História Count On Me - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bruno Mars
Personagens Bruno Mars, Dwayne Dugger, Eric Hernandez, Jamareo Artis, James King, John Fossit, Kameron Whalum, Personagens Originais, Philip Lawrence, Phredley Brown
Tags Depressão
Visualizações 5
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem ademora tenho andado atarefada mas espero que gostem
XOXO Sofia e Keh

Capítulo 2 - Que começe o plano


Camila 
Depois de sairmos do quarto voltamos pra sala como se nada tivesse acontecido.
Será que eu consigo me livrar dele? 
Thiago e eu falamos com os meus avós sobre passarmos a noite aqui para eu me despedir da Lana. Lana parecia ansiosa, tanto que muito cedo decidiu avisou a todos de que iria dormir. Achei estranho, mas como ela disse que precisa descansar por conta da viagem, ninguém achou estranho. 
Tiago ficou na sala e eu fui pro quarto assim que minha irmã subiu... 
-Lana, por que você veio tão cedo pro quarto? Será que ele desconfiou de alguma coisa? -Perguntei, assustada. 
-Não, Camila, ele não percebeu nada. Relaxa, eu disse que vinha pro quarto porquê precisava descansar pro vôo. Amanhã eu arrumo um jeito de dizer que o vôo foi adiado. - Disse, me acalmando.  
-E então você já pensou em um plano?
-Sim, eu pensei. O plano é o seguinte amanhã você vai dormir aqui outra vez e vai dizer que vai mr ajudar com alguns estudos, pro exame final. À noite, às 2 da manhã a gente sai de casa para pegar o vôo. Quando a gente estiver prestes a entrar no avião, a gente liga para polícia e faz a denuncia, mandamos fotos dos seus machucados por e-mail e depois ligamos para os nossos avós, para contarmos o que aconteceu e que você vai comigo pra LA abrir uma creche. O que acha?
-Tá, e minhas roupas? Como faço para pegar minhae roupa? E o meu passaporte? -Pergunto, preocupada, pois sem o passaporte não consigo viajar 
-Isso eu já resolvi, Camila. Amanhã, à tarde, a gente vai à sua casa para pegarmos o seu passaporte e algumas roupas. Podemos dizer que você vai passar mais uma noite aqui. Vamos pegar o essencial para uma noite, porque o que precisamos mesmo é do seu passaporte. Depois, em Los Angeles, nós compramos roupas novas. A gente se vira!.- Disse, entusiasmada. 
-Tá. Mas será que a gente consegue. Lana? Eu estou com medo. E se isso der errado? E ele se ele perceber e pegar nós duas? Eu tenho medo do que ele pode fazer com você. Por mim eu nem ligo tanto, já estou acostumada a apanhar, mas.... você não merece isso. - Falei, chorando. 
-Camila, me ouve! Não vai acontecer nada com a gente. Eu vou tirar você dessa. Você merece um cara melhor. -Disse, me acalmando e me dando um beijo na testa. 
-Lana, eu nem sei se depois dessa eu vou querer mqis alguém. Acho melhor ficar sozinha do que sofrer outra vez. - Digo, decidida 
-Nem todos são como o Tiago. Tenho certeza que você vai encontrar alguém que te ame de verdade. Nem todos são como ele. Infelizmente ele não é o único que faz isso, mas ele vai pagar! E você vai conhecer alguém muito especial. Acredite!. - Disse, sorrindo 
-Quando começamos com o plano? -Digo, limpando as lagrimas  
-O plano começa amanhã. Amanhã, essa hora, a gente vai estar bem longe dele. Não se preocupe. Ah, e você vai adorar viver comigo. -Disse feliz e me abraçando. 
A gente dormiu, pois tínhamos um plano para colocarmos em pratica no dia seguinte.
...... 
Assim que acordei fui ao banheiro, tomei o meu banho, fiz minha higiene matinal e desci pra tomar café da manhã. Tiago me olhava com um olhar de dar medo. Ele já ia falar alguma coisa, mas Lana viu que se passava algo, então falou:
-Está tudo bem aqui, Tiago? -Perguntou, desconfiada, já percebendo o que estava acontecendo.
-Tá, tudo bem, Lana. Eu só ia dar um beijo de bom dia na sua irmã. -Cara de pau, ele ia me bater. Isso sim.
Minha irmã parecia desconfiada, viu pela minha cara de medo. Ela ficou furiosa e respondeu pra ele:
-Hmm, tudo bem. Queria dizer pra você que meu vôo só sai daqui à 3 dias. Você poderia passar essa noite aqui para me ajudar a estudar pro exame final!? 
-Claro que ajudo, Lana, pode comigo. - Disse, sorrindo. 
Até que o Tiago se pronunciou 
-Por que você precisa da ajuda dela? Você nunca pediu ajuda dela quando estava em LA. -Ele parecia desconfiado 
-É que eu preciso que ela me faça perguntas, só isso. Ela pode ficar e você pode ir pra casa, se não quiser ficar. Eu posso aproveitar a minha irmã mais esses 3 dias ou você vai me negar isso? Hmm?- Parecia que ela estava prestes a ir pra cima dele 
-Não, não vejo mal nenhum só acho um pouco de exagero. -Disse, Tiago 
-Tiago, deixa te fazer uma pergunta. Você tem algum irmão? - p
Perguntou, Lana 
-Não.
-Então você não sabe o que é amor de irmã, ainda mais de gêmeas, portanto é pedir muito ficar com a minha irmã mais 3 dias? Depois você tem ela só pra você. -Disse, sorrindo e piscando o olho pra ele. 
E então ele cedeu.
-Tá bom. Eu vou pra casa, preciso tratar de algumas coisas. Eu volto mais tarde para dormir. - Claro, tinha que dormir aqui a anta  
-Claro, mas você dorme no sofá. - Disse, Lana. 
-Sem problema, cunhadinha. - disse, sorrindo. Claro que era um sorriso falso. Ele é falso!
Até que falei:
-Eu só preciso pegar algumas coisas lá em casa. Você vem comigo, Lana? 
-Vou sim, só vou tomar café e depois a gente vai. -Falou, com a boca cheia 
-Eu vou tratar de uns negócios na rua, tenho que ir na empresa entregar uns papeis, depois volto. -Disse, Tiago, beijando minha testa. Que nojo dele.
-Tá, depois a gente se vê aqui na casa dos meus avós. -Falei despachando-o  
-Tá,. Um bom dia pra vocês, meninas. Bye.- Disse, Tiago, com a maior cara de sínico. 
Que comece o plano.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...