1. Spirit Fanfics >
  2. Corte de noite estrelada >
  3. Capitulo seis

História Corte de noite estrelada - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capitulo seis


Fanfic / Fanfiction Corte de noite estrelada - Capítulo 6 - Capitulo seis

Todos de Auradon já sabiam que a rainha do lado sul estava grávida, nossos pais estavam radiantes com minha gravidez, meu irmão quase matou meu noivo, lembro da briga

Flashback on

Meu irmão acha que eu sou uma criança, ele jogou meu noivo longe, com minha super velocidade eu o joguei longe

-NÃO TOQUE NELE DE NOVO- gritei com raiva- VOCÊ PODE MANDAR NA VIDA DA HAYLEY E NA DA LÍDIA MAS NÃO EM MIM, QUER CULPAR ALGUÉM CULPE A MIM, EU NÃO SOU MAIS UMA CRIANÇA

-VOCÊ SÓ TEM DEZESSEIS ANOS- falou alterado

-E DAÍ? É A MINHA VIDA, É O MEU FILHO, O MEU NOIVO- gritei

-Evie calma- Lia falou

-SE VOCÊ TOCAR NELE DE NOVO EU MATO VOCÊ- gritei

-Ei princesa, calma, tá tudo bem- ele falou olhando em meus olhos- respira fundo, você não pode ficar nervosa, pensa no nosso bebê- assenti e respirei fundo- vem, você precisa descansar

Flashback off

Eu estava na escola, aula de química, aquele cheiro de formol estava me deixando enjoada

-Professor eu não me sinto bem- falei

-A, a princesa tá enjoada?- Jamie perguntou

-Cala a boca, ela tá grávida- Mal falou e ela arregalou os olhos- o que está sentindo

-Eu sinto muita vontade de vomitar- falei

-Consegue ir sozinha?- Doug perguntou e eu neguei- posso acompanhar ela professor?

-Claro, claro- ele levantou, tentei me levantar mas fraquejei e ele me segurou, me pegou no colo

-Eu levo as coisas de vocês quando a aula acabar- ele assentiu

-Vem Lady- saiu comigo no colo e me levou até o banheiro feminino, me ajoelhei em frente ao vaso e comecei a vomitar, ele segurou meu cabelo- isso, põe pra fora

Perdi as contas de quanto tempo eu tava ali, ouvi a porta se abrir

-Doug? Como ela tá?- Mal perguntou

-O que ela tem?- era a fada madrinha

-Ela tá grávida- ele falou

-Grávida?- ouvi a surpresa

-Cara todo mundo em Auradon sabe- Mal falou, dei a descarga e me sentei no chão

-Ta melhor?- perguntou e eu assenti

-Esta de quanto tempo?- a fada madrinha perguntou

-Dois meses- falei

-Vem, eu te ajudo- me ajudou a levantar e ir até a pia

-Da minha bolsa- Mal me entregou, peguei minha escova de dentes e escovei os meus, guardei de volta na bolsa

-Você tem que comer alguma coisa- ele falou

-Não estou com fome- falei

-Mas você precisa, não é saudável ficar de estômago vazio- assenti

Me levou para o refeitório e pegou meu almoço, eu estava almoçando com ele quando meus amigos chegaram

-Ta melhor?- Jay perguntou e eu assenti

-Foi um enjoo matinal, é normal nessa etapa da gravidez- falei

-Gente eu queria falar com vocês- Ben falou se sentando

-O que foi?- perguntei

-Vão chegar novos filhos de vilões, eu queria que vocês os ajudassem a se adaptar- ele falou

-Claro, quem são?- perguntei

-Uma filha da Úrsula, Harry filho do Gancho, Gil filho do Gaston, Célia filha do Facilier, os gêmeos filhos do Sr Smee e Dizzy filha da Drizzela- falou

-A Dizzy?- perguntei sorrindo

-A Evie é tipo uma irmã mais velha, ela cuidava da Dizzy- Carlos falou

-Mal?- perguntei

-Eu não acredito que a Uma vem pra cá- ela praticamente explodiu

-Malévola Bertha senta aí e fica quieta, você não vai arrumar confusão com ela, você vai ser educada e vai receber bem a todos- ela cruzou os braços irritada- sem reclamar

-Eles chegam amanhã- assentimos

***

Eu já estava na frente do colégio esperando os novos alunos, Lady estava a meu lado sentada, eu estava com os horários de todos na minha mão, a limusine chegou e os sete desceram

-Evie- ela me abraçou

-Oi, como você cresceu- falei sorrindo- sejam bem vindos a Auradon, aqui é onde vocês passarão a semana, no fim de semana vocês ficarão na minha casa, eu serei a responsável por vocês todos aqui em Auradon, então qualquer briga, problema eu serei informada- falei e eles assentiram

-Onde você mora?- Dizzy perguntou

-Eu sou a líder de um lugar chamado Vale da perdição ou Corte de noite estrelada- falei

-Nome bacana, é legal?- Uma perguntou

-É onde vivem os sobrenaturais, onde acontece tudo que é proibido em Auradon, vocês vão gostar- falei- aqui seus horários, vou levar vocês a seus quartos

Entramos, seus quartos eram no meu corredor, cada um foi para seu quarto, eu me sentei na minha cama e toquei meu pé inchado gemendo de dor, tirei os saltos e Doug entrou

-Tudo bem princesa?- perguntou

-Meus pés estão inchados- falei

-Quer que eu faça uma massagem?- assenti, se sentou e colocou minhas pernas em seu colo, me acomodei nos travesseiros e ele começou a massagear

-Evie?- vi Dizzy e os seis

-Entrem- falei- aí amor cuidado

-Desculpa princesa- falou

-Gente esse é meu noivo Doug, amor esses são Harry, Gil, Uma, Célia, Squitch, Squarmy e Dizzy- apresentei

-Muito prazer- ele falou

-Você tá noiva?- Dizzy perguntou sentando do meu lado

-Sim e sabe o que mais?- negou- eu tô grávida

-Você vai ter um bebê?- assenti sorrindo e ela me abraçou- que legal

-Nós vamos pra casa hoje, é sexta então vamos após as aulas- assentiram

-Se vocês gostam de esportes temos várias atividades, o treinador está procurando gente- falou

-A gente pode tentar- eles falaram

-Temos bondade curativa agora- falei e me sentei- amor me ajuda?

-Vai continuar com esses? Não é melhor algo mais confortável?- perguntou

-Tem razão, vou o uma sapatilha que é mais confortável, pega pra mim?- assentiu e foi até a calçadeira, pegou uma sapatilha azul escura e veio até mim, calcei e me levantei ajeitando meu vestido- obrigada amor

-Eu vou me vestir para o treino, te vejo no almoço tá?- assenti, pegou o uniforme, me deu um beijo e foi para o banheiro

-Vamos pra aula- falei

A aula de bondade curativa foi boa, Dizzy acertou algumas e errou outras, os outros tiveram mais dificuldade

-Evie- ela falou

-C, devolve ao dono- falei e voltei a ler

-Correta de novo- falou

Voltei a ler meu livro

-Você nem está prestando atenção- Gil falou e eu olhei

-É só escolher o que não tem a menor graça- eles pareceram acordar

-Faz sentido- ri e voltei a ler

Após as aulas teve o jogo, Doug pegou o microfone

-Eu queria dizer uma coisa- ele falou e todos prestaram atenção- tem uma pessoa nessa arquibancada que eu amo mais que tudo, ela é uma linda princesa de cabelos azuis e olhos cor de mel e bom, ela é perfeita- todos fizeram Own e eu sorri com os olhos marejados- a um tempo atrás eu pedi ela em casamento mas acontece que eu acho que ela merece um pedido melhor vocês não acham?

-SIM- todos gritaram e eu sorri

-Come on soul- falou e a banda começou, (Ridículous descendentes)

-Ele é louco- falei sorrindo, Mal, Uma e as meninas riram, ele jogou a camisa pra mim que eu abracei forte sentindo seu cheiro, não posso negar que foi fofo, o jogaram na arquibancada e o trouxeram literalmente até mim, ele terminou e eu o beijei ouvindo os gritinhos histéricos e aplausos

-Eu te amo princesa, já disse isso?- sorri abertamente- por isso eu pergunto de novo- se ajoelhou a minha frente- Evangeline Grimhilde Hunter, você aceita passar o resto das nossas vidas ao meu lado?

-É claro que sim, não importa quantas vezes você me peça sempre vou dizer sim- ele sorriu, se levantou e me beijou

-Vamo bora Doug, o time inteiro tá esperando você- Jay falou

-Vai- dei um beijo e ele se foi, cheirei a blusa sorrindo

-Isso foi tão fofo- Jane falou

-Ele louco por você- Lonnei falou e eu sorri

-E eu sou louca por ele- falei

Já estávamos nos carros, Doug levou Jay, Carlos, Célia e Mal e eu levei os outros, apresentei meu reino a todos e fomos pra casa

-Marie- chamei

-Chamou senhora?- perguntou

-Você e o John podem levar as coisas deles para os quartos?- perguntei

-Claro, senhora hoje é a festa das garotas do caixão- sorri

-Oba, vocês todos estão dispensados pra curtir a festa tá- assentiram e saíram

-Que festa é essa?- Harry perguntou

-Lendas sobre vampiros também são ouvidas por todos os cantos desse reino. Uma das mais famosas é em torno de um grande convento que ainda hoje existe na cidade, o Old Ursuline. A partir de 1720, o local passou a abrigar não apenas freiras, mas também mulheres que eram enviadas da França e ali moravam até que se casassem. Essas jovens eram chamadas pelos locais de "Casket's Girls" (algo como "garotas do caixão") por conta de um enorme baú que cada uma trazia com seus pertences. Além disso, quando chegavam ao vale, elas estavam magérrimas e pálidas por conta da longa viagem nos porões dos Navios. Somando a aparência considerada assustadora, aos "caixões" e ainda ao fato de que nunca eram vistas à luz do dia, foi fácil ganharem a alcunha de vampiras- falei- então nós celebramos as garotas do caixão, vestidos de noiva, jazz, muita dança, comida e bebida, meu vestido já está pronto pra festa, hoje vamos pras ruas, eu amo essas tradições

-Você não pode beber, não se esqueça- Doug falou me abraçando por trás

-Eu sei, só sangue e suco- falei

-Sangue?- Uma perguntou

-Eu sou meio vampira, meu pai é meio lobo e meio vampiro, minha mãe é meio bruxa e meio demônio- falei dando de ombros

-Senhora- John me trouxe um copo grande com canudo cheio de sangue

-Obrigada John- tomei um gole- que foi gente é só sangue

-Vocês se acostumam- Jay falou

-Você tem um estoque de sangue?- Uma perguntou

-Tenho, eu tenho um lado vampiro, não sou imortal, eu envelheço normalmente, eu só preciso beber sangue de vez em quando- falei- aí

-Tudo bem amor?- perguntou

-Tem verbena- falei

-Mas como?- perguntou

-John- chamei

-Sim?- perguntou

-Tem verbena nesse sangue- falei e ele arregalou os olhos

-Majestade essas são as bolsas que a senhora trouxe de Auradon- falou

-Mas eu mesma conferi uma por uma, era sangue puro- falei

Ele foi buscar as bolsas de sangue, as olhei

-B ? Eu não tomo esse tipo de sangue- falei- eu só tomo O-

-Alguém trocou as bolsas- Doug falou

-Evie eu vi uma garota no seu quarto, ela disse que você tinha pedido pra ela buscar bolsas iguais a essas- Dizzy falou- o nome dela era Jamie e estava com uma menina chamada Margareth

-Eu também vi- Harry falou

-A os meninos também estavam- Dizzy falou e eles assentiram

-Elas podiam ter matado meu filho- falei- chame a rainha Jasmine e a rainha Mérida aqui agora e mande trazer as filhas

Ele saiu, me sentei meio tonta

-Princesa calma- falou

-Elas podiam ter matado o nosso filho, eu senti uma coisa junto a verbena, eu não sei o que é- falei, ele pegou e cheirou

-Aconito- falou e eu arregalei os olhos

-O que é aconito?- Mal perguntou

-Erva venenosa, mata lobos- falou- temos que fazer você vomitar esse sangue rápido

***

P.O.V Doug

Já havia se passado duas horas, seu organismo já havia sido limpo do veneno e graças a deus nosso filho estava bem, Evie chorou muito com medo de perder nosso filho e finalmente adormeceu, desci e vi as quatro entrando

-Eu devia arrancar a cabeça de vocês suas psicopatas- falei alterado e elas arregalaram os olhos

-O que aconteceu?- Jasmine perguntou

-Essas duas trocaram as bolsas de sangue da minha mulher e quase mataram ela e o nosso filho- falei

-Vocês o que?- Mérida falou alterada

-Era só uma brincadeira- Maggie falou

-Colocar aconito um veneno mortal para lobos na bebida de uma lobisomem grávida é brincadeira? Meu deus é só um bebê inocente- esbravejei e elas abaixaram a cabeça

-Como ela está?- Mérida perguntou

-Bem, consegui que ela vomitasse o veneno, o sangue estava cheio de verbena, por sorte não bebeu muito, se ela tivesse dado mais um gole ela poderia estar morta, o meu filho poderia estar morto, um bebê que nem nasceu ainda, uma criança inocente, seus problemas são comigo e com ela, se fizerem qualquer coisa que machuque o meu filho ou a minha parceira eu mesma vou caçar e matar vocês- meus olhos estavam negros como a noite, elas me olharam assustadas

Ouvi o grito estridente da minha mulher e corri pra cima, ela estava sentada chorando

-Chama a Sophie, é o bebê- corri

-John- gritei

-Ouvimos o grito- falou

-Traga a Sophie agora, é o bebê- ele correu na forma de lobo e eu voltei para o quarto- calma meu amor- a puxei para meus braços

-Nosso filho, está doendo- falou e eu acariciei seus cabelos

-Aguenta firme meu amor- falei e vi ela começar a perder sangue, beijei seus cabelos

Sophie chegou com algumas bruxas e fizeram um feitiço de cura, Evie adormeceu, com magia elas limparam tudo e nós descemos, as quatro ainda estavam ali

-De a ela essas vitaminas, ela está curada e não corre risco de perder o bebê, com isso ela vai manter uma gravidez saudável- assenti suspirando aliviado- vocês deram sorte, vão viver mais um dia

Falou e saíram, pedi a Marie a cozinheira para comprar as vitaminas

-Ela teve um princípio de aborto- falei- por sorte a Sophie chegou a tempo

-Fofo- olhei pra cima

-Aqui em baixo princesa- ela desceu coçando os olhos- a Marie já foi comprar seus remédios- assentiu e sentou no meu colo

-Como se sente Evie?- Jasmine perguntou

-Com vontade de morder essas duas- falou com raiva

-Você tem que tomar sua dose de sangue- John trouxe um copo igual ao outro de sangue

-Não- ela me abraçou

-Esse é O-, sem verbena e sem nenhum veneno, só sangue puro- falou

-Você tem que tomar princesa- falei

-Eu tô com medo- falou envergonhada

-Pode tomar, eu cuido de você- assentiu e pegou o copo, me olhou com medo- tá tudo bem

Ela respirou fundo e começou a tomar o sangue

-A Sophie disse que você pode ir a festa hoje- ela sorriu lindamente

-Não é perigoso?- perguntou

-Não, a Sophie disse que você está segura e ele também- acariciei sua barriga, beijei sua cabeça, limpei seu lábio sujo de sangue- você vai por um lindo vestido de noiva, vai colocar uma linda tiara de flores e nós vamos comemorar as garotas do caixão- ela sorriu franzindo o nariz e fechando um pouquinho os olhos- você é uma gracinha- falei beijando sua bochecha

-Amor eu quero beignet- falou manhosa

-Eu posso ir comprar pra você princesa- me levantei com ela no colo e a coloquei na cadeira- já volto gatinha

P.O.V Evie

Ele saiu e eu fiquei ali tomando meu sangue

-Eu vou falar só uma vez- falei - tá vendo esse sangue que eu tô bebendo? Se qualquer uma de vocês duas tentar qualquer gracinha dessa que vocês fizeram novamente vai ser o sangue de vocês, e o crânio de vocês vai ser o copo, fiquem longe do meu parceiro, longe de mim e principalmente do meu filho, você sabe o que os lobos fazem quando alguém mexe com seus filhotes?- negaram- eles estraçalham, tipo cabeça pra um lado, intestino pro outro, se vocês ousarem pisar fora da linha é isso que eu vou fazer, e não vai ter mamãe pra proteger vocês- meus olhos estavam vermelhos, ameaça- eu tenho que me vestir para a festa, hoje haverão muitos reinos aqui na festa das meninas do caixão e eu preciso estar impecável, Mérida, Jasmine, vocês serão sempre muito bem vindas em minha casa, vocês duas fora, não voltem a pisar aqui, com licença


Notas Finais


Comentem 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...