1. Spirit Fanfics >
  2. Cravo e canela >
  3. Toques e palavras

História Cravo e canela - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Só tenho uma coisa a dizer: Boa leitura! kkk

Capítulo 11 - Toques e palavras


Algumas pessoas já se serviam de alguns comes e bebes do evento, a maior e melhor parte foi reservada para mais tarde pelas ordens de Kagura.

- Parece que as pessoas estão gostando da comida!

Disse Rin para Sesshoumaru, enquanto observavam as pessoas comendo e repetindo os petiscos.

- Eu não esperava o contrário.

Disse triunfante.

- Olha só quem está aqui.

Os dois se viraram ao ouvir aquela voz, que era familiar para Sesshoumaru e estranha para Rin. Era Naraku que apareceu ali já com um copo de caipirinha na mão, estendeu a mão para o prateado que a apertou.

- Sabia que viria, sem bem-vindo.

Cumprimentou formalmente com um sorriso, Sesshoumaru nada disse, apenas fez um movimento com a cabeça como forma de cumprimento. Logo o moreno notou a presença de Rin ali, quieta e delicada, abriu um sorriso ainda maior ao vê-la.

- Parece que temos pessoas novas por aqui... – Comentou ao se aproximar da menina. – Olá moça bonita.

Cumprimentou galanteador, beijando a mão de Rin.

- O-oi.

Rin respondeu tímida, Sesshoumaru sentiu um desconforto ao presenciar aquela cena, Naraku claramente não podia ver um rabo de saia que já caia matando.

- Como se chama?

Perguntou Naraku.

- Uchida Rin, sou ajudante do Sesshou... do senhor Taishou.

Respondeu se corrigindo ao olhar para Sesshoumaru com um sorriso.

- Ah, é você a ajudante do nosso grande chef, fico feliz em conhece-la, é um prazer Rin, me chamo Naraku Tamura, dono e editor da revista Tamura.

- Já ouvi muito sobre o senhor e já li diversas revistas suas, principalmente as que abordavam temas gastronômicos, o prazer é todo meu.

Respondeu Rin simpaticamente.

- Que ótimo que já se conheceram, agora eu e a senhorita Uchida precisamos ir.

Sesshoumaru afirmou com seu humor ácido.

- Ah, é?

Rin perguntou inocentemente.

- Claro, sem problemas, nos vemos depois, até mais senhorita.

Despediu-se Naraku, Sesshoumaru o encarou sério e desconfiado e em seguida se retirou dali junto a Rin, que passou a segui-lo.

- Tchau.

Ela acenou para Naraku ao olhar para trás uma última vez, o youkai deu uma piscadela para Rin, que se virou para frente e passou a seguir Sesshoumaru.

- Aonde nós vamos?

Perguntou ela, o prateado parou em uma mesa com vários drinks e com um ponche colocou caipirinha num copo para Rin e em um para ele.

- Pegue.

Disse estendendo o copo para ela.

- Ah, obrigada!

Agradeceu Rin, bebericando do drink em seu copo, Sesshoumaru fez o mesmo.

- O senhor Tamura é seu amigo?

Perguntou curiosa.

- Está mais para sócio, a revista dele sempre tem algumas páginas apenas sobre meu trabalho e o que faço, trazendo um olhar mais gastronômico, no fim acaba que um ajuda o outro.

Respondeu simples e sério, ingerindo mais um gole de sua bebida.

- Ah, entendo.

- Um conselho: tome cuidado com ele.

- Hã? Porquê?

Perguntou confusa.

- Um dia você vai saber.

Respondeu após olhar um ponto qualquer no ambiente, Rin apenas assentiu, não entendia o que Sesshoumaru queria dizer, mas decidiu não insistir no assunto.

- RIN!

Uma voz exclamou atrás da garota, que mal se virou e foi surpreendida por um abraço de urso.

- Kagome!

Exclamou Rin a abraçando de volta, ainda segurando o copo com a bebida.

- Que bom te ver, você está linda!

Falou a professora simpaticamente, Kagome usava um macacão curto com decote e alças finas de cor branca com estampa de folhas de coqueiro verdes, formando um laço atrás do pescoço, e nos pés uma sapatilha preta, com modelo semelhante ao all star iate, os cabelos também presos num coque frouxo, igual ao de Rin.

- Você também está linda Ka, amei o seu look.

Rin elogiou olhando todo o conjunto que Kagome vestia.

- Obrigada, também amei o seu! Parece uma princesa.

Elogiou em seguida notando a presença do prateado ali.

- Oi Sesshoumaru, desculpa não ter falado logo com você.

- Sem problemas.

O youkai respondeu movendo a cabeça em positivo, em seguida Inuyasha apareceu ali, vestia uma camiseta branca da Marvel estampando o capitão américa, uma bermuda jeans preta e nos pés um tênis casual baixo da mesma cor, assim que viu Rin sorriu para ela.

- Rin, você veio!

Cumprimentou o hanyou, em seguida olhou para Sesshoumaru sério que o encarou de volta.

- Olá Inu! Pois é, eu vim ajudar o seu irmão com os preparativos.

Exclamou ela com um sorriso.

- Keh! Eu já imaginava, o Sesshoumaru não daria conta disso tudo sozinho.

Provocou Inuyasha, o mais velho arqueou uma sobrancelha.

- Não sou um inútil lento como você.

Respondeu Sesshoumaru.

- Ah, não, Inu, você entendeu errado! O Sesshoumaru dá conta sim, é só que fica mais fácil para organizar tudo se tiver mais de uma pessoa.

Rin tentou justificar, achando que fez parecer que Sesshoumaru dependia dela para executar seu trabalho, condenando-se mentalmente por achar que falou besteira.

- Não precisa dar satisfações a esse hanyou, Rin.

Sesshoumaru respondeu olhando para ela.

- É Rin, não precisa defender o senhor “autossuficiente”.

Inuyasha provocou fazendo aspas.

- Para com isso, Inuyasha!

Repreendeu Kagome dando um tapa no ombro do namorado.

- Hanyou idiota...

Resmungou o primogênito.

- Então Kagome, vocês vieram sozinhos?

Perguntou Rin tentando desconversar.

- Ah, não, não, estamos com a senhora Izayoi e Inu Taishou, eles estão em uma mesa perto da piscina. O que acha de conhece-los?

Sugeriu Kagome, Inuyasha e Sesshoumaru se entreolharam.

- Mais tarde faremos isso.

Sesshoumaru respondeu, queria evitar contato com seu pai e madrasta naquele momento.

- Qual o problema, Sesshoumaru? A Rin é nossa amiga e pode conhecer nossos pais, certo?

Inuyasha perguntou desafiando o irmão, Sesshoumaru franziu o cenho, jurava que se Rin, Kagome e outras pessoas não estivessem ali, ele daria uma bela surra em seu irmão caçula.

 

♥ ♥ ♥

 

Os quatro caminharam até onde estavam os pais de Sesshoumaru e Inuyasha, Rin ficou boquiaberta assim que os avistou, era incrível a semelhança do pai com seus filhos, os mesmos olhos, cabelos e até o jeito de se comportar, Inu Taishou era incrivelmente lindo, usava uma bermuda branca e camiseta polo em cor creme, nos pés um sapato de couro também branco, já Izayoi, que era uma belíssima mulher de feições delicadas, pele branca e longos cabelos negros lisos usava um macacão curto de alças finas de cor lilás com estampa de flores azul e rosa, e nos pés uma rasteirinha dourada.

O casal conversava empolgado com algumas pessoas, que logo se retiraram, se viraram ao ver seus dois filhos e as duas humanas se aproximarem.

- Sesshoumaru, resolveu aparecer.

Disse Inu com um sorriso apertando a mão do filho.

- Boa tarde, meu pai,

Cumprimentou sério.

- Olá Sesshoumaru querido.

Cumprimentou Izayoi com um sorriso simpático.

- Oi.

Respondeu sério.

- Mãe, pai, quero que conheçam nossa amiga, Rin Uchida.

Apresentou Inuyasha, a menina sorriu tímida e acenou um olá para o casal.

- Oi, é um prazer conhecer vocês.

Murmurou Rin ainda tímida.

- Olá querida, me chamo Izayoi, o prazer é todo meu.

Izayoi a cumprimentou simpaticamente com um abraço.

- Prazer Rin, Inu Taishou.

Cumprimentou o pai dos dois rapazes estendendo a mão para Rin que a apertou.

- É um prazer conhecer vocês.

Respondeu ela.

- De onde você é, meu doce? Já conhecia o Inuyasha?

Perguntou Izayoi.

- Na verdade... eu conheci o senhor Sesshoumaru primeiro, eu faço gastronomia na Universidade de Tóquio e comecei a estagiar no restaurante Mutekiya, e a partir daí o conheci, o senhor Sesshoumaru é meu chefe, trabalhamos juntos.

Suspirou ao ver que tinha conseguindo responder àquela pergunta normalmente, sem travar ou falar mais do que o que deveria.

- Ah, que maravilha! Deve ser ótimo!

Exclamou a mulher.

- Ah é sim, eu amo cozinhar, um dia quero poder abrir meu próprio restaurante!

Comentou Rin.

- E você conseguirá isso, tenho certeza.

Respondeu Izayoi.

- Eu concordo, a Rin tem muito potencial, Iza, a senhora sabia que o Sesshoumaru e a Rin quem fizeram o buffet do evento?

Perguntou sua nora.

- Ah eu soube sim, e está tudo maravilhoso, não é Inu?

Perguntou encarando o marido, que até o momento só ouvia a conversa.

- Tudo ótimo, principalmente os petiscos e a bebida.

Elogiou Inu, Rin abriu um largo sorriso.

- Obrigada mesmo, fico feliz que tenham gostado, e o senhor Sesshoumaru também!

Respondeu ao olhar para ele sorrindo, um olhar de admiração profunda, mas para Inu Taishou que observava tudo, o olhar da menina direcionado ao seu primogênito não era apenas admiração, porém, resolveu guardar aquela observação só para ele.

Ficaram conversando por algum tempo, Rin logo simpatizou com Inu e Izayoi, que gostaram da moça logo de cara, ela era espontânea, divertida e simples, começou falando tímida, mas logo estava mais solta e tagarelando mil assuntos com os Taishou e sua amiga Kagome, que também falava bastante, na verdade ela, Kagome e Izayoi não paravam de falar, Inu e Inuyasha também falavam um pouco e Sesshoumaru raramente.

 

♥ ♥ ♥

 

 

Depois de conversas e bebidas, todos foram para o salão principal, onde Kagura anunciaria a galeria de artes de uma de suas amigas, falou sobre o projeto, quando seria a inauguração e diversas outras coisas, a mulher, dona da galeria também se pronunciou e deu uma leve palestra, agradeceu a Kagura pelo evento e ao encerrar seu discurso foi seguida de aplausos, Rin e Sesshoumaru estavam sentados lado a lado, Kagome e Inuyasha logo ao lado deles, enquanto Izayoi e Inu estavam mais à frente.

- Eu adorei o vestido dela! Mas será que ela não está sentindo calor?

Sussurrou Rin para Sesshoumaru enquanto eles aplaudiam, sem tirar os olhos do mini palco.

- Sinceramente? Parece que ela vai desfilar o carnaval com essa roupa.

 Zombou o prateado arrancando um risinho de Rin. Depois dos aplausos todos poderiam se dispersar, a comida e a bebida agora estavam totalmente liberadas, juntamente com a piscina.

- Que coisa feia, Sesshoumaru.

Repreendeu Rin de forma travessa.

- Oh, sinto muito, não quis ofender.

Respondeu o prateado com ironia. Resolveram ficar juntos de Inuyasha e Kagome, começaram a beber alguns drinks e desfrutar do banquete, juntamente também com Inu e Izayoi.

 

♥ ♥ ♥

 

 

Todos conversavam alegremente, até mesmo os fotógrafos que ali estavam para registrar os momentos, agora comiam e bebiam sem se importar com as câmeras. A música alta tocava naquele ambiente, até que começou a tocar uma música muito conhecida por muitos ali.

- Eu não acredito! É Who would think that love de Now United!

Exclamou Kagome ao reconhecer aquela música.

- Eu não acredito! Você também conhece? eu sou fã deles!

Rin exclamou na mesma empolgação.

- Sério? Ai Kami, somos irmãs! Haha

Kagome falou divertida.

- Sim, eu não costumo dançar...mas sei toda a coreografia dessa música.

- Jura? Eu também! Vamos dançar, Rin?

- Vamos!

Rin concordou, estava animada por conta da bebida, o que a encorajou mais.

- Vamos Inu?

Chamou Kagome olhando para o namorado.

- Keh! Porque não?

Concordou o rapaz se levantando.

- Você vem também, Sesshoumaru?

Rin o chamou receosa.

- Não, podem ir.

Respondeu o prateado sentando em sua cadeira, Inu e Izayoi também preferiram ficar só assistindo, enquanto Inuyasha, Kagome e Rin foram para a pista de dança e começaram a dançar empolgados, todos os três conheciam a coreografia e dançavam corretamente, Iza e Inu sorriam vibrando internamente com a cena, logo outras pessoas ali se juntaram aos três e começaram a dançar, a música era incrivelmente contagiante, possuía uma batida animada e dançante.

 

♥ ♥ ♥

 

 

Rin, Kagome e Inuyasha dançaram mais algumas músicas, Sesshoumaru não tirava os olhos da humana um segundo, vendo o quão ela se divertia dançando e rindo com seu irmão e cunhada.

Depois de dançarem, os três voltaram para a mesa.

- Já estão cansados?

Perguntou Inu com um sorriso olhando para os três.

- Keh! Que nada, é que vamos para a piscina agora.

Disse Inuyasha um pouco suado, porém não tão cansado.

- Isso mesmo

Concordou Kagome um pouco ofegante.

- Não sei vocês, mas eu...cansei.

Respondeu Rin mais ofegante que todos eles juntos, como se buscasse ar para respirar, arrancando risadas de todos ali.

- Olha, acho que vou para a piscina com vocês!

Izayoi concordou se levantando.

- Eba!

Comemorou Kagome.

- A água está tentadora, acho que também vou.

Inu disse olhando para a água azul cristalina que estava a poucos metros de distância deles. Todos se levantaram, restando somente Sesshoumaru e Rin naquela mesa.

- Vocês vêm?

Perguntou Kagome ao encarar os dois.

- Daqui a pouco.

Respondeu Rin com um sorriso, Kagome assentiu e saiu dali para vestir seu biquíni.

- Não quer entrar na piscina?

Perguntou Sesshoumaru chamando a atenção da garota.

- Ahnm... bom, você também vai?

- Não estou muito afim.

- Hum...

Respondeu Rin abaixando o olhar.

- O que foi?

- É que eu queria que você entrasse na piscina comigo... fico meio insegura de ir com seus familiares, conheci eles hoje...

Respondeu brincando com os seus dedos sem encará-lo, um pouco desconcertada por pedir aquilo. Sesshoumaru a observava pensativo por alguns segundos, tamborilando a mesa com seus longos dedos.

- Ok.

Ele respondeu se levantando, Rin levantou os olhos o encarando confusa.

- Vai entrar comigo?

- Sim, vá se trocar.

- Eba! Digo, certo!

Exclamou com um largo sorriso, e caminhou para o vestuário do clube afim de se trocar.

 

♥ ♥ ♥

 

 

Rin estava insegura para sair do vestuário, usava um lindo biquíni azul turquesa de bolinha com estampa de flamingos, o conjunto caíra perfeitamente em seu corpo realçando suas curvas, mas por ser fio dental, ela estava insegura de se expor na piscina.

“ Droga! Se eu me lembrasse desse detalhe teria comprado um biquíni maior, ou ao menos traria um short para usar “

Pensou consigo mesma ao olhar seu reflexo no espelho, precisamente seu traseiro exposto pela parte de baixo do biquíni que era minúscula aos olhos dela.

 

“ Não posso sair assim, todo mundo vai ver e ficar rindo de mim! Não vou mais para a piscina! Mas eu convenci o Sesshoumaru a entrar comigo... ele está lá me esperando e se eu pular fora ele pode ficar chateado, agrrh! O que eu vou fazer? “

 

Pensava consigo mesma, enfrentando uma luta interna onde sua insegurança e medo falavam mais alto.

- Rin, tá tudo bem aí?

Perguntou Kagome do lado de fora.

- E-está sim, eu já estou indo!

Respondeu Rin de dentro do banheiro, sentou-se no chão e apoiou a cabeça sobre suas mãos, respirou fundo algumas vezes, por fim decidiu que sairia dali, pois Sesshoumaru poderia se chatear caso ela desistisse de entrar na piscina depois de ter convencido o youkai a fazer mesmo, e ela levou isso em consideração.

A garota saiu do banheiro e deu de cara com Kagome, que usava um lindo biquíni rosa goiaba e Izayoi que trajava um maiô vermelho.

- Uau! Que gata!

Elogiou Kagome.

- Nossa Rin, seu corpo é maravilhoso.

Exclamou Izayoi.

- Gentileza sua, vocês é que são maravilhosas!

Elogiou Rin um pouco desconcertada.

- Nós somos, e não seja modesta, estamos falando a verdade.

Disse Izayoi com um sorriso.

- É isso mesmo! Bom, vamos?

Kagome perguntou para as duas.

- Vamos, os rapazes devem estar nos esperando.

Concordou Izayoi, e então as três saíram do vestuário e foram caminhando até a mesa.

 

♥ ♥ ♥

 

- Que demora para vestir um biquíni!

Resmungou Inuyasha já impaciente, vestido na sua sunga box vermelha.

- Elas já devem estar vindo.

Comentou Inu, que por sua vez usava uma sunga box de cor azul marinho.

- Faz quase vinte minutos que elas entraram naquele vestuário.

Comentou Sesshoumaru, que usava uma sunga box de cor preta, realçando seu bumbum também arrebitado e as coxas grossas musculosas, várias mulheres passavam pelo os três os encarando com desejo, acenando e até assoviando. Porém, ambos as ignoravam completamente.

- Viu, pai? Até o Sesshoumaru concorda comigo!

Inuyasha respondeu ainda impaciente.

- Ah, olha elas ali!

Disse o progenitor ao ver o trio de garotas se aproximando, e podia-se concluir que todos os três youkais ficaram surpresos e até de queixo caído ao ver as três humanas se aproximando.

Rin soltou os cabelos enquanto caminhava e os balançou afim de soltá-los, Kagome fez o mesmo, Sesshoumaru e Inuyasha assistiram aquela cena como se estivesse em câmera lenta.

- Chegamos!

Exclamou Kagome ao se aproximarem dos três.

- Aleluia!

Exclamou Inuyasha, tentando disfarçar que ficara deslumbrado com aquela visão de sua namorada. Sesshoumaru encarou Rin de cima a baixo, passeou os olhos pelo corpo da humana de forma involuntária, parecia em transe, o corpo da jovem humana parecia ter sido desenho à mão, detalhe por detalhe.

- Sesshoumaru? Sesshoumaru!

Rin o chamou, o despertando de seu transe.

- Hum?

- Eu te chamei uma cinco vezes, haha, vamos para a piscina agora?

Perguntou Rin dando uma risada. O youkai apenas assentiu.

- Cuidado Sesshoumaru, a baba está escorrendo! Haha.

Provocou Inuyasha sussurrando para o mais velho, que de imediato lhe deu um cascudo na cabeça.

- AI! Que merda hein Sesshoumaru? Não precisava!

Resmungou o hanyou massageando o local da pancada.

- Ai Inuyasha! Para de fazer escândalo!

Resmungou Kagome para seu namorado, que logo fez bico. Izayoi e Rin riram com a cena.

 

♥ ♥ ♥

 

 

 

O grupo caminhou para perto da maior piscina do clube, se instalaram nas cadeiras de praia protegidas pelo guarda sol, cada casal ficou com uma.

- Sesshoumaru...

Rin o chamou um pouco tímida e corada, não conseguindo parar de olhar para o corpo definido e musculoso do youkai, que não era nada exagerado, mas definido e forte na medida certa.

O prateado a encarou esperando que ela se pronunciasse.

- Poderia passar protetor nas minhas costas? Eu não alcanço.

Pediu.

- Posso.

Respondeu Sesshoumaru como se aquilo não fosse nada demais.

- Certo, aqui!

Ela entregou o produto para o empresário que o pegou em mãos.

- Deite-se.

- O que?

- Se deite de bruços.

- Ah, entendi.

Rin então se posicionou na cadeira, que permitia esticar todo o corpo, e deitou de bruços na mesma, corou por um momento ao se ver com suas nádegas completamente expostas para Sesshoumaru.

O youkai ficou observando aquela cena por alguns segundos, não conseguindo tirar os olhos do bumbum arrebitado de Rin, ele abriu a tampa do recipiente e colocou um pouco do produto em sua mão, colocou o recipiente no chão ao seu lado, e com a mão livre afastou os cabelos de Rin os jogando para frente, pedindo que ela os segurasse, começou a passar o protetor pelas costas dela, espalhando por toda região.

Rin sentiu as bochechas corarem ao sentir as grandes mãos do youkai massagearem suas costas, Sesshoumaru pegou mais protetor solar e espalhou novamente, com as mãos ele foi descendo das costas até a bunda de Rin, que sentiu seu rosto queimar violentamente ao sentir o toque dele ali, mas não teve coragem de pedir para que ele parasse.

 

“ Tão gostosa...”

 

Pensou o youkai consigo mesmo, em uma luta interna com sua fera interior, que pedia a todo instante para que ele fodesse Rin ali mesmo, enquanto parte dele pedia para não pensar tais bobagens, uma vez que ele e Rin eram apenas amigos de profissão. Ainda assim, o cheiro de Rin o estava entorpecendo, era uma mistura de vergonha, insegurança e...excitação? Ela estava mesmo gostando de sentir as mãos dele tocando-a daquela forma?

 

“ Então ela está gostando de sentir este Sesshoumaru tocando em seu corpo, essa humana... ela quer me enlouquecer, estou me segurando para não arrancar esse pedaço de pano que ela está usando aqui mesmo. “

 

Pensava consigo mesmo, enquanto ainda passava o produto pelo corpo de Rin.

 

“ As mãos dele, o toque...é tão quente, eu deveria manda-lo parar, ele já passou protetor suficiente! Mas... eu gosto de sentir ele me tocando, é tão... bom? RIN, PARE COM ISSO! Céus, o que estou pensando? “

 

 

Pensou a menina consigo mesmo, também enfrentando uma luta interna.

 

- Pronto.

Sesshoumaru respondeu se levantando, Rin se levantou também ao sentar-se na cadeira, ainda com as bochechas vermelhas e o olhando de uma forma diferente.

- Obrigada

Agradeceu ela o encarando. Sesshoumaru apenas assentiu.

 

“ Esse olhar, ela olha para mim com desejo... como eu adoraria leva-la para o quarto agora. “

 

 

Disse o youkai para si mesmo em pensamentos.

- Quer que eu passe protetor em você também?

Rin perguntou com um sorriso.

- Pode ser.

Sesshoumaru concordou, se sentou na cadeira de costas para ela, Rin aplicou o produto em suas costas largas e começou a espalhar com as duas mãos, vislumbrada com a visão, quando terminou Sesshoumaru virou-se de frente para ela.

- Aqui também.

Respondeu com um sorriso travesso de canto, apontando para o peitoral, numa forma de provoca-la.

- C-certo!

Rin respondeu ao suspirar pesarosa, como se buscasse oxigênio para respirar, começou a passar o protetor no peitoral de Sesshoumaru, descendo para a barriga perfeitamente definida e se espalhando por toda a região, seus olhos castanhos passeavam por aquela montanha de músculos, vislumbrada com a visão que tinha, o prateado estava adorando ver o jeito que ela ficava. Quando finalmente terminou pôde olhar para o rosto dele.

- Pronto!

Disse a menina ao tentar esboçar um sorriso e transparecer normalidade, Sesshoumaru apenas assentiu.

- Ei! Vão entrar na água ou não?

A voz de Inuyasha ecoou chamando a atenção dos dois, que se viraram e o viram dentro da piscina junto de Kagome, Izayoi e Inu estavam mais afastados.

- Estamos indo!

Respondeu Rin, ela e Sesshoumaru foram para dentro da piscina e ficaram jogando vôlei na água com Inuyasha e Kagome, depois Izayoi, Inu, e até Naraku e Kagura se juntaram a brincadeira, e assim correu o resto do evento, vez ou outra Sesshoumaru e Rin mergulhavam juntos e tiravam brincadeiras entre eles, estavam mais próximos do que nunca.

 

♥ ♥ ♥

 

 

Já era noite, todos estavam indo embora, Rin e Sesshoumaru se despediram de Inuyasha, Kagome, Inu e Izayoi, optaram por ficar no hotel aquela noite, já que Rin estava muito cansada.

A garota tomou uma ducha gelada e secou-se, vendo que o hotel havia disponibilizado apenas uma camisa branca larga masculina de mangas compridas e uma calça de seda preta, ficou com vergonha de pedir a Sesshoumaru que pedisse um pijama do seu tamanho, então decidiu vestir a camiseta que havia ali, que consequentemente virou um vestido no corpo dela.

Da varanda Rin olhava o tempo lá fora, que diferente do dia todo, agora chovia forte, uma noite chuvosa e fria, ela observava da porta da varanda encostada num canto, o quarto estava escuro, sendo iluminado apenas pelas luzes da cidade em cores neon, que criavam um contraste com a chuva que caía. Sesshoumaru saiu do banheiro vestido na calça de seda para dormir, secou os cabelos com a toalha e a pendurou no cabide do banheiro, avistou Rin que observava a chuva distraída e caminhou até ela ficando ao seu lado.

- Está um toró lá fora.

Comentou a menina ao ver o prateado se aproximar, olhou para ele lhe esboçando um sorriso singelo.

- Sim, está, seria perigoso irmos embora agora à noite, a chuva está muito forte e as pistas ficam extremamente escorregadias.

- Ah, tudo bem! Eu concordo, é melhor não arriscar mesmo.

- Iremos amanhã pela manhã.

- Sem problemas.

Respondeu Rin o encarando novamente, em seguida soltou um longo suspiro, o silêncio novamente tomou conta daquele quarto, podia-se ouvir somente o barulho da chuva.

- Sesshoumaru...

O chamou sem tirar os olhos da chuva.

- Sim?

Rin suspirou novamente, como se fizesse uma força interna para falar.

- Você se sente bem comigo aqui?

Perguntou com o tom de voz mais baixo que o habitual, o youkai arqueou uma sobrancelha.

- O que quer dizer?

- Bom, sabe... depois daquela confusão toda com a Sara, aquele mal-entendido, você está bem com tudo isso? Realmente gosta da minha presença?

Rin perguntou agora olhando nos olhos dourados do youkai.

- Depois de hoje, não deveria ter dúvidas sobre isso.

Respondeu encarando-a de forma penetrante, Rin o encarou esboçando um sorriso tímido.

- É que as vezes...sinto que estou incomodando.

- Não pense tais tolices, você não incomoda, pelo contrário...

Sesshoumaru começou a se aproximar de Rin a passos lentos, à medida que chegava mais perto, o coração dela acelerava as batidas.

- Só me faz querer estar ainda mais perto...

Afirmou com a voz mais baixa e rouca, tocou o rosto de Rin com sua mão e o acariciou, em seguida aproximou seu rosto do ouvido dela.

- E sentir seu cheiro...

Sussurrou ao ouvido dela, fazendo Rin arrepiar-se por inteiro, roçando o nariz em seu pescoço, a garota tocou a cintura do youkai com suas mãos.

- Eu também...amo sentir seu cheiro.

Declarou ela fechando os olhos, ao sentir Sesshoumaru depositar um lento e delicado beijo em seu pescoço, em seguida, ele desvencilhou seu rosto e passou a encara-la, levou suas duas mãos para a cintura de Rin, a envolvendo em seus braços, ela por sua vez, tocou o rosto do youkai com suas duas pequenas mãos, admirando a beleza daquele ser.

Os dois olhavam nos olhos um do outro, e aos poucos foram aproximando seus rostos, mais e mais, ao ponto de sentirem a respiração um do outro, os olhos foram se fechando e seus lábios se tocaram, ao finalmente se beijarem, Sesshoumaru apertou mais a cintura de Rin, pressionando o corpo dela contra o seu, enquanto ela enlaçou o pescoço do youkai com seus braços, e assim eles se beijaram pela primeira vez, um beijo lento e ritmado, Rin se quer sentia  mais suas pernas, apenas se entregou aquele momento, sentindo a língua quente de Sesshoumaru brincar com a sua, além dos lábios deliciosos que ele tinha.

Era como se estivessem no céu, e ali permaneceram, beijando-se ao barulho da chuva e as luzes da cidade.

 


Notas Finais


PARECE QUE O MOMENTO QUE MUITOS ESPERAVAM CHEGOU
EEEEEEE
ahsuahsua

Por enquanto é só, beijinhos e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...