1. Spirit Fanfics >
  2. Couple of legends! - Beauany >
  3. Chapter thirty-three - Rape Attempt

História Couple of legends! - Beauany - Capítulo 33


Escrita por:


Notas do Autor


NOTAS FINAIS, LER OBG

Capítulo 33 - Chapter thirty-three - Rape Attempt


Fanfic / Fanfiction Couple of legends! - Beauany - Capítulo 33 - Chapter thirty-three - Rape Attempt

— OBRIGADAA! — disse, Noah chorando

Josh me olha com os olhos brilhosos, me abraçando.

— QUERO COMER! — grita, alguém me fazendo gargalhar

— Obrigada irmã! — disse, Noah esticando os braços

O abraço sorrindo.

— Tudo por você irmão! — disse, passando os dedos nas lágrimas que caíram dele — Eu amo você!

— EU ESTOU CONCORDANDO COM A MENINA AQUI, QUERO COMER! — grita, Sabina

(...)

INSTAGRAM ON
joshbeauchamp

*foto da beauany*

Curtido por sabinahidalgo e outras pessoas...

joshbeauchamp: Te amo para sempre!

 

anygabriellyofficial: e depois... Te amo demais baby...

sabinahidalgo: aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa i shippo

lamarmorris: favor, casem obrigada

hinayoshihara: filha de vocês ama

sofyaplotnikova: quero um namorado...

joshbeauchamp em resposta à sofyaplotnikova: como é que e´?

INSTAGRAM OFF

Estava no bar, enquanto via minha mãe dançando com Úrsula, sorrio e continuo à olhar, vendo Josh se aproximar dançando com a mãe e a sogra me fazendo rir.

— Festa legalzinha — escuto a voz de Jamile e eu log armo o soco — Calma, calma, hoje não quero que nada aconteça.

— Como assim? — cerro os olhos, erguendo as sobrancelhas em seguida desconfiada

— Hoje não quero brigas, quero curtir! — disse, Jamile me encarando

Dou um sorriso debochado.

— Se você fizer alguma coisa... — corta-me

— Fica tranquila, hoje não! — disse, Jamile

— É o aniversário do meu namorado, se alguma coisa acontecer, eu não tenho medo do seu pai, nem da sua mãe, nem de polícia, de desgraça alguma! — disse, aproximando mais dela

— Acalme-se, eu já disse que hoje não — disse, Jamile batendo em meu ombro

 

— Filha da puta — disse, cerrando o punho

Subconsciente da any: FICA ALERTA LINDONA, MAS CURTE TAMBÉM.

Reviro os olhos e sigo para a pista. Porra, eu fiquei meses preparando tudo isso para ficar preocupada com a Jamile? MALDITA HORA QUE EU CONVIDEI A ESCOLA TODA.

Todos já dançavam com minha mãe e Úrsula. Os meninos dançavam as músicas brasileiras que tocavam *num só obrigada*.

 

SOFYA POV

Estava dançando com meu amigos, até ver uma garota negra subir com os olhos virados, parecia droga com um garoto qualquer que ali estava.

— Eu já volto, ok? — disse, a Any enquanto encarava aquilo.

Poderia até ser um casal, mas porra a garota está claramente drogada. É estupro transar com alguém que não esteja em si.

Abro todos os quartos daquele maldito lugar, parecia infinito.

— Hey, o que aconteceu? — um garoto, pergunta-me

— Uma amiga, ela subiu drogada com um cara — minto sobre ela ser minha amiga.

O garoto entende o recado e começa a me ajudar a procurar.

Aquele menino some em um dos corredores. Escuto um choro logo seguido por um “gostosa”, ok eu preciso achar eles.

Escuto tapas, vindo do terceiro quarto. Abro a porta e vejo a menina negra com a cara neutra, sem reação, parecia estar fora de si realmente, enquanto o homem tirava seu short com brutalidade.

— Ok, o que está acontecendo? — perguntei, ofegante

— Casais transam querida! Agora saia! — disse, o moreno me olhando com deboche

— SAI VOCÊ DAÍ! — disse, aproximando dele — A garota está fora de si, você louco?

— Louco por você né? — disse, o garoto mordendo os lábios se aproximando de mim

— No seus sonhos de punheteiro você sonha em me ter, beleza? — chuto sua intimidade

O garoto recua, mas ainda de pé, me empurra seguindo até a morena arrancando as calças.

— Hoje vai ter um estupro sim, você é mulher, o que vai fazer? Ligar para as amiguinhas? — disse, de cueca seguindo até mim

— Eu sou mulher sim, e daí? Isso me faz menos que alguém? — me levanto — Mesmo sendo mulher, eu já fiz e faço coisas que macho igual à você não faz! — o homem ri debochadamente

— PAPINHO DE FEMINISTA! SE EU COMER VOCÊ AGORA, VAI REVIRAR OS OLHOS E ESQUECER DESSE MACHO QUE VOCÊ DISSE AI! — disse, me dando um tapa

— Você não fez isso, né? — disse, girando a perna acertando o calcanhar em sua mandíbula

— Filha da puta! — disse, o homem caindo ao chão

Meus olhos fervem ao perceber que ele estava olhando os seios da menina, aumentando o volume na cueca.

Tiro sua cueca, e viro ele de lado. Ok, isso fedia podre, ai que nojo mano.

O sorriso malicioso surge nele, sorrio debochadamente e piso em seu membro com a bota de salto que usava.

O grito estridente de dor do homem foi música em meus ouvidos.

— Você lava a boca para falar de mim e dá próxima vez que eu te ver perto de alguém naquela merda de escola eu juro que arranco esse pintinho mixuruca seu! — disse, juntando suas bochechas com a mão com o pé na garganta do garoto.

Solto o homem e corro até a menina. Ela estava ciente ainda, ainda via o que estava acontecendo.

— O-obrigada! — sua voz saiu embargada pelas lágrimas que agora eram constantes

— Não agradece meu anjo, vai ficar tudo bem, eu juro proteger-te! — disse, segurando o rosto da mulher

— Achou? — disse, o garoto — Eita

— Agora está tudo bem! — disse, sorrindo de canto

— Quem fez isso com você? — perguntou, o garoto a negra que apenas tremia abraçando-me

— Ja-mile! — disse, a negra temendo as palavras

— Seu nome é? — pergunto, limpando seu rosto

— Diarra! — disse, Diarra nervosa

— E o seu? — perguntei, ao garoto

— Andrey! — disse, Andrey sorrindo de canto

 — Eu sou Sofya, ok? E Diarra, você estará protegida por mim e por meu grupo! — disse, sorrindo e a garota apenas assente sorrindo.

 

(...)

 

— Isso é sério? — perguntou, Any rindo sarcásticamente

— Sim! — disse, nervosa ao contar sobre quem havia drogado Diarra

— Eu vou presa, é hoje! — disse, Any saindo do quarto seguida por todas as garotas que estavam lá.

ANY POV

Essa garota está louca? Mexer comigo é uma coisa, agora drogar alguém para ser estuprada no aniversário do meu aniversário é outra.

— Amor? — Josh me chama ao eu passar junto à todos na pista que Jamile dançava com um copo na mão

— HOJE EU VOU PRESA BABY! — disse, puxando o cabelo da Jamile jogando a menina no chão

A roda se forma.

As meninas se juntam em torno de mim olhando para a menina que passava as mãos pelo couro cabeludo machucado.

— VOCÊS ESTÃO LOUCAS? — disse, Jamile vermelha de raiva

— Você drogou uma menina que ia ser estuprada só po vingança? — disse, Sofya vermelha

— IA EU IA! — disse, Jamile

Sina partiu para cima dela, dando socos por todo o seu maxilar.

— Ela ia ser fodida por um merda, a Any merecia isso! — Jamile finaliza.

Foi a gota d’água, Shivani, Yoon, Joalin, eu, Sina, Sabina, Hina e Sofya começamos a bater na loira que já parecia estar inchada.

Socos na barriga, cabeça, cócs, nariz, bochecha, perna. Puxão de cabelo, enfim... Foi realmente o auge.

— Chega, chega! — escuto, Josh me segurar e outros fazendo isso com as outras meninas.

— Se contar que foi a gente, eu juro matar você — ameaça Joalin

 

(...)

 

Jamile foi chutada para fora e a festa continuo. Dançava com o pessoal, me acabei. Eu precisava relaxar.

 

— Hey! — disse, a morena que acabara de acordar

— Oi — disse, nervosa

— Bom, vamos esquecer isso! Vamos dançar — disse, puxando os braços de Diarra

A menina usava um short preto com um meia rastão por baixo, uma blusa curta preta e sorria.

Ela precisava disso, isso era necessário.

— Eu amo isso em você! — disse, Josh dançando comigo

— O que? — perguntei, sorrindo para Josh

— Você alegrando outras pessoas! — disse, Josh beijando minha bochecha

— Eu amo você! — me viro, juntando suas bochechas e lhe dando três selinhos estalados.

— Pena que eu amo mais né? — disse, Josh me dando um último selinho

— Não ama nada! — disse, provocando

— Amo sim — disse, Josh

— Amo mais, amo menos pipipopopo — Noah, aparece — Bora beber e dançar.

— Partiu! — dissemos em uníssono.

 


Notas Finais


dobre diarra e sofya: eu achei mais que necessário ter essa parte da fanfic, porque não queria que homem salvasse a Di, sabe? Eu amei a Sofya salvando ela, pq mostra o poder feminino, não precisa de um homem para parar aquilo. *isso não é indireta para outras fanfics, até pq cada um faz o que acha melhor*
agora sim, ISHFIFHSKERYGJTRGHJ A DI APARECEU.
Saibam que a Di vai ser uma personagem bem GIRL POWER beleza? Valeu.
amo vocês. Obrigada pelo apoio que me deram para não desistir da fanfic. Eu pensava que vcs estavam odiando, eu estava até criando outra *eu acho que vou criar outra mais pra frente hihihi*. Obrigada por serem vcs, por me apoiarem.
BEAUANY ESTÁ RETORNANDO DAS CINZAS.
VOCÊS QUE LUTEM COM MEUS STORIES.
beijos no bumbum


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...