1. Spirit Fanfics >
  2. Cowboy >
  3. Capítulo Único

História Cowboy - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hey galera! Venho aqui cumprir com o desafio da tag da escrita. Eu não tenho o costume de escrever capítulos com menos 2,5k então confesso que foi difícil, e talvez não tenha a melhor qualidade de escrita, mas me esforcei. Espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Kim Taehyung estava no bar, bebendo whisky puro. Havia muitas pessoas ali, e a maioria era procurada pela polícia. Claro, a vila onde estava era composta somente por criminosos. Nenhum policial tinha a coragem de aparecer por ali.

Depois de dar um último gole, Taehyung colocou o seu chapéu de cowboy, deixou o dinheiro em cima do balcão e caminhou para fora do estabelecimento. Imaginem como ele ficou preocupado quando viu que seu cavalo não estava mais amarrado no poste, onde havia o deixado antes de entrar no bar.

— Quem roubou meu cavalo!? — Taehyung cruzou os braços, irritado. Iria fazer a pessoa pagar caro pelo o que fez.

— Está tudo bem? — Taehyung olhou para trás e viu um garoto de cabelos castanhos, era o Jeon Jungkook, um dos mais procurados na época.

— Roubaram meu cavalo! — Taehyung apontou para o poste onde havia deixado seu animal. — Ele estava bem ali! Vou matar quem tiver o pego!

— Vamos, eu vou te ajudar a achar esse idiota. — Jungkook foi até o poste. Os dois viram as pegadas do animal.

Juntos, seguiram os rastros, foram à pé mesmo, pareciam dois detetives tentando resolver um caso levemente estranho — porque não era tão comum assim se ver roubos de cavalos naquela região. Demoraram vinte minutos, até mesmo saíram da vila de criminosos, e chegaram a um galpão. Lá eles acharam o cavalo branco do Kim, ele era lindo, um tipo raro. E claro, havia um homem ali também, dos cabelos rosas, era um criminoso chamado Park Jimin.

— O que acha que está fazendo com o meu cavalo!? — Taehyung apontou para o rosado.

— Eu vi um cartaz dizendo que darão quinhentos dólares a quem te levar para a polícia, vivo ou morto. — Jimin contou. — Eu pensei em te levar, e tentar negociar a minha liberdade.

— Você é louco!? Eles vão te prender junto! Não seja burro! — Jungkook falou, mas Jimin não deu ouvidos.

— Faremos um duelo então. — Taehyung sugeriu. Jimin concordou, mas o Jungkook não gostava daquela coisa toda. 

Os dois se olharam, com os olhos estreitos. Jungkook até mesmo conseguia ouvir aquela música de faroeste. Talvez fosse melhor se ele saísse dali, mas estava tão interessado em saber o que aconteceria. Eram dois ladrões brigando por uma coisa realmente anormal, não era todo dia que se via isso.

— Quando eu falar três. — Jimin avisou e o Taehyung assentiu. — Um. Dois. Três!

Assim, eles puxaram suas pistolas da cintura e atiraram sem nem mesmo ter ideia de onde estavam apontando, indo apenas pela intuição. E o improvável aconteceu. Taehyung acertou o seu cavalo, que caiu no chão fazendo um "Riinch!!". Já o Jimin acertou a cabeça do Jungkook, que caiu morto.

— Meu cavalo!!!! — Taehyung correu até o seu cavalo ferido, aos poucos o animal foi perdendo sua consciência até morrer.

— Eu matei o carinha! — Jimin falou assustado.

— Isso é culpa sua! — Taehyung culpou o rosado.

— Minha!? A ideia foi sua! O meu plano não tinha nenhum tipo de violência!!! — Jimin se defendeu. — O que nós vamos fazer agora!?

— "Nós"!? Não tem isso! Eu vou dar o fora daqui e arrumar um outro cavalo para mim!

— Mas o que eu faço!?

— Se vira! — Taehyung foi até o Jungkook e o pegou no colo. — Sinto muito por isso ter acontecido contigo, meu jovem. Me lembrarei para sempre de sua ajuda. — Murmurava enquanto caminhava para fora do galpão.

Jimin seguia o Taehyung, pois jamais iria deixá-lo sozinho — tanto porque queria levá-lo a polícia. Então os dois foram até um canto mais isolado e enterraram o Jeon ali. 

— O que ainda está fazendo aqui? — Taehyung perguntou ao Jimin.

— Eu vou ficar com você. Eu quero te levar para a polícia, lembra? — Jimin respondeu.

— Você vai me seguir pra todo o canto até eu deixar você me levar para a polícia? — Taehyung arqueou o cenho, e o Park assentiu como resposta. — O quão burro você é? Eles não vão dar sua liberdade.

— Mas eu quero tentar. — Disse e o Taehyung revirou os olhos. Andou para longe dali, com o Park o seguindo.

— Se você vai me seguir, eu quero um cavalo novo! E um bem raro, que nem era o meu! — Taehyung mandou.

— Ok.

Assim os dois passaram o resto de suas vidas como parceiros. Taehyung apenas enrolou o Jimin, dizendo que um dia deixaria ele o levar para os policiais, mas no final nunca deixava. Mas ao menos nunca foram presos, e sempre se lembraram de Jungkook, o criminoso que morreu injustamente.


Notas Finais


O que acharam? Eu não consegui desenvolver bem a estória mas fiz o meu melhor. E claro, eu devo agradecer à @Zamiguinhaa_ que me desafiou. Um dia terá volta, já aviso. Mas é isso minha gente, desculpa por tudo e até mais, tenham um bom dia!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...