1. Spirit Fanfics >
  2. Creppypasta Okami (Ladra de Almas) >
  3. Começo da Desgraça

História Creppypasta Okami (Ladra de Almas) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Começo da Desgraça


Eram mais ou menos 12:00, a menina estava sentada em frente à sua penteadeira,ouvindo os pais discutirem;Ela sentia medo,medo de que a qualquer momento o padrasto abrisse aquela porta e descontasse toda a sua raiva na garota.Por ser a "diferente da família": não ser religiosa ou ter um gosto diferente por roupas,ela sofria maus tratos na escola onde era ameaçada e constantemente agredida,e em casa;quando seu padrasto chegava bêbado de noite e a esmurrava.A mãe era sempre ocupada,trabalhava para poder deixar todas as contas em dia,então quase nem interagia com a filha

Okami vivia trancada em seu quarto,era uma verdadeira escritora,e artista;compunha muitas poesias, letras de musicas e quando estava sem ideias ela gostava de fazer brinquedos,desenhar e criar roupas.Por volta de 17 anos a garota começou a gostar de estilos visuais,muitos achavam estranho a maneira de como ela se vestia,outros admiravam pois diziam que parecia que ela havia saído de um filme de ficção

Certa vez,Okami estava em seu quarto ouvindo musica quando ouviu a mãe e o padrasto brigando novamente,porém naquela noite foi diferente,encolheu-se sobre os cobertores com medo de apanhar do padrasto.De repente ouviu a mãe gritar: 

-SAI DE PERTO DE MIM,NÃO!,SOCORRO!!!

Okami sentiu raiva,algo incomum que a fez sair de seu quarto,ao abrir a porta seus olhos se arregalaram ao ver o padrasto segurando uma faca,bem perto de sua mãe.Então o padrasto gritou:

-OLHA OLHA,A ABERRAÇÃO CHEGOU,AGORA EU POSSO MATAR AS DUAS E LIVRAR O MUNDO DE DUAS ABERRAÇÕES!

Okami estava a poucos centímetros da arma que o pai havia dado para ela de presente,ela pegou o revolver,apontou para o padrasto e...atirou. o silencio enlouquecedor tomou conta do local,a respiração acelerada da garota entregava seu pânico

-Filha...- a mãe quebrou o silencio,levantando-se do chão e indo abraça-la

antes de chegar na filha a menina simplesmente desmaia. ao ver Okami desacordada,sua mãe a toma em seus braços e a leva pro quarto

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

algumas horas se passaram,a policia foi chamada e Emanuela contou todo o acontecido,os policiais a levaram para a delegacia para dar seu depoimento.Porém como estava evidente as marcas de agressões ao longo do corpo da mulher,o caso foi dado como legitima defesa e ela pôde ir para casa

Três dias depois Okami acordou,porém algo estava errado,estranho...diferente! seu psicológico foi destruído,okami começou a ter problemas mentais,não conseguia dormir a noite por conta do trauma e aos poucos estava perdendo controle sobre seus pensamentos. Com o passar dos dias,tudo o que ela pensava era sobre tortura,sangue,morte. a garotinha de antes estava morrendo e o que estava tomando espaço era algo sombrio.Okami foi enviada para um terapeuta que constatou que ela estava com transtornos mentais...enquanto o doutor prescrevia seu medicamento,ela pensava inumeras formas de mata-lo:

"uma corda?puff,nao! muito simples...que tal aquela garrafa?"-perdida em seus pensamentos a garota sorria

-que bom ver que está alegre okami!-ele sorria de volta,pena que ele nao sabia que a felicidade dela era algo tão terrível.......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...