História Creek- Please Love Me - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias South Park
Personagens Bebe Stevens, Butters Stotch, Clyde Donovan, Craig Tucker, Damien Thorn, Dougie, Eric Cartman, Firkle, Gerald Broflovski, Henrietta Biggle, Ike Broflovski, Jimmy Valmer, Karen McCormick, Kenny McCormick, Kevin McCormick, Kyle Broflovski, Liane Cartman, Linda Stotch, Michael (Gótico), PC Principal, Personagens Originais, Pete (Gótico), Phillip "Pip" Pirrup, Randy Marsh, Sharon Marsh, Sheila Broflovski, Shelly Marsh, Sr. Garrison, Sr. Mackey, Sra. McCormick, Stan Marsh, Stephen Willis Stotch, Stuart McCormick, Thomas, Timmy Burch, Token Black, Trent Boyett, Tweek Tweak, Vice Principal Strong Woman, Wendy Testaburger
Tags Bunny, Butters, Clyde, Craig, Creek, Damien, Dip, Kenny, Kyle, Pip, Stan, Style, Token, Tweek, Tyde
Visualizações 19
Palavras 2.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Gosto de morango



On Pov Pip

Finalmente chegou sábado, hoje meu tio saio sedo, e minha tia foi trabalhar, então vou ter o dia todo só pra mim.

Ontem eu passei a noite conversando com Damien.

Ele sempre está muito ocupado, e por isso só me liga de noite, estou esperando Kyle vim me buscar, eu, Tweek e Butters marcamos com ele para irmos no shopping.

Escuto alguém bater na porta e assim que a abro vejo, Kyle, Butters, Tweek, e ...Kenny? ..De bicicleta, subo na parte de trás da bicicleta de Kyle e nos vamos para o shopping.

Ao chegar lá.

— A onde nós vamos primeiro?- pergunto animado.

— Gah! Cada um p-pode escolher um lugar que quer ir, e então vamos bota-los em ordem e ir para todos esses lugares, g-gah! O-o que acham?- tweek perguntou e todos concordaram.

— Eu quero ir no cinema- falou Kyle.

— Eu quero ir na livraria- falei animado para comprar livros, eu sempre adorei ler, livros me levam para longe da realidade maldosa do mundo.

— Quero ir em um sex shop- falou Kenny, e olhamos pra ele com cara de "que?!" E ele apenas deu ombros — Quero ver algo para usar com uma certa pessoa- ele diz olhando pra Butters que imediatamente cora e olha o chão constrangido.

— Eu quero ir em alguma loja de roupas - falou Butters.

— Gah! T-ta, depois de irmos nesses lugares, nós faremos uma pausa para lanchar e escolheremos mais um lugar diferente pra ir- Tweek disse tomando um gole de seu café, e todos concordamos, fomos primeiro na livraria, chegando lá eu, Tweek e Kyle olhamos alguns livros, enquanto Butters e Kenny estavam correndo do lado de fora da livraria. 

Comprei um livro romântico, Kyle comprou algo haver com detetives, e Tweek pegou dois livros um de romance e outro falando sobre flores.

Ao sairmos vimos Butters e Kenny correndo, solto uma risada e Kyle diz:

— Ei pombinhos, vamos logo!- 

Fomos em uma loja que Tweek escolheu e ficamos olhando as seções, chegamos na de brinquedos, Tweek pegou algumas coisas, e vai pagar, assim que ele volta pra nós buscar, estávamos prontos para sair de lá até que: 

— OLHA EU ACHEI O KYLE!- o Kenny falou olhando um boneco, então eu e Kyle nos aproximamos e vimos um de bebê ruivo e Kyle o olha feio — O que? Ele é a sua cara- Kenny fala sorrindo , então Kyle suspira e vê uma garotinha com uma boneca loira muito mal cuidada, ele rapidamente pega a boneca dela e rebate:

— Olha Kenny, eu achei você!... Oque? Ela é a sua cara- o ruivo diz sorrindo, mas o que tira nossas risadas é o barulho do choro da garotinha, então Kyle olha para os dois lados joga a boneca no chão e sai correndo assim como Kenny e Butters.

Eu e Tweek estávamos virados de costas, e vimos uma sombra gigante atrais da gente, nos viramos lentamente e vimos um homem loiro muito alto e forte.

— Quem fez minha filha chorar?!- ele pergunta com raiva na voz, eu olho pra Tweek e, Tweek olha pra mim, e a gente sai correndo daquela loja.

Acabo esbarrando em alguém, ao olhar vejo... Damien? 

— Oh d-desculpa Dami- 

— Não tem nada não Pip, o que está fazendo aqui?- ele me ajudando a levantar e pegando minha boina para o pôr em mim.

— O-Obrigado, e e-eu vim com o Tweek, Butters, Kyle e Kenny, vinhemos passear - falo.

— Oh entendo, também vim passear, vou me encontrar com alguns amigos no refeitório, se quiser pode ficar lá comigo- Ele fala, mas praticamente perguntando.

— Não será preciso Dami, tem ainda muita coisa pra eu e o pessoal fazermos, mas se você quiser vim conosco será uma grande honra tê-lo por perto- falei tentando ser educado.

— Claro, depois de encontrar meus amigos, eu te ligo ok?- ele pergunta.

— Oh okay- respondo sorrindo,e ele dá um beijo na minha testa antes de sair. 

— Gah! Hummm eu vi isso ai- Tweek disse me olhando quando Damien saiu de vista.

— T-TWE?! V-VOCÊ ESTA AQUI A QUANTO TEMPO?!- perguntei assustado.

— V-Você nem notou que eu estava aqui o tempo todo- ele disse sorrindo e controlando a tremedeira, voltamos a correr assim que vimos o pai da menina saindo com ela da loja.

Fomos nas outras lojas escolhidas e então fomos lanchar.

Quebra do tempo

Estamos em um mercadinho após sair da shopping, estamos aqui com Damien, Craig, e Clyde, encontramos Clyde com Craig saindo do shopping, e Damien já estava com a gente no shopping.

Tweek está conversando com Craig, enquanto Butters estava dentro de um carrinho que Kenny estava empurrando, e Kyle estava empurrando um um carrinho com Cylde dentro, eles estavam fazendo corrida.

— Ei Pip, se quiser eu te levo pra casa depois daqui- Damien oferece. 

— Oh.. obrigado Dami, eu adoraria uma carona até em casa- falei sorrindo.

Off Pov Pip


On Pov Tweek

Eu estou vendo a corrida de carrinhos enquanto converso com Craig, E  então escuto um estrondo alto.

 Olho para onde vinha, e vejo um monte de maçãs em cima de Clyde que chorava, e Kyle  tentava arrumar as maçãs, mas não conseguia. Então ele botou Clyde no carrinho de novo, e saiu correndo do mercado com ele e o carrinho, e Kenny fez o mesmo com Butters.

— PEGEM AQUELES MENINOS LA- ouvimos um cara falar, e saímos correndo também, ao chegamos longe o bastante de la começamos a rir sem parar.

Acho que nunca corri tanto. Estava ficando tarde então Damien levou pip pra casa no carro dele, e Clyde implorou pra Craig nos deixar em casa, já que ele veio de carro. 

Mesmo tendo 17 anos Craig sabe dirigir, e a policia de South Park não se importa tanto com menores dirigindo carros.

Craig deixou Clyde, Kyle, Kenny, e Butters em suas casas, e agora só falta ele me deixar em casa .

— E então Tweek, o que fez esses dias? Eu não tenho te visto muito.- falou o moreno.

— GAH! D-Desculpe, e-eu n-não tenho tido muito tempo pra ir me encontrar com o pessoal- 

— Tudo bem Tweek, não precisa se desculpar, eu também não tenho ido muito brincar com o pessoal, mas qual foi o seu motivo? Não me diga que está namorando alguém- ele falou meio que rindo.

— Gah! N-não! Eu não estou namorando ninguém... M-mas é que eu fiz um amigo novo, ele me conhece mas eu só falo com ele por celular- falei.

— Oh entendi- ele fala voltando o olhar para a estrada — e você esta gostando dele?- 

— R-Realmente sim, m-mas eu não o vejo, e ele não quer me dizer quem é, e-ele diz que não está pronto para ser rejeitado, m-mas eu não vou o rejeitar, e-eu estou tão confuso com o que sinto- falei já surtando. 

— Calma, Tweek- ele falou, e parou o carro, já tinhamos chegado.

— Eu queria tanto conhecê-lo, mas ele não gosta de mim o suficiente- falei. 

— Não!!... Quer dizer, eu acho que não é isso. Tenho certeza que ele vai te mostrar quem é na hora certa- abro a porta do carro.

— E-Eu estou tão confuso, eu gosto muito dele mas eu também gosto muito de.... Uma outra pessoa- falei em relação a eu ainda gostar do craig. Vejo o mesmo paralisar mesmo eu não falando que esse alguém é ele.

— Quem?- perguntou quase com a voz falha.

— V-Você não precisa saber quem! Gah! - falei saindo do carro — Obrigado por me trazer em casa, Craig- agradeci e entrei em casa.

Assim que cheguei no meu quarto, peguei meu celular.


—Oi Daddy (っ˘̩╭╮˘̩)っ 

quero carinho-


Ele demorou um tempo pra responder. Nesses dias temos conversado bastante. Eu já confio um pouco mais nele.

Eu sei que ele tem uma irmã, um "roedor", sabe dirigir, ainda estuda, e adora azul escuro.

Daddy: Rsrs oi baby

O que houve?

Esta triste?

Alguém te machucou?- 


Sorri vendo sua preocupação.


— Não daddy, 

Eu só estou chateado 

Por você não gosta de mim

O suficiente para 

Me dizer quem é-



Daddy: Tweek Tweak eu te amo, pare de digitar o ao contrario -



— desculpe daddy, mas quando eu vou poder saber quem você é?-



Daddy: Logo, logo baby-



— Okay, tudo bem... Você diz isso a vários dias

(´;ω;`)-



Daddy: Amor, Juro que vai chegar logo o dia...

Aliás, o que você vai fazer domingo da próxima semana?-



—Vou comemorar meu aniversário só park com meus amigos

Vou chamar a gang do Craig,

A do Stan, 

O Peter, Damien 

O Pip e o Butters, eu te chamaria 

Mas você não iria querer ir

 Ó╭╮Ò- 



Daddy: Eu já vou está lá 

Ops..disse uma dica sem querer

(◠‿◕)-



— Então, você vai?-



Daddy: Claro que sim baby, não ia faltar, com certeza vou -



— Você vai me dizer quem você é né?-



Daddy: vou pensar no seu caso

Mas enquanto penso

Que tal uma foto pra me animar um pouco?

Você me mandaria uma foto da sua bundinha?

Está ficando difícil imaginar como deve ser ela-

 

— Vai tomar no cu, Daddy 

•`\\-\\'•)z-


Off Pov Tweek


On Pov Damien


Já tinha deixado Pip em casa, e já cheguei na minha.

— Oi pai- falei para meu pai que estava na cozinha.

— Olá filho! Quando vai me apresentar seu namorado?- ele perguntou.

— E-ele não é meu namorado pai! Não ainda- respondi corado.

— E quando vai pedir? Eu quero netinhos para cuidar!- 

— PAI EU SO TENHO 17 ANOS E ELE SO TEM 15! NÃO VAMOS TER FILHOS COM ESSA IDADE!- Gritei.

Híbridos conseguem engravidar, eu não quero a acabar com a vida do Pip dessa forma, eu não quero acabar com a vida dele de nenhuma forma, nem sei se ele vai querer me namorar, imagine se ele vai querer casar e ter filhos comigo.

— Eu sei filho, mas um dia eu vou morrer, mesmo que demore, vou morrer. O inferno precisara saber que você está cuidando de tudo, e terá um herdeiro- ele falou já sério.

— Eu sei, mas o senhor já parou pra pensar que Pip pode não querer ter um relacionamento comigo?- 

— Aquele loirinho que parece um pequeno anjinho?! Esta literalmente escrito na testa dele que ele te ama- meu pai rebateu.

— Alias o senhor já pegou minha transferência? Eu quero ir pra escola do Pip-

— Claro filho, próxima semana mesmo você já vai começar - falou, subo para meu quarto e pego meu celular para ligar para Pip.

Eu amo conversar com ele, a voz dele me acalma, tudo nele me dá calma.

— Alo, Angel?-

— Angel?!- escuto uma voz grossa falar, com certeza não é a voz de Pip.        —QUEM É ESSE PIP?! - escuto alguém que julgo ser o tio de Pip, escuto pip com uma  voz falha dizendo "e-ele é m-meu amigo, tio" — ENTÃO POR QUE ELE ESTA ADICIONADO COMO "AMOR SECRETO"?! VOCÊ É GAY PIP? SEU MERDINHA, VOU TE ENSINAR QUE DAR O CU É PRA VIADO- o que ele pensa que vai fazer?!

E como assim "amor secreto"?

— PiP O QUE TA ACONTECENDO?!- Pergunto preocupado.

— TIRE A ROUPA PHILLIP! E GEMA NA FRENTE DESSE IDIOTA PRA ELE SABER QUE VOCÊ É MEU!-  

... Ele está querendo estrupar meu Pip?

Me teletrasporto rápido para a casa de Pip, estou furioso, e com certeza deve dar pra ver o fogo de ódio nos meus olhos, um homem alto batia em Pip, e tentava arrancar a roupa dele a força.

Dei um murro no rosto do homem que cuspiu sangue.

Desviei meu olhar para Pip, ele chorava e sua blusa estava rasgada. Por sorte eu cheguei antes de algo pior acontecer.

Abraço Pip.

— Estou aqui, nada vai acontecer com você - falei, e vi o tio de Pip vindo em minha direção. Largei o abraço do meu anjo e fiz movimento com as mãos, fazendo o braço do mais velho quebrar.

Vou quebrar todos os ossos desse infeliz.

Algo me impede,  e esse algo é Pip que me abraça por trás.

— P-Por favor, m-me tira daqui Damien- ele implora, me viro para encara-lo, ponho uma de minhas mãos em seu queixo, e o faço olhar para mim, então o beijo do forma doce e gentil.

Os lábios do Pip são macios, ele parecia inisperiente e surpreso,  provavelmente nunca fez isso, fico muito feliz em ser o primeiro.

Peço passagem com a língua, e ele sede, o gosto da boca dele e incrível, me lembra morangos.

Nós teleportei para meu quarto.

— Eu te amo Damien-




— Eu também te amo Pip-



Continua?









Notas Finais


Perdão pelos erros de ortografia.
Até o próximo capítulo.
B-Y-E.. bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...