História Crazy in love - (Vkook-Taekook) - Capítulo 11


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Lu Han, TWICE
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Crazy Love, Daddy, Vkook
Visualizações 424
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - - Once -


Fanfic / Fanfiction Crazy in love - (Vkook-Taekook) - Capítulo 11 - - Once -

Passado***


Jungkook pairava pelas ruas calmamente, quando é abordado por um homem que surge de um beco escuro, e o joga em um carro, dirigindo rapidamente, o menino inconsciente pela pancada de sua cabeça colidindo com a porta do carro, permanece estático, o homem o olha e sorri malicioso.

Chegando ao destino do homem, o mesmo pega o garoto no colo, o levando rapidamente para dentro de uma casa velha caindo aos pedaços, o leva rapidamente para o quarto, e o joga na cama, o mesmo nem se move, então o homem lhe dá um tapa forte em sua bochecha, o fazendo acorda assustado e botar a mão no local atingido.

- O que estou fazendo aqui? Quem é você e o que quer comigo? - Pergunta o menino com medo.

- Não se preocupe princesa, não vou fazer nada que eu não queira - O mesmo prende as mãos do garoto na cabeceira da cama.

- Me solta! Me solta! Me deixa sair daqui! - O menor grita e o homem apenas ri.

- Pare de gritar - Desfere um tapa na cara do menor - Vamos brincar um pouco.

O homem bota um pano em sua boca, e retira suas roupas, o deixando nu, e logo retirando as próprias, morde os lábios ao olhar o garoto que já chorava na cama.

- Não precisa chorar princesa, vou fazer do jeitinho que vice gosta.

O mesmo senta na cama, se encaixando no meio das pernas do menor, o penetrando forte mente, o fazendo gritar de dor abafado pelo pano em sua boca, e mais lágrimas escorrem de seu rosto, o mesmo só chorava implorando para que aquilo acabasse logo, pois estava longe de ser um sonho, o homem goza dentro do menor e continua o estocando só que mais rápido o fazendo gemer falhado.

- Está bom por hoje putinha - O homem se retira de dentro do menor.


2 dias depois

O garoto está se recuperando de sua primeira noite nesse lugar imundo, pois agora não teria mais que satisfazer o homem nojento que o sequestrou, pois já tinha outra para fazer esse trabalho, o garoto tinha que ouvir todas as noites os gemidos de dor da mesma, e no dia seguinte à mesma mancando por aí.

Ele conhecia bem aquela garota, pois era sua irmã, acabou por descobrir que aquele homem já estava os caçando faz tempo, havia entrado em um dois quartos velhos do mesmo, e viu fotos de sua família, mas principalmente suas e de sua irmã, e acabou por apanhar por ter entrado em lugar proibido pelo mesmo.

O homem disse que estava fazendo aquilo pois o pai dos mesmos estava o devendo, em uma jogatina o mesmo acabou por apostar seus filhos, logicamente estava bêbado, e com raiva dos mesmos por terem o perturbado em seu momento de prazer com sua mulher, que não o saciava por uma semana, uma coisa levou a outra e deu nisso, o pior é que tinha um superior ao homem, que era a pior pessoa que se possa imaginar, assim dizia o homem.

Os mesmos apoios um ano foram vendidos para mais dois homens, que os estupravam todos os dias, e que os tratavam como putas, os menores nem sequer podiam ver a luz do dia, apenas ficavam em quarto húmidos, sem janelas, e só saiam a noite para comerem.

Apoia mais um ano os mesmos foram jogados na rua, acabaram por ficar com uma doença, por terem que dormir no chão, passaram fome, frio, cede, viviam desmaiando por aí, um ou outro que ajudava com trocadinhos, que não dava para comprar uma sequer água, viviam de restos, um dia a irmã do garoto teve uma convulsão, e foi parar no hospital, e acabou por não voltar mais, quando o menino perguntou sobre a mesma, o disseram que a mesma foi levada por um casal de velhinhos.

O menor foi pego por uma mulher muito bondosa, que o seu carinho e amor, o deu roupas, comida, moradia, cuidou do mesmo, pagou todos os tratamentos do mesmo, que se curou rapidamente, e foi assim até seus 16 anos, onde a mesma morreu, deixando o menor depressivo para trás, mesmo sabendo que não valeria a pena correu atrás, e arrumou um emprego como secretário, anos foram se passando, e a cada ano o mesmo melhorava e subia de nível, até que foi chamado para ser dono de uma das mais empresas de seu chefe, que o achou competente o bastante para esse cargo, eram poucos aqueles que eram bons como o garoto, então não perderam as oportunidades.

O garoto acabou por fazer sucesso, foi nomeado o homem mais bonito e atraente de seu país, trazendo orgulho para os demais que competiam contra grandes nações, mesmo não sendo grande coisa, era algo que o deixava feliz, o mesmo trabalhou também como modelo, e capa de revistas, até que juntou dinheiro o bastante, e fez negócio com uma grande empresa, e o mesmo construiu seu próprio império.


Presente***


Hoje em dia quem está no comando dos negócios são Hoseok e Yoongi, que quase o imploraram por isso, e o mesmo acabou por ceder, mesmo assim ganhando seu dinheiro, que já batiam milhões em contas.

Por lembrar das coisas mais profundas do seu passado acabou por desabar em lágrimas, se perguntando o por que de ser tão sério e mal, mas já sabia a resposta, foi criado dessa maneira, mas não poderia deixar assim, não poderia ser como os que o "criaram" , teria que ser diferente, queria ser diferente, quer ser alguém bom e gentil, mas como?....



To be continued.......




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...