1. Spirit Fanfics >
  2. Corpo e Alma >
  3. Inesperado

História Corpo e Alma - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


BOAAAAAAAA NOITE FAMILIA
Mais um capítulo para vocês, está um pouco curto mas voces vão me perdoar ;)
ENTÃO, BOA LEITURA!

Capítulo 24 - Inesperado


Piper Chapman, Wisconsin

Os dias pareciam durar 3 horas, tudo estava passando rápido demais, eu não sabia ao certo o motivo, mas talvez fossem as quatro paredes brancas daquele hospital, ou aquela cama desconfortável da qual não estava permitida a sair, ou a comida ruim, ou a solidão.

Às 19 semanas e 3 dias de gravidez, Olivia me pregou um susto, era segunda feira e eu estava voltando de um dia atarefado no hospital, decidi voltar a pé pois o ónibus ainda demoraria, foi um caminho de cerca de vinte e cinco minutos, não achei que fosse um grande esforço, mas a verdade é que foi um esforço e ao chegar em casa me assustei quando percebi que estava sangrando, e não era algo simples, parecia algo pior e eu entrei em pânico, felizmente Polly estava em casa e me levou correndo para o hospital, eu não sei ao certo o que aconteceu, só sei que chorava muito e temia pelo pior, quando chegamos no hospital eles me levaram rapidamente para a emergência e eu acabei apagando, acordei horas depois, nesta mesma cama de hospital, o pior não aconteceu mas precisava de repouso absoluto para não acontecer, hoje estava completando as 20 semanas e talvez daqui a uma semana me deixariam ir para casa, no entanto, com uma gravidez de risco, o que significava que não podia continuar trabalhando.

Faziam quatro dias que estava presa, eu adorava o hospital, mas não desta forma, e passava a maior parte do tempo sozinha, Polly me visitava todas as manhãs, mas não ficava muito tempo pois os dois primeiros dias ela não me deixou por um segundo e o patrão dela não gostou muito. Durante as noites, tinha a visita de Alex, já fora do horário de visitas, no entanto ela era Alex Vause e também a outra mãe de Olívia então tinha todo o direito a estar ali.

Eu não presenciei a sua reação ao descobrir o que estava aconteceu, Polly foi quem ficou encarregada de o fazer quando eu estava dormindo ainda, poucas horas depois de dar entrada, no entanto, Polly me contou que ela estava aterrorizada quando chegou no hospital, e apenas se acalmou um pouco depois da minha melhor amiga a tranquilizar de que estava tudo bem comigo e com a bebé.

Eram nove e vinte da noite, o que significava que a vinda de Alex estava próxima, ela sempre aparecia tarde pois depois de sair do trabalho seguia para a mansão Vause, jantava com as pequenas, colocava uma roupa mais confortável e dirigia até ao hospital.

Estava distraída assistindo tv, mas um simples movimento da porta me chamou a atenção, a morena alta intimidante estava entrando e hoje algo estava diferente, ela estava com as suas roupas sociais e extremamente impecável, apenas o seu batom estava um pouco desgastado.

-Boa noite. – Ela disse entrando enquanto fechava a porta atrás de si.

-Boa noite. Tudo bem? – perguntei quando percebi que ela parecia um pouco cansada.

-Tudo certo, como você está?

-Tudo continua igual, apenas estou cansada de estar aqui. Voce veio diretamente do trabalho?

-Sim, a reunião demorou um pouco mais do que deveria. – respondeu suspirando enquanto se sentava na poltrona perto da cama.

-Não é melhor ir para casa? Parece cansada.

-Está tudo bem, não se preocupe.

-Se junte a mim então. – disse-lhe me chegando para um lado da cama para lhe dar um pouco de espaço.

 

NARRADOR

PLAY – Rewrite the stars, James Arthur & Anne-Marie

 

Mesmo um pouco reticente, Alex aceitou e seguiu para o espaço que Piper havia reservado para ela, retirou os seus saltos e se recostou naquela não tão confortável cama, acabou por ficar de lado para conseguir ter uma visão de Piper.

Como um ato de carinho levou a mão até à barriga visível de Piper, aquela situação havia a preocupado bastante e ela ainda estava com receio, de forma alguma trocava as poucas horas que tinha do seu dia para ficar ao lado da sua filha e da outra mãe dela.

Piper com os olhos marejados de tão sensível que estava ultimamente, repousou a sua mão na mão de Alex e a acariciou, recebendo de volta um sorriso. Uma troca de olhares intensa, palavras inaudíveis trocadas e sentimentos à tona, Alex não resistiu e cuidadosamente se aproximou de Piper, a morena não conseguia guardar mais para si o que cada vez estava mais presente em sua cabeça e em seu coração. Depositou um beijo terno na bochecha de Piper para segundos depois a puxar com a mão que repousava sobre a barriga da loira para um beijo calmo e cheio de emoção. A primeira reação de Piper foi de choque, no entanto não conseguiu resistir ao carinho terno da mais velha e rapidamente retribuiu o beijo. Uma dança de línguas ocorria entre as duas, sem pressa, apenas aproveitaram o momento.

-O que isso significa? – Piper perguntou quando findaram o beijo poucos minutos depois.

-Que estou mostrando para você que me conquistou. Eu estou…. Gostando muito de você Pipes. – Piper não esperava que aquilo acontecesse, ela e a morena estavam muito próximas, no entanto nunca lhe passou pela cabeça que Alex pensasse além daquilo, nem ela mesma pensou.

-Eu… não estava esperando por isso.

-Eu sei, me perdoe, eu apenas… não consegui, talvez não tenha sid… - Piper ao notar o desespero de Alex a puxou para um novo beijo com a intenção de mostrar que não havia algo errado ali, sentimentos eram imprevisíveis e não poderiam ser controlados, e ela se sentia confortável com a morena.

Depois de findarem novamente o beijo as duas se abraçaram e ficaram assim por longos minutos, foram afrouxando o abraço e se aconchegaram uma na outra, Alex voltou a fazer um carinho confortável na barriga da outra mulher enquanto Piper descansava a sua mão na cintura da morena, por vezes se encaravam mas não trocaram qualquer palavra, precisavam assimilar tudo o que estava a acontecer ainda pois não era algo que estava sequer programado na cabeça de Alex, depois de uma reunião que lhe deu imensas dores de cabeça, no entanto, como havia dito, não conseguiu resistir ao momento carinhoso que trocavam. 


Notas Finais


ai, o amor <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...