História .Covarde - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 24
Palavras 385
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabs

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 1 - .Covarde


Fanfic / Fanfiction .Covarde - Capítulo 1 - .Covarde

"E quando acreditei que você ficaria ao meu lado, veio a desilusão e a verdade..."

Como você pode ser tão covarde e medroso? Você acha que eu estou super bem não é mesmo? Eu acreditei em suas promessas, eu acreditei em seu suposto amor.

 Mas você simplesmente jogou tudo no lixo, por um simples probleminha.

"-Enfrentaremos juntos esse problema!"

Mais uma de suas mentiras, quantas a mais você disse e nem percebi?

E quando eu acho que tudo não pode piorar, simplesmente piora, minha perna esquerda começa a perder o movimento, e eu tento lhe avisar, mas quando adentro sua casa, lá está você, com minha prima em sua cama...

"Eu sabia que você pararia de andar! Eu não quero ficar com uma paraplégica, ainda mais inútil! Oque vai fazer? Começar a andar com as mãos?"

Eu fiquei realmente chocada, chocada não, magoada, ferida.

Eu acreditei em você, eu amei você, e isso não significou nada para você não é mesmo?

"Eu te amo" você dizia e eu acreditava, porque eu realmente sentia algo por você,mas foi como se o ódio subitamente entra-se em mim e tudo o que sentia de amor aos poucos se esvaseasse.

Eu queria acreditar que tudo isso não passava de um pesadelo. Eu queria acreditar que algum dia iriamos formar uma família e viveríamos em uma grande casa de praia.

Mas você acabou com tudo isso. Com sua covardia.

 Você deixou bem claro que uma  mulher que não consegue mexer as pernas seria inútil na sua vida. Mas sabia que o verdadeiro amor faz o inútil se tornar muito útil, ah! Esqueci você não sabe o significado de amor, e acho que nunca saberá.

Sabe eu admiro o quão covarde você é. Eu não teria coragem de fazer milhares de promessas, que no fim eu acabaria por correr como se apenas o que restasse era a fama e o que as pessoas dizem. 

Você é uma pessoa medrosa.

"uma pessoa que demonstra covardia diante de alguém ou uma situação específica como a qual foi confrontado" 

Você teve medo, e eu achando que você ficaria do meu lado.

Você foi escrotamente, medroso.

Você foi egoísta, você só pensou em si mesmo, machucou a pessoas que realmente lhe amava, que não ligava para oque você tinha.

Você foi escrotamente egoísta.

Você foi covarde.

Disse que iria fazer uma coisa mas na verdade desistiu no momento final.

Você foi escrotamente covarde.


Notas Finais


Até a próxima •


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...