História Crazy in Love - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Personagens Originais
Tags Lucy, Nalu, Natsu
Visualizações 241
Palavras 1.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi
Boa leitura

Capítulo 13 - Yes


Fanfic / Fanfiction Crazy in Love - Capítulo 13 - Yes

TENTAR SE AFASTAR DE MIM ,

NÃO VAI FAZER DIMINUIR 

O QUE EU SINTO POR VOCÊ...

"A CULPA É DAS ESTRELAS " 

 

LUCY 

Eu estava completamente sem palavras para aquela cena Natsu Dragnell estava na minha casa com duas malas e seu famoso sorriso sedutor  , ele continuava lindo mas continuava perigosos pelo menos perigosos para mim. 

Lucy - o que você está fazendo aqui?

Natsu - vim passar o natal aqui _ diz entrando na casa - afinal a Lua ainda e minha filha certo?

Lua - certo _ ela levanta do sofá e abraça ele - eu tava com saudades. 

Natsu - eu também _ ele enche ela de beijo - como você está?

Lua - estou linda de bonita. 

Natsu - ótimo, e você Lucy?

Lucy - surpresa, mas bem. 

Natsu - Então...

Lucy - bom como já e quase meia noite, vamos comer?

Lua - sim. 

Ela passa correndo, quando o Natsu passa por mim sinto um tapa na minha bunda .

Natsu - gostosa. 

Fico completamente corada enquanto ele vai para a vizinha rindo da minha cara, tudo bem calma Lucy respira ele vai embora depois do natal.

Entro na cozinhae vejo os dois sentados conversando Lua contava como estava indo na escola, Natsu contava como era a Itália então foi nesse clima agradável que todos nois jantamos apreciamos até uma família feliz e unida demos boas risadas, comemos muito, até brincamos com a Lua para ela dormi porque ela já queria abrir os presentes antes da hora. 

Eu estava na cozinha sozinha lavando os pratos, Natsu tinha ido dormi ea Lua também, agora eu usava uma camisola azul clara de renda e alças finas. 

Natsu - Lucy _ ouvi sua voz rouca atrás de mim - o que faz acordada uma hora dessas?

Lucy - eu estou arrumando a cozinha _ ele foi até a geladeira - e você?

Natsu - acordei com sede. 

Ele estava sem camisa deixando seu corpo músculoso e tatuado a mostra, ele agora tinha novas tatuagens mas continuava lindo e irresistível, senti munha calcinha ficar molhada. 

Natsu - está tudo bem loirinha _ ele colocou o copo na bancada - parece exitada.

Lucy - o que? _ eu coro - claro que eu não estou exitada .

Natsu - mesmo ? _ faço que sim com a cabeça - Então deixe-me ver. 

Ele me pega no colo e me coloca em cima da bancada, antes que eu pudesse protestar ele enfia sua mão dentro da minha calcinha ; e lentamente ele começa a me tocar tento não gemer mais e impassível ele conhece muito bem meu corpo. 

Natsu - Humm _ ele morde meu pescoço - você não está molhada, você está encharcada loirinha 

 

EU OLHO TÃO PROFUNDAMENTE EM SEUS OLHOS 

EU TOCO VOCÊ CADA VEZ MAIS E MAIS 

QUANDO VOCÊ SAI EU IMPLORO PARA NÃO IR 

CHAMO SEU NOME DUAS OU TRÊS VEZES 

E ALGO TÃO ENGRAÇADO PARA EU TENTAR EXPLICAR 

COMO ESTOU ME SENTINDO O MEU ORGULHO É O ÚNICO CULPADO , SIM 

PORQUE EU SEI QUE NÃO ENTENDO 

COMO SEU AMOR CONSEGUE FAZER O QUE INICIEM MAIS CONSEGUE 

 

Lucy - Na..natsu _ eu aperto seus braços e meios meu lábio inferior - A Lua pode acorda. 

Natsu - mas eu quero muito _ ele abaixa uma alça da minha camisola - fazer _ ele morde meu ombro - amor com você. 

Lucy - amor ?

Natsu - sim Lucy amor, olha desculpe eu fui muito imaturo com você aquela noite eu fui um covarde, eu sei que eu não te mereço, mas me da uma chance _ ele ilha em meus olhos - Vamos recomeçar, vamos fazer tudo certo dessa vez, eu quero uma ter uma familia com você. 

Lucy - eu _ meus olhos estavam marejados - amo você 

Natsu - também _ ele junta nossas testas - amo você 

 

ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA

SEU AMOR ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA AGORA

(SEU AMO)

ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA AGORA

SEU TOQUE ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA AGORA 

(SEU TOQUE)

ME FEZ ESPERAR QUE VOCÊ ME SALVE AGORA

SEU BEIJO ME FEZ ESPERA QUE VOCÊ ME SALVE AGORA 

PARECENDO TÃO LOUCA, SEU AMOR ESTÁ ME FAZENDO PARECER 

ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA , SEU AMOR 

 

UH OH, UH OH, UH OH ,OH NÃO,NÃO

UH OH, UH OH , UH OH,OH NÃO, NÃO 

UH OH ,UH OH ,UH OH,OH NÃO,NÃO 

UH OH, UH OH ,UH OH, OH NÃO,NÃO 

 

Natsu me pega no colo e me leva para o nosso antigo quarto, ainda comigo no colo ele tranca a porta da cama e me joga na cama, depois vem para cima de mim. 

Natsu - Eu quero muito fazer uma coisa _ diz ofegante 

Lucy - o que?

Natsu - isso _ ele puxa minha camisola no meio rasgando - estava com tanta saudades do seu corpo. 

Então ele coloca um dos meus seios na boca e e massageia o outro brincando com com o bico que está completamente sensível a seu toque. 

Lucy - ah awn _ puxo seus cabelos com força - eu quero fazer uma coisa também. 

Natsu - o que? 

Lucy _ primeiro _ nos viro fiando por cima dele - hoje eu fico por cima. 

Natsu - ok loirinha, só hoje 

Lucy - segundo sei muito barulho para não acordar a Lua. 

Natsu - ok. 

Então eu vou deixando beijos em seu peito até que eu vejo algo se chama minha atenção, uma tatuagem em cima do seucoração " Lua e Lucy " , beijo aquela tatuagem com carinho e escuto sua risada  baixa, vou descendo os beijos até seu pênis que está bem duro, Eu acho que não vai caber todo na minha. 

Natsu - lu..._ Então coloco seu pênis na boca - porra loira. 

Começo a chupa-lo lentamente, e pela primeira vez escuto o Natsu soltar gemidos tão altos. 

 

QUANDO EU FALO COM MINHAS AMIGAS BAIXINHO 

QUEM ELE PENSA QUE É? _ OLHE O QUE VOCÊ FEZ COMIGO 

ESTOU DE TÊNIS, NEM PRECISO COMPRAR UM VESTIDO NOVO 

SE VOCÊ NÃO ESTÁ LÁ, NÃO TEM NINGUÉM PARA IMPRESSIONAR 

O JEITO COMO VOCÊ SABE O QUE EU PENSEI QUE SABIA 

A BATIDA DO MEU CORAÇÃO PULA QUANDO ESTOU COM VOCÊ 

MAS EU AINDA NÃO ENTENDO 

COMO SEU AMOR CONSEGUE FAZER O QUE INICIEM MAIS CONSEGUE 

 

ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA AGORA

SEU AMOR ESTÁ PARECENDO TÃO LOUCA AGORA 

(SEU AMOR)

ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA AGORA 

SEU TOQUE ESTÁ ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA AGORA 

(SEU TOQUE)

ME FEZ ESPERAR QUE VOCÊ ME SALVE AGORA 

SEU BEIJO ME FEZ ESPERA QUE VOCÊ ME SALVE AGORA 

PARECENDO TÃO LOUCA , SEU AMOR ESTÁ ME FAZENDO PARECER

ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA , SEU AMOR

ESTOU PARECENDO TÃO LOUCA, SEU AMOR ESTÁ ME FAZENDO PARECER

ME FAZENDO PARECER TÃO LOUCA , SEU AMOR 

 

Quanto sinto que ele vai gozar tiro seu pênis da minha boca, subo em cima dele e começo a cavalgar em cima do Natsu enquanto ele aperta minhas coxas com força agora , nois dois damos gemidos altos, ENQUANTO nossas peles suadas fazem um barulho competente obsceno ao se chocar uma contra a outra .

 

MANHÃ SEGUINTE. 

Acordo sozinha na cama e vejo pela grande janela que está nevando, meu corpo todo doi mas eu sei que estou com um sorriso enorme no rosto, do meu lado tem um buquê de rosas vermelhas e uma caixa preta de veludo. 

No buquê tem um carta do Natsu " se for sim grita " 

Não tinha entendido até a abrir a caixa e dar um grito vem alto 

Lucy - SIM EU ACEITO CASAR COM VOCÊ .

 


Notas Finais


Cometem o que acharam é favoritem a história


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...