenção pegando Maria nos braços

_Quer dizer que a baixinha queria voar- falei para Maria e ela deu aquele sorriso sapeca

_O papai é meu super Heloi Tia, ele me salvou- falou ela e eu sorri

_É sim, seu pai é metido ao Super Herói de muita gente- falei olhando para ele

_E em relação ao meu serviço, não é nada, sou contratada pela CBF e meus serviços é manter os jogadores bem, e além do mais somos amigos não é mesmo Senhor Coutinho- falei e ele assentiu

_Mamãe, Papai eu posso dormir com a minha Tia Tata, ela vai contar hislolhinhas para eu dormir feito lainha- falou Maria e eu rir

_Oh filha, não pode a sua Tia tem que ir pra casa porque ta tarde- falou Aine e eu assentir

_Eu prometo que amanhã eu vejo te trazer aquele bolo de chocolate o que voce acha- perguntei e ela bateu palmas rindo

_Eu te amo titia- falou ela e eu sorri abraçando ela e dando um beijo no seu rosto

_Bom eu preciso ir- falei me despedir de todos

Era meu trabalho que eu tava fazendo ali, mesmo não estando bem.

 

(...)

Depois deste sufoco que eu passei com a Maria eu estava dolorido, com dor e cansado, meu coração estava quente por ter visto ela, por ela ter vindo cuidar de mim mesmo com retulancia.

Fui na cozinha e encontrei um papel no balcão.

"Remédio da caixa azul para caso de dores do curativos"

"Remédio da Caixa verde é para a situação da Clavícula"

Melhoras

Tati

Sorri mesmo assim ela se preocupava comigo, mesmo longe.


Notas Finais


TAMTARAMMMMMMMMMMM (Músiquinha de suspense)

As 4 fichas escolhidas foram
1 @Samyfarias
2 @CarolyneK
3 @CamilaIsquierdo
4 @AndySkarsgard

PARABÉNS AS ESCOLHIDAS. Para as outras fichas que não foram escolhidas eu espero que entendam, mas eu fiquei com a lista de voces salvas e futuramente em uma nova fanfic que eu to começando a escrever voces entram.


COMENTEM MUITO MUITO MUITO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...