História Corte de Vidro - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Corte de Espinhos e Rosas, Trono de Vidro
Personagens Feyre, Morrigan, Personagens Originais, Rhysand
Tags Aelin, Corte De Espinhos Rosas, Crossover, Feyre, Trono De Vidro
Visualizações 26
Palavras 488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem 😘😘😘

Capítulo 22 - Cap 19


Cassien e Marion não voaram muito, enquanto Cassien estava no céu algo o atingiu com força em suas asas, os dois caíram e bateram em uma árvore, varios galhos se bateram contra eles ate que estivessem no chão, Marion empurrou Cassien para o lado, ja que ele tinha caído em cima dela 

Ela notou que tinha uma lança em suas asas, era grande e parecia pesada, ignorou o gemido de dor do Cassien e arrancou a lança das costas dele, tinha uma coisa roxa na ponta, misturada com o vermelho do sangue. Ele ofegou e guardou as asas, que pareciam bem danificadas, um rosnado chamou a atenção dela, e olhos brancos sem íris ou pupila olhou para eles das sombras das árvores

Corra, corra Anneith sussurava em seu ouvido, mas Elide não consiguiria deixar o Cassien ali sozinho, então o ergueu pelo braço e começou a carregar ele, se surpreendendo que ele parecia leve, ela tentou correr com ele mas a coisa saltou na frente deles, e rosnou mais alto, mostrando os dentes brancos e longos ameaçadoramente 

Aquela criatura tinha um corpo grande e preto como a noite, uma cauda longa e cheia de espinhos pontudos, pareciam ser de ferro, as garras da criatura era grandes e afiadas, a criatura começou a raspar as patas no chão se preparando para atacar. Então aquela criatura a atacou, Elide viu as garras dela cruzarem bem perto de sua cabeça, se não tivesse desviado a tempo teria a perdido

Não podia lutar contra aquela coisa, não com Cassien desmaiado e ferido, então fez o que era mais sábio e correu para longe carregando ele nas suas costas que não se mexeu apenas gemia de dor quando ela pulava as raízes grandes das árvores, mesmo correndo se sentia observada, era como se as sombras tivessem vida

Ela correu ate sentir um vento gelado na cara, seus pés afundaram na neve fria e fofa, que mundo estranho aquele, em um lugar era escuro mas quente e no outro era frio mas claro, quando Elide pensou que tinha escapado da criatura ouviu um rosnado e sentiu algo se bater contra ela 

___________🔥___________

Aelin e Rowan decidiram sair para fora um pouco, para poder pensar no que faria depois de encontrar Elide e Lysandra, quando foram para fora da grande casa ela sentiu uma presença nas sombras das árvores, atrás deles, sem hesitar atirou uma bola de fogo no local obrigando os espiões a se moverem

Aelin não sabia o que era aquilo, parecia um homem, tinha cabelos escuros e olhos violetas, era tão grande quanto Rowan, e tinha asas, asas longas e escuras, que nem as de um morcego. Havia uma mulher ao lado dele, seus cabelos castanhos estavam presos a uma trança, seus olhos claros brilhavam, também tinha asas, e um tipo de tatuagem no braço 

---Acho que já esta na hora de nos conhecermos --- o homem de olhos violetas falou enquanto sorria, como um gato travesso



Notas Finais


A parte da Aelin ficou pequena por que não tenho mais tempo, a gincana da minha escola é hoje e eu preciso acordar bem cedo, o proximo cap é da Aelin e será bem grande


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...