1. Spirit Fanfics >
  2. Coração de pedra >
  3. Segunda fuga da prisão

História Coração de pedra - Capítulo 41


Escrita por:


Capítulo 41 - Segunda fuga da prisão


Depois de conseguir apagar a individualidade da maioria dos heróis, finalmente irei tirar meu pai da prisão.

Eu ativei a individualidade da Toru, tirei a roupa que vestia e o cara de buraco negro me leva direto para dentro da prisão, sua individualidade permite que ele faça isso sem nenhum alarme tocar, foi o que aconteceu na USJ.

O portal preto que se formou dentro da prisão chamou a atenção dos policiais ali perto, eles vieram correndo, eu comecei a golpear eles, como eu estou invisível e ativei a super velocidade, acerta-los é muito fácil, eles tentavam acertar várias direções aleatórias, e eu os atacava por trás. Depois de todos terem desmaiado, fui até o local onde controlam  as câmeras, alarmes, e etc. O desativei usando a eletricidade do Kaminari. Fui procurando pelas salas o meu pai, às vezes outros policiais apareciam, eu lutei contra eles também.

Depois do que pareceu serem horas, achei a sala onde meu pai está, um pequeno espaço repleto de câmeras de segurança e armas apontadas para o mesmo. 

Não tem porta... não dá para passar... vou usar o one for All, não sei exatamente como funciona, apenas me concentrei o máximo e percebi linhas rosas brilhando pelo meu braço, o soquei contra a parede, um buraco gigante se abriu, fui até o meu pai e o soltei, meu braço está ardendo e formigando, mais nada comparado ao Midoriya. Ao solta-lo, entraram vários policiais armados no lugar, que logo levaram as mãos à cabeça e aparentemente estão muito perturbados, essa é uma das individualidades dele, as pessoas ao seu redor conseguem ver imagens perturbadoras de pessoas morrendo. 

O cara de buraco negro apareceu e nos transportou para o prédio da União. 


Notas Finais


Obrigada por ler 🙂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...