História Cortes em meu pulso... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bad, Suícidio, Suspense, Tristeza
Visualizações 46
Palavras 788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Tentando ser normal


Fanfic / Fanfiction Cortes em meu pulso... - Capítulo 2 - Tentando ser normal

Acordo com os pulsos doendo por conta de ontem, não ligo muito para isso mais vou fazer oque tenho que fazer

Me levanto e vou me arrumar pra ir pra escola, depois que me arrumo vou tomar meu café, desço até a cozinha, sento perto do balcão e começo a comer aproveitando que já está pronto

 - Oi filha, desculpa ter saído tão cedo ontem tá - Diz minha mãe saindo da sala e vindo para a cozinha.

 - Ok mãe de boa, na hora que vc saio eu acho que sai em seguida então de boa kkk - Tento dar um risadinha para esconder a dor que estou sentindo em meu braço.

 - Então filha tá tudo bem ? É que o diretor ligou para min dizendo que vc faltou nas aulas ontem, ele disse que alguns alunos viram vc saindo da escola chorando - Ela me perguntando isso olhando para dentro da jeladeira procurando algo para comer.

 - A mãe eles devem ter visto coisas, os alunos daquela escola inventão qualquer coisa sabe - Digo isso segurando as lágrimas para não chorar na frente dela.

 - Vc tem certeza filha ?

 - Tenho sim mãe

    *Pensamento On*
 Eu queria tanto te falar oque aconteceu mãe, mais tenho medo de como irá reagir.... Porque tudo que fasso é frescura, quando te apresentei o ex vc simplesmente brigou comigo quando ele foi em bora, eu prefiro guardar isso para mim mãe... Me desculpe
    *Pensamento Off*

 - Tá bom mãe eu já tô indo pra escola tá - Digo isso pega do minha bolsa e já indo em direção a porta.

Saio de casa antes dela falar tchau, nesse momento eu estou de blusa de manga cumprida para ninguém ver oque tem nos meus pulsos... Não é da conta de ninguém, obviamente vão perguntar porque estou com essa blusa, porque está muito calor e eu sou a única que está com blusa de manga cumprida

Chego na escola e vou direto para minha sala, não quero falar com ninguém, eu também não queria ver ninguém... Mais infelizmente tenho que ver....

Os alunos chegam dentro da sala e sentam em seus lugares, em quanto eu estou mais ou menos no fundo da sala encostada na parede mechendo no celular, vendo fotos de pessoas sentadas no chão chorando, não sei porque mais gosto de ver fotos desse jeito

O professor chega na sala e então eu guardo meu celular, ele começa a falar mais eu não dou atenção, fico com o pensamento em outro lugar

Fico imaginando, eu e Jonny juntos sentados na escada da escola ouvindo música e se divertindo, nada pra estragar aquele momento, só eu e ele ali felizes, mais isso é só um pensamento....

 - Julia, vc sabe a resposta dessa equação ? - Pergunta o professor olhando para min e apontando para a loza.

 - Eeh... Eu não sei professor... desculpe - Fico um pouco envergonhada porque toda a sala está olhando para min

 - Ok Julia, mais tente estudar para a próxima a aula ok ? Se não vc vai ficar com notas vermelhas esse bimestre - Diz o professor guardando suas coisas para sair.

Ham ? Como assim ? Eu fiquei imaginando coisas a aula interia ?

  *O sinal do intervalo toca*

Sim, eu fiquei imaginando coisas a aula inteira

Eu levanto do meu lugar com meu livro que eu levei para min ler no intervalo, saio da sala e vou para o pátio, sento em cima do palco, ponho meus fones de ouvidos e começo a ler, por um momento eu levanto a minha cabeça e olho para frente e sabe quem eu vejo ? Sim Jonny conversando com os amigos dele

Eu ingnoro ele é volto a ler, fico o intervalo todo lendo

   *Sinal do intervalo toca para voltarmos pra sala*

Eu me levanto e volto para a sala

  *Horas se passam até a hora da saida*

Bem, no momento eu estou sendo a última a sair da sala, estou terminando de arrumar minhas coisas, quando termino vou em direção a porta para sair da sala, e quem aparece ? Jonny....

 -  Eeh... Oi... - Diz ele olhando para o chão.

 - Oi Jonny - Digo para ele tentando passar.

 - Eeh... Vc quer passar né, me desculpe - Ele diz saindo da frente da porta

 - Oque vc quer aqui ?

 - Eu só quero conversar, quero saber se vc está bem... - Ele diz pondo a mão em cima do meu ombro.
 
 - Sim eu estou muito bem - Digo segurando as lágrimas.

 Depois que falo isso eu não aguento e sigo em frente mais rápido, ele fica para trás e eu sigo para a minha casa, sozinha e chorando...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...