História Cretino irresistível - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug)
Tags Adrinette
Visualizações 309
Palavras 469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Desculpe, Sr. Adrien –eu disse, deixando escapar um pouco de veneno na voz. –Eu entendo o sacrifício que foi para o senhor usar um fax e atender ao telefone. Como já disse, não vai acontecer de novo.

-Exatamente, não vai mesmo –ele respondeu, com um sorriso pretencioso firme no lugar.

Se pelo menos ficasse com a boca fechada, ele poderia ser perfeito. Um pedaço de fita adesiva resolveria o problema. Eu tinha um rolo no meu armário que as vezes eu pegava e acariciava, pensando que um dia eu poderia fazer bom uso dele.

-E só para que você não se esqueça desse incidente, eu gostaria de ver a situação completa dos projetos da Schaffer, da Colton e da Beaumont na minha mesa até as cinco. E então você vai compensar a hora perdida desta manhã simulando uma apresentação da conta da Papadakis na sala de referência á seis. Afinal, se você vai cuidar dessa conta, terá de provar para mim que sabe o que está fazendo.

Meus olhos se arregalaram enquanto eu assistia ele ir embora e bater á porta do escritório. Ele sabe muito bem que eu estava apenas começando esse projeto, que também seria minha tese de MBA. Ainda teria meses para terminar os slides depois que os contatos fossem assinados... o que ainda não havia acontecido. Ainda não tinham nem sido rascunhados.

Agora, com tudo mais jogado no meu colo, ele queria que eu arrumasse uma apresentação em...olhei o relógio. Ótimo, sete horas e meia, se eu pulasse o almoço. Então abri o arquivo da Papadakis e comecei a trabalhar.

Enquanto as pessoas começavam a sair para o almoço, eu fiquei calada na minha mesa com meu café e um pacote de salgadinho que peguei na máquina. Normalmente, eu trazia comida de casa ou saía junto com os outros estagiários para almoçar, mas naquele dia o tempo não era meu amigo. Ouvi a porta abrir e olhei com um sorriso no rosto enquanto Nathaniel Kurtzberg entrava. Nathaniel e eu fazíamos parte do mesmo programa de estágio para MBA da Agreste Media Group, mas ele trabalhava no setor financeiro.

-Pronta para almoçar? –Ele perguntou.

-Vou ter que pular o almoço. Hoje está sendo um dia infernal –Eu disse, como quem pede desculpas, e o sorriso dele mostrou um pouco de malícia.

-Dia infernal ou chefe infernal? –Ele sentou na beirada da minha mesa. –Ouvi dizer que ele estava meio bravo hoje de manhã.

Respondi com um olhar de cumplicidade. Nathaniel não trabalhava para ele, mas sabia sobre Adrien Agreste , afinal, com seu conhecido pavio curto, ele era uma lenda viva no escritório.

-Mesmo se existissem duas de mim, não seria possível terminar tudo isso a tempo.

-Não quer mesmo que eu traga alguma coisa? –Seus olhos se moveram em direção á sala dele. –Tipo, um assassino de aluguel? Ou um pouco de água benta?

Tive de rir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...