História Crazy in love - (Vkook-Taekook) - Capítulo 14


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Lu Han, TWICE
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Crazy Love, Daddy, Vkook
Visualizações 822
Palavras 1.494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - - Catorce -


Fanfic / Fanfiction Crazy in love - (Vkook-Taekook) - Capítulo 14 - - Catorce -


Jungkook             

Acordo cedo, na verdade nem consegui dormir - quero voltar pra minha casa, por que tenho que fazer os negócios sendo que tem outros dois donos? 


Autora💎



Empresa_


- Bom dia - Jeon diz a recepcionista.


- Bom dia Senhor Jeon, bom reevelo - Diz a loira.


- Digo o mesmo - O homem engravatado diz ao adentrar o elevador.


Último andar_


- Olá Jeon - Diz o homem ao ver o moreno sair do elevador.


- Olá sehu - O mesmo se senta em sua cadeira de couro atrás da grande mesa de vidro.


- Podemos começar?


- Vamos lá.




[ resolvi que não vou fazer nada dar errado, agora ]





Um mês depois_


Jeon anda de um lado para o outro, desesperado arrumando sua mala, não vê a hora de voltar para sua casa - Em poucos minutos o mesmo organiza tudo, e anda rapidamente para fora de seu quarto, e do hotel - chegando ao aeroporto, o moreno fica impaciente com a demora, avisaram que o voo atrasaria um pouco, então o homem resolveu falar com um amigo seu, que o botou em um avião classe A, pelo mesmo não ter tido tempo, e pela pressa de ir embora, acabou por esquecer, e resolveu ir em uma avião normal - uma hora e alguns minutos, e o mesmo chega, pega rapidamente um táxi - chega em sua casa, e o mesmo sente que á algo estranho.


Da passos largos até sua porta, e quando o mesmo vai abrir, a mesma se abre, e um homem loiro todo de preto aparece em sua frente, e em suas mãos, uma maleta, que por coincidência uma coisa escapava das laterais da mesma, 2000 wons, o moreno olha rapidamente para aquilo, e vê sua casa toda destruída, em segundos o moreno da um soco na cara do loiro, o fazendo cair pra trás, mas o mesmo estava com uma arma em mãos, mas não pensou muito bem em usá-la pela pancada na cabeça após bater no chão, Jeon então retira uma arma um pouco maior de sua cintura, apontando para o loiro, que se rende, largando a que estava em uma de suas mãos - O moreno entra em sua casa rapidamente, após ter baleado o loiro, a preocura de Taehyung, correu para seu quarto, mas a porta se mantinha fechada, deu uma, duas, três, corpadas na porta, e a mesma cai, o mostrando o menor deitado na cama chorando desesperadamente - após ver o moreno, o mesmo se levanta rapidamente, e pula em cima do mesmo, que o aperta em seus braços, e sente as lágrimas grossas do menor escorrer por sua pele leitosa.


- Você está bem? Tá tudo bem meu amor? Ele fez algo com você? - O moreno pergunta desesperadamente.


- Ele-e me ba-ateu - O menor fala com dificuldade pelos soluços.


- Tá tudo bem agora meu amor, eu estou aqui com você - O moreno tentar o acalmar.


- O-onde ele-e e-está?


- Ele está morto, eu o matei, por você - Jeon diz fazendo com que o menor arregalasse seus olhos.


- Você o matou? - Pergunta baixo respirando rápido.


- Sim, era eu ou ele.


- Tudo bem Gukk.


Jeon pega o menor no colo, e desce as escadas, avistando a poça de sangue aonde baleiou o loiro, que agora estava escondido em algum lugar da casa - O moreno após pegar tudo que necessitava, pos-se a pegar seu carro, indo em uma direção que o menor desconhecia.


- Para onde vamos? - O menor pergunta receoso.


- Nossa nova casa, não se preocupe meu amor, não é por que matei aquele cara que eu sou mal, nunca o machucaria, tudo bem? - O mesmo diz acariciando a coxa do menor lhe passando confiança.


- Eu confio em você kook - O menor diz dando um sorriso mínimo.


- Ótimo - O mesmo volta a prestar atenção na estrada.





- Chegamos - O moreno diz empolgado.


- Uau...ela é maior que a antiga - O menor boquiaberta diz.


- Sim, é, vamos entrar - O moreno o puxa para dentro da grande mansão - Será que você pode me explicar o que exatamente aconteceu? - O moreno pergunta após se sentar.


- Tudo bem - O menor se senta ao lado do mesmo.


*flashback*


Taehyung está a assistir TV, faz um tempo que ele não faz isso, por que não?


O mesmo se assusta ao ouvir um barulho vindo do lado de fora de sua casa, decidi ficar parado, talvez não seja nada demais - então ele escuta de novo, e quando pensa em fazer algo, um homem já entra na casa, dando dos tiros na porta, abrindo de uma vez, Taehyung se assusta, pensa em gritar, mais o homem loiro aponta a arma para o mesmo, o deixando estático.


- Não se mexa, não grite, e não pense em reagir, acredite, vai ser pior pra você - O homem se aproxima puxando o menor pelo braço - É só ficar quietinho tá? Sabia que você é uma gracinha? - O mesmo diz com um olhar malicioso sobre o menor.


- Me solta! Você tá me machucando, o meu namorado vai quebrar a sua cara se ver você me tocando, seu babaca! - O menor diz rangendo os dentes.


- Seu namorado? - da uma risada nasal - Então será uma honra fazer algo com o namoradinho do Jeon, espero que ele não se importe em dividir - O loiro diz se aproximando do pescoço do menor, mas o mesmo é mais rápido e o morde - Cachorro! Gosto dos selvagens.


- Me solta - Diz serrano os dentes - Você não vai me tocar seu idiota! - O menor cospe na cara do loiro, que se enfurece, e o arrasta até o andar de cima, e o joga dentro do quarto, pegando a chave que estava pendurada na mesma logo em seguida.


- Fique aí, sem dar um piu, quando seu namoradinho chegar, vai ter uma surpresinha - O homem diz com um sorriso maligno.


- Não faça nada com ele, seu idiota miserável! Deixe-nos em paz! - O menor grita.


- Não dá não, desculpa aí princesa - O homem diz e tranca a porta, deixando o menor desesperado, e preocupado com o que o homem podia fazer com Jeon, lágrimas grossas já desciam por seu rosto, a ponta de seu nariz, e suas bochechas já vermelhas


O mesmo até pensa em fugir, mas as janelas são muito altas, e não tem outra opção


*agora*


- Eu não queria que ele me machucasse, e muito menos a você, mas eu não podia fazer nada - O menor diz em prantos.


- Tá tudo bem meu amor, você fez bem em ficar quentinho, ele poderia ter feito algo se você tentasse fugir - O moreno tenta o confortar.


- Eu senti tanto sua falta gukk-ah - O menor diz e sobe em cima do moreno, o dando selares por todos os cantos.


- Eu também senti - Diz entre risadas.


- Não aconteceu nada não né? - O menor pergunta desconfiado.


- Não, tudo foi perfeitamente perfeito, não dei bola para ninguém, e não sai com ninguém, e ainda xinguei uma mulher chata em espanhol pelo celular.


- Mulher chata? Que mulher chata? - Diz se ajeitando no colo do moreno.


- Amanda, ela é a secretaria do Jeonkin, ela diz gostar de mim desdo primeiro dia dela, mas nunca a dei bola - Diz o moreno serenamente.


- Ata, bom mesmo - Diz o menor rindo em seguida - Mô....tenho que te contar uma coisinha - Diz o garoto manhoso.


- O que meu amor?


- É que....bom...eu fui no médico, por que eu andava sempre enjoado, e vomitava direto, e....eu acabei por saber que eu tenho....um útero.


- Você o que! - Diz o moreno surpreso.


- Eu tenho um útero, e parece que eu tô grávido também, por a gente nunca ter usado camisinha - Diz o menor com as bochechas coradas.


- Tá falando sério mesmo? - Pergunta o moreno desacreditado.


- Sim Gukk, não gostou? - Diz o menor tristonho.


- Se eu gostei? Eu adorei! - O moreno grita assustando o menor que da risadinhas - Eu não acredito! Eu vou ser pai! Meu Deus! Eu sou ser pai! Eu não tô bem - Diz o mesmo fingindo um desmaio.


- Gukk - O da um tapinha rindo - Deixe de bobeira.


- Como bobeira? Tá loko é? Eu vou ser papai porra! Como não ficar esterico? - Diz o moreno incrédulo.


- Ok, fique do jeito que quiser - O menor se levanta - Vamos meu bebê - Diz passando a mão em sua barriga tentando sair da sala, mas falhando, pelos braços fortes de Jeon.


- Opa! Opa! Você vai ficar aqui, comigo! Você e o meu bebê biscoito, juntinhos comigo - Diz o moreno o abraçando forte.


- O meu bebê vai ficar sufocado assim! - O menor diz e Jeon o salta rapidamente.


- Desculpa meu filhinho lindo - O moreno da selares na barriga do menor - Esse bebê vai ser lindo, como eu - Diz convencido.


- Mentira....vai ser lindo e gostoso como eu - O menor diz com um bico nós lábios.


- Tomara né.


- Bobo.


To be continued.......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...