História Crazy in Love. - Kim Taehyung (V) - BTS - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Stray Kids, TWICE, Wanna One
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kang Daniel, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Yang Jeong-in
Visualizações 68
Palavras 2.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


uau
mais um para vocês
apreciem o Tae ae em cima
senta o bumbum e relaxeee
~batata

Capítulo 6 - VI- Eu poderia me apaixonar por você.


Fanfic / Fanfiction Crazy in Love. - Kim Taehyung (V) - BTS - Capítulo 6 - VI- Eu poderia me apaixonar por você.

Tae-Não tem problema.Bem,se você quiser só precisa me avisar.

-Obrigada. -sorri sem jeito-

Taehyung é realmente gentil,passar o tempo com ele me faz esquecer tudo que aconteceu.

-Então,sobre o que você quer conversar?

Tae-Não tenho certeza,nem sempre sou o mais criativo para começar conversas.

-Somos dois então.

Tae-Ontem eu te falei um pouco sobre mim.Me conte um pouco sobre você hoje.

-Hmm,o que você quer saber?

Tae-O que você mais gosta de fazer?

- Eu costumava gostar de ficar lendo bons livros,passear pela floresta,cantar,o tempo com meus amigos era a melhor coisa.A gente brincava de luta ou fazia festas,Lisa ficava quase louca com a gente.

Tae-Costumava gostar?

-Haha,parece que estou falando de uma vida completamente diferente,né?

Tae-Parece.

- Eu detesto ficar triste ou sentir que não sou útil.Sabe,eu estou viva.

Me levantei do chão e estendi a mão para Taehyung.

-E já que meus amigos deram a vida por mim,preciso me animar e viver por mim é por eles.

Ele segurou minha mão e levantou do chão.

-Me leve para dar um passeio! -sorrio para ele com cara de por favor-

Tae-Seu desejo é uma ordem mas...Para onde quer ir?

-Perto das montanhas,sei que estamos em uma estação sem neve mas mesmo assim eu gostaria de ver.

Taehyung colocou uma mão sobre o peito e se chegou respeitosamente.

Tae-Como quiser.

-Mas acho que devemos avisar Suga e Kook.

Tae- Foda-se eles não vão nos deixar ir,mas eu quero ficar com você. - ele deu uma piscada e mordeu o lábio-

-Tem certeza?

Tae-Eu posso te proteger,só são algumas horas.

- Eu vou ter que ir do mesmo jeito,você é teimoso. 

Tae-Isso é algo bom.

- Talvez seja mas não deixa de ser estranho.

Tae-Concordo.

Ele se curvou um pouco na minha direção e me pegou no colo.

-O que está fazendo?

Tae-Você não acha mesmo que vamos caminhar até as montanhas,acha?

- Eu...Ah!

Fechei meus olhos quando Taehyung começou a correr,o vento ficou forte no meu rosto então só me segurei firme.Ele pareceu achar graça pois ficou rindo de mim por algum tempo.

Tae-Já pode abrir os olhos.

Tae me falou depois de algum tempo quando parou de correr e me soltou.Abri meus olhos rapidamente e não consegui conter o sorriso.

-Wow!

Tae-Lindo,não é?

Olhei a paisagem admirada e então Yukine segurou minha mão me levando para ponta do penhasco onde ambos nos sentamos. 

Tae-Cuidado para não cair,dúvido muito conseguir te pegar antes que vá encontrar o chão.

- Vou ter cuidado.

Tae-Olha lá.

Ele apontou para as montanhas mais ao fundo.

Tae-Auqelas montanhas são as montanhas geladas,quase sempre estão cobertas de neve.

- Parece tão longe.

Tae-É um pouco longe mas prefiro olhar as montanhas daqui.Não acha que tudo é mais bonito quando visto de longe?

- Não tenho certeza...

Tae-Quando mais você se aproxima de algo,mais percebe os defeitos que isso tem.Acho tudo mais bonito quando admirado de longe,sinto o mesmo sobre as pessoas,quando você não conhece muito,elas sempre parecem mais especiais.

Ele ficou olhando para as montanhas e eu fiquei olhando o seu rosto.

-Quando mais se aproxima mais percebe os  defeitos...Faz sentido,mas não concordo muito com isso.

Tae-Por que?

-Se tudo fosse perfeito,qual seria a graça?Os defeitos tornam tudo mais especial.As montanhas são realmente belas para ver de longe,mas sobre as pessoas,acho que é bom vê-las de perto e conhecê-las bem.

Tae-Parece que temos opiniões diferentes.

-Seria entediante se a gente tivesse a mesma opinião.

Ri um pouco e então olhei para a paisagem.

Tae-Acho que quando falo que se não conhecer bem a pessoa ela parece mais especial...acho que estou falando de mim mesmo.

-Como assim?

Tae-Se alguém me conhecer de verdade,vai preferir ter só admirado de longe e não ter conhecido a verdade. O "verdadeiro eu" não é alguém para se admirar.

-O que quer dizer com isso?

O rosto dele ficou sério sem nenhum traço do gentil sorriso que sempre mostra para todos.

Tae-Nada~

-Não parece que é nada.

Tae-Heehee.

Ele não falou mais nada e ficamos vários momentos em silêncio apenas observando a paisagem,por vários momentos quis puxar assunto mas achei melhor ficar quieta.

Tae-Sabe princesa...

-Hm?

Tae-Quando eu morava no mundo humano minha mãe falava sobre essa dimensão,esse mundo sobrenatural como sendo perfeito e ideal.Eu não sabia ao certo se era possível ter um lugar assim,onde tudo fosse perfeito.

Fiquei em silêncio escutando ele falar.

Tae-Eu vim para cá achando que tudo era diferente mas eu não podia estar mais enganado.Por mais que nosso mundo seja realmente bonito,parece que tem tanta coisa errada.Esse é um mundo sem regras a não ser sobreviver...Porque esse mundo costumava ser a minha ideia de utopia.

-A sua...Utopia...

Tae-Uh-huh,por isso falei que as coisas são melhores observadas de longe.

-Utopia é a ideia de um lugar perfeito mas é sempre uma ilusão.Não existe lugar perfeito...Ficou decepcionado quando veio para cá?

Tae-Esse mundo não é diferente do mundo humano.Não posso dizer que senti decepção,só me senti um pouco bobo na época.

-Hmm

Tae-Foi com isso e com algumas experiências desagradáveis sobre mim mesmo que comecei a acreditar que tudo é mais belo observado de longe,Por isso nunca veio laços fortes com as pessoas.

-Por isso que não se apaixona por nenhuma garota que se envolve?

Tae-O amor é algo realmente descrito como lindo e maravilhoso nos livros mas...Não me parece tão bom assim.No momento que eu amar alguém,isso não ser a mais especial.

-Mas quando você ama alguém,a pessoa se torna mais especial,não é?

Tae-Já amou alguém,princesa S/n?

-Nunca encontrei uma pessoa especial para mim.

Tae-Entendo.Bem,eu já gostei de várias pessoas mas nunca amei nenhuma.

Taehyung se virou e aproximou o rosto do meu quase tocando nossos lábios mas eu me afastei rapidamente.

Tae-Quer ser meu primeiro amor?

Ele perguntou em tom de brincadeira e eu coloquei as mãos contra seus ombros afastando ele.

-Por favor,não brinque com isso.

Tae-Heehee,você realmente não me leva a sério.

Ele se afastou.

Tae-É melhor assim,quando eu me apaixonar isso com certeza não vai acabar bem para nenhum de nós.

Fiquei um pouco confusa mas não falei mais nada,depois disso trocamos de assunto e conversamos durante um bom tempo até ele decidir me levar de volta para o vilarejo.

-Obrigada pelo passeio.

Falei quando chegamos no vilarejo.

-Foi divertido.É bom conversar com você,Taehyung.

Tae-Isso é bom.Quero que me considere um amigo,pode contar comigo para o que precisar.

-Você é tão gentil,obrigada.

Tae-Fofa~

-Vou ir para o meu quarto agora,a gente se fala depois?

Tae-Ta bom,me avisa se quiser andar pelo vilarejo.Você não pode ficar sozinha.

-Vou me lembrar disso.

Após acenar para Taehyung fui para o meu quarto e me joguei deitada na cama.Acabei ficando no quarto até anoitecer que foi quando decidi procurar os rapazes.

Procurei eles pelo vilarejo e finalmente os encontrei no restaurante,todos por aqui parecem bastante animados.Não demorei a perceber a razão para isso.

-Estão bêbados?

Perguntei a mim mesma olhando em volta,todos estão com um copo de uma bebida azulada que se me lembro bem minha amiga Jennie sempre adorou.É feita de uma fruta que só se encontra no norte do reino das facas e deixa você bêbada,eu comi uma dessas frutas quando era mais nova é desmaiei.Foi o momento mais vergonhoso da minha vida.

Tae-S/n~

Ouvi Taehyung me chamar de uma das mesas e Suga bugs e.É,ele me odeia.

-Estão se divertindo um pouco?

Me aproximei da mesa e Taehyung puxou uma das cadeiras para que eu pudesse me sentar.

Tae-Foi ideia do Suga.

Kook-Foi você que pediu para beber,Taehyung.

Tae-Ok,a ideia foi minha.

Me sentei ao lado do Tae que estava servindo um copo com a bebida.

Suga-Tente não ficar bêbado dessa vez,da última vez que aceitei sair para beber com você...Foi um desastre.

Tae-Supere isso.Você foi o único que usou sua forma de demônio e quase colocou fogo no bar.

Suga-E é por isso que eu não fico bêbado.Nunca mais,definitivamente.

-O que você fez quando ficou bêbado,Taehyung?

Tae-Eu dancei em cima de uma mesa com adoráveis garçonetes e mordi algumas pessoas.

-Hmm.

Não consigo imaginar essa cena...

Suga-Pelo menos ele não cantou.

Tae-Eu tenho uma boa voz.

Suga-Mas é claro,parece um pato se afogando.

-Me pergunto como é isso...Um pato se afogando.

Suga-Cante para ela Taehyung,assim ela mata a curiosidade.

Tae-Você é tão desagradável.

-E você Kook?Qual a vergonha que passou ao ficar bêbado?

Kook-Eu não bebo.

Tae-Ele só bebê chá.O sangue dele deve ter gosto de chá de hortelã.

Kook-Você não vai descobrir isso.

Tae-Hmm,vamos nos divertir um pouco.Suga,segura o Jeon.

Suga-Por que eu faria isso?

Tae-Está todo mundo bebendo aqui hoje,todo mundo mesmo então ele também tem que beber.

Kook-Eu não sou todo mundo.

Tae-Haha,sua mãe te disse isso?Acho que todas as mães de todos os mundos já disseram isso pelo menos uma vez na vida.

Taehyung levantou da cadeira e segurou Kook pelo ombro.

Tae-Bebe.

Kook-Não.

Suga-Estou sentindo que isso não vai acabar bem.

Suga continuou bebendo calmamente enquanto observa a situação.

Tae-Eu disse para beber!

Taehyung segurou o queixo de Kook fazendo ele abrir a boca e depois derramou a bebida do copo.

Kook-Mas...*cof*

Kook começou a tossir sem parar e Suga deu alguns tapinhas na costa dele.

Tae-Hahahaa

-Você está bem,Kook?

Kook-Eu vou *cof* matar *cof* *cof* você,Taehyung!

Taehyung voltou para o meu lado rindo.

Tae-Hahaha,com certeza.

-Coitado dele,Taehyung.

Olhei Taehyung ao meu lado,ele ainda está rindo.Com certeza ele já está um pouco bêbado.

Kook-Tsc,isso é tão ruim.

Suga-Você vai sobreviver.

Tae-Quer um pouco?

Kook-Já deu para perceber que ele não deixa a pessoa recusar.

Kook cobriu a boca com a mão e sacudiu a cabeça.Acho que ele realmente não gosta desse tipo de bebida.

Suga-Ela pode beber?

-Ei,pare de falar como se eu fosse uma menina de sete anos!É claro que eu posso beber.

Tae-Não existe nenhuma lei sobre isso.

Kook-Na verdade existe mas não aqui.

- Eu posso beber!

Suga-Vê se não fica bêbada,um anjo bêbado parece...totalmente estranho.

-Tente você não ficar bêbado.

Pegue o copo que estava na mão do Tae antes dele levar os lábios e bebi em um único gole,péssima ideia pois estava muito forte mas tentei manter a pose,então sorri para eles. 

Tae-Eu já tinha bebido nesse copo antes.Sabe que isso foi um beijo indireto,não é?

Senti meu rosto esquentar quando Taehyung terminou de falar e então comecei a tossir.

Suga-Otima reação

Suga falou com um suspiro e então bebeu o que tinha sobrado no próprio copo logo levantando da cadeira.

Suga-Já tive o suficiente por um noite,divirtam-se.

-Onde vai?

Segurei o pulso dele quando passou ao meu lado e Taehyung nos olhou.

Suga-Para qualquer lugar longe de vocês.

Ele acenou para mim e então foi embora.

- Ele me detesta.

Kook-Acho que ele detesta todo mundo.

Tae-Um dia você se acostuma.

Kook-Bem,eu vou embora também.

- Por que?

Kook-Não quero que Taehyung me obrigue a beber.

Tae-Supere isso.

Kook-Vejo vocês amanhã.

Hoje é foi embora e eu fiquei sozinha com Taehyung,ele serviu mais um copo de bebida e estendeu para mim.

-Obrigada.

Bebi o conteúdo do copo e olhei em volta,todos parecem estar se divertindo.

-É alguma data comemorativa?

Tae-Acho que não mas acho que todos estavam no clima de se divertir.Sem falar que a bebida é por conta da casa.

- Acho que preciso disso,diversão.

Tae-Então pode ficar me fazendo companhia.

-Parece um plano.


/Quebra de Tempo/


-Você é mau...

Tae-O que eu fiz?

-Me fez beber.

Tae-Não,eu forcei o Kook a beber,você bebeu porque quis.

-Verdade.

Fiz beicinho e ele riu.

Tae-É estranho ver você bêbada.

- Não estou bêbada.

Tae-...

Taehyung não disse nada quando tropecei e caí contra ele.

Tae-É...posso perceber.

-Como você está bem?Ficamos meia hora conversando e você bebeu muito mais do que eu.

Tae-Já estou acostumado,só fico um pouco tonto.

-Isso é injusto!

Tae-Não fico bêbado com facilidade,mas tenho certeza que estou bêbado.A diferença entre nós é que eu sei não parecer bêbado.

-Você parece fofo até mesmo bêbado.

Tae-Obrigado...

-Hmm,eu me sinto...feliz.

-Isso é bom,não é?

-É incrível,eu me sinto leve e sem preocupações.

Tae-Me alegra que se sinta assim.

-Isso é graças a você,Obrigada!

Tae-Eu não fiz nada demais.

-Você está aqui,isso é o suficiente.

Tae-Você é tão adorável~

Tae-Ei,calma.

Taehyung falou quando fui me afastar é quase cai,depois de sorrir para mim ele me pegou no colo.Ele me levou até o quarto e me ajudou a ficar de pé e depois se abaixou para me ajudar a retirar os meus sapatos.

Tae-Hora de dormir.

Ele falou quando retiroi os meus sapatos e eu retirei meu lenço desajeitadamente deixando -o cair no chão.Meu corpo parece quente,eu nunca pensei em como seria a febre mas deve ser algo assim.

-Isso é bom.

Falei quando meus pés tocaram o chão frio,soltei um suspiro de alívio e olhei Taehyung que está levantando do chão.

-Taehyung?

Tae-Hm?

-Pode tocar meu pescoço?

Tae-Tem certeza?

-Uh-huh

Taehyung respirou fundo e então colocou uma mão de cada lado do.mei pescoço,fechei meus olhos aproveitando a sensação boa.

Tae-Você deve confiar bastante em mim,para me deixar tocar seu pescoço sendo que posso sentir a pulsação do seu coração.

-Tenho certeza que pode escutar meu coração a qualquer momento.

Abri meus olhos e sorri.

-Mas eu confio em você!Obrigada,suas mãos são frias,é bom.

Tae-Você está muito bêbada.

- Eu sei,então me deixe tirar vantagem disso.

Tae-Já pensou que eu posso tentar tirar vantagem disso?

Ele se chegou deixando nossos rostos na mesma altura.

-Pare,eu não quero ser mais uma garota para você brincar.

Tae-Você é diferente,S/n.

- Acho que devo ir para a cama.

Fui tentar caminhar na direção da cama mas tropecei nos.meus próprios pés e Taehyung ficou na minha frente me apoiando.

Tae-Nunca mais deixo você beber,definitivamente não vou deixar mais você beber.

-Tô bem~

Tae-...

-Taehyung?

Tae-...

Taehyung  se chegou e lamber meu pescoço,dei um pulo tentando me afastar mas ele segurou minha cintura.

Tae-Você é doce,isso é muito ruim...Eu quero provar você.





CONTINUA...


















Notas Finais


eitcha zé
DONT TOUCH ME
mas se fosse o Tae eu também deixava
risus
~batata


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...