História Coração Explosivo - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Visualizações 63
Palavras 1.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi genteeee!!!
Eu sei q é o Todoriki e a Momo na foto, mas eu gostei bastante dessa imagem, então eu coloquei ela, e eu tbm n lembro como foi o resgate do Bakugou, então meio q n vou narrar essa parte, vcs vai entender quando lerem o cap.
Espero q gostem!😘

"Lembrando..."

{} Pensamentos da personagem.

Capítulo 28 - Resgate e o pedido


Fanfic / Fanfiction Coração Explosivo - Capítulo 28 - Resgate e o pedido


Eu tava no meu quarto deitada na cama com os olhos inchados de tanto chorar, já estava se fazendo duas semana que o Katsuk tinha sido levado pela liga de vilões, durante essa semana eu tinha ficado em casa. Recovery Girl me deu alguns dias de folga para ficar em casa e descansar das queimaduras que o vilão com o nome Dabi tinha feito em mim. Não precisei fazer compras, então não saí de casa em momento nenhum. 

Nem tinha ido vê a Mitsuki e o Masaru, não tive coragem de encarar os dois, não soube falar como fui incapaz de salvar o filho deles. Ainda me culpava pelo sequestro do Katsuk, tava me sentindo um nada por não conseguir salvar ele.

{A culpa toda é minha, eu poderia ter feito alguma coisa, mas eu não prestei atenção no resto do pessoal, e no... Katsuk}

Junto com essas lembranças vieram as lágrimas que acompanharem elas, afundei a cara no travesseiro abafando o grito de raiva que eu dei.

Eu: MERDA!!!- Furei um dos travesseiros com as minhas garras.- Desculpa Katsuk, me perdoa, por favor...- Afundei novamente a cara no travesseiro.

Escutei a campainha tocar, sequei o rosto rapidamente e fui atender. Olhei no olho mágico e vi o Kirishima acompanhado com grande parte da sala {Mas o que...?}. Destranquei a porta e a abri.

Deku: Oi Yoko, podemos entrar...?- Perguntou cabisbaixo.

Eu: Claro, entrem!- Abri caminho p'ra eles passarem.

Todos eles passaram e foram p'ra sala, alguns ficaram de pé mesmo, já os outros se sentaram no sofá.

Eu estava com um short curto com listras brancas e pretas, uma blusa branca com mangas pretas que iam até os cotuvelos, os cabelos soltos e bagunçados. Resumindo, eu estava um horror.

Kirishima: A gente veio falar com você sobre o... Bakugou...- Disse anceoso.

Eu: ACHARAM ELE!!!???- Arregalei os olhos e minha expressão mudou de tristeza para animação.

Deku: Er... Não...- Minha expressão voltou ao normal, triste.

Kirishima: Mas ele vai voltar!- Disse confiante.- Porque nós mesmos vamos salvar o Bakugou!- {Katsuk...}.

Fiquei s m palavras, tinha uma grande chance de fracassarmos, mas se eles estavam tão confiantes deveriam ter um plano.

Eu: Topo!- Sussurrei com a cabeça baixa.

Kirishima: Como?- Perguntou sem entender.

Eu: Eu disse que eu topo, eu vou ajudar a salvar o Bakugou!- Um pingo de esperança criou dentro de mim.

Kirishima: Obrigado, eu sabia que a gente podia contar com você!- Deu um sorriso amigável.

Eu: Então, qual é o plano?- Perguntei com determinação.

Eles me contaram como seria o plano, onde era esconderijo dos vilões que nos atacaram. O plano seria feito em uma semana.



"Quebra de tempo..."                                               (1 semana depois)



A semana se passou muito rápido, durante esse tempo eu treinava dia e noite p'ra chegar no dia do plano em forma e preparada p'ra qualquer coisa que vier.

Fui me encontrar com o resto do pessoal na frente do portão da U.A, cheguei lá e todos tavam me esperando chegar. Saímos de lá e fomos até o esconderijo dos vilões, demorou mais ou menos uma hora.

(Pov's Narradora: Num tô com saco pra ficar narrando coisas desnecessárias, então já vou pular pra parte legal)


     No esconderijo da liga dos vilões...


Meus ossos doíam como se um prédio estivesse me esmagado por dentro, sentia gosto de sangue na boca, todo o meu corpo doíam e sangrava. Lutava com a tal Toga, ela tava com a minha aparência, lutavamos com tudo que tínhamos.

Toga: Você é boa!- Disse cuspindo sangue.

Eu: Cala a boca e luta!- Disse dando um soco direto, a acertei em cheio.

Ela chutou a minha canela, me distraí por um momento e ela me deu um soco na bochecha esquerda. Balancei a cabeça p'ra voltar ao normal, a olhei com fúria, corri na sua direção e a peguei pela cintura e a derrubando no chão, sentei sobre o estômago dela e comecei a dar socos consecutivos na cara da loira. Mas, rapidamente, ela empurrou o meu coroa pro lado se soltando e se levantou no pulo, também me levantei. Quando me levantei ela chutou o meu estômago, mas antes de tirar a perna sobre o meu estômago, eu segurei sua canela e joguei no alto, dei um salto e no ar, soquei o seu estômago, a mesma caiu de costas pro chão. Desacordada.

Me virei de costas e andei até o resto do pessoal. Mas eu tinha me enganado sobre a Toga, a loira rapidamente saca uma faca e me apunhalou pelas costas, dei um grito de dor, me vire, a peguei pelo pescoço e a joguei, com toda a minha força, contra a parede, quando Toga se chocou contra a parede, a mesma rachou com um impacto.

Eu: Merda...- Exclamei quando toquei no meu tronco.

Estava muito feio, mas eu sobreviveria. O meu macacão estava ensanguentado, eu sentia ele úmido e quando me mexia doía. 

Kirishima, junto com a Mina, vieram me "isaminar" quando perceberam o meu estado.

Mina: Yoko!!- Me abraçou com preocupação.

Kirishima: Tá doendo muito?

Eu: Não...- Respondi ofegante.

O ruivo deu uma leve cutucada no meu ferimento, senti uma dor imensa e dei um grito de dor.

Kirishima: É, eu vou te deixar em um lugar seguro!

Eu: NÃO!!- Disse automaticamente.- Eu vou com vocês, eu tô nem.- Disse com uma careta de dor.

Mina: Obviamente você não tá bem, você não vai conseguir fazer nada, pode até atrapalhar.- Disse com uma pontada de anceio na voz.- Então o Kiri vai te levar p'ra um lugar seguro, você querendo ou não!- Disse brava.

Eu: Mas eu preciso vê ele.- Disse com a voz chorosa, mas sem derramar uma lágrima sequer.- Eu preciso.

Mina: Eu sei que tá preocupada com ele, mas você não vai ajudar ele machucada desse jeito, eu prometo que a gente vai trazer ele são e salvo!- Disse com um sorriso aconchegante no rosto.

Eu: Okay, eu espero vocês aqui.- Funguei e retribuí o sorriso.

Kirishima me pegou no colo no estilo noiva, segurei seu pescoço e o deixei me levar p'ra um lugar seguro. Me deixaram e foram buscar o Katsuk.

{Tô te esperando Katsuk Bakugou, eu tô te esperando...}



"Quebra de tempo..."                                               (20 minutos depois)



Eu tava sentada no chão fazendo pressão no meu ferimento esperando eles com o Katsuk. Escutei berros, e era uma voz muito familiar.

Katsuk: POR QUE DEMORARAM TANTO HEIN!!!???

Kirishima: Como ficamos com saudade dos seus pits...

Denki: Poisé, até fiquei com saudade dos seus tapas na minha cabeça.

Katsuk: Oonnww... Deixa eu matar a tua saudade!

Denki: AI!!!!

Deku: É bom ter você de volta Kacchan.

Katsuk: Cala a boca, nerd dos infernos!

Katsuk: E vê se não demorem na próxima vez!

Vi o Katsuk andando com os braços cruzados e a sua típica carranca se sempre {Como eu tava com saudade dessa carranca!}, quando eles chegaram mais perto me levantei no pulo. Não sei de onde eu tirei forças, mas eu me levantei e saí correndo em direção do "meu Kacchan".

Eu: KATSUK!!!!!- Gritei com os olhos marejados até ele.

Katsuk: Totó, você veio!?- Perguntou olhando p'ra mim.- Será que vo...

Pulei no Katsuk e o derrubei no chão com um abraço apertado deixando ele sem palavras.

Eu: Me perdoa, me perdoa, me perdoa!- Disse entre as lágrimas de alegria.

Katsuk: Totó, eu não tenho que te perdoar, a culpa não foi sua!- Retribuiu o abraço.

Eu: Você nem imagina a saudade que eu tava de você, não aguentava mais ficar longe de você!- O abracei com mais força, queria protegê-lo a todo custo.

Katsuk: Também senti saudades, era um saco sem uma sarnenta como você me enchendo.- Acariciou os meus cabelos.

Eu: Por favor, me perdoa!- Não pude aguentar, mais lágrimas saíram molhando a roupa dele.

Katsuk: Eu já disse, você não teve culpa de nada, ouviu? Na-da!- Sussurrou no meu ouvido.

Eu: Katsuk... Eu te amo!- Sussurrei no ouvido dele.

Katsuk: Que...

Antes que ele dissesse alguma coisa, eu o surpreendo com um beijo apaixonado, ele segurou a minha cintura e retribuiu o beijo sem nenhum dúvida. A boca do Katsuk tinha um leve gosto de menta e frutas vermelhas, o nosso beijo era intenso, não queria parar nunca! Mas, infelizmente, precisávamos de ar, então tivemos que encerrar o nosso beijo.

Katsuk: Eu também te amo Totó!- Disse ofegante encostando as nossas testas.

Todo mundo: EEEEEEEE!!!!!!!- Gritaram em comemoração.

Mina: EU SABIA!!!! O MEU SHIPPE É REAL!!!!!- Quase pulou de alegria.

Eu: Katsuk!- Chamei sua atenção, ele me respondeu com um "Hum?".- Eu sei que não é hora e nem lugar, mas...- {Calma Yoko, é agora!}.- Quer namorar comigo?

Katsuk: Merda, eu é que ia pedir primeiro.- Deu um sorriso de lado.- Mas eu vou aceitar o seu pedido.

Dei mais um beijo apaixonado nele, estávamos sentados no chão nos beijando quando escutamos uma tosse, foi aí que eu me toquei que ainda tinha pessoas olhando a gente {Que vergonha}.

Denki: Odiamos estragar o momento love de vocês, mas temos que ir embora sabe?- Cruzou os braços.

Katsuk: Não enche Pikachu!- Me abraçou de lado e me deu um selinho.

Eu: Ele tem razão Katsuk, temos que ir!

Katsuk: Depois eu vou matar você Pikachu desgraçado.- Li os seus lábios, revirei os olhos e me levantei.

Só naquele momento que o Katsuk percebeu que eu tava machucada, ele ficou um "pouquinho" bravo, tava querendo saber quem fez aquilo comigo, mas eu o acalmei e fomos embora de mãos dadas.

























Notas Finais


Me perdoem qualquer erro ortográfico...😅
Esse foi o cap, particularmente, EU AMEI!!!!! Espero mesmo q tenham gostado!
Bom, era só isso mesmo, então...








Tchauzinho pessoal!!!👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...