História Correndo com lobos - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 31
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiê pessoinhas lindas tudo bem?

Só avisando que estarei mudando a capa de todos capítulos que nem essa que coloquei nesse, ja comecei em alguns, só avisei caso vcs queiram voltar pra ver kkkkk

Boa leitura

Capítulo 19 - Capítulo 19


Fanfic / Fanfiction Correndo com lobos - Capítulo 19 - Capítulo 19

O vento gélido da noite soprou meu rosto, me fezendo arrepiar e mas uma vez me vi na floresta, estava de noite, o que dava um ar sombrio ao lugar, me fazendo temer o que tivesse ali.

Me vi numa necessidade crescente de sair daquele lugar, ali eu me sentia desprotegida e como se algum mal estivesse a minha espreita.

Então eu corro. Sem saber para que lado seguir.

Até que uma névoa espessa começa a cobrir o local me deixando sem saber onde eu estava e para onde ir.

Paro ofegante e caio de joelhos sentindo minhas pernas fraquejarem e o cansasso me dominar.

A névoa se dispersa um pouco e ao longe vejo a silhueta de um homem, ele estava virado de costas o que me impossibilitou de reconhece-ló.

Um frio na espinha me faz temer mais uma vez, minha respiração acelera e sinto a adrenalina correr em minhas veias mas sem me dar tempo de reagir, pois o homem na névoa, em um piscar de olhos vira um lobo tão grande quanto as árvores e rosna para mim.

E não demora para que ele tome impulso e pule na minha direção de boca aberta.


Abro os olhos, respirando pesado e olhando ao redor, constato que eu estava apenas no meu quarto e que já era de manhã.

Já era a quarta noite seguida que eu tinha o mesmo sonho ou melhor, pesadelo. Fato esse que estava me tirando o socego.

Acabo por deixar o assunto de lado, respiro fundo e me levanto, estava na hora de me arrumar para a escola.

                          -×-×-×-

O clima na escola não estava lá dos mais animados. Eu e Luce nos encontravamos no refeitório, apenas observando o movimento.

O fato que tem me deixado bastante intrigada ultimamente é a aproximação repentina de Erick, mas não era só isso que estava me causando incômodo mas sim o fato dele está dividindo atenção entre mim e Cléo, isso me incomodava profundamente.

E hoje eu apenas olhava eles em uma mesa distante de todos, enquanto os mesmos falavam aos sussurros.

- pensei que você estivesse sofrendo pelo outro... E agora isso, sentindo ciúmes do dele_ Luce fala ao perceber meu olhar grudado neles.

Eu tinha contado pra ela sobre Alec e ela ficou tão confusa quanto eu.

- não é ciúmes, eu só acho que a Cléo pode está planejando alguma coisa_ digo e não era mentira, eu não tirava da cabeça que ela poderia sim está tramando algo.

- tem certeza que só ela está tramando, não sei não hein_ ela fala suspirando e olhando o casal junto de mim.

Não respondo nada, apenas reflito sobre, mas chego a conclusão de que Erick não tinha cara de mal.

Acabamos sendo interrompidas pelo sinal que toca, indicando que teriamos que voltar para a sala.

                          -×-×-×-

Pela falta de um dos professores, acabamos sendo liberados mais cedo.

E por conta disso eu teria que esperar mais um pouco até que Gisele viesse me buscar, ja que meu pai não estaria na oficina hoje.

Pra tentar passar o tempo mais rápido, me sentei no banco da praça. Luce já tinha ido embora, sobre meus protestos de que ela podia ir que eu ficaria bem sozinha.

- posso te fazer companhia?_ uma voz bastante conhecida pergunta, levanto a vista e olho confusa para Erick, pensei que ele já tivesse ido.

- se não for incomodar..._ falo sorrindo e ele senta ao meu lado.

- nunca é incômodo está na sua presença, boneca_ ele diz me fazendo corar levemente, não eram todos que colocavam apelidos em mim.

- ta esperando alguém?_ ele pergunta sentando ao meu lado.

- sim, minha madrasta_ falo mas tive a leve sensação de que ele não prestou muita atenção no que eu disse.

Seu olhar estava fixo em um ponto atrás de mim, eu estava me preparando para virar e ver, mas ele é mais rápido pegando minha mão e pondo a outra no meu rosto me impedindo de virar.

- Louise, peço que me desculpe mas agora vou fazer uma coisa que quis fazer desde que eu te conheci_ ele fala sem desviar os olhos de mim, me deixando confusa.

- do que voc..._ tento perguntar mas ele me interompe, colando sua boca na minha.

A surpresa me fez ficar imóvel e sem saber o que fazer, eu estava esperando tudo, menos aquilo. Erick estava me beijando!

Certo que meu primeiro beijo não estava sendo com a pessoa que eu queria, mas me deixei levar pelo momento, fechei os olhos e retribui ao seu toque, levando minhas mãos até seu rosto o trazendo mais pra perto.

Devo dizer que fiquei confusa e um tanto assustada com o que aconteceu a seguir, senti Erick sendo afastado brutalmente de mim e quando consegui raciocinar direito vi Alec segurando o outro pelo colarinho da blusa.

Mas o que diabos estava acontecendo ali?

- seu desgraçado, como ousa?_ Alec fala respirando fundo com um ódio aparente na voz.

- sempre é bom te ver de novo Alec_ Erick diz o mais debochado possível- e ja te apresentaram a nossa doce Louise_ ele volta a dizer com uma risada no fim.

Sem conseguir se conter Alec acerta um soco forte no rosto de Erick, e eu que a todo esse tempo estava em choque, me levantei tapamdo a boca com as duas mãos, enquanto a preocupação me consumia aos poucos.

Tentei me aproximar do rapaz jogado ao chão, mas Alec não deixou, ele passou o braço pela minha cintura e me puxou pra mais longe.

- o que deu em você Alec! Erick não fez nada!_ esbravejo bufando de raiva.

- um dia você ainda me agradecerá por isso_ ele diz me olhando nos olhos mas desviei o olhar por ainda está magoada.

- não se preocupe boneca, eu sou duro na queda mas não desisti ainda, Alec sabe muito bem que não gosto de confusão em público, então nos vemos depois_ Erick diz se levantando juntando suas coisas e estranhamente calmo ele vai embora.

- Louise por favor..._ Alec tenta falar alguma coisa, mas me solto de seus braços pegando meu material.

- não quero falar com você!_ e assim deixo o local sem olhar pra trás.


Notas Finais


E aí gostaram???

Espero que sim e que alguns de vcs não me matem pelo Cap de hj kkkkkk
E é issó nos vemos proximo Cap, bjs e até o próximo😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...