1. Spirit Fanfics >
  2. "Corações Amarrados" >
  3. Caverna Negra

História "Corações Amarrados" - Capítulo 21


Escrita por: MisakiMeiy

Capítulo 21 - Caverna Negra


Fanfic / Fanfiction "Corações Amarrados" - Capítulo 21 - Caverna Negra

"Kohaku"


Sesshomaru sumiu voando e InuYasha também desapareceu entre as árvores, eu me juntei a Hichiro e seus bárbaros. Kirara se transformou em sua versão maior e eu a montei. 

-Sesshomaru já tem alguma pista Ichiro? 

-Ele não é muito comunicavel, e suponho que esta pertubado com a situação. 

-Entendo, o que faram agora? 

-Vamos seguir o rastro de seu cheiro até o local onde ele se encontra, Sesshomaru é impaciente de mais para nos esperar. 

Andamos durante horas até chegar nas terras do Norte, acampamos ali mesmo pois já cairia a noite. No dia seguinte continuamos a andar, paravamos para comer e depois suguiamos viagem, durante várias luas foram dias muito cansativos de procura e nada, nem um rastro nem uma pista, Sesshomaru vez ou outra aparecia durante anoite pra dar informações aos seus guerreiros, ele era incansável, nunca o vir comer, dormir ou mesmo se sentar  um pouco para descansar, era desumano seu comportamento, InuYasha também sumia durante dias e voltava vez ou outra com caça pra dividir comigo, eu sabia que ele ia ao vilarejo ver a Kagome já que ela também se encontrava grávida. 



"Rin"


Eu estava fraca e muito machucada, não conseguia comer pois a serva Yo-kai  só trazia comida estraga e com mal cheiro pra mim, me mantinham acorrentada e vez ou outra a serva me levava pra tomar um banho e limpar minhas feridas. Apareciam yokais monstros para me espancar sempre, acho que era a única diversão que eles tinham por ali, eu não conseguia entender o que eles falavam mas eles pareciam se divertir toda vez que viam. 

Eu não tinha mais noção de quando era dia ou noite e nem de quanto tempo havia se passado, mas sabia que havia passado muito tempo Devido ao tamanho da minha barriga, e também pelo fato de estar muito magra a barriga parecia muito grande. Não demorou muito até um dos brutamontes aparecer e vir na minha direção, me pegou pelos cabelos e deu vários tapas na minha cara, me jogou no chão e rasgou a parte de cima do trapo que eu estava vestida, chupou e acariciou meus mamilos, eu só conseguia me debater e gritar. Fiz uma oração silenciosa para que ele fosse logo embora e então depois de se satisfazer comigo ele foi. Eu sempre pedia aos deuses para que Sesshomaru me tira-se logo desse maldito lugar, pois não sei se conseguiria viver por mais tempo assim... 



"Kohaku"


Em uma noite muito Fria eu estava dormindo na pelagem de kirara, acordei ao ouvir a voz de Hichiro em pé um pouco distante do acampamento, ele estava com Sesshomaru, não conseguir ouvir a conversa dos dois mas logo Sesshomaru saiu voando e Ichiro voltou acordando os guerreiros. 

-O que houve Hichiro? 

-Sesshomaru nos pediu para ir em direção ao Sul. 

-Vamos demorar horas para chegar até lá. 

-Por isso vamos viajar agora. 

-Certo.

Peguei minha adaga e outros pertences e montei Kirara, os outros bárbaros já estavam prontos e começamos a ir na direção do Sul, a noite estava calma e muito Fria. 




"InuYasha "


Estava indo em direção ao acampamento onde kohaku e os outros estavam quando sentir o cheiro de Sesshomaru próximo. Segui cuidadosamente o vestígio do cheiro do maldito do meu irmão, corri durante horas até o amanhecer, eram terras distantes e desconhecidas, o cenário acabará de se tornar feio e sem vestígios de que havia vida habitando por ali, as árvores eram mortas e o solo coberto por terra preta, o Rio estava seco e o cheiro do local era de enxofre, que criaturas poderiam morar em um local como este?! 

Parei de correr e andei a passos lentos, avistei a figura de Sesshomaru na entrada de uma caverna, haviam dois grandes yokais monstros guardando a entrada, pareciam criaturas muito fortes mas Sesshomaru só precisou levantar um de seus braços para que os dois caíssem ao chão partidos ao meio, eu sabia que meu meio irmão era forte mas dessa vez ele estava fora de si. Me aproximei da entrada logo depois que Sesshomaru havia sumido na escuridão da caverna, observei os corpos no chão e o cheiro maligno estava empregnado. 

-Como o maldito Sesshomaru sabia exatamente onde encontrar a Rin?! 

-InuYasha!!

Era kohaku e os bárbaros de Sesshomaru, logo se aproximaram de mim. Eles avaliaram os corpos no chão e logo me seguiram pela escuridão da caverna até o interior. 



"Sesshomaru"


Minha raiva era palpável, eu sabia exatamente onde teria que ir e onde minha pequena Rin estaria, cheguei nas terras do Sul em poucas horas voando, de longe já avistei os guardas na entrada da caverna, desci na frente deles e mal tiveram tempo de sacar suas Katanas pra se defenderem.

-Vermes  malditos e fracos! 

Adentrei o local e conforme eu avançava malditos soldados me atacavam sem parar, era irritante e repugnante o cheiro de enxofre que exalava dos corpos caídos no chão, o local não tinha uma boa iluminação apenas por tochas de fogo que ilunimavam os corredores até seu interior, continuei a avançar até que me deparei com duas entradas no fim do corredor de pedra, eu não conseguia sentir o cheiro da minha Hime e estava com muita raiva pra conseguir pensar em algo, tomei a direção da esquerda e segui sendo atacado pelos guardas sem parar até chegar em um grande espaço todo iluminado e lá no centro havia uma espécie de trono de pedras negras com dois enormes yokais monstros guardando o trono segurando lanças enormes e pontiagudas. 

-Então você finalmente chegou Sesshomaru? Há Há Há.... Devo admitir que estou impressionado por ter me encontrado tão rapidamente. Por que não se senta e discutimos.... 

Falou o ser que saiu de uma entrada logo atrás do trono, ele sentou no mesmo em seguida. 

-Argh! Onde está Rin maldito??? 

-Senhor do Oeste onde estão seus modos? 

Falou debochado e com um sorriso irritante. 

-Se não quiser ficar sem sua cabeça é melhor me dizer onde ela está e para seu próprio bem maldito eu realmente espero que ela esteja bem, pois pelo contrário... 

-Não precisa me ameaçar Sesshomaru, pois é você que esta em desvantagem aqui, nos dois sabemos como essa situação vai terminar. Mate-o!!

Os dois monstros vieram em minha direção apontando suas lanças, um deles me atacou diretamente enquanto o outro foi para atrás de mim onde minha visão não poderia alcançá-lo.

-Maldição!

Praguejei ao saber que as coisas poderiam demorar mais do que o previsto. 



"Kohaku"


O cenário era medonho, conforme  adentravamos o local pilhas e mais pilhas de corpos desfigurados e estraçalhados pelos chão e alguns até enfiados nas paredes apareciam sem parar,  era algo que parecia trabalho de uma besta sanguinária, mas era com certeza o Sesshomaru, ele realmente iria ao inferno pela Rin, como eu poderia competir com isso? 

Tropecei em um dos corpos e antes de cair no chão InuYasha me colocou de pé novamente me despertando dos meus pensamentos tumultuosos. 

-O que há de errado com você kohaku?

Kirara deu uma lambida na minha bochecha. 

-Ah nada, vamos continuar. 

Não demorou muito até chegarmos no final do corredor e ter que dicidir qual direção teríamos que tomar. 

-Acho que deveríamos nos separar aqui, vai ser mais fácil para encontrar a senhorita Rin. 

Falou Hichiro aos outros guerreiros que o acompanhavam. 

-Não consigo sentir nem cheiro kohaku, nem do maldito Sesshomaru e nem mesmo de Rin. Esse lugar é muito estranho. 

-Vamos pela direita e vocês seguem pela esquerda Ichiro. 

-Me parece uma boa ideia! 

Hichiro fez um gesto com a cabeça e os guerreiros seguiram todos pela direção oposta a que eu e InuYasha tomamos. Pelo caminho não encontramos mais nem um corpo pelo chão, não  demorou muito até agente começar a ser atacados por yokais monstros que pareciam brotar do chão, eu lutei com tudo que eu tinha, eles eram fortes e difíceis de matar, só estão me dei conta do quanto Sesshomaru era um monstro assim como eles, e algo lá no fundo me dizia que esse não era todo o seu poder. InuYasha era um hanyo e também estava com dificuldades para enfrentar os monstros. Kirara os mordia e dilacerava a carne dos monstros com suas garras, mas ela também estava com dificuldades. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...