História The choice - Harry Potter ou Draco Malfoy? - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Dino Thomas, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Neville Longbottom, Ronald Weasley, Salazar Slytherin
Tags Draco Malfoy, Drama, Fantasia, Harry Potter, Revelaçao, Romance, Suspense
Visualizações 38
Palavras 1.924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, desculpa a demora é que eu estava com bloqueio criativo mas estou de voltaaa

boaaaa leituraaa

Capítulo 14 - Decisões de Cory


Fanfic / Fanfiction The choice - Harry Potter ou Draco Malfoy? - Capítulo 14 - Decisões de Cory

꧁ᴄᴏʀʏ꧂

O final de semana tinha acabado e a maioria dos alunos tinham ido passar a sua semana livre em suas casa, menos eu, Harry, Neville, Gina, Ron, luna, Draco, os amigos de Draco, entre outros alunos.

Eu estava andando pelo corredor, quando alguem me puxa para um canto do castelo.


-Estava com saudades -ele diz, logo me dá um selinho-


FLASHBACK ON

era domingo, e muitos alunos estavam indo para as casas passar a semana. Eu estava andando no corredor com a Gina.


- fala sério, por quê Draco foi pegar as suas roupas ontem? -Digo dando um suspiro-

-Gina, o Draco é um babaca, não vale a pena eu lembrar o que aconteceu. -Digo dando um suspiro-

- ah não, você é Draco não ? -Ela se referiu a termos ido para a cama-

-Faço um cara de "ops"- Eu não sabia o que eu estava fazendo. -Digo-

- Cory, não acredito que você fez isso, e com o Draco. -Ela revira os olhos e faz final negativo com a cabeça- E você ainda vai ir para sonserina Cory. 

- Eu sei, eu não acredito que isso está rolando, Mas eu vou descobrir o que está acontecendo.. -Digo-


Eu e a ruiva caminhavamos pelo castelo sem rumo conversando, quando Draco aparece na nossa frente.


- A gente pode conversar Cory ? -O loiro pergunta-

- Não, vocês não podem conversar -Diz Gina-

- Tá tudo bem, Gina. -Olho para ela e dou um sorriso leve sem mostrar os dentes- O que você quer Malfoy? -pergunto cruzando os braços-

- A gente pode conversar a sós? -ele me pergunta e logo em seguida olha para a ruiva-

- Tudo bem, já entendi. -a ruiva revira os olhos olhos para o loiro- Se precisar de mim, eu estarei no salão comunal. -a ruiva me diz-

- Tudo bem Gina, Obrigada. -Digo dando um sorriso sem mostrar os dentes- 


A ruiva logo se afasta do local aonde estávamos, sumindo logo em seguida. Então olho para Draco de braços cruzados.


- O que você quer Malfoy? -

-pergunto impaciente-

- Primeiro você pode para de me olhar assim ? me incomoda.  -o loiro diz-

-Descruzo os braços e paro de olha-lo com olhar de julgamento e então suspiro- O que vc quer Draco ?

- Me desculpar pelo que eu fiz ontem com você. -Ele diz- Eu não deveria ter te deixado sozinha no meu quarto.

- Sinceramente Draco, você realmente acha que eu ligo pra isso ? -arqueio uma sobrancelha-

- Eu sei que você liga -Ele diz se aproximando- Eu te amo, e fiquei meio confuso com o que aconteceu naquela noite, não ia saber o que fazer quando você acordasse.

- Não é o que você deveria fazer, e sim o que não fazer... Me deixar no quarto, sozinha. Como vc esperava que eu saísse do salão comunal? -pergunto indignada-

- Eu não tinha pensado nisso. -O garoto diz- Mas eu amo você, e não posso te perder. _-Ele coloca suas duas mãos em meu rosto e me dá um selinho-_ Você me perdoa?

- Tudo bem Draco, perdôo. Mas é a última vez. -Digo o olhando-

Então nós damos um beijo


 FLASHBACK OFF - Agora


-Retribuoo selinho- Eu tenho que ir para o salão comunal de Grifinória, você está me atrasando.

- Você pertence a sonserina e á mim agora, não devia estar indo para sonserina se encontrar com essa gente.  -o loiro diz com arrogância-

-Me afasto dele-  Draco, eu não pertenço a você e nem a ninguém. Independente de eu estar em sonserina, eu ainda tenho acesso a Grifinória, e não tenho tempo para os seus Dramas.

Os meus sentimentos por Draco, estavam mudando. Eu não sei se sentia a mesma coisa que antes.

- Po quê você está desse jeito comigo Gaunt? -Ele pergunta me olhando sério-

- Eu estou normal com você Draco, apenas tenho às minhas coisas. -O olho-  Eu tenho que ir.

|

|

꧁ᴅʀᴀᴄᴏ꧂


- eu tenho que ir -diz Cory-


Eu não respondo nada, apenas vejo a garota se afastar. Eu não estava me sentindo bem com isso, estava á usando. Se ela descobrisse a verdade ela nunca me perdoaria, ela iria pensar que tudo foi falso, a nossa noite, o que eu disse. As coisas que eu disse na noite que dormimos juntos, por mais que fizesse parte do meu plano a conquistar, foram verdadeiras.

Eu prometi à proteger e fazer tudo que fosse possível, e essa era única forma que via de mantê-la segura



FLASHBACK  ON


Eu havia deixado as roupas de Cory ao lado dela na minha cama, então logo sai do meu quarto, fechando a porta do mesmo logo em seguida, então desci para o salão comunal para concluir a segunda parte do meu plano

- Astoria, venha aqui. -Digo para a mais nova-

- O que você quer Draco? -Ela  pergunta brava comigo, pela vez que tinha dito que gostava dela brava- Você pode pedir para sua irmã ir no meu quarto me chamar ? -pergunto-

- Tá Draco, tudo bem, eu falo para ela -a mais nova diz sem questionar-


Eu precisava fazer com que Cory, fizesse amizade com alguém de sonserina, mas Daphne nunca aceitaria se eu pedisse para fingir ser legal com ela, Daphne apesar de tudo era uma garota legal, eu precisava que as duas se tornassem amigas e que ela quisesse sair de Grifinória e fosse para Sonserina, as coisas se tornariam mais fáceis daí em diante. Astoria foi falar com a sua irmã, e logo eu saí do salão comunal de sonserina, indo para o salão principal, um tempo depois, Cory chega, e ela é Hermione começam a brigar, o que de fato poderia me ajudar Muito. Logo então, ela se senta na mesa de sonserina com Daphne e Pansy, Um tempo depois Dumbledore e Cory estão na frente de todos, Cory com o chapéu seletor na cabeça e Dumbledore apenas observando, tudo estava correndo muito bem. Anúncia então que Cory, pertence a sonserina agora, tudo estava saindo perfeitamente, a não ser que Cory parecia magoada comigo, e eu estava mal por tê-la deixado assim, então tinha que resolver isso precisava á conquistar.


FLASHBACK  OFF  - AGORA

|

|

꧁ᴄᴏʀʏ꧂


eu me afastei de Draco e fui para o salão comunal de Grifinória. 

 Eu estava pensativa, as coisas não eram mais as mesmas, minhas decisões talvez estejam mudando e eu sentia que tinha algo de errado com Draco, ele não era mais o Draco, o Draco que eu amei. 

Ao chegar no quadro da mulher gorda, digo a senha e entro. Estavam todos no salão comunal: Harry, Hermione, Ron e Gina, Dino e Neville. Eu e a Gina estávamos mais próximas desde o acontecido das minhas roupas. 


- Cory, pensei que sua mãe tivesse vindo te buscar, não te vi desde ontem, quando estava conversando com o Draco. -Dino diz-

- É, ontem depois que terminei a conversa com Draco, vim para o salão comunal e Harry ainda estava acordado e nós fomos dar uma volta. -Olho para Harry e nós ficamos nos olhando por alguns segundos, até Gina começar a falar-

- Eles foram "dar uma volta" Dino, não viu como eles se olharam, foram apenas dar uma volta. -ela irociniza e logo em seguida dá uma risada-

- Cala a boca, Gina. -Do uma leve risada também-

- Como foi o passeio noturno, Harry? -Pergunta Hermione, com um sorriso de canto de rosto me olhando-

- Foi um passeio excelente. -Ele diz dando uma risada no final da frase-

- Deve ter sido excelente mesmo Harry, você chegou até sorrindo no Dormitório. -Diz Ron com um sorriso malicioso-


Todos nós rimos, Harry ficou meio sem graça mas riu também.


- Acho que você é Hermione também deveriam fazer um passeio desses Rony. -diz Gina-

- Eu não fico me beijando com os outros em todos os cantos -Retruca Rony-

- Mas devia, talvez melhorasse esse seu mal humor -Ela diz com uma sobrancelha arqueada e um sorriso de canto de boca-

- Cala a boca....

- Vocês discutem outra hora, agora nós queremos saber o que aconteceu ontem a noite entre Harry e Cory. -diz Neville, logo olhando para eu e para Harry-

- Eu concordo -diz a garota de cabelos enrolados e volumosos-

- É, nós queremos saber -A ruiva acompanha as palavras da garota de cabelos volumosos-



FLASHBACK ON


eu tinha ficado um tempo com Draco, e logo a seguir fui para o salão comunal de Grifinória, onde Gina disse que estaria. Vou até o quadro da mulher gorda e digo a senha e logo em seguida entro no mesmo, ao chegar no salão comunal, apenas Harry estava lá, Gina provavelmente já tinha ido para a cama. 

Harry após alguns segundos percebe a minha presença. 


- Cory, Oi. Você está bem ?  -ele pergunta após levantar do sofá aonde estava sentado e parecia bem pensativo-

- Tudo sim. Eu estava conversando com Draco. -digo-

- Tudo bem, então. Acho que vou ir me deitar -ele diz indo em direção a saída, para seu dormitório.-

- Não, por favor, fica. -digo o olhando-

- Está bem. Você parece precisar de uma conversa, o que você acha de irmos dar uma volta ? -Ele pergunta-

- Claro, porquê não?! Mas se nós pegarem vamos nos gerar. -digo meio com um pouco de receio-

- Não se preocupa, eu tenho isso! -Ele me mostra o mapa dos marotos-

- E o que seria isso ? -Pergunto-

O mapa dos marotos. -Ele pega a varinha dele e coloca em cima do pergaminho, o qual não havia nada escrito- Eu juro não fazer nada de bom. -ele diz e o pergaminho começa a ter palavras escritas e na frente dele estava escrito "o mapa dos marotos".-

- Genial, como conseguiu? -pergunto curiosa-

- Fred e George me deram. -ele diz- Se alguém estiver vindo vamos saber, ele mostra todos do castelo.


então nós vamos até o quadro da mulher gorda e falamos a senha para ela e então saímos. 


- Tem um lugar que você vai gostar, eu vou sempre lá quando não estou conseguindo domrir, o que na verdade, acontece bastante. -Harry diz me olhando-


Nós caminhamos por alguns minutos, até chegarmos no campo de Quadribol. Então vamos até o centro do Campo e paramos.


- Cory, Desculpa por ontem, eu não devia ter dito que gostava de você, não quero perder a sua amizade, você é especial para mim. -harry disse desviando o olhar-

- Harry

- Eu sei que você gosta do Draco...

-Harry

- E você só me vê como amigo

- Harry -grito-


ele para de falar e me olha, esperando que eu fale.


- Sim, eu sinto algo pelo Draco, eu acho. Mas eu gosto de você, mas eu não falei antes porque eu não sabia se devia, pois estava mal resolvida com o Draco. Aconteceu algumas coisas entre eu e ele na noite da detenção.  -digo-

-Eu não espero que você me escolha, eu só achei que você deveria saber, porque....


me aproximo dele e ó beijo antes que ele consiga falar mais. Então o sinto retribuir o beijo. Ele coloca as mão em meu rosto e intensifica o beijo, mas não um beijo como se ele estivesse com sede e minha boca fosse a água, um beijo intenso e lento, calmo como a maré quando está de bom humor. É um beijo, um beijo que age como um calmante para todas as coisas ruins e pensamentos ao redor, foi um beijo.


-Ele sorri e me olha- uma forma de me fazer parar de falar, brilhante. 

-sorrio- Funcionou. 


ficamos um tempo nos beijando, e depois sentamos na grama e ficamos conversando por algumas horas, até vermos que estava amanhecendo e então nós olhamos no mapa e voltamos para o salão comunal, meu quarto ainda era lá, nada tinham mudado, por enquanto. 










Notas Finais


espero que estejam gostando

obs: me falem oq vcs estão achando e se devo continuar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...