História Corações Confusos - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Naruto, Nejiten, Saino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 89
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esta fanfic também está sendo postada no Wattpad com o nome de Confusão Amorosa. Menos os Filler que são exclusivos do Spirit.

Capítulo 6 - Filler - Uchiha's


Mikoto estava entusiasmada, tinha ido ao orfanato pela terceira vez no mês como era de costume. Ela é seu marido eram colaboradores do orfanato, e Mikoto fazia questão de visita-lo sempre, de início era apenas pra assegura que o local tinha uma boa estrutura para as crianças até que a alguns anos um bebê chegou, ele tinha um ano apenas e sua história de vida já era pesada, ao olhar o pequeno que descobriam ter o nome de Sai lembrou do seu caçula, e se sentiu comovida pela história do bebê tão novo e já perdeu quem lhe deu a vida é cuidaria até a chegada de sua hora. Mikoto toda a vez que ia ao orfanato ficava um tempo com Sai que era muito recluso e sozinho, mais na presença de Mikoto se tornava amoroso e risonho.

  Quando ele adoeceu com Sarampo, Mikoto obrigou Fugaku a levá-lo ao médico, todas as tardes visitava ele e la ficava lhe fazendo companhia. Foi a primeira a saber que o pequeno perdeu a audição e queria lhe entregar o aparelho auditivo, porem sabia que seria errado lhe entregar algo que o faria grato e que faria ele se apegar ainda mais a ela, pensando na possibilidade de ser adotado.

  Mikoto quando soube que o orfanato iria fecha bateu o pé e convenceu Fugaku a adota-lo, Fugaku já tinha um certo apreço pelo garoto e aceitou a ideia de adota-lo.

Sai entrou na sala da diretora do orfanato com a cabeça baixa de certo sabia que um de seus colegas aprontou alguma e colocou a culpa no mesmo.

- Mandou me chamar Dona Suzana? - perguntou sério e já ciente da bronca e do castigo.

- Eu pedi pra te chamarem! - Mikoto sorriu pra Sai que mostrou um pequenino e quase imperceptível menos pra Mikoto que o conhecia tão bem quanto conhecia os próprio filhos.

- Oi Tia Mikoto! - Mikoto que estava ao lado de Fugaku abri-o os abraço e ele lhe deu um abraço e ela como sempre o encheu de beijos.

- Sai você lembra do meu marido? - falou inclinando levemente a cabeça apontando pra Fugaku.

- Olá Senhor Uchiha! - Sai falou um pouco intimidado.

- Olá Sai! - Fugaku mostrou um sorriso tão discreto quanto o de Sai.

- Querido! - Mikoto chamou a atenção de Sai - Posso te fazer uma pergunta?

- Sim! - respondeu calmo o que era normal pra ele.

- O que acha de ter eu e Fugaku como pais? - Mikoto perguntou com um sorriso doce.

Sai se assustou com a pergunta, ficou sem fala apenas abraçou Mikoto e deixou algumas lágrimas escorre pelo seu rosto e sussurrou baixinho no ouvido dela obrigada. Fugaku se impressionou com a forma em que Mikoto e Sai eram ligados realmente pareciam mãe e filho.

- Agora você realmente vai ser meu filho! E não aceito que me chame mais de Tia Mikoto! Agora Sai é mãe meu filho! - Mikoto abraçou Sai o mais apertado possível.

O processo de adoção durou alguns meses. E quando Mikoto e Fugaku finalmente pode levar Sai pra sua nova casa, quando saíram do carro Mikoto segurou a mão de Sai e o dirijo até a sala.

- Itachi! Sasuke! - Mikoto chamou seus filhos. - Você vai gostar de tê-los como irmãos.

- Oi mãe! - Itachi apareceu saindo do corredor ao lado da escada. - Ah! Oi! Sou Itachi seu irmão mais velho Sai! - estendeu a mão pra Sai que apertou Itachi sorriu e Sai mostrou seu costumeiro sorriso quase imperceptível.

- Me chamou mãe? - Sasuke apareceu em um dos lados da escada.

- Sim Sasuke! Vem cá! - ele desceu as escadas e viu Sai.

- Oi me chamo Sasuke! - ele disse indiferente.

- Me chamo Sai! - respondeu também indiferente.

- Seja bem-vindo a nossa família Sai! - Fugaku disse com um pequeno sorriso.


Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...