História Crepúsculo - Um Pouco Sem Remorsa - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Afton, Alec, Alice Cullen, Amun, Aro Volturi, Bella Swan, Benjamin, Billy Black, Brady Fuller, Bree Tanner, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Carmen Denali, Charlie Swan, Claire Young, Collin Littlesea, Corin, Demetri Volturi, Edward Cullen, Eleazar Denali, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Eric Yorkie, Esme Cullen, Felix, Garrett, Gianna, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, James, Jane, Jared Cameron, Jasper Hale, Kate Denali, Kim, Leah Clearwater, Lucy, Marcus Volturi, Maria, Nahuel, Paul Lahote, Personagens Originais, Peter, Quil Ateara, Rachel Black, Rebecca Black, Renata, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Riley Biers, Rosalie Hale, Sam Uley, Sarah Black, Senna, Seth Clearwater, Stefan, Sue Clearwater, Tânya Denali, Vladmir
Tags Coreana, Coréia, Crepusculo, Cullen, Forks, Gifs, Saga, Tabu, Vampiro
Visualizações 195
Palavras 1.455
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então leitores lindosss!! como prometido ca estoueu com mais um capitulo^^
quero agradecer a cada pessoa que comentou no capitulo passado(mesmo sendo so 2) e favoritou a historia vocês não sabem como isso me motiva a continua!
bjs e boa leitura!

Capítulo 3 - Aceito


Fanfic / Fanfiction Crepúsculo - Um Pouco Sem Remorsa - Capítulo 3 - Aceito

POV SASHA:

Saiu do quarto indo em direção a um enorme corredor chegando no final dele logo atrás de me tem uma janela big foda grande que vai do teto ao chão.Com certeza eles são bem ricos.

Logo a frente tem uma escada toda em mármore com corrimão de vidro com certeza se essa fosse minha casa em no Maximo uma hora pelo menos uma parte já tinha quebrado e para piorar em cima da cabeça de alguém.É eu sei sou observadora – chegando no final da escada tive a vista de uma enorme sala e tenho que admitir era toda bem decorada cada item combinado com o outro,cor tudo muito bonito mas um energúmeno tira a minha atenção com um risinho de merda olho para a direção e adivinha?o carinha cabelo de fogo flopadão estava rindo estava mesmo porque ele parou logo quando viu minha cara ergue minhas sobrancelhas pronta para fazer o que mas faço d emelhor:pertubar waaaaaaa waaaaaa uhuuuuuu uhuuuuuuu.(autora:eu em!).

Fui em sua direção e ele fechou a cara.

-olha o ruivinho risadinha,tudo bem com você meu jovem?-ele me olhou abismado e indignado,opa acho que irritei alguém!dei o meu melhor sorriso psicopata.

-que ousadia! Você me conhece por acaso?-perguntou irritado.

-oxe você que ta rindo de me! –fiz minha cara de inocente ele bufou e saiu subindo as escadas,acompanhei ele com os olhos ate ele sumir do meu campo de vista olho para os outros na sala segurando o riso mas não consigo segurar quando vejo a cara do grandalhão todos começaram a rir e isso incluindo o carlilsle e eliminado a esme que acho que esta na cozinha.

-o que é que tanto vocês rir em? –esme chegou na sala olhei para ela que me mandou um sorriso para me que retribuo, ate gosto dela.

-mãe essa menina é a melhor! ela tirou o Edward da sala em menos de um minuto -revirei os olhos para o exagero dele mas não iria deixar passar não é mesmo? Botei o meu melhor sorriso malicioso.

-vamos se dizer que essa é minha especialidade –pisquei para ele que retribuiu e começamos a rir sois e os outros nos repreendendo com a cabeça.

-vocês em! há meu nome é Roseli prazer.-ela me puxou do sofá e me abraçou,retribui de boa mas reparei que todos ficaram surpresos deixei quieto.

-nossa nem me apresentei! Meu nome é sasha,Kim sasha mas podem me chamar de sah- tomei um susto com uma baixinha que chagou perto de me.

-há você é tão fofa! Amo o seu sotaque !Mas você é japonesa ou brasileira?- serio isso?

-aff você reparou! e eu não sou japonesa e sim coreana e brasileira também, é uma mistura louca -todos me olharam surpresos.-é que a anos...atrás aquela teoria de que os opostos se atraem resolveu funcionar com os meu pais e meu que eles não sabiam a bendita existência do preservativos e aconteceu a merda,não que eu esteja reclamando mas...-tocar no assunto dos meu país me abalou mas não deixei transparecer e dei a explicação que eu achei mas clara.

Todos começaram a rir.

-ótima explicação!-falou o loiro pela primeira vez com tom de ironia soltei um risinho- alias meu nome é jasper  - ele se apresentou e mandou um aceno de cabeça que retribui.

-você deve estar com fome vem comer algo -esme falou comigo acenei rapidamente com a cabeça e praticamente sair correndo para a cozinha sentindo minha barriga ronca fazendo com que todos rissem .

 

NARRADORA:

Todos estavam muito impressionados com a facilidade em que a sah faz todos rir ela é bem diferente dos humanos que eles costumam conviver ,alem de sua beleza com certeza se passaria facilmente por um deles se não fosse o cheiro do seu sangue e o seu coração batendo.

Todos sentia que ela era uma pessoa e isso foi a prova quando Roseli a abraçou e gostou dela sem nenhum problema e jasper estar tão à-vontade com ela que chega dirigiu uma palavra diretamente.

Depois que Edward subiu para seu quarto ele começou a escutar Debussy e ler um livro qualquer,pensando em como sua namorada deve estar,ele não tira ela da mente por nada -nenhum cullen foi para escola hoje porque milagrosamente fez sol em forks e bella já estava ciente disso que ate ela deixou esse dia para dedicar ao pai, ficar um tempo com ele mesmo que seja um tédio.

**

Depois que Sasha comeu um batalhão de comida desejando fielmente que fossem de homens mas era o que tinha-ela e esme voltaram para a sala a mesma começou a explicar tudo da sua vida dês da saída da sua casa ate onde ela esta mas em um momento dessa conversa interessou a  mas.

-então eu não tenho mais ninguém?sou um Zé ninguém!-falou tentando parecer seria e fazer graça mas não adiantou porque lembrou que a sua mãe morreu naquele carro por sua causa e seu pai a deixou ainda quando ela  era pequena de mais,ela era sozinha não tinha mais ninguém- começou a chorar sem conseguir suportar o aperto em seu coração,logo sentiu braços gélidos a abraçando estranhamente se sentia bem ali e aquecida olhou para a pessoa e viu que era esme não agüentou e chorou mais ainda- esme lembra muito a sua mãe nesse lado protetor.

Carlisle vendo aquela cena sentiu que devia a confortar ,também se aproximou dela e a abraçou tentando  passar conforto não queria nem imaginar o que a jovem menina estava passando.

Sasha sentindo mais braços ao seu redor olhou para ver quem é e viu carlisle, estranhamente o seu abraço lembrou-se do seu pai ,mesmo ele tendo morrido quando ela ainda era pequena e ela não lembrando de seus abraços ela sentiu o de carlisle como se fossem dele e isso foi o seu limite ela entrou em um choro mais intenso, sentiu como se sua garganta iria fechar seu peito doía muito.Não estava ligando se estavam vendo ela nesse estado só queria ficar ali naqueles braços e não sair mas.

Alice,jasper,Roseli e emmet via aquela cena emocionados- jasper começava a ficar desconfortável com a intensa dor que a garota estava sentindo mas decidiu ignorar.

Ate Edward desceu para ver aquela cena ao vivo.

-carlisle?-sasha chamou ele depois de se acalmar.

-sim?

-ainda tenho meus documentos?-ela perguntou preocupada pensando na idéia de ficar em um orfanato por ser de menor se é que podia na idade dela.

-sinto muito mas o fogo destruiu tudo.-carlisle falou verdadeiramente sentido por estar dando as noticias ruins.

-ai meu deus! E agora?eu não tenho nada! Eu não posso ir para um orfanato!-ela começou a se desespera e começou a chora de novo.

Carlisle esta muito triste com a situação da sasha tão jovem e já sofrendo tanto não poderia fazer isso com ela reparou em como ela fazia bem para a sua família começando a cogitar a idéia de uma decisão que vai mudar a vida dele  -carlisle olhou na direção dos outros que estavam sentados vendo aquela cena quietos.

Todos sabiam o que o pai estava pensando e em um aceno de cabeça todos concordaram com mini sorrisos no rosto.carlisle olhou na direção do Edward que esta encostado na parede ele sabia no que o pai estava pensando e só deu de ombro com um sorriso de canto de boca.Mas o que o intrigava era o fato de todos da sua família ter aceitado uma garota que eles nem conhecem direito e sua companheira eles rejeitaram,mas também ele sabe que a garota trouxe felicidade para a família talvez por isso a aceitou-subiu as escadas em direção ao quarto pulou a janela e saiu em disparada a floresta fala a sua namorada a novidade,será que ela ira aceita?

Carlisle deu uma ultima olhada a esposa que afirmou com a cabeça confiante ele tinha certeza que toda a sua família estava de acordo e sim ele iria adotar a sasha -ele chamou a atenção d a garota.

-Sasha estou disposto a te adotar você aceita?-ela o olhou assustada.

-mas carlilsle e a sua família, esme?-ela chamou a atenção da mulher indignada.

Esme limpo as lagrima do seu rosto e deu um beijo na sua testa.

-querida já a consideramos como da família não poderíamos deixar você sozinha aceite,prometemos que iremos te amar como se fossemos seu pais, sei que nos conhecemos hoje mas nos podemos nos conhecer melhor se você aceitar.

Pensando bem a sasha não tinha para onde ir não tinha nada nem ninguém e porque não fazer parte dessa família que primeiramente a salvou daquela floresta enquanto estava desorientada?ela olhou para os outros que a lançou sorrisos encorajador -e ali ela teve certeza da sua resposta.

-se insistem ...eu aceito.-falou, claro sem deixar a sua graça de lado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

continua...


Notas Finais


Então pessoas é isso! espero que vocês tenham gostado.
e avisando que próximo capitulo já começam as loucuras! kkkkk
comentem por favor!
bjs e ate o proximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...