História Corrida do amor - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Personagens I'M, Joo Heon, Show Nu, Won Ho
Tags Changkyun, Couple, Jooheon, Jookyun, Lemon, Monstax, Wonho, Yaoi
Visualizações 23
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii \o

Demorou, mas chegou mais um capítulo!

Espero que curtam e peço desculpas por qualquer erro, não tive tempo para betar.

Capítulo 4 - Capítulo 3


O beijo deixado pelo piloto mais velho, fez com que Lee saísse daquele transe e afastasse do outro, encontrando os olhos calmos de Lim, que sorria de forma singela.

-O...O que você está fazendo hyung? - Lee perguntou ainda tímido, passando os dedos pelo pescoço.

-Só queria sentir o seu cheiro. Nada demais Lee, pode ficar calmo, não vou abusar de você.

O piloto mais velho respondeu, piscando para o outro enquanto caminhava em direção a pequena mesa no quarto, sendo seguido pelo mais novo. Lim, abriu a sua garrafa de champanhe que havia ganhado no pódio, bebendo um pouco e logo entregando para Jooheon.

-Você é campeão, e os campeões bebem champanhe para comemorar.

Lee concordou com o mais velho, tomando uma grande dose antes de devolver. Não demorou muito para que os dois se encontrassem conversando como se fossem amigos de longa data, enquanto esperavam o serviço de quarto trazer o jantar. Jooheon já estava um pouco cambaleante, afinal de contas não estava acostumado com tanto álcool, arrancando algumas risadas do mais velho que prometeu que cuidaria dele.

-Então...Eu venci, mas perdi na aposta...Qual é a minha prenda?- Joo perguntou enquanto terminava o seu sushi.

-Nenhum...Eu falei aquilo mais para ver até onde você iria, para te incentivar e...

-E? - O mais jovem estava curioso.

-E para ter alguma companhia para jantar comigo.- Lim sorriu finalizando o seu prato.

-Hein? Não que eu não tenha gostado de jantar com você, poxa sou seu fã. Mas eu adoro desafios hyung, não ter nenhuma prenda acabou com a competição.- Jooheon falou em único respiro, deitando a cabeça na mesa chateado em saber que aquela aposta não tinha nenhuma validade.

-Tudo bem...Eu tenho uma prenda então.- O mais velho respondeu, sentando mais próximo do outro.

-Qual? - O maknae tratou de levantar a cabeça devagar, já que a mesma rodava um pouco.

-Você tem que ficar de olhos fechados para receber. - Lee olhou um tanto apreensivo com aquela afirmação. - Não precisa ter medo, não vou te fazer mal nenhum.

O mais novo concordou, se ajeitando na cadeira de maneira que ficasse relaxado, ou pelo menos, tentava ficar relaxado. Os olhos foram fechando devagar, até estarem completamente fechados. A respiração estava acelerando e o frio no estomago já começará a incomodar, Lee pôde ouvir alguns movimentos do outro, sentia agora o corpo de Lim mais próximo do seu, suas respirações estavam se encontrando, fazendo o mais novo ficar em dúvida, franzindo sua sobrancelha, antes de sentir seus lábios serem beijados pelo mais velho.

O susto inicial, fez com que Lee abrisse os olhos encontrando Lim com os dele fechados, enquanto seus lábios ainda estavam parados, em uma espécie de selo demorado, esperando alguma reação do mais novo. Esse que demorou só alguns segundos decidindo entre se entregar aquele beijo, com o homem que vinha o fazendo ter sonhos e pensamentos impuros, ou quebrar aquele beijo e qualquer possível envolvimento entre eles.

Lim suspirou aliviado quando Jooheon passou as mãos pelo seu rosto, enquanto abria a boca lentamente, intensificando aquele primeiro beijo. As línguas começavam a se conhecer, enquanto o mais velho com as mãos na cintura de Lee, o puxava da cadeira para o seu colo. Não que ele tivesse a intensão de levar aquele beijo para algo mais íntimo, ele queria ir devagar com o garoto. Mas trazê-lo mais para si, deixaria o beijo ainda mais interessante e confortável para os dois. E era incrível como Lee confiava naquele homem, nem por um instante ele afastou, pelo contrário, havia se ajeitado no colo de Lim e agora passeava com seus dedos por todo o cabelo do mais velho, enquanto o beijo ficava mais intenso, fazendo ambos afastarem as vezes em busca do ar, não demorando para voltar a se encontrarem, em mais um beijo tão desejoso. As mãos passeavam pelo corpo do outro, conhecendo cada pedaço.

Chang encostou a testa na do jovem piloto quando finalizaram o beijo, Lee ainda mantinha seus olhos fechados e as bochechas rosadas. O mais velho sorriu com aquele cena, o garoto conseguia ser ainda mais lindo e fofo daquela forma, por isso, Lim não resistiu e acariciou aquele rosto o fazendo abrir os olhos.

Lee finalmente estava colocando a cabeça no lugar e entendendo a real situação ali, ele estava sentado no colo de Lim, de frente para o mesmo, com suas testas encostadas e seus dedos perdidos em meio aquele cabelo escuro do mais velho, enquanto esse agora mantinha suas mãos acariciando suas costas devagar e eles haviam trocado beijos por quase quinze minutos. 

-Não...Fica aqui.- Lim sussurrou quase implorando, quando o mais novo fez menção de sair do seu colo. - Fica.

Os sussurros de Chang no ouvido de Lee, o pedindo que ficasse ali com ele, o fazia quase derreter ali mesmo. Sua pele arrepiava, seus lábios já secos voltavam a buscar os do mais velho. Os ofegos e pequenos gemidos agora surgiam entre os beijos, enquanto as mãos do mais velho percorriam pelo corpo do jovem e por vezes apertava com desejo sua bunda, o fazendo afastar repentinamente. 

-Isso...Isso está errado hyung. OMG mal nos conhecemos e...Eu já estou aqui. O que vai pensar de mim? Eu gosto de você...Quer dizer, sou seu fã...Mas eu não sou e não quero ser uma presa fácil para você Lim.- Jooheon comentava um tanto desesperado, enquanto saia do colo do outro e daquele quarto.

-Eu não penso isso...Você não é uma presa fácil e eu nunca o tratarei assim Lee. - Lim respondeu quando alcançou o mais novo no corredor do hotel e o prendia contra a parede, sem se preocupar se alguém, principalmente a imprensa veria aquilo - Talvez eu tenha feito isso parecer para você, acho que fui muito ousado desde o primeiro dia que nos vimos. Mas não é por achar que seria fácil, é que de alguma forma, você me chamou a atenção e eu sou assim quando me interesso por alguém. Mas eu deveria ter ido com calma, deveria ter conversado...Ter visto o que você acha...Acabei pensando só em mim. Miane Lee Jooheon.

Lim pediu, soltando o maknae e voltando para o seu quarto, sem olhar para trás. Jooheon mal conseguia acreditar no que ouvira do outro que agora já não estava mais ali. Ele mal podia conter a felicidade de saber daquilo, mas foi impedido de voltar ao quarto do mais velho, pelo seu celular que agora tocava insistentemente, acusando que Shownu o ligava.

 


Notas Finais


\o


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...