História Crazy in Love - Emison - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Emily Fields, Hanna Marin, Spencer Hastings
Tags Alison, Dilaurentis, Emily, Emison, Fields, Pll
Visualizações 136
Palavras 1.872
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom dia pessoal!!! Espero que gostem...

Capítulo 8 - Capitulo 8


Fanfic / Fanfiction Crazy in Love - Emison - Capítulo 8 - Capitulo 8

 

POV CALEB:

Tudo bem que era minha irmã e eu a amava, mas maldita hora que a Emily teve que cair da escada... Eu estava conversando com a Alison e estávamos até que evoluindo, sem duvidas não seria nenhum tipo de esforço para eu casar com aquela mulher. Me levantei e logo desci para tomar meu café, assim que cheguei na cozinha fui surpreendido pela loira que conversava animadamente com minha mãe.

Pam – Bom dia querido... – Beijou minha testa

Cal – Não sabia que ainda estava aqui Alison! – Sorri e beijei a bochecha da loira

Ali – Estava tarde e resolvi dormir aqui... – Sorriu de lado

Cal – Podia ter dormido na minha cama! – Sussurrei em seu ouvido e notei que a mesma revirou os olhos

Pam – Onde a Emily esta? – Começou a servir panquecas

Ali – Creio que logo ela vai descer Sra. Fields, o pé dela já esta bem melhor.

Cal – Vocês dormiram juntas? –Arqueei a sobrancelha

Notei que Alison se engasgou com a bebida e corou.

Ali – Sim algum problema nisso? – Falou com desdém

Cal – Nenhum... – Dei de ombros

Pam - Filho o que acha de levar a Alison hoje para um passeio de barco? –Piscou para mim

Cal– Ótima idéia mãe... – Sorri – E ai Alison você topa?

Alison parecia pensar em uma forma de recusar meu pedido sem parecer indelicada, mas antes que respondesse minha irmã chegou nos interrompendo

Em – Bom dia a todos! – Disse com uma cara não muito animada e se sentou ao meu lado

Pam – Parece que não teve uma noite muito agradável querida... – Minha mãe beijou sua testa

Percebi a troca de olhares entre minha irmã e Alison, mas não dei importância e voltei minha atenção á minha comida

Ali – Mas enfim Caleb... Será um prazer andar de barco com você! – Sorriu fraco

Em – VOCÊS VÃO ANDAR DE BARCO? – Nos encarou surpresa e com raiva

Ali – Algum problema Fields? – Sorriu cinicamente

Em – Nenhum Dilaurentis! – Bufou

Cal – Fico feliz que tenha aceitado o convite Alison! Tenho certeza que vai adorar o passeio. – Sorri animado

Alison me retribuiu o sorriso e voltou a comer sua panqueca, durante todo o momento eu sentia um clima pesado na mesa, parecia que as duas tinham brigado, mas depois eu trataria de descobrir o que realmente tinha acontecido. Agora eu tinha que pensar em um jeito de fazer a Dilaurentis ficar caidinha por mim e nada como eu ser o seu herói para facilitar as coisas...

Cal – Com licença, volto já! – Me levantei e fui para o jardim.

LIGAÇÃO ON:

Cal – Iam? – Sussurrei

Iam – E ai brother... – Falou animado – O que manda?

Cal – Preciso de um favor... E sabe que te recompenso bem depois, mas tem que ter descrição total sobre o assunto

Iam – Na hora... O que manda?

Cal – Quero que me ajude a fingir um assalto...

Iam – Claro me diga onde e como você quer! – Falou animado

Expliquei para ele toda a minha idéia e em seguida desliguei o telefone.

LIGAÇÃO OFF:

Em – Falando com alguém importante maninho? – Cruzou os braços

Cal – Oi Emy... Na verdade não,só estava resolvendo uns assuntos da prefeitura que o nosso pai me deixou encarregado... Nada demais! – Sorri fraco

Emily me olhou parecendo um pouco desconfiada e em seguida suspirou forte encarando o céu.

Em – Só não faz ela sofrer Caleb... Ela pode parecer forte, mas eu acho que La dentro tem um bom coração.

Cal – Nunca vou querer que ela sofra Emy, fica tranqüila! - Sorri

Beijei a testa de minha irmã e logo depois sai voltando para a cozinha e peguei minha ‘’noiva’’ para irmos em direção ao nosso passeio.

Ali – Sra. Fields muito obrigada pela hospitalidade! – Beijou a bochecha de minha mãe

Pam – Denada querida, quando quiser estamos de portas abertas para você! – Sorriu

Segurei em sua mão e fomos para o carro, comecei a dirigir enquanto fitava a loira que parecia estar distante com seus pensamentos, ela encarava a paisagem sem desviar sua atenção em nenhum momento, olhei suas pernas que estavam cobertas somente até as cochas e senti uma vontade enorme de apertar as mesmas, mas me controlei pois eu ainda tinha que demonstrar ser um bom moço, mas ela logo estaria em minha cama ou eu não me chamava Caleb Fields.

Algum tempo depois estacionei o carro a beira do cais e descemos para ir em direção ao barco, seria agora que Iam iria agir e eu já estava me preparando para ser o herói da jovem Dilaurentis – Sorri

Ali – Do que está rindo? – Me olhou confusa

Cal – É que gosto de sair com você Alison, mesmo que não acredite!

Ali – Caleb... – Cruzou os braços – Eu sei que para você está tudo bem, mas para mim não esta! – Falou seriamente – Eu não quero me casar e muito menos com alguém que nem conheço.

Ah mas você vai implorar para se casar comigo Dilaurentis...

Cal – Olha vamos só ver no que da ta bom? – Menti – Nada de casamentos, apenas somos duas pessoas se conhecendo! – Sorri

Ela assentiu com a cabeça e deu um sorriso fraco, eu as vezes ficava admirado com minha capacidade de mentir e manipular, deve ser o sangue político na veia dos Fields...

Xx – PASSA TUDO... PERDEU... PERDEU! – Um cara encapuzado coloca uma arma em minha cintura e pude ver a expressão assustada no rosto da Alison.

Cal– Calma cara... – Fingi estar com medo – Não precisa fazer nada, eu vou pegar minha carteira... – Coloquei a mão no bolso

Xx – Quem é a gatinha... –Encarou Alison

Vi que a loira estremeceu e quase não consegui disfarçar meu sorriso por ver meu plano funcionar perfeitamente

Ali – Eu sou Alison Dilaurentis! – Falou firmemente

Xx – Pelo visto é atrevidinha NE? Gosto de mulheres que são destemidas! – Começou a passar a boca do revolver pela lateral do corpo da loira

Cal – Cara aqui todo meu dinheiro! – Estendi minha mão com a carteira – Agora só deixa a gente ir embora e pronto... – Falei firmemente

Xx – Ótimo! – Pegou o dinheiro e sorriu – Mas eu acho que posso brincar com sua amiguinha um pouco... – Piscou para mim e em seguida virou em direção á Alison novamente.

O plano é bem simples, Iam vai ameaçar estuprá-la e eu como salvador do dia irei impedir e bater nele na frente dela, óbvio que depois o deixarei fugir para que a policia não o pegue.

Cal – CARA... – Falei firmemente

Xx – CALA A BOCA! – Apontou a arma para mim. Iam estava atuando perfeitamente

Ali – Você devia escutar o Caleb! Você já tem seu dinheiro, não tem mais nada o que fazer aqui... – Falou friamente, Alison realmente parecia ser destemida, mas vamos ver até quando ia manter a pose.

Xx – Na verdade eu ainda não tenho tudo o que quero... – Começou a acariciar o corpo dela – Você é muito cheirosa moça! – Deu um beijo no pescoço da loira

Cal – JÁ CHEGA! – Bufei – Deixa a gente em paz!

Xx – Caladinho Mauricinho... – Segurou Alison com força – Eu vou brincar com sua amiguinha e ela vai adorar as brincadeiras!

Ali – Ah, mas você não vai mesmo! – Deu uma risada e eu a olhei confuso

Em um ato rápido Alison deu uma cotovelada na costela do Iam e logo depois um chute em seu membro fazendo com que ele caísse no chão gemendo de dor em seguida ela subiu em cima dele e jogou a arma para que eu pegasse e começou a dar tapas na cara do mesmo sem parar, meu Deus que mulher era essa? Eu tinha que dar um jeito de tirar o Iam dessa enrascada antes que ela acabasse matando ele.

Ali – Então você gosta de brincar? – Lhe deu um soco – Vamos ver se você gosta das minhas brincadeiras! – Aferiu outro murro

Cal – Alison já deu! – Me aproximei e a puxei pela cintura fazendo que a mesma saísse de cima dele.

Xx – Droga loirinha eu só estava brincando! – Disse entre gemidos

Ali – Começou a rir – DA PRÓXIMA VEZ EU VOU BRINCAR TAMBÉM... MAS É BRINCAR DE ESFREGAR SUA CARA NO ASFALTO INFELIZ! – Gritou

Cal – Vamos ligar para a policia Alison! – Segurei em seu braço para puxá-la

Ali – Mas ele vai fugir Caleb! – O olhou com raiva

Cal – Alison você o deixou em uma situação que ele sequer conseguirá se mexer! – Sorri fraco

Ela o encarou por uma ultima vez e em seguida concordou com a cabeça e me seguiu em direção ao carro para pegar meu celular. Como uma garota podia ser tão forte assim? Droga! Meu plano foi um total fiasco, só espero que o Iam consiga se levantar e fugir, depois da tremenda surra que levou.

Peguei meu celular e liguei para a policia, durante todo o momento fingi estar assustado para não levantar suspeitas, enquanto a loira mantinha um semblante tranqüilo.

Cal – Pronto... Eles vão vir o mais rápido possível! – Sorri fraco

Ali – Melhor voltarmos lá para que ele não possa fugir.

Concordei e fomos para onde tínhamos o deixado, para minha sorte ele tinha conseguido fugir e um alivio tomou conta de mim.

Ali – MERDA! – Esbravejou – O infeliz fugiu... – Bufou

Cal – Deixa que a policia se encarrega de encontrá-lo. – Falei calmamente – Mas agora me diga, onde aprendeu lutar assim?

Ali – Meus pais sempre me fizeram aprender vários tipos de lutas, para que eu estivesse prepara para caso alguma situação tipo essa acontecesse. – Sorriu – Achou que eu era uma fraca Caleb?  - Cruzou os braços fingindo estar brava

Cal – Claro que não... Só não esperava que fosse tão boa! –Cocei a nuca – O cara com certeza nunca mais poderá ter filhos... – Ambos rimos

Ali – Eu sei que tínhamos marcado o passeio, mas depois do ocorrido eu acho melhor ir para casa e descansar, tudo bem para você? – Me encarou

Cal – Só se promete jantar comigo semana que vem, mas em um encontro de verdade! – Me aproximei deixando nossos corpos bem próximos

Ali – Tudo bem... – Suspirou baixo

Entramos no carro e a levei para sua casa, ficamos em total silencio e eu fiquei só relembrando em como meu plano havia sido um total fracasso... Mas como eu iria imaginar que a tal patricinha era uma lutadora ninja? –Revirei os olhos –Você tem muitas surpresas Alison, mas eu vou te descobrir e sem dúvidas vou te conquistar Dilaurentis.

Cal– Entregue e em segurança... – Sorri fraco e encarei aqueles olhos azuis

Ali – Obrigada! – Sorriu e também me encarou

Fitei sua boca carnuda e rosada com uma vontade enorme de beijá-la, mordi meu lábio inferior e comecei a me aproximar lentamente, para minha surpresa a loira não recuou. Selei nossos lábios em um beijo demorado, porém sem o contato das nossas línguas. Finalizei sorrindo e encarei seus olhos, ela sorriu fraco e percebi corar um pouco.

Ali – Boa noite Fields...

Cal – Boa noite Dilaurentis...

Esperei que a loira entrasse e em seguida acelerei o carro indo em direção ao lugar que com certeza me faria esquecer todos os problemas: A casa da Cece. Rapidamente cheguei e bati na porta, sendo recebido com um sorriso enorme no rosto.

Cece – Achei que não viria para cá hoje Caleb! – Me puxou pela gola da blusa iniciando um beijo intenso

Caleb – Acha mesmo que eu conseguiria ficar sem te ver? – Sorri maliciosamente e em seguida a peguei no colo, jogando-a com força na cama. – Eu quero você Cece e quero AGORA! – Comecei a tirar sua roupa.

(...)


Notas Finais


Caleb se ferrou? Sem dúvidas kkkkk #NinjaDilaurentis


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...