História Couple of legends - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bleach
Tags Brigas, Drama, Nudes, Revelaçoes, Romance, Tragedia, Traição
Visualizações 19
Palavras 1.395
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá!! Bom eu só queria lembrar que essa fanfic é sobre IchiRuki, espero que gostem. 😙😙É a minha primeira história

Capítulo 1 - Meus sentimentos estão confusos


Pov Rukia.

- Afe, não acredito que acordei de novo antes do despertador tocar.

Me levanto e vou até ao banheiro, ligo o chaveiro e sinto aquela água quente escorre pelo meu corpo, lembrei-me que meu namorado Renjii iria até minha casa para nós irmos à cafeteria encontrar nossos amigos, Ichigo e Orihime antes de irmos para faculdade.

Visto uma jeans preta e uma camiseta branca que realçava meu peitos que não eram muito grandes, pego um casaco preto e antes de calçar meus sapatos escultor a campainha do meu apartamento tocar.

-Nossa o Renjii  já chegou? - Falo em um tom alto indo em direção a Porta e  à abro.

- Oi meu amor, cheguei muito cedo hoje ?

- Bom, chegou mas não tem problema.- sorriu de leve.

Ele se aproxima de mim e uma mão vai em minha cintura e outra em meu rosto, com sua mão grande levantou meu rosto fazendo com que meus lábios encontrassem com os seus, assim que eu me afasto ele entra em casa indo em direção ao sofar já se deitando.

***

Olho no relógio e vejo que  já vai da 07:00 horas e me apreço quando escultor Renjii falar.

-Rukia se você continuar nesse ritmo não vamos poder comer sossegadamente. 

- Vamos.- falo fazendo cara feia para ele.

- Você está linda.

- Foi por isso que eu demorei- reviei os olhos.

Saímos do meu apartamento e fomos em direção ao elevador sem falar uma palavra até senti os dedos dele entrelaçando com os meus, corei e deu uma risadinha, quando entramos no elevador apertei o botão para descer, virei para ele erguendo a cabeça e colocando minhas mãos em seu pescoço fazendo com que ele se abaixse para me beijar.

Ele me empressou na parede do elevado fazendo o calor subir, apertando minha minha bunda.

- Renjii?- falei recuperando o fôlego.

- Oi meu amor.-falou respirando fundo.

- Nada, é que estamos em um ambiente onde qualquer pessoa pode entra, então vamos com calma.- falei alfegante.

- Tudo bem.

Saímos do elevador e chamamos um Táxi, fomos o caminho em silêncio até chegar na cafeteria Yanaka, descemos do Táxi e entramos na cafeteria e fomos em direção da Orihime e  do meu melhor amigo Ichigo que estavam sentados na mesa no lado da vidraça.

- Já pedimos quatro cafés- Orihime fala abrindo um grande sorriso.

- Obrigada Orihime- falo me sentando ao lado do Kurosaki Ichigo.

- Eai baixinha- Ichigo fala dando uma risada maliciosa.

- Já falei para não me chamar de baixinha Kurosaki.- falei revirando os olhos.

- Tá bom Anã- falou me puchando para me abraça e começamos a rir.

Comemos e fomos para a faculdade que ficava dois quarteirões da cafeteria, ao caminho andando mãos dadas com Renjii perguntei para o Ichigo.

- Sua mãe já está se sentindo melhor Ichigo?- Ele me olhou com uma cara triste.

- Não quero falar sobre isso aqui Rukia, mas tarde conversamos sobre isso. - Sua expressão ficou ainda mas triste.

- Ok vou até sua casa.- falei dando um sorriso meigo, vi quando Renjii  me olhou de canto de olho.

- O que você vai fazer lá em casa nanica?

- Vou ver sua mãe e suas irmãs, estou com saudades delas já faz um bom tempo que não vou lá.- Orihime me olha e rir.

- Tá bom se é isso que você quer.

***

Nós quatro sairmos da escola e estamos indo embora, Renjii  me dá um beijo e segue seu caminho, eu e Ichigo estamos indo deixar a Orihime na sua casa que fica perto da estação do metrô que era para onde nós íamos, quando chegamos em frente da casa da Orihime, deixei os dos sozinhos,  vim que o Ichigo só a abraçou e veio em minha direção. Orihime acena cam a mão me dando tchau. 

- Kurosaki ? 

- Diga nanica.

- Haaam, posso...- antes que eu terminasse de fala ele me interrompeu.

- Rukia?- falou com uma voz baixa e triste.

- Huum? 

Entramos no metrô e nos sentamos um do lado do outro é então ele me falou.

- Nanica quero te falar uma coisa.

- Fale de uma vez está me deixando curiosa.- falei com um tom de voz meio agrecivo.

- É que....Bom é que....- gaguejou.

- Se você não falar de uma vez vou te bater.- ele olhou para mim e rimos.

- Bom eu e a Orihime estamos dando um tempo, me afastei dela desde quando minha mãe adoeceu, ela não entendo pelo que eu estou passando e  vive cobrando de mim atenção, falei para ela que não estava dando certo então pedi um tempo para pensar.- falou abaixando a cabeça.

- Sinto muito, não sabia que vocês tinham dado um tempo, mas creio que foi melhor assim, se não Você ia se machucar e ela também.

- Não sei o que está acontecendo comigo estou muito confuso.

- Calma eu estou aqui com você e  não vou te deixar por nada somos amigos.- Olhei para ele dando um belo sorriso.

- Obrigado por está comigo.- sorriu de volta.

- Que nada somos amigos.

Ele me puxou para perto dele me dando um abraço, fiquei corada, pude sentir seu coração batendo forte, quando parei a mão  em seu peito para sentir melhor seu coração, pude sentir o quanto ele era músculo, ao me afastar olhei em seus olhos que brilhavam com a luz do sol deixando seus olhos castanhos cor de mel com um tom amarelado, como ele era tão lindo.

Pov Rukia 

-Que tipo de pensamentos são esses Rukia? se controla ele é seu melhor amigo e você tem namorado. 

- Rukia..?

- Ham?

- Está tudo bem..? - perguntou com olhar preocupado.

- Ahahah, desculpa me destrai.- Respondi rindo de nervosa.

- Ah, sim já vamos descer.

- Tá bom.- Respondi rindo.

***

Descemos do metrô e fomos andado até sua casa, fomos conversando como nós éramos no colegial rimos até a barriga doer, tinha esquecido de como era bom está com ele, ele tinha super-poderes para deixar meu dia ainda mais feliz, paramos em um mercado onde compramos picolés e seguimos em frente até chegamos em sua casa, ele abriu a porta tiramos os sapatos e entramos.

- Ichigooooooo, que bom que você chegou maninho a comida está pronta.

- Olá Karin.- ele respondeu dando uma risada.

- Eu acho que te conheço de algum lugar.- falou pensativa olhando para eu.

- Não lembra de mim Karin?- perguntei rindo.

- É a Rukia Karin.- Ichigo fala abrindo um sorriso enorme.

- Ah, tá Rukiaaaaaa, caramba já faz um Bom tempo que você não vem aqui em casa.

- Verdade, Prometo que irei vim mas a partir de hoje.

- Papaiii, adivinha quem está aqui.- Saiu correndo na frente.

- Nossa como ela cresceu.- falei olhando para o Ichigo.

- Sim ela está maior que você nanica.- falou abrindo um sorriso sarcástico.

- Haha, muito engraçado Kurosaki.

Fomos até a sala de jantar onde seu pai e sua mãe estavam sentados, comprimentei os dois sentei na cara é começamos a conversar em quanto jantavamos, depois jogamos alguns jogos de tabuleiro, olhei para o relógio já ia dar 22:00 horas, peguei meu celular e  vi que tinha um monte de ligação perdida do Renjii, liguei de volta deixando-o despreocupado.

- Bom tenho quer ir, já está tarde.

- Ainda não vai Rukia por favor, dorme aqui o Ichigo pode dormir no sofá. - Karin falou com um olhar triste.

- Hoje não mas na próxima eu durmo aqui combinado?

- Tá bom. 

- Vem nanica eu te levo até  a porta.

- Está bem, tchau Karin.- aceno com a mão.

E vamos em direção à porta, calço meu sapato e saio junto com Ichigo.

- Obrigado por vim nanica, foi bem divertido.- ele sorri.

- Foi mesmo, eu volto outro dia.- faço sinal para o Táxi parar.

Nos abraçamos e nos despedimos, entro no carro e o vejo acenando a mão, dou uma leve risada e fecho meus olhos, chegando em casa vou direto para meu quarto tirando a roupa ficando só de causinha e  sutiã, me jogo na cama e adormeço. 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Bom, se leram é gostaram muito obrigada, desculpe pelos erros ortográficos é que é muito ruim fazer por celular. Mas é isso aí, não vou demorar para postar outro capítulo 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...