1. Spirit Fanfics >
  2. Coração Selvagem (Imagine Byun Baekhyun - EXO) >
  3. O tempo parou

História Coração Selvagem (Imagine Byun Baekhyun - EXO) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente! Então, eu trouxe essa fic nova pra vocês sobre shifiters, eu estava querendo escrever a um tempo e aqui está. Espero que gostem...
Boa leitura🖤

Capítulo 1 - O tempo parou


Fanfic / Fanfiction Coração Selvagem (Imagine Byun Baekhyun - EXO) - Capítulo 1 - O tempo parou


Alô? Malia? Eu realmente espero que tenha uma boa razão pra me ligar essa hora da noite.

– Uma ótima razão! Festa na casa do Julian! Vem pra cá agora!

– Malia, você só pode estar louca! São duas da manhã.

– Percebeu que não estou pedindo, não é? Vem logo, aqui está bombando.

– Tá bom, tá bom... chego aí em quarententa minutos. 

Desliguei. Malia, com certeza, é insuportável e fica me arrastando pra essas festas... Mas nem adianta dizer não, é capaz de ela vir aqui me buscar a tapas, melhor evitar. 

Após um banho rápido coloquei um vestido preto rodado, um all stars da mesma cor e passei o lindo e chamativo, batom vermelho. Com certeza não precisa de muito, a essa hora as pessoas devem estar acabadas de tanto beber. Pego as chaves e vou pro carro, em alguns bons minutos eu chego na casa de Julian. Desci do carro e entrei. Senti alguém me puxando e vi Malia, radiante e feliz, como sempre.

– Oi!– ela gritou me abraçando apertado. 

Malia Fox, minha melhor amiga. Ela estava usando um vestido azul marinho lindo, a deixava fofa, mas ao mesmo tempo dizia: não brinque comigo. E com certeza combinava muito com seus olhos verdes.

– Vem, vamos dançar!– saiu me arrastando pela casa em direção da pista. A festa estava cheia, deixando claro o quanto Julian era popular. Por falar na peste, ele chegou me abraçando de repente. Retribuí sem problemas, afinal o idiota é o meu melhor amigo. 

Julian Lewis, tremendo cafajeste. O garoto mais popular da faculdade. Por que é meu melhor amigo? Para minha sorte, ou azar, Julian me mostrou a faculdade no meu primeiro dia, e nos demos muito bem. Desde então me tornei amiga dele. 

– Então, me explique por que sua mão está vazia? 

É verdade, todos estão com um copo na mão ou uma garrafa de cerveja.

– Venha, vamos pegar uma bebida pra você.– Ele saiu me puxando, sem nem mesmo esperar minha resposta.

– Mas e a Malia?– Gritei em sua direção.

– Acho que ela está ocupada.– Olho para minha amiga e a vejo beijando seu namorado, Chanyeol. Novamente eu estava de vela e nem tinha percebido, por sorte Julian apareceu.

–Cerveja, não é?– Ele perguntou uma última vez, pelo visto não descansaria até eu ficar bêbada.

Uma. Duas. Três garrafas e eu estava muito bem... Dançava com Malia e Julian, aproveitando ao máximo o momento com meus amigos fantásticos. 

– Não olha agora, mas tem um cara te observando... Ele está perto das escadas.– disse Malia em meu ouvido.

Virei no mesmo momento e uau! A única reação que tive foi essa. O tempo parou, ele é simplesmente perfeito, seus cabelos negros caiam sobre seu rosto, sua risada contagiante me fez sorrir enquanto adimirava seus traços belos e únicos, quando encontrei seu olhar senti um frio absurdo na barriga, meu rosto ficou quente e meu coração acelerou, o que está acontecendo? Para de olhar, ele deve pensar que é uma estranha. Mas eu não conseguia, estava hipnotizada por tudo naquele homem, eu me perdi em um sorriso, e gostaria de me perder todos os dias. 

Saí do transe quando senti duas mãos em meus ombros me chaqualhando.

– _____? Você está bem?– Malia perguntava. 

– E-estou sim... Só preciso de outra cerveja.– Na verdade a única coisa que eu queria era ver o homem de novo, olhei para as escadas e ele havia sumido.

Ótimo, você o assustou quando ficou encarando-o. Belo jeito de flertar, _____.

×∆×∆×

Ressaca. A única palavra que passava em minha mente quando acordei, e ela passava fazendo minha cabeça latejar mais. Levantei da cama vendo minha cara de derrota no espelho, olheiras, cabelo desarrumado e um cheiro de bebida que deixaria qualquer um embriagado. Olhei ao redor vendo Malia e Julian deitados no chão, alguns amigos do nosso anfitrião na cama e garrafas espalhadas por todo o quarto. Eram os efeitos de uma festa com muito álcool. Resolvi ir embora para me arrumar pra faculdade. Sim, tínhamos aula ainda hoje, todos teriam que ir, a semana de provas está perto, as aulas de agora são cruciais. 

Meu celular começou a tocar assim que saí do banho, Malia.

–Ei, vadia. Tá em casa? Não vi você sair.

–Sim, estou me arrumando. 

–Estou indo aí, não tô com paciência pra voltar pra casa, espero que tenha um uniforme reserva.

Ela desligou sem esperar minha resposta, ok. Típico da Malia.

Após uma hora estavamos prontas e saindo de casa. Lógico, as duas com óculos escuros, era dia de sol então estava muito claro. Enquanto dirigia pensava no homem que eu tinha visto na noite anterior, quem era? Eu nunca o tinha visto, ele é daqui? Será que vou vê-lo de novo?

– Malia?– Tive sua total atenção, ela abaixou o som e esperou eu dizer algo.– Você conhece aquele menino de ontem?

– O que estava te olhando?– Ela sorriu maliciosa.– Bom, senhorita interessada, a única coisa que sei sobre ele é que é novo na cidade, mas já chamou atenção de muitas meninas, inclusive a sua.– Corei e ela começou a rir.

Então quer dizer que é novo por aqui, com certeza Julian o conhece já que estava na festa dele. 

O restante do caminho foi tranquilo. Descemos do carro e corremos pra sala, novamente atrasadas. 

– Corre, _____!

– Vai na frente, preciso pegar meu livro no armário!– Tirei minha chave da mochila e destranquei o armário, retirando o livro e novamente correndo para a sala, me destraí por um segundo e bati nas costas de alguém. Folhas voaram pelo ar e caíram no chão, junto com meu livro e celular.

– Me desculpa! Estou atrasada e não via por onde ia.– disse ajudando a seja lá quem a recolher os papéis.

– Sem problemas.– Aquela voz me chamou a atenção, olhei para cima e era ele. O homem da festa, ele sorriu novamente e o tempo parou de novo. Entreguei os papéis e nossas mãos de tocaram, senti uma corrente elétrica percorrer por todo o meu corpo.

– Prazer, sou Baekhyun.



Notas Finais


Oi de novo gente!! Espero que tenham gostado, esse foi o primeiro capítulo...
Bom, eu falei bem pouco dos amigos da prota, mas a intenção é aprofundar em todos eles... Outra coisa, quero postar todo sábado, sem horário, se eu não publicar no sábado no domingo sai. Ok? Ok!
Um beijo gente e até o próximo capítulo❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...