História Go Away. - Kim Taehyung (V) - BTS - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Stray Kids, TWICE, Wanna One
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kang Daniel, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Yang Jeong-in
Visualizações 45
Palavras 2.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


prontinho a semana inteira tem
love cêis
~batata

Capítulo 15 - XV-Namorados?


Fanfic / Fanfiction Go Away. - Kim Taehyung (V) - BTS - Capítulo 15 - XV-Namorados?

Acordei com as cortinas do quarto sendo abertas e comecei a resmungar escutando uma risada logo em seguida.

Tae-Hora de acordar flor do dia.

-Não,não é hora de acordar!

Puxei o cobertor sobre minha cabeça mas Taehyung puxou ele de volta.

Tae-Vamos tomar café da manhã,vem.

Taehyung praticamente me pegou no colo para me tirar da cama e depois me ajudou a colocar meus sapatos.

-Dormiu bem?

Tae-Você estava abraçada comigo,claro que dormi bem.

Senti minhas bochechas esquentaram um pouco.

Tae-Não que eu esteja reclamando mas...Quando você me abraçou?

-Foi você que me puxou para um abraço enquanto dormia.

Tae-Ooops,desculpe por isso.Eu prometi que não tentaria nada.

-Não tem problema,não sou contra abraços.

Taehyung foi tomar café da manhã primeiro e eu aproveitei para arrumar meu cabelo rapidamente e então também fui para o restaurante.Quando cheguei Taehyung estava com os braços abertos indo na direção de Suga como se fosse dar um abraço nele.

Tae-Vem cá,vou lhe dar um abraço como consolo.

Suga-De jeito nenhum,fica longe!

Suga se esquivou do abraço de Taehyung.

Tae-Estou tentando ser seu amigo!

Suga-Vá abraçar a sua namorada e me deixa fora disso.

Tae-Mas quero te dar um abraço.

Suga-Tenta me abraçar e eu faço picadinho de Taehyung de café da manhã. 

Tae-Tsc.S/n!

-Bom dia.

Tae-Aqui,me dê um abraço.

Acho que ele realmente acordou de bom humor hoje,isso me deixa feliz.

Sacudiu um pouco a cabeça e então abracei Taehyung encostando minha cabeça em seu peito,Taehyung me abraçou de volta e olhou Suga.

Tae-Viu?Ela é adorável.

Suga-Pois é,a adoração de vocês me deixa enjoado.

Tae-Você é muito amargo!

Suga-E você é muito chato!

-Não briguem.O que aconteceu?

Tae-Ao que parece o irmão mais velho do Suga que era para supostamente estar morto agora está vivo de novo.Eu quis dar um abraço amigável para ele se sentir melhor.

Suga-Nem se eu fosse uma garota me sentiria melhor com um abraço seu.

Tae-Mas você já parece uma garota,tem as mudanças de humor de uma.

Suga-O que...Você disse...?

Opa!Acho que o Suga ficou irritado.Tem remédio para TPM sabia Suga?

Suga-Tsc,não vou perder meu tempo com você.Ei,anjo tagarela.

-Está falando comigo?

Suga-Está vendo outro anjo tagarela aqui?

-Não,estou vendo um demônio rabugento.

Tae-Ooops.

Suga-Obrigado.

Tsc,demônio debochado.

-O que você quer?

Suga-Mantenha o seu namoradinho longe de mim,ele me irrita.

-Aham,tá bom.

Suga-Qual o motivo do seu humor de hoje meu nada querido não irmãozinho?

Tae-E eu achando que você já me considerava seu irmão...Doce ilusão

Taehyung fez um ar dramático e Suga revirou os olhos suspirando entediado.

-Vocês devem se adorar muito para brigaram tanto.

Suga-Ah tanto faz.

Tae-O motivo para o meu bom humor querido não irmão mais velho mal humorado,é que a princesa e eu estamos juntos agora.

Estamos?

Suga-E quem não sabia que vocês eram namorados?

-Nós não...

Tae-Nós somos um casal perfeito,não acha?

Suga-Dois tagarelas sem cérebro,não poderia existir casal mais perfeito.Almas gêmeas.

Tae-Um dia eu te mato.

- Eu ajudo.

Kook-Perdi alguma coisa?

-Bom dia Kook!

Kook-Bom dia senhorita S/n.

Tae-Não perdeu muita coisa,só minha discussão com o Suga.

Kook-Entendi.

Tae-E o fato que a S/n é minha namorada agora.

Eu sou?Não lembro de ter recebido um pedido de namoro.

Kook-Parabéns?

-Obrigada.

Suga-Ei,rainha inútil,acho melhor soltar o Taehyung.Somin está vem triste olhando vocês da porta.

Me afastei do Taehyung no mesmo instante e olhei na direção da porta,Somin estava olhando a gente com uma expressão triste.

Tae-Eu vou...

Suga-Parar de falar,de preferência.

Tae-Vou ir conversar com a Somin,aproveitem o café da manhã.

Taehyung correu até onde Somin está e os dois se afastaram.

Suga-Boa sorte.

-Sobre o que?

Suga-Lidar com o vampiro de personalidade duvidosa.

-...Ah.

Ele provavelmente sabe...

Suga-Os sentimentos do Taehyung são bastante distorcidos mas ele ama você,eu acho,não lembro como é o sentimento do amor.

- Eu sei mas...

Kook-Ele se preocupa muito com você.

Suga-Ele está obsecado com ela.

-...

Suga-Mas amor e loucura sempre caminha de mais dadas então aproveite,seja feliz.

-Você não está realmente desejando minha felicidade,está?

Suga-Não sinceramente,eu quero que todo mundo se ferre. 

- Você é um amor,Suga.

Suga-Eu sei.

Kook-Você é um idiota.

-Ele provavelmente sabe disso também.Não é como se o Taehyung fosse me acorrentar em algum lugar então vou ficar bem.

Suga-Sabe,imaginar isso é um pouco interessante.Principalmente se você estiver de lingerie.

-Argh!Cala boca demônio pervertido!


Assim que saí do restaurante depois de ter que terminar meu café da manhã sozinha pois Suga e Kook saíram mais cedo,encontrei Somin me esperando.

Somin-Podemos conversar?

-Claro.    

Somin-Parece que eu perdi,Taehyung disse que vocês estão namorando agora.

Acho que ele decidiu isso sozinho mas ok,eu diria sim se ele me pedisse em namoro.

-Mas ou menos isso.

Somin-Acho que eu fui tola em pensar que podia voltar com ele,quer dizer,Taehyung terminou comigo e desde o início já tinha escolhido você.

-Me desculpa Somin...

Somin-Por favor não sinta pena de mim!

- Eu sei como você gostava dele...

Somin-Mas ele gosta mais de você,huh?

-...

Somin-Vou ficar fora do seu caminho,só faça ele feliz.

-Somin!

Chamei quando ela se virou para ir embora.

Somin-Hm?

-Espero poder ser sua amiga,mesmo com essa situação desconfortável.

Somin-Espero que sim.Só me dê um tempo agora.

Somin foi embora me deixando sozinha então fechei meus olhos e respirei fundo.

Eu não queria magoar a Somin.Também não quero me magoar ou magoar o Taehyung então espero que tudo fique bem.

Tae-Princesa~

Senti Taehyung me abraçar por trás e falar no meu ouvido.

-Estava ouvindo?

Tae-Uh-huh.Não queria ferir os sentimentos dela.

- Eu também não queria.Me diz uma coisa,quando virei sua namorada?

Tae-Não quer ser minha namorada...?

- Não,não é isso.

Tae-O que foi?

-Como devo dizer...

Tae-Tem medo que eu esteja realmente obsecado com você?

-...

Tae-Eu amo você princesa e é por isso que tenho medo de que vá me deixar,por eu amar você é que sinto que sou capaz de qualquer coisa para te manter segura.

-Sabe que não pode sempre me manter em segurança.

Tae-Eu posso tentar.

-Taehyung,Eu quero que isso funcione mas...

Tae-S/n.

Ele me abraçou com mais força e apoiou o queixo no meu ombro.

Tae-Enquanto eu tiver certeza de que está ao meu lado e ninguém pode tirá -la de mim,posso fazer meu comportamento ser saudável,não vou passar dos limites.

-Eh?

Tae-A minha personalidade muda quando você fica em perigo ou penso que pode correr algum risco e também com a pequena ideia de te perder,não importa de que jeito.

Ele explicou calmamente em uma voz tão baixa que parecia um sussurro.

Tae-Enquanto eu não achar que vou te perder ou você vai se machucar,posso fazer isso dar certo.

-Não vai me perder.

Tae-Então tudo vai ficar bem,vou fazer isso dar certo.

Taehyung escondeu o rosto em meu pescoço e cabelos.Levantei meu braço e toquei a cabeça dele fazendo um leve carinho logo começando a. Cantarolar baixinho uma música qualquer que consegui pensar no momento.Ficamos assim por um longo tempo,Taehyung pareceu estar tendo algum tipo de briga interna e eu me senti mal por ele.

Consegui sentir o quanto ele se importa comigo e como está com medo de me perder.Acho que isso pode dar certo,só preciso me manter segura.

Fomos para o meu quarto e ficamos sentados na cama conversando durante várias horas,Taehyung me contou muito sobre a infância e sobre os pais.Ele descreveu a mãe como uma mulher bonita e carinhosa mas as vezes também distante,falou que tinha um bom relacionamento com a mãe contanto que não a contrariasse,no momento que isso acontecia geralmente ela se tornava fria e o ignorava por algum tempo.

Taehyung disse que o pai era um pouco mais severo mas nunca o tratou mal.Me contou sobre os amigos de infância e como ele queria ter conhecido a irmã mas isso nunca aconteceu.

Tae-Uma parte minha fica feliz de não ter conhecido ela.

Taehyung ficou olhando para o teto como se fosse algo realmente interessante.

Tae-Provavelmente ela viveu uma longa vida sem despertar a parte de vampira.Pelo menos é isso que eu desejo que tenha acontecido com ela.

-Você não gosta de ser vampiro?

Tae-Eu amo ser um vampiro mas tem duas desvantagens.

-Hmm.

Taehyung me olhou e eu sorri.

Tae-O que você mais gosta sobre ser um anjo?

Pensei por alguns momentos.

-A capacidade de curar as pessoas e também poder voar.

Tae-Haha,sério?Eu não te vejo voando por aí.

-É muito cansativo usar minha forma angelical,acho que vai ser mais fácil quando eu estiver no reino pois tem muita energia mística no ambiente para absorver.E você?

Tae-Acho que o que eu mais gosto sobre ser um vampiro é...

Ele pensou um pouco com a mão no queixo.

Tae-Acho que gosto de tudo menos a sede incontrolável por sangue que tenho as vezes.

-Deve ser complicado.

Tae-Pois é.Eu gosto de faro de ser imortal,apesar de ficar meio entediante as vezes.

-Entediante?

Tae-Você ainda é muito jovem S/n mas eu vivi muito,viesse mundo mudar de novo e de novo até chegar ao que é hoje.Quando você vive mais de cem anos acaba se tornando um pouco entediante,o tédio é a coisa mais triste para mim vampiro,por isso criamos outros vampiros lada passar a eternidade.É muito deprimente pensar em passar a imortalidade sozinho.

-Então vampiros transformam por tédio?

Tae-Transformamos por tédio,porque precisamos de alguém para fazer algo,se alguém nos pedir muito por isso...Ou porque amamos muito alguém.

-Entendi.

Tae-Qualquer um pode ser transformado em vampiro,por isso tem vários híbridos de vampiros nesse mundo.

Taehyung fez carinho no meu cabelo.

Nós conversamos por bastante tempo e de noite ele quis dormir aqui novamente,ele prometeu não tentar nada contra a minha vontade então deixei ele ficar aqui e cantei para ele.Taehyung disse que gosta muito de ouvir a minha voz que isso deixa ele calmo.


Os dias começaram a passar e agora nos estamos na véspera do baile da lua de sangue,o vilarejo está agitado e cheio de visitantes.Taehyung pediu para que eu permanecesse no quarto já que está tão lotado mas eu fui um pouco teimosa,saí para uma caminhada e quando nos cruzamos na rua ele não pareceu muito feliz mas respirou fundo,sorriu para mim e depois perguntou se eu estava animada com o baile.

Ele realmente está tentando não parecer controlador ou possessivo nos últimos dias.Está tudo dando certo até agora.

Taehyung me conduziu de maneira graciosa pelo quarto em uma lenta valsa a qual acompanhei sem dificuldade,ele disse que queria dançar um pouco comigo e eu não reclamei.O quarto não é muito grande mas conseguimos aproveitar bem o espaço.

Tae-Posso ser sincero com você?

-Não é sempre sincero comigo?

Perguntei com um sorriso enquanto ele segurou minha mão para o alto e me fez dar um rodopio,segurando minhas costas logo em seguida para voltar a dançar.

Tae-Com toda essa agitação por causa do baile,eu queria te manter trancada nesse quarto.

-...

Ele deu um sorriso culpado.

-Mas não me prendeu aqui.

Tae-Porque não quero parecer obsessivo ou assustador.Eu não sou uma pessoa ruim então estou tentando controlar meus impulsos obsessivos sobre você.

-Está fazendo um bom trabalho.

Tae-Estou tentando meu melhor.

-Obrigada,Taehyung.

Tae-Não quero ser odiado por você,só quero te proteger.

-E eu te amo por isso.

Tae-...Também amo você.

Continuamos dançando mais um tempo e depois já não era mais uma simples valsa.A gente estava dando voltas rápidas pelo quarto e rindo.

-Opa!

Não sei quem errou o passo primeiro mas acabei meio que tropeçando nos meus próprios pés quando ele me rodopio para longe e me trouxe de volta.Quando tropecei ele tentou me manter firme de novo mas não deu tempo.

Tae-Ai caramba!

Acabei caindo no chão e derrubando ele comigo,eu cai em cima dele então além de acidentalmente morder minha língua,não aconteceu nada demais na queda.

Tae-Você está bem?

Ele perguntou quando apoiei as mãos no chão para me afastar dele.Sacudi a cabeça positivamente algumas vezes e então ficamos nos encarando.

Taehyung levantou o braço e tocou meu rosto com um sorriso.

Tae-Foi um bom tombo.

-Hahaha...

Comecei a rir envergonhada e então levantei do chão rapidamente.Taehyung também levantou e esfrego a parte de trás da cabeça.

-Tudo bem?

Tae-Aham,só bati com a cabeça de leve não chão.

-Desculpa.

Tae-Nah,tudo bem.

Tentei falar de novo mais minha língua doeu.

Tae-Que foi?

Taehyung perguntou surpreso quando cobri minha boca resmungando um pouco.

-Estou bem,só mordi a língua.

Tae-Coitadinha.Está doendo?

- Isso não é nada demais.

Tae-Me deixa ver.

-O que?

Tae-Sua língua,deixe eu ver se machucou.

- Já deve cicatrizar,não é nada demais.

Taehyung se curvou um pouco e eu abri minha boca colocando minha língua em pouco para fora.

Tae-Está sangrando...

Os olhos do Taehyung ficaram vermelhos enquanto olhava o sangue em minha língua,pensei em fechar a boca mas antes que eu tivesse tempo de fazer isso Taehyung se aproximou o lambeu o sangue.

-Eh?Taeh...ahn!

Me assustei com a atitude dele e tentei me afastar mas ele segurou meu rosto e cintura.

No segundo seguinte nosso lábios estavam juntos,fechei meus olhos sentindo meu rosto esquentar conforme as nossas línguas se entrelaçavam em um beijo lento.

Meu coração começou a palpitar dentro do meu peito,uma parte da minha mente ficou em pura felicidade por ele estar me beijando mas a outra parte me senti triste por parecer que ele está mais tentando beber meu sangue.

Ignorando o meu conflito de sentimentos apenas correspondi ao beijo sem me importar quando as presas afiadas dele faziam pequenos cortes  a minha língua antes dele continuar me beijando.








Notas Finais


EITA CASALZÃO
mim beija
~batata


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...