História Crepúsculo Larry version - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Tags Adaptação, Crepusculo, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Perry, Sangue, Twilight, Vampiros, Zayn Malik
Visualizações 206
Palavras 135
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Pansexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspende neste primeiro volume da série que marcou sua estreia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página.

Adaptação Larry Stylinson, todos os direitos reservados a autora da coleção que marcou minha vida e a vida de muitos leitores. Eu mesma estarei fazendo essa adaptação! Então me perdoem erros de gramática ou até mesmo de gênero, estarei ajeitando apenas o necessário para poder se encaixar com os novos personagens, tentarei ser o mais fiel possível ao original.

Espero que gostem, e boa leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Nunca pensei muito em como morreria - embora nos últimos meses tivesse motivos suficientes para isso -, mas, mesmo que tivesse pensado, não teria imaginado que seria assim.

 

Olhei fixamente, sem respirar, através do grande salão, dentro dos olhos escuros do caçador, e ele retribuiu satisfeito o meu olhar.

 

Sem dúvida era uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, de alguém que eu amava. Nobre, até. Isso devia contar para alguma coisa.

 

Eu sabia que, se nunca tivesse ido a Forks, agora não estaria diante da morte. Mas, embora estivesse apavorada, não conseguia me arrepender da decisão. Quando a vida lhe oferece um sonho muito além de todas as suas expectativas, é irracional se lamentar quando isso chega ao fim.

 

O caçador sorriu de um jeito simpático enquanto avançava para me matar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...