1. Spirit Fanfics >
  2. Coração Selvagem (Imagine Byun Baekhyun - EXO) >
  3. Diga adeus a sua companheira

História Coração Selvagem (Imagine Byun Baekhyun - EXO) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


E aí galerinhaa, boa noiteee!
Como estou ficando em casa esses dias resolvi postar pelo menos um capítulo por dia. Só isso mesmo...
Boa leitura🖤

Capítulo 4 - Diga adeus a sua companheira


Fanfic / Fanfiction Coração Selvagem (Imagine Byun Baekhyun - EXO) - Capítulo 4 - Diga adeus a sua companheira


P.o.v Baekhyun

– Não faz sentido, Chanyeol! Ela está duas horas atrasada! Por que não me avisou? Tem algo errado, estou pressentindo que aconteceu alguma coisa.

–Fica tranquilo, deve estar tudo bem. Ela pode ter se esquecido, apenas.– A possibilidade de _____ ter se esquecido de mim me magoava muito. Mas eu tinha certeza que não era isso. Ela está em apuros, e eu preciso ajudá-la.– Vamos fazer o seguinte: eu e Malia iremos até a casa dela e você procura na universidade. 

– Tá bom, me liga assim que chegar lá.

Eu estava inquieto, com medo de algo ter a ferido ou pior alguém. Mas uma coisa é certa: não vou descansar até tê-la comigo. 

Peguei as chaves da moto e desci correndo, dei a partida e acelerei, chegando em pouco tempo na faculdade. Ela não está aqui, não sinto seu cheiro e nem ouço nada.

Meu telefone começou a tocar, pensei que fosse Chanyeol com boas notícias, mas não. Número desconhecido. Atendi na esperança de ser a _____.

– Alô? Baekhyun?– É ela! Sua voz era triste, fraca e falha, não estava bem.

– _____, onde está? Por que sua voz está assim? 

– Baekhyun! Meu grande amigo.– Meu coração se apertou, era o Bill. Um shifter que já me impediu, muitas vezes, de recuperar minha irmã. E ele estava com _____. Minha vontade era de matar ele, só de pensar na possibilidade dele ter tocado nela.

– Desgraçado! O que fez com ela? Bill, se tiver encostado nela eu arranco sua cabeça! 

– Está tudo bem, mas creio que se não aparecer aqui em vinte minutos ela terá mais um furo na perna...

– Filho da puta!

– Mais respeito comigo, Baekhyun. Sabe que não tenho medo de matar para conseguir o que quero. No momento ainda estou paciente e ela está viva, por enquanto.– Disse rindo, aquele som, essa risada me dava nojo, o que eu mais queria era mata-lo. Quebrar todos seus ossos, um por um e no final estourar seus miolos com minhas próprias mãos.

– Onde estão? Vou até vocês, contando que a entregue segura e viva! 

– Nós vamos fazer uma troca, você por ela. Nos encontre no lado norte da floresta. Venha sozinho e se lembre que meu olfato é tão bom quanto o seu, se eu sentir um cheiro diferente, diga adeus a sua companheira.

– Tudo bem, concordo com tudo o que disse. Apenas me deixe falar com ela mais uma vez.

– Você tem trinta segundos.– Ouvi alguns ruídos diferentes e escutei uma respiração ofegante ao telefone.

– Baekhyun... Não vem, por favor. Ele quer te matar. Eu me viro, só não se sacrifique por mim.– disse sem forças.

– _____, eu preciso de você e vou fazer tudo para te trazer de volta, eu prometo... Me desculpe, por favor. Mal nos conhecemos e já te envolvi em todos os meus problemas, mas estou indo te buscar. Espere só mais um pouco.– Senti uma lágrima escorrer sobre meu rosto. 

– Tempo esgotado! Te vejo em vinte minutos, Baekhyun. Se apresse.

Joguei o celular no chão e ele estourou, quebrando por inteiro. Merda, como deixei isso acontecer?  A raiva se aflorava dentro de mim eu iria explodir, caí de joelhos sentindo meu lobo querer sair, mas não. Ainda não. Preciso encontrá-la.

– Baekhyun? O que aconteceu, cara?– Chanyeol chegou de carro e me ajudou a levantar.

– É o Bill, ele está com ela. Acabou de me ligar e marcou um lugar para nos encontrarmos.

– Como assim está com ela?– perguntou Malia.– O que você fez, Baekhyun?

– Eu não fiz nada, tá legal? E estou pior que você, com certeza. Não tem ideia do que estou sentindo, este homem me torturou por anos e só de pensar que possa estar fazendo a mesma coisa com ela nesse exato momento me dá calafrios.

– O que o Bill disse exatamente sobre esse encontro?– perguntou Chanyeol.

– Que seria uma troca, eu por ela. 

– É uma armadilha! Ele vai matar vocês dois!– Malia gritou.

– Eu não tenho outra opção, é o único jeito. 

– Nós vamos com você.– Chanyeol falou.– Assim teremos mais chances.

– Não podem, ele disse que a mataria se sentisse que não estou sozinho. Eu vou conseguir, a trarei de volta.– Andei em direção a floresta e me ajoelhei, tirei minha blusa e abaixei minha calça. 

– Baekhyun?– Malia chamou.– Por favor traz ela viva.

Concordei com a cabeça e me concentrei, não queria sair lobo? Pode vir. O libertei com toda minha força, corri o mais rápido que pude, farejando seu cheiro e usando a audição como segundo guia. Eu estava perto, meu olfato nunca erra, comecei a ouvir um assobio, Bill. Andei me espreitando dentre arbustos e finalmente os encontrei, aparentemente sozinhos. _____ estava fraca, amarrada em uma árvore, com olhos fechados e cansada. Andei em sua direção sentindo seu doce cheiro me reconfortando de que estava viva. Ela abriu os olhos e me viu, a princípio ficou assustada e começou a se remexer, tentando fugir pensando que eu a machucaria. Senti a necessidade de voltar a forma humana, ela não podia e nem precisava sentir medo de mim. Ao me transformar ela ficou ainda mais apavorada, começou a gritar e se afastava de mim. Mas logo parou ao olhar em meus olhos, ainda vermelhos que aos poucos voltaram a sua cor natural.

– Baekhyun? O que é isso? O que você é?– falou com a voz arrastada. 

– Prometo que explicarei tudo depois, agora fique aqui, em pouco tempo estaremos longe daqui e dele.– disse me referindo ao Bill, que nem mesmo se incomodou com o meu comentário.

– Mas e você? 

– Ele tem negócios pendentes comigo.– Bill se pronunciou.

– Bill... Ainda tenta me capturar. Sabe que nunca me terá de novo, não é? Idiota...

– Ah Baekhyun, tolo é você que pensa que eu quero te capturar... A intenção desta vez é te matar.– Soltou uma gargalhada.– Porém não nesta forma, vamos resolver como nos velhos tempos, um luta de shifiters. Cada um em sua forma animal, será um prazer vencê-lo. 

– Em alguns minutos estarei levando _____ embora daqui. Ela estará segura e você morto, como já deveria estar.

Ele riu e então se transformou, o poderoso tigre. Seu rugido foi alto e feroz. Não iria me deixar intimidar, eu vou te tirar daqui, _____. Me transformei. Senti a terra fresca no chão dentre minhas patas, podendo prever o ataque, apenas com a leve vibração que o chão faria. Fiquei parado o esperando vir, sem perder o contato visual. Ele estava receoso, sabia que eu tinha mais força que ele. Mesmo seu porte sendo maior que o meu tenho mais controle sobre o meu lobo, e isso me fortalece cada vez mais.

Ouvi um rugido e ele saltou em minha direção, desviei mordendo seu pescoço e o derrubando no chão. Eu estava por cima dando fortes dentadas em suas partes mais fracas. Ele me arremessou longe com suas patas e me atacou com tudo, arranhando todo meu corpo e tirando muito sangue. Mas consegui revidar pegando uma de suas patas com a boca e a quebrando, o estalo de seu osso me fez querer rir, eu estava realmente doido para fazer isso. Mas minha felicidade foi breve, ouvi um barulho mais alto e de repente me senti muito fraco, minha perna estava ferida, mas não por Bill. Eu tomei um tiro, ele veio de sei lá onde, droga. Esse trapaceiro. Fiquei em desvantagem e Bill se aproveitou disso. Ele pulou em meu pescoço e começou a morder, seus dentes afiados começaram a furar minha pele e aquilo me fez cair. Para um shifter, em sua forma animal, uma pata quebrada é como um joelho ralado, nossa força é inimaginável. Um ferimento causado por bala é considerado a mesma coisa, porém como não espelimos a bala ela continua dentro de nós até retiramos, e é algo que machuca muito, a dor é horrível. Ela se remexe penetrando mais a carne, nos deixando sem forças e indefesos. Ele se aproximava rugindo, como se risse. Desgraçado. Estava próximo e daria o bote final. Isso se _____ não tivesse gritado, tirando sua atenção de mim, dando tempo de o empurrar longe e conseguir uivar pedindo ajuda. Me levantei tentando ganhar tempo, fui para perto de _____ e comecei a protegê-la. Ele pode ter me ferido mas não encosta essas patas sujas nela de novo. Eu rosnava ferozmente, ele chegava mais perto, bravo. Ouvi outro estrondo e senti mais uma bala penetrando meu corpo, perdi a força das pernas e caí no chão. 

– Baekhyun!– _____ gritou tentando se soltar da corda. Uivei de novo na tentativa de apressar a ajuda, mas eu não sabia se viriam. Eu morreia e talvez _____ também. 

Voltei a forma humana sentindo a dor se intensificar, mas eu tinha que falar com ela.

– Me desculpe, não consegui te salvar.– o tigre observava sentado, queria ver isso. Pra ele era engraçado.

– Não se desculpe! Você fez tudo isso por mim! Obrigada, Baekhyun.

– Lindo, lindo!– Bill se transformou e bateu palmas.– Estou emocionado.– Riu.– Rapazes me dêem uma arma, vou acabar com ele agora. E quem sabe a garota também não conhece o inferno mais cedo...– Os dois homens saíram da mata e jogaram uma pistola na mão de Bill. Ele a apontou em minha cabeça.

– NÃO! POR FAVOR NÃO!– Gritava _____. 

– Últimas palavras, Baekhyun?

– S-sim, apenas uma...– olhei em seus olhos e vi que ele estava achando graça do meu estado.– Agora! 

Vi um leopardo branco saltar sobre minha cabeça e uma raposa abater um dos homens. O leopardo se aproximou de Bill e o mesmo deu pra trás, estava sem defesas e não tinha tempo de se transformar, o leopardo era mais rápido. Ele rugiu e Bill correu, e em relação ao outro capanga? Bom eu vi uma cabeça rolar sobre minhas mãos e uma raposa muito brava, só liguei os pontos. 

E então meu corpo relaxou, o perigo havia passado. Permeti-me dormir. Ou melhor, desmaiar, eu estava esgotado, sem forças para me manter em pé. Meus olhos foram ficando cada vez mais pesados e então tudo ficou escuro.

Pelo menos ela está segura...



Notas Finais


Opaaaaa, brigaaaa!! É fogo no parquinhoooo. Beleza, aqui foi o cap 4, e o Bill que fugiu gente? Ai ai... A seguir teremos umas boas revelações, então fiquem ligados.
Até mais manas e manos❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...