1. Spirit Fanfics >
  2. Crazy Dream - Luotto >
  3. Dezoito

História Crazy Dream - Luotto - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Blz??

Capítulo 18 - Dezoito


“Minha fonte de desejo.

Doce encanto,pura magia.

Só há prazer com teu beijo.

Seja noite ou seja dia.

Eu não fico sem você.

Ai de mim eu morreria”.


 

Otto Monteiro


 

Otto Monteiro, mais conhecido como César Pendleton, ele é dono de uma das melhores empresas de game do mundo, a 0110, mas ninguém sabe sobre isso.

 

Ninguém pode descobrir sobre esse segredo, pois, isso deve acarretar problemas no futuro, isso tem que ser revelado no momento certo, quando a sua alma gêmea se juntar a ele, para deter as forças do mal.

 

Outro segredo que ninguém pode sonhar e que seu nome verdadeiro é Zardrin Spellsa, e que ele é um mago muito poderoso, de uma linhagem de muitos anos.

 

Otto sempre soube quem era a sua alma gêmea, ela se chama Luísa D'Ávila, que ela é de outra espécie, uma fada, rara, que há muito tempo estava extinta.

 

Por ela ser de outra espécie, os dois não podem ficar juntos, pois, isso mudaria o futuro, mas, será que traria coisas boas, ou ruins.

 

Otto, na verdade, tem mais de 100 anos, mas, mantém ainda a sua aparência de jovem, ele precisa arrumar formas de contar a Luísa o que está acontecendo.

 

Só de lembrar desse nome, ele pensa no dia que eles se reencontraram, Otto já conhecia Luísa, mas, ele mudou muito, e talvez seja por isso que ela não o reconheceu.

 

~flashback on~

 

Cesar estava em seu trabalho conversando com Roger sobre a nova funcionária que começaria a trabalhar hoje na empresa.

 

Pendleton: Roger! Qual é o nome da funcionária nova? — Perguntou Pendleton.

 

Roger: Bom! Pelo que sei ela se chama Luísa D'Ávila, e é amiga da Joana e da Cláudia, inclusive foi indicação delas.

 

Pendleton: Hum! Tudo bem! Chegou a hora do almoço, vou lá comer algo e já volto — Fala Pendleton e assim ele sai da sala de Roger, seu melhor amigo.

 

Quando Pendleton está lá fora, ele só consegue pensar nesse sobrenome “Dávila” não é um sobrenome desconhecido.

 

Pendleton iria comer hoje no Food Truck do Afonso, pois, as pessoas sempre falaram bem desse lugar, mas ele nunca havia comido lá.

 

Porém, quando ele estava na metade do caminho, veio uma jovem que não estava tão concentrada, e segurava um pote de salada e um copo de suco de uva, e assim ocorreu um esbarrão, e a mulher misteriosa derramou o copo de suco em cima do Pendleton, encharcando toda a sua roupa.

 

E antes que a moça pudesse abrir a boca, Pendleton logo se adianta.

 

Pendleton: Você não presta atenção por onde anda? Tem que tomar mais cuidado da próxima vez — Fala Pendleton sendo grosso com a moça — Droga, agora minha blusa está suja. O que você vai fazer? — Pergunta Pendleton.

 

Luísa: Não precisa me tratar desse jeito, seu idiota, presta atenção você — Ela fala irritada — Agora se vira com sua blusa suja de suco de uva, e cuidado que isso mancha, viu! Se eu fosse você iria para casa agora lavar a sua roupinha — Ela completa debochando do ocorrido, o que deixa Pendleton com raiva, pois, nunca pensou ser tratado dessa forma, mas fazer o que, ele foi grosso com a mulher, agora tem que escutar.

 

Após ela falar isso, ela vai de encontro a duas jovens que Pendleton sabia muito bem quem eram, Claudia e Joana, e provavelmente essa mulher se tratava de Luísa Dávila, a recém contadora que fora contratada pela empresa.

 

Então Pendleton sai com passos rápidos e bravos, ele percebeu que Luísa debochou ainda mais dele.

 

E ele se encontrou com ela novamente na sala do Roger, e a mesma tirou ainda mais sarro dele, o que fez Roger zoar dele.


 

*Flashback Off*


 

Isso foi o encontro dos dois, Otto sabe que precisa descobrir mais sobre a morena, e pelo que parece, a ainda não tem ciência dos seus poderes, e nem que eles são almas gêmeas.

 

Quando ele saiu do shopping, ele ficou pensando em como a Poliana lembrava Alice, que no passado era a sua namorada, e que eles irão casar, já que ela estava prometida a ele, esse casamento seria feito como um selo de paz entre as duas espécies, mas, tudo veio por água abaixo, quando Alice fugiu com Lorenzo para o Ceará.

 

Otto descobriu onde Alice estava, e eles tiveram uma recaída, mas, eles estavam bêbados, pois, Otto sempre soube que Luísa era a sua alma gêmea, mas como estava prometido a sua irmã, ele não poderia fazer nada, Alice também sabia desse seu segredo, e também sempre soube que é uma fada, mas, a sua família sempre escondeu isso de Luísa.

 

Otto ainda sente um formigamento por todo o seu corpo só de lembrar das mãos de Luísa com as suas, isso acontece apenas pelo fato deles serem alma gêmeas.

 

Ele precisa achar formas de contar isso a Luísa, escondido de tudo e de todos, o romance dos dois é proibido, mas, Otto fará de tudo para que isso aconteça, mesmo que tenha que ir contra toda a sociedade.

 

Tudo isso era uma história de amor escrita por tempo e pelo infinito, mas, será que valeria a pena mesmo ir contra a sociedade, e mudar o mundo por conta dessa paixão.

 

"Alma gêmea de minha alma

Flor de luz da minha vida

Sublime estrela caída

Das belezas da amplidão

 

Quando eu errava no mundo

Triste e só no meu caminho

Chegaste devagarinho

E encheste-me o coração

 

Vinhas nas bênçãos dos deuses

Na divina claridade

Tecer-me a felicidade

Em sorrisos de esplendor

És meu tesouro infinito

Juro-te eterna aliança

Porque eu sou tua esperança

Como és todo meu amor"


Notas Finais


Eai o que acharam??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...