História Crescente - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 26
Palavras 1.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Científica, Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, bombons. Como estão? O que estão achando da historia até aqui? Lembrando que tenho um grupo de watts, quer quiser É só entrar.

https://chat.whatsapp.com/7cCgqCwwmM4B10JtwKu2O0

Capítulo 8 - 8- Boas Vindas


Sentada do lado de fora da diretoria, escuto com clareza a conversa entre Mary e Leah.
____ Sabe muito bem que não admitimos este tipo de comportamento aqui - diz Mary rígida  - E também deve saber que serei obrigada á puni-la.
____ Mãe! - diz Leah, apelando para Jenna que até aquele momento estava em silêncio.
____ Você poderia ter machucado á Ellie, Leah! - diz Jenna séria.
____ Só por que a Ellie é filha do tio Mark virou a intocável - Leah retruca.
____ Está afastada das líderes de torcida por 3 dias, Leah - diz Mary encerrando a conversa, Leah geme em frustração, sendo a primeira a deixar a sala, não antes de me lançar um olhar carregado de ódio.
        Jenna sai em seguida da sala.
____ Vamos embora, Ellie.
        Cassie nos esperava perto do carro.
         Não digo uma palavra se quer no trajeto de volta, indo para o quarto assim que chegamos em casa.
          Pela primeira vez sinto falta de casa e principalmente de Jéssica que, já conhecia as artimanhas.
           Só que agora estava num lugar que não conhecia ninguém, sendo apenas uma estranha, num lugar que era ainda mais estranho para mim.
           Me encolho na cama, puxando as pernas para junto do corpo, no momento em que ouço batidas na porta.
____ Tá aberto - digo com a cabeça entre as pernas.
____ Trouxe algo para comer - diz Jenna, colocando uma bandeja nos pés da cama.
____ Não precisava - digo sem erguer a cabeça.
         Jenna permanece em silêncio por  alguns segundos, respirando fundo antes de prosseguir.
____ Sei que o que Leah fez é errado. E peço desculpas, já que o orgulho dela não irá permitir - permaneço de cabeça baixa, apenas com vontade de chorar e voltar para casa.
        Jenna senta na beirada da cama, afagando meu braço.
____ ....entendo que está se sentindo chateada - murmurro - É tudo diferente do que está acostumada. E coloca diferente nisso. Só que tenho certeza que logo se irá se acostumar e irá tirar tudo de letra.
         Ergo a cabeça sustentando seu olhar, Jenna afaga meu rosto sorrindo.
____ Agora coma, está bem? - Ela levanta, passando por Cassie encostada na soleira da porta.
____ Não foi tão ruim assim - diz Cassie.
____ Claro. Ter um lobo do tamanho de um cavalo passando por cima de você, não é ruim - deito minha cabeça nos joelhos.
____ Este é o mundo que sempre pertenceu, Ellie - Ela se aproxima se colocando na minha frente - Não tem como simplesmente dizer que, não quer fazer parte dele. Você faz parte dele.
____ Por que diz isso com tanta convicção? - pergunto com o cenho franzido.
____ Não importa - Cassie trás a bandeja para perto de mim - Agora coma. Precisa estar preparada para amanhã.
____ Não vou voltar para aquele lugar - levanto caminhando até a janela.
____ É isso mesmo? Vai se dar por vencida? - Olho Cassie por cima do ombro.
____ Já percebeu que não tenho nenhuma chance contra nenhum ali? Muito menos contra Leah?!
____ Pare de subestimar, Ellie.
         Reviro os olhos apoiando as mãos no batente da janela.
         Aos poucos as palavras de Caasie faziam sentido em minha cabeça. Não podia deixar Leah ditar as regras, como deixei Jéssica fazer por um ano.


Renée

         Renée já tinha todo um plano arquitetado em sua cabeça.
         Quando a porta abre e um guarda anuncis seu jantar, enquanto segurava a bandeja, está escondida ao lado da porta, atingindo-o no pescoço com um garfo de plástico.
         Ele tenta estancar o sangue inutilmente.
         Renée deixa o quarto se deparando com mais guardas, não hesitando em desferir diversos golpes que os derruba.
         Ela continua a caminhar pelo corredor após quebrar o pescoço de um, ouvindo um sinal soar por toda base.
         Solta o ar dos pulmões exasperada, encontrando mais dois guardas; Um deles a joga contra a parede, desferido em seguida um murro que, ao desviar pega na parede.
           Ela o chuta, jogando-o para longe. Outro se aproxima, abraçando-a por trás.
            Renée atinge a cabeça dele com a própria cabeça, dando uma rasteira em seguida.
            John aparece em seu campo de visão com mais guardas, ao virar para o outro lado encontra Elijah com a mesma quantidade de guardas.
           Renée engole em seco, os observando cautelosamente, até que uma pequena quantidade a ataca primeiro.
           Acaba por vencê-los com facilidade, até John ordenar outro grupo em sua direção. Sentindo em um certo momento uma espécie de dardo em suas costas.
           Renée aperta as pálpebras com força, cambaleando, até que cai de joelhos em frente de John que a observa com atenção.
           Ela tenta levantar, perdendo as forças aos poucos.
           Novamente ele atira outro dardo em seu braço, dessa vez conseguindo fazê-la desmaiar.

Ellie

        Levanto na manhã seguinte primeiro do que todo mundo, preparando o café da manhã após me arrumar.
         Jenna se surpreende ao entrar na cozinha de roupão e me encontrar.
____ Bom dia, Jenna - digo terminando de preparar panquecas.
____ Bom dia, Ellie - Ela se serve de café, no instante em que Cassie entra na cozinha bocejando.
____ Caiu da cama, Ellie? - Cassie pergunta, sentando em frente ao balcão.
____ Quase isso.
         Não demora para que Leah entre na cozinha segurando Bonnie no colo.
____ Panquecas! - diz Bonnie sorrindo.
          Encaro Leah por alguns instantes, até Cassie pigarrea me fazendo desviar a atenção.
          O café da manhã não poderia ser mais harmonioso, com apenas Bonnie contando sobre suas aventuras na reserva.
          Assim que terminamos o café nos dirigimos para fora da casa, onde observo Leah colocar Bonnie na cadeirinha no banco traseiro e dar partida.
         Sorrio para Jenna que ascena para nós da porta, sentando no banco do carona.
         Tento disfarçar o nervosismo no trajeto até a reserva, sentindo que meu coração poderia sair a qualquer momento pela boca, quando finalmente Cassie estaciona o carro ao lado do de Leah.
        Sigo Cassie até a sala 13, sem deixar transparecer que estava contente por estar ali e pelo fato de estarmos na mesma sala.
        Paro na soleira odiando o destino ao notar Leah sentada em uma das cadeiras ao fundo.
         Um professor se aproxima, pegando o papel da mão de Cassie.
____ Pessoal, dêem ás boas vindas para Cassie e Ellie - diz ele, sem obter resposta.
          Cassie ignora os olhares caminhando até a carteira vazia mais próxima.
          Caminho para uma carteira vazia na terceira fileira.
____ Este lugar é meu - ergo o olhar para o garoto em minha frente que, havia acabado de chegar.
          Sinto uma onda de calor e frio invadir meu corpo quando olho no fundo de seus olhos, tendo a nítida impressão que o conhecia de algum lugar, mesmo sabendo que não o conhecia.
           Meus olhos vagam pelo seu rosto definido, a pele morena dando contraste aos olhos e o cabelo preto curto.
           Me sentia pequena em sua frente, levando em consideração seu tamanho.
           Tenho a impressão que ele tem a mesma impressão, pela forma que me olha.
            Pisco séria.
            Sento colocando a mochila sobre a mesa, ele assenti lentamente pressionando os lábios, sentando na cadeira ao lado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...