História Coração Ardente. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Celta
Visualizações 7
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Magia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oiii genteee!!! Desculpem eu não ter um padrão para escrever essa história, é porque estou em período de provas. Mas prometo que quando passar e as férias chegarem, posto todos os dias. Até lá, pesso sua paciência também. Não vejo a hora delas chegarem. Não sei vocês, mas eu adoro quando as férias chegam. Então vamo parar de enrolação e bora para a história. Obrigada por lerem e boa leitura!!! ;3 (^^)

Capítulo 15 - Esbarrando ao Reino.


Fanfic / Fanfiction Coração Ardente. - Capítulo 15 - Esbarrando ao Reino.

Durante o voo, todos estavam em silêncio. Encima de Skylord estavam Adriela e Nícolas. Em suas patas estavam; na direita Adeline e na esquerda Andrew, ambos os dois desmaiados.

Estava entardecendo quando Skylord achou uma ilha que lhe parecia bem segura. Então voou em sua direção e pousou em uma montanha que encontrou nela.Assim que pousaram, Adriela rompeu o silêncio.

-  Não sei vocês, mas eu não gosto nem um pouco desse cara! - Diz Adriela apontando Andrew.

-  Para com isso Adriela! Ele salvou a Adeline. E, aliás, é muito bom ver ela novamente. - Diz Nícolas se ajoelhando ao lado de Adeline.

-  Ta bom, ta bom! Mas ainda não gosto dele! - Diz Adriela cruzando os braços e levantando sua sobrancelha direita.

Alguns minutos depois Adeline se acorda.

-  Adeline! - Grita Skylord, Adriela e Nícolas juntos. Então correm para abraçar a amiga.

-  Amigos! É tão bom ver vocês! - Diz Adeline os abraçando.

-  É muito bom ver você Adeline! - Diz Nícolas sorrindo.

-  Digo o mesmo! - Diz Adriela ainda a abraçando.

-  Agora diga, o que aconteceu com você enquanto estive fora? - Pergunta Skylord se deitando em volta deles.

-  Bem, um corsário quase me estuprou, me deixou paraplérgica e ajudou meu pai a nos pegar. - Responde Adeline séria.

-  O que?! Você nunca diz essa palavra! - Grita Nícolas e Adriela juntos.

-  Mas não foi só isso. Andrew me mostrou uma linda floresta feita de Lírios. E o melhor é que ela era mágica! - Diz Adeline olhando para Andrew, que ainda estava desmaiado.

-  Sério? Tipo, mágica mágica mesmo? - Pergunta Nícolas sacudindo os braços tentando explicar sua pergunta.

-  Sim. Ele pediu para elas fazerem um tipo de barreira com os galhos e elas o fizeram. Foi tão incrível! Estou vendo a cena até agora! As águas do rio eram criatalinizadas quando se via de perto e azul-claras quando se via de longe. Que floresta linda! - Diz Adeline ipnotizada com as lembranças que estava tendo no momento.

Andrew começa a se acordar lentamente. Então se senta e observa Adeline conversar com seus amigos. Ele dá um pequeno sorriso. Andrew nem percebe que a grande cauda de Skylord bateu nele de leve.

-  Que bom que você acordou Andrew! - Diz Skylord sorrindo para Andrew.

-  Andrew! - Sorri Adeline. - Espera, Skylord sabe falar? - Pergunta virando na direção da cabeça do dragão que repousava ao chão gramado.

-   Você que está me entendendo. - Responde o próprio dragão sorrindo.

-  Amigos, conheçam Andrew. Obrigada por me salvar, Andrew. E obrigada também, Skylord! - Sorri Adeline. 

-  De nada! - Fala os dois ao mesmo tempo.

-  Olá Andrew. - Fala Adriela e Nícolas.

- Andrew esses são Adriela e Nícolas, meus amigos! - Diz Adeline.

-  Olá. - Sorri Andrew.

-  Então, quero saber o porquê de o senhor ter salvado nossa amiga. E por quê você não trouxe ela?! - Pergunta Adriela se aproximando de Andrew, com os braços na cintura e o olhando com um olhar de raiva e curiosidade.

Andrew contou toda a história dele com Adeline para os três ouvirem. Depois, contou os motivos de ter salvado Adeline.

-  Nossa, estou sem palavras. E por quê você não contou pra gente, em Adeline! - Diz Adriela se virando para a amiga que estava sentada no chão.

-  Bem, fui me lembrando enquanto estive na caverna com ele. - Ela responde.

-  E rolou alguma coisa entre vocês? - Pergunta Adriela com cara de maliciosa.

-  Não! Não, só somos amigos. - Diz os dois por igual.

-  Tá, sei! - Continua Adriela ainda com o mesmo olhar.

-  É sério Adriela! Para com isso! - Diz Adeline fingindo raiva.

Estava escurecendo e foram aparecendo vagalumes nas árvores da floresta. Os cinco resolveram passear na floresta juntos para ver de perto a beleza da mesma ( foto do capítulo ). Adeline foi nas costas de Skylord. A floresta estava tão iluminada que dava para ver perfeitamente todos os cinco ali.

Eles andaram até chegarem em uma clareira e ali mesmo resolveram dormir.

Na manhã seguinte, eles se acordaram e continuaram a andar.

-  Não aguento mais andar! Pra mim já chega! - Diz Adriela ofegante.

-  Ava Adriela! Só estamos andando faz cinco minutos. - Diz Nícolas de saco cheio das reclamações da amiga.

De repente, eles dão de cara com uma cascata e do outro lado havia um reino, sendo ligados por uma ponte feita de carvalho escuro.

-  Uau! Que vista maravilhosa! - Surpreende Adeline.

-  Concordo plenamente! - Diz os outros em um uníssono. 





***






Pérola estava em uma barraca limpando o estabelecimendo de Megarium. Ela havia escapado do incêndio causado por um dragão de verdade que estava do lado da filha do rei. Ela estava vendo tudo acontecer de novo em sua mente. Estava impressionada com a tamanha beleza que aquela criatura possuía. Jonny entra na tenda interrompendo os pensamentos de Pérola.

-  Oi Pérola! Estava pensando, você por acaso gostaria de viver uma aventura comigo hoje? - Ele pergunta a puxando pela cintura, a fazendo se assustar.

-  Espera, tenho que limpar... - Ela foi interrompida por um beijo de Jonny. Um beijo longo, amoroso, no qual nenhum dos dois gostaria de parar.

Megarium entra furioso no estabelecimento, interrompendo o casal de prosseguir com o que desejavam.

-  Saiam daqui, idiotas! Se querem fazer, façam em outro lugar! - Grita ele.

-  Desculpe senhor. Mas como estão os preparativos do navio? - Pergunta Jonny puxando Pérola para atrás dele.

-  Péssimos. Nenhuma madeira desta floresta inútil pode reconstrui-lo de volta. Vou ter que mandar uma carta para Annabel pra ela mandar navios para nos pegar aqui. - Diz Megarium pegando uma pena e um pergaminho.

Jonny e Pérola saem dali. Jonny vai até a praia com ela e pega um bote pra eles.

-  O que você disse foi realmente verdade? - Pergunta Pérola.

-  Sim. Vamos começar uma vida juntos em outro lugar. Em um reino distante desses. Vamos para Wasecrow! - Diz Jonny sorrindo para Pérola que sorri também. Os dois entram no bote e partem para sua jornada.






CONTINUAAA.....







Notas Finais


Oiii genteee. Se ficou pequeno me desculpem, estou meio que sem ideias. Se gostaram comentem e deixem suas opiniões nos comentários. Obrigada por lerem e até o próximo capítulo! Bjs!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...