1. Spirit Fanfics >
  2. Crazy Life (Narusasu - Sasunaru) >
  3. 02- Balada

História Crazy Life (Narusasu - Sasunaru) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - 02- Balada


Enquanto o Uzumaki dirigia, Sasuke aproveitou para mandar mensagem para o irmão perguntando que horas o mesmo iria voltar. Sasuke sempre perguntava isso para Itachi para não ter risco do mais velho voltar cedo e não o encontrar em casa.

— Seis e meia. — Leu a mensagem em voz alta.

— O que? — Perguntou sem entender o que Sasuke tinha dito.

— Seis e meia da manhã o Itachi tá de volta, o horário de sempre. — Falou desligando o celular.

— Dá tempo então, vamos a uma balada, todos vão estar lá. Se quiser, vamos a um hotel que tem lá perto mais tarde. — As palavras do Uzumaki arrancaram um sorriso malicioso.

— Minha Uzumaki vai está na festa? — Olhou para o garoto que dirigia com atenção.

— Achei que eu era seu Uzumaki.

— Perdeu, vou ficar com minha ruiva. — Sorriu convencido.

— Você fala isso agora, mas já já vai vim 'pra cima de mim com esse fogo que você tem no cu depois de beber. — Riu.

— Nós não combinamos assim Uzumaki?? Trabalhamos juntos e fudemos juntos sem compromisso! Quer algo a mais com seu Uchiha?? — Arqueou uma sobrancelha e riu.

— Tsc, não é isso seu babaca! Não temos e nunca vamos ter um relacionamento a sério, nós prometemos. — Disse firme.

— Se você diz... — Deu de ombros e olhou para frente.

Não demorou muito até chegarem na balada. Quando sairam do carro, Naruto mandou mensagem para a amiga de Sasuke e pediu para que ficasse na porta da balada pois iriam entrar, e assim foi feito. Quando entraram na balada, Sasuke foi surpreendido pela garota que esperava por ele a um tempo.

— E aí poc Uchiha! Quanto tempo vadia! — Animou-se uma garota ao ver Sasuke entrar com Naruto. Naruto se retirou para que os dois se encontrassem de novo depois de um tempo e foi para uma mesa onde estavam todos os seus amigos. Karin Uzumaki, prima de Naruto e sua melhore amiga, e a única em quem confia. São melhores amigos desde que Naruto virou criminoso e o escolheu para o ajudar.

— Olá sua puta, nunca mais me mandou mensagem! Tá se esquecendo de mim? — Abraçou a garota e a mesma retribuiu.

— Claro que não vadia, os dias estão agitados na facção, então não deu tempo de te falar nada... mas e aí? Como anda a vida "Criminoso classe alta"? — Riu e logo em seguida se soltando do abraço e olhando o moreno.

— Maravilhosa, ainda mais com seu primo gostoso, me sinto realizado. — Sorriu.

— Aceitou mesmo ser só usado por àquele filho da puta? Sasuke, Sasuke... Você já foi um cara melhor...— Fez um tom de decepção e balançou a cabeça.

— Estou pouco me fudendo, apenas quero curtir, sou jovem ainda como meu irmão disse. Tenho que aproveitar a vida do meu jeito... E se o jeito for dar para um cara e sair por aí de bolso cheio, eu aceito de braços abertos. Minha vida foi difícil até um certo ponto, agora eu só quero tudo na minha mão ruiva. — Disse com um ar empoderado e a ruiva confirmou com a cabeça. — Eu prefiro viver assim do que me matar mais do que me matei no passado.

— É isso que fala Uchiha! Agora vamos encher o cu de cachaça com o pessoal, você precisa ficar doidão, cadê minha poc louca de sempre?? — Gargalhou animada.

— A sua poc louca já já aparece, agora vamos! — Pegou na mão da garota e assim foram para o bar que tinha ali perto.

***

Com os garotos...

Naruto, Kiba, Shikamaru, Gaara, Lee, Neji e Suigetsu bebiam. Naquela roda, o único que ainda estava sóbrio era Naruto, o resto já estavam completamente dominados pela bebida forte que consumiram. Eram garrafas e garrafas de vodka, cachaça e vários copinhos com shot e bebidas doces com álcool forte.

— Aí... Faz tempo que não bebemos juntos... — Disse Lee e logo virando um copinho de shot.

— Que nada! Não foi semana passada que bebemos? — Neji perguntou.

— Semana passado foi o dia que sairmos para roubar, não fizemos nada além disso. — Gaara afirmou.

— Nós não saímos 'pra beber tem um mês gente, estávamos muito ocupados esse tempo todo. — Naruto confirmou.

— Caralho, já faz tanto tempo assim?? Puta que pariu. — Suigetsu falou supreso.

— E Naruto, eu nunca mais vi aquele seu peguete... Qual era o nome dele mesmo? O... — Kiba tentava lembrar o nome de Sasuke, estava na ponta da língua mas não conseguia sair o nome do Uchiha.

— O Sasuke? Ele tá bem ali. — Apontou Neji.

Todos da mesa olharam na direção onde Sasuke e Karin estavam, ele e ela bebiam drinks que aparentavam conter bastante álcool. Naruto e Suigetsu já imaginavam a briga que teriam para lidar com os dois.

— É melhor você tirar o Sasuke de perto da Karin, ele leva ela para o mal caminho. — Suigetsu não queria aguentar Karin bêbada, a mesma falava coisas sem sentido e fazia coisas que o deixava estressado.

— Mas ela já tá no mal caminho, esqueceu que ela é prima do Naruto? — O Nara se pronunciou depois de um tempo.

— Filho da puta. — Riu

— Finalmente voltou do transe, tu tava assim desde que a Temari passou por aqui e deixando bebida na nossa mesa. — O Hyuga riu e o Nara se negou de que foi por causa da garota.

— Para de negar filho da puta, vai ficar com minha irmã logo. — Motivou Gaara.

— Eu até esqueço que tu é irmão dela, saí daqui. — O Nara debochou.

— Para com essa porra Shika, vai ficar com a mina, provavelmente ela gosta de tu. — Disse Naruto.

— É, seu trouxa, vai lá, quer que eu te dê uma ajuda? — Gaara se determinou a ajudar o Nara, mas o mesmo não aceitou.

— Eu vou lá sozinho. — O Nara se levantou e os outros garotos gritaram de alegria.

— VAI LÁ PORRA! — Kiba disse completamente animado.

— ESSA É TUA NARA! — Lee o motivou.

— CALMA, DEIXA EU CRIAR FORÇAS! — O Nara suspirou fundo.

— Vai logo caralho. — Disse Naruto sem paciência.

O Nara saiu de seu lugar e foi acompanhado pelo olhar curioso dos amigos, porém a loira estava mais afastada do campo de visão da mesa onde estavam reunidos, então não poderiam ver o que iria rolar.

— Porra, não sei o motivo da Temari ter se afastado tanto, queria ver eles se pegarem. — Suigetsu se desanimou.

— Se pá nós vemos eles se pegando no banheiro ou no lado de fora. — Disse Neji. — Também ele tá bêbado, por isso ele foi rápido.

— 'Pra quem se diziam sóbrios, vocês estão muito cientes e espertos para o meu gosto. — Disse Naruto.

— Quando se trata de relacionamento dos outros, a consciência volta Uzumaki. — Suigetsu virou um shot.

— E por falar em relacionamento... Olha o Sasuke já roçando em outro cara. — Gaara estava supreso. Já garotos que estavam na mesa olharam e também ficaram supresos.

Principalmente Naruto.

Sasuke beijava outro rapaz que era completamente desconhecido, os beijos eram intensos e rápidos. Karin assistia tudo de boca aberta, aparentava não está sóbria pois se não teria aconselhado a Sasuke não fazer isso.

Porém, o Uchiha não é bobo nem nada, como Sasuke era mais baixo que o homem e os mesmo aparentava está bêbado, ele levou suas mãos até o bolso traseiro da calça do outro rapaz e palpitou os bolsos da calça; O alvo de Sasuke era a carteira.

Rapidamente a achou e a tirou com delicadeza e num gesto rápido ele a guardou em seu bolso da jaqueta que tinha vestido.

Sasuke apenas queria o dinheiro do rapaz e fez absolutamente tudo o que Naruto lhe ensinou.

— CARALHO! — Kiba falou quando percebeu o que o Uchiha estava tramando.

— Meu Deus... — Gaara ficou impressionado.

Naruto soltou um sorriso de orgulho, Sasuke fez tudo que lhe ensinou, mesmo que tenha ficado com um pouco de raiva da cena.

Sasuke parou de beijar o homem e se afastou, sorriu ao ver que o outro não tinha percebido nada. Ele fez um gesto com a mão, falando para o homem o ligar depois, pegou na mão da amiga e saiu dali.

— Que filho da puta esperto. — Neji falou.

— Eu que o ensinei. — Naruto disse convencido e logo em seguida bebeu um gole de vodka.

— Convencido. — Os outros falaram e o Uzumaki riu.

"É bom ter pegado uma boa quantia Uchiha." — Pensou.

***

Com Karin e Sasuke...

— Uchiha, você é maluco! — Karin não parava de rir da situação, talvez estivesse bêbada de mais ou realmente estava achando tudo aquilo loucura.

— A sua poc louca retornou! —Abriu a carteira e achou praticamente 1.500 reais nela. — Quem é que trás tanto dinheiro 'pra uma balada?? Cara louco, mas me rendeu. — Tirou o dinheiro da carteira e colocou no bolso.

— Vai devolver a carteira?

— Vou, não tem mais nada aqui que me interesse. Vou entregar esse dinheiro para o Naruto e ficamos por lá. — Sasuke pegou na mão de Karin e a guiou já que estava sóbrio.

Foi até o lugar onde o rapaz estava e jogou a carteira propositalmente no chão, chamou a atenção do cara e na maior falsidade lhe disse que tinha caído. O cara – sem ter percebido nada – agradeceu e pegou a carteira e botou no bolso. O rapaz ainda queria dar mais um beijo em Sasuke, porém se afastou.

— Agora não vai dá meu doce, irei levar minha amiga alí com o namorado dela, ela tá cansadinha sabe? — Disse sínico.

O rapaz compreendeu quando viu o estado de Karin, que apenas estava fingindo, e se virou pedindo mais um drink.

Sasuke saiu dali enojado e foi ao encontro do Uzumaki.

— Cadê esse desgraçado?? — Disse olhando em todos os lugares mas não o achando.

— Ele tá ali poc. — Apontou.

— Tsc, olha onde o cara vai sentar. — Bufou e foi até o encontro do loiro.

Suigetsu logo percebou a aproximação dos dois e avisou a Naruto.

— Eles estão vindo Uzu.

— Que venham. — Naruto não fez nem questão de olhar o outro vim.

— Suigetsu. — Sasuke chamou a atenção do mesmo. — Tua mulher tá cansada não sei de que. — Ajudou a menina se sentar do lado de Suigetsu.

— Acho que foi a bebida que deixou ela assim. — Fez a garota apoiar a cabeça em seu ombro.

Sasuke se sentou ao lado de Naruto, pegou o dinheiro e o mostrou.

— Agora me chama de vadia imprestável novamente seu filho da puta. — Colocou o dinheiro na mesa.

— Fez mais nada que sua obrigação Uchiha. — Pegou o dinheiro e o guardou no bolso do blazer que usava.

— Tá vendo?? Esse vagabundo não me valoriza, como vocês suportam esse inútil?? — Fez drama.

— A gente também não sabe. — Neji disse.

— Eu sou o que mais beneficia ele e ele me trata assim.

— Para de drama Sasuke, a maior parte da porra desse dinheiro sempre vai 'pra você. Se posse por ti, não teríamos nada! Você é o que mais fode a economia do bagulho. A porra dessa sua roupa custou metade do salário altíssimo que te dou todo o mesmo. — Naruto se estressou, na verdade, Sasuke nunca o valorizava e sempre achava a ajuda de Naruto apenas migalhas. — Eu te dou salário alto para você conseguir pagar a sua faculdade, mas você gasta toda essa merda em roupas de grife. Quer saber? Vamos embora logo. — Naruto se levantou. — Estou te esperando lá fora. — Saiu da mesa.

Eram sempre assim, Naruto e Sasuke sempre brigavam e o Uchiha fazia questão de testar a paciência de Naruto.

— Caralho Sasuke, tu tá mexendo com o capeta. — Lee disse.

— Eu estou pouco me fudendo, vocês sabem que eu só amo testar a paciência desse filho da puta, não sei o motivo de ele ter ficado tão putinho com isso sendo que eu estava apenas sendo debochado e dramático com ele, ele deveria ter se acostumado. — Cruzou o braço enfrente ao peito.

— Sabe Sasuke, você deveria pedir desculpas. — Falou Karin.

— Meu orgulho é muito grande para eu fazer uma porra dessas. Relaxem, já já ele fica normal. — Se levantou. — Eu já vou antes que ele fique mais puto do que antes, até mais pessoal. — Pegou uma garrafa de vodka e foi em direção a saída.

— Só eu que tô supreso por essa piranha ganhar salário e a gente não?? — Kiba olhou para todos e ninguém mostrou reação.

— Eu ganho. — Karin riu. — Vocês não?

— ...

— Eu vou bater no Naruto. — Gaara disse.

— Filho da puta, nós morremos e quase somos presos por culpa desse desgraçado e ele só dá uma mixaria para a gente, E NEM É SEMPRE! — Suigetsu disse indignado.

— Mas pelo menos nos mantém vivos. — Neji disse e todos tiveram que concordar.

— Até que somos bem sucedido, digamos. — Lee falou e tiveram que concordar.

— Ah... É tão estranhos... Somos bem sucedidos por roubar mesmo. — Gaara pensou.

— Mas vamos aproveitar já que não estamos preso, a qualquer momento a polícia pode vim na nossa cola. — Karin disse.

— Isso é verdade, mas vamos aproveitar bebendo. — Lee virou um resto de um drink que estava bebendo.

— Cachaceiro. — Kiba falou.

— Olha quem fala. — Karin riu.

— Vai dormir ruiva. — Suigetsu riu.

— Não consigo, quero saber o que vai acontecer com minha poc...

— Ele vai se resolver com o Naruto, confia. Achei que tinha se acostumado com esses dois brigando, eu já me acostumei. — Disse Neji. — Já já eles fingem que nada aconteceu.

***

Sasuke saiu da bala e viu que Naruto já estava no carro e mexia no celular. O Uzumaki parecia estar nervoso, então apenas abriu a porta do quarto e se sentou na frente junto com o loiro. Naruto não falou nada e fingiu que Sasuke não existia, ele apenas guardou o celular no bolso e ligou o carro.

— Vamos para aonde? — Sasuke resolver quebrar aquele silêncio infernal que o loiro estava tentando fazer.

— Vamos para a merda do hotel, nos resolvemos lá. — Deu partida.

Sasuke mordeu o lábio inferior, entendeu o que Naruto queria dizer, talvez ter roubado e depois ter discutido com Naruto foi uma opção "boa".

— Mas... Você estava bravo comigo, achei que iria me levar embora... — Fez drama.

— Eu não vou cair mais nesse seu joguinho de testar minha paciência, aliás se eu realmente tivesseputo com você, eu faria questão de ter te largado lá e ido embora sem você.

Sasuke engoliu a seco pois sabia que aquelas palavras eram a mais pura verdade.

— E outra, eu ficaria tão puto que não olharia mais na sua cara de merda, parava de te dar salário e ficava vendo você se fuder na vida sozinho.

Dessa vez, Sasuke ficou cabisbaixo.

— Porra Sasuke, não me teste ou me trate desse jeito, eu te quero bem ok? Para com essa porra de testar paciência, é sério! Toda vez é isso.

— Você tem razão... Eu vou parar mesmo... Obrigado por tudo, mesmo eu reclamando...

Naruto suspirou fundo e não disse nada, apenas foi em rumo ao hotel. Chegando lá, estacionou o carro e junto de Sasuke foram até a recepção, pediram chave do quarto e entraram, sem se falar.

Assim que entraram no quarto, Naruto fechou a porta e ficou parado de cabeça baixa, meio pensativo. Sasuke viu o mesmo ficar parado e estranhou.

— O que foi Naruto? — Não obteve resposta. — Naruto? Tá tudo bem? — Se aproximou. — Naruuuto! Me responde!! Naru—

Naruto segurou o braço de Sasuke e o puxou até o quarto.

— Mas o que?!

Entraram no quarto, Naruto jogou Sasuke na cama e ficou por cima do mesmo.

— Você testou toda a minha paciência em poucas horas, então você vai se arrepender de ter feito isso comigo... — Se aproximou do ouvido de Sasuke. — Sasuke Uchiha.

O corpo de Sasuke estremeceu, Sasuke adorava o jeito dominante de Naruto.

— Não irei ter dó com você, você vai ter que me implorar para parar. — Segurou os cabelos do Uchiha com força. — Se prepare, pq você vai tossir porra por um mês.


Notas Finais


Desculpa se ficou meio nada a ver :')

Até a próxima amores😔❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...