História Count on me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Frey, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Isaak de Kraken, Jabu de Unicórnio, Personagens Originais, Shun de Andrômeda
Tags Amizade, Amor, Hyoga, Michelangelo, Romance Gay, Shun, Shun X Hyoga, Yaoi
Visualizações 69
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi pessoal. aqui estou com mais uma história divina pra você. antes de lerem, quero dizer uma coisa. eu to planejando atualiza todas minhas história até antes do natal. acho que vocês já sabem qual é a minha história favorita ne. ela tem poucos favoritos, mas eu amo de mais ela. é a meu primeiro amor. mas eu to meio sem ideias esses dias, mas com certeza ela vai te atualização daqui pro final de ano.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Count on me - Capítulo 1 - Prólogo

Shun abriu os olhos lentamente tentando se acostuma com a claridade. Esse seria um dia perfeito para o garoto, era seu primeiro dia na trabalho. Depois de passar por várias entrevistas, cansativas. tinha conseguido um emprego, como fotógrafo. essa era a maior paixão do garoto, desde de criança. esse era seu maior sonho. ser um fotógrafo famoso e muito bem pago. o dinheiro não importava nada para o Shun. muito menos a luxúria. ele já era muito feliz por Ta respirando e vivendo mais um dia.

Shun ainda deitado na cama , se espreguiçou e se levantou da cama.

- Bom dia sol.- Shun falou abrindo a janela e olhando para o sol, que já estava muito forte. Shun sempre fazia isso, era um tipo de ritual para começa bem seu dia.

Shun saiu de perto da janela, e caminhou até a banheiro. para toma um bom banho. depois tamou café e foi para o novo trabalho.

Sua felicidade era enorme. Não tinha número que descrevesse o tamanho da alegria que estava no seu peito. Agora Shun iria te seu próprio trabalho, e seu próprio dinheiro, sem precisa de mesada do seu irmão. a coisa que Shun mais queria era se dependente.

Assim que chegou no lugar desejado. Shun sorriu bobo. E entrou no estabelecimento.

- Oi bom dia. em que posso ajuda-lo ? - Perguntou a atendente de longos cabelos loiros. parecia até a Rapunzel, isso era o que pensava shun. Shun sorriu e respondeu.

- Meu nome é Shun . Eu sou o novo fotógrafo. - Sim respondeu sorrindo de leve. a mulher também sorriu alegremente para Shun.

- Estávamos a sua espera, vem comigo. Eu vou te levar até o senhor Alexei .- a mulher falou guiando Shun, até uma sala.

- Hum... como é seu nome mesmo dona ?- Shun perguntou tentando puxa conversa. ele sempre gostava de conversa e conhecer novos amigos, esse era um grande defeito de. garoto , isso era o que ele mesmo pensava de si mesmo.

- June. - A mulher respondeu sorrindo para Shun. logo depois os dois chegaram até uma sala grande, com várias decorações elegantes. várias fotografias coladas nas paredes, todas elas de plantas e lagares turísticos.- Pronto , chegamos. - A mulher falou parando enfrente a uma porta.- Pode entra , boa sorte, você vai precisa

Um frio percorreu todo o corpo de Shun. será que o seu chefe era tão ruim assim. Shun nervoso colocou a mão na maçaneta e abriu a porta lentamente.

- Ah oi .- Shun falou muito nervoso quando viu um loiro muito bonito sentando em poltrona de costa para ele. Shun não conseguia ver o rosto dele.

-Quem é você ?- O loiro perguntou. Shun se arrepiou por inteiro. a voz dele era muito grosso e atraente.

- Sou....... Shun.......... senhor........ o novo....... fotógrafo .- Shun respondeu gaguejando e se amaldiçoando por. dentro por te feito aquilo.

- Você sabe que aqui não é lugar de principiante não é? - O loiro perguntou fazendo pouco de Shun.

- Sim senhor..... e por .... isso que ..... estou aqui .- Shun respondeu gaguejando de novo. o loiro sorriu sarcástico e se virou lentamente. Shun quase se engasgou com a própria saliva. o homem era muito bonito, parecia até um anjo que caiu do céu.

- Tem certeza ?- perguntou sarcástico. encarando Shun.

- Sim... senhor. - Shun respondeu olhando para os próprios pés, essa era a primeira vez que Shun sentia muito medo. tanto medo que seu corpo começou a gelar.

- Eu vou ser direto. pra mim você parece ser um completo fracassado. - o loiro falou vendo as lágrimas descerem dos olhos do pobre do garoto. - Então, economize meu tempo e o seu. o mínimo que você vai ser na vida é um nada. agora vaza daqui, seu piralho. aqui não é lugar de criança, mas sim de homem.- o loiro falou vendo o Shun se desabar no choro.

- Desculpa .- Shun falou se abrindo a porta e saindo chorando de lá. Shun nunca foi tão humilhado como foi naquela hora.

- Iae como foi lá ?- June perguntou sorrindo ao ver Shun, mas logo desfez o sorriso quAndo percebeu que Shun chorava. - A não, foi péssimo ne ?

Shun não respondeu nada, apenas saiu de lá chorando igual a uma criança, o garoto estava tão triste que atravessou A rua correndo, Shun não percebeu, mais tinha um carro vindo em sua direção.

Piiiiil.

- Garoto , olhar pra onde anda . - o homem do carro gritou freando carro.

- Desculpa.- Shun falou triste. sem nem mesmo olhar para o homem.

-Ta tudo bem garoto ? - o homem perguntou vendo o garoto desabar no choro.

- Ta, só quero ir pra casa.- Shun respondeu.

- Vem entra aqui. eu te levo pra casa.- o homem ofereceu carona pra Shun e ele aceitou. Shun entrou no carro em silêncio.

Sentou no banco do. passageiro. Ainda chocando olhou pra janela.

-Como é seu nome ? - o homem perguntou dano partida no carro.

- Shun .- respondeu o garoto.

- Prazer Shun. meu nome é Michelangelo... o que aconteceu pra você está assim tão triste ?- Michelangelo perguntou parando no sinal vermelho.

Shun não respondeu apenas começou a chorar de novo.

- Tudo bem, se você não quiser falar. eu também não vou te obrigar.

continua

(*-*)(*-*)(*-*)(*-*)(*-*)(*-*)


Notas Finais


gostaram? então comentem por favor. um comentário ajuda muito.

tem outra história que eu vou postar ainda esse ano . o nome da história é ( Menino estranho ) ela Ta muito top. mas eu quero escrever mais pro capítulo fica bem Grande.


capítulo curto por que meu celular não copia. e eu escrevo tudo nas notas e depois copiar tudo de novo aqui
tchau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...