História Cretinos Irresistíveis-Kim Namjoon - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Kim Namjoon, Violencia
Visualizações 56
Palavras 1.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura^^

Capítulo 11 - Que horas ela vai acordar?


Fanfic / Fanfiction Cretinos Irresistíveis-Kim Namjoon - Capítulo 11 - Que horas ela vai acordar?

*Namjoon On*

Rimos com nossas próprias palavras,tanto que já havíamos enchido os copos até o topo, aliás,somos alcoólatras,bom,eu pelo menos sou.

Larissa:Então,senhor Kim Namjoon...-Sorriu enquanto falou meu nome completo,mordi o lábio com aquilo e minha visão foi aos seus seios.

Sim,tenho uma certa tara por seios,ainda mais os dela,eram médios e durinhos,caberiam perfeitamente na minha boca.

Eu:Descobriu todo o meu nome no Google?-Brinquei e ela riu,fez bico,terminando todo o seu copo cheio,pegou a garrafa e passou a consumir antes de me responder.

Larissa:Vc deixa muitas marcas,e também,todos te conhecem! Só eu que não tive esse prazer ainda...-Encheu meu copo se levantando,não tirei os olhos dos seus seios,são umas maravilha.

Eu:Vc pode me conhecer de outra forma primeiro,não temos pressa...-Tomei toda a bebida do meu copo,pedi para que trouxessem mais bebidas e voltei a atenção a garota.

Larissa:Adoraria...mesmo! Mas...tenho uma regra a seguir,sabe? Sexo apenas quando me apaixonar...-Contou fixando seu olhar no meu.

Eu:Bom,poderia ceder a mim? Faço o que quiser...-Abri a bebida que acabara de chegar e lhe dei uma das garrafas-Não irá se arrepender...-Pisquei para a mesma.

Larissa:Com vc? Claro que não me arrependeria! Mas regra é regra...-Dei de ombros-Mas também não posso negar que ser chupada por esses belos lábios seria algo único e de outro mundo...-Sussurrou.

Eu:Pode se tornar realidade,basta dizer que sim...-Acariciei seu rosto,seus olhos olhava cada detalhe do meu rosto,especialmente minha boca.

Larissa:Posso pensar?-Fez biquinho,sorrimos e assenti-Otimo...

Eu:Mas não demore muito,para eu conseguir alguém é assim...-Estalei os dedos,a mesma riu após terminar mais uma garrafa.

Larissa:Vc não entendeu,não é?-Sorriu negando,dei de ombros,mas ainda a esperar sua explicação-Bom,vc entrou na minha vida...és belo, milionário,embora dinheiro é o de menos,vc é alto e isso me excita, é sexy e provocativo...-Falou enquanto rodeava o dedo na boca do copo,seu olhar castanho brilhava ao falar tudo aquilo,me senti honrado.

Eu:Ninguém nunca me descreveu assim...-Falei sincero,com ela as palavras saem com naturalidade.

Larissa:Sou realista! Vc é tudo isso e muito mais,mas,lembra que falei que vc entrou em minha vida?-Assenti curioso,seus lábios moviam em câmera lenta aos meus olhos-Isso quer dizer que vc é meu apenas,minha propriedade,meu homem,meu dono,meu escravo e tudo o que vc quiser...

Eu:Isso é alguma piada?-Negou-Não sou de ninguém,mas gostei muito da parte em que sou seu dono...-Abriu um sorriso malicioso,mordeu e em seguida umedeceu os lábios,adoraria chupar aquela boquinha pequena e sexy.

Larissa:Tenta pegar alguma cadela...ele morre e vc...bom,vc vai ficar louco,vou te deixar louco alucinado de tanto que vou te deixar na vontade...-Estavamos com os rostos bem próximos,apertou minha bochecha e não pude deixar de sorrir-Experimenta...-Piscou e voltou a beber.

Eu:Acho que somos um só...-Falei com o olhar nas garotas semi-nuas,coisa que já havia me deixado duro.

Larissa:Como assim,meu bem?-Sentou em minha frente,provavelmente para não ver as garotas.

Eu:Penso igual vc! Vc é apenas minha,não posso nem pensar que alguém te toque,apenas eu farei isto,e quando fizer,vou te deixar com vontade de fazer mais...-Sorrimos,seus olhinhos fechavam ao sorrir-Tambem quero marcar sua pele macia como um veludo...-Acrescentei próximo ao seu ouvido,em seguida,mordi seu lóbulo.

Larissa:Estamos quites então,pertencemos um ao outro agora...-Segurou meu rosto,sua boca estava próxima da minha e seu hálito de bebida forte era droga em minhas narinas-Não penso em perde-lo para qualquer uma e isso não vai acontecer...-Nos separamos,a mesma já estava bastante bêbada,mas eu não ficava atrás,porém preciso dirigir.Paguei ao barman,peguei Larissa pelo braço e saímos do local,as coisas estavam ficando sérias,todos estavam a usar droga,e isso é algo que não suporto.

Eu:Onde fica sua casa,linda?-Perguntei já próximo ao meu carro,passamos tantas horas conversando e bebendo que já era noite.

Larissa:Não quero ir para casa...-Respondeu manhosa,sua voz embargada era fofa-Me leva para qualquer lugar...-Sentei a mesma no carro da frente e coloquei o sinto,rodeei o carro e entrei também-Vc está bêbado! Como vai dirigir assim? Olha,se vc me matar eu te mato!-Sorri assentindo para a mesma,parecia um ninja com os olhos apertados.

Eu:Vou te levar para minha casa,depois vc vai para a sua...-Sua cabeça deitou no meu ombro e eu liguei o carro.

Nunca levei alguém em minha casa,fora SoJin que mora comigo,mas nenhuma outra mulher teve o luxo de entrar em minha mansão.Pra tudo há uma primeira vez,ela não é qualquer mulher mesmo.

Larissa:Vc é forte Joonie!-Falou quando a peguei no colo assim que estacionei,beijou meu pescoço várias vezes,pedi para a mesma parar mas foi em vão-Estou cansada...-Disse quando entrei com a mesma em casa.

Eu:Line,deixe um jantar pronto e muita água gelada na mesa,tudo bem?-Pedi a minha empregada particular,claro que o sexo também serve como pagamento,até mais do que imaginei.

Line:Quem é ela,senhor?-Perguntou tentando ver o rosto de Larissa.

Eu: Ninguém,agora faça o que mandei...-Respondi ríspido e subi a grande escadaria,a sorte é meu quarto ser o primeiro de todos-Vamos,garotinha! Precisa de um banho frio...-A coloquei na cama e procurei a maior blusa que tinha,achei uma cinza com desejo roxo-É...vai servir!-Minha favorita,mas o que posso fazer?

Larissa:Ninguém é digno de transar comigo,sou muito nova e meu signo é escorpião...-Apesar de termos bebido a mesma quantidade,ela não falou coisa com coisa,deve ser por causa do tamanho,a garota era tão minúscula-Ei! Essa blusa é minha!-Revirei os olhos e ri,tirei suas roupas de cima e deixei sua lingerie,seu corpo,suas curvas,aquelas coxas...

Eu:Okay,vc está mexendo com a minha cabeça...-A levantei e a deixei no banheiro,dormia em pé a pobre-Tome um banho frio,estarei aqui no quarto...-Assentiu.

Tive alívio ao deitar em minha cama confortável e ouvir o barulho do chuveiro,é difícil ser homem e tentar se controlar com um mulherão como ela.Fui ao banheiro que ficava fora do meu quarto e lavei ao menos o rosto,precisava ficar acordado para cuidar dela,ou faria alguma merda.Voltei para o quarto e deitei novamente,o barulho da porta me fez acordar e esperar a mulher sair de lá,seus cabelos estavam molhado e ela estava enrolada na minha enorme toalha,eu ri da cena.

Minha risada cessou quando vi a garota em cima de mim,era tão bonita naquele ângulo que esqueci do mundo por um tempo,ela tremia por conta do frio,mas não deixava de ser sexy.Seus lábios avermelhados e entre abertos me chamaram mais atenção,que vontade de beija-la até ficar sem os lábios.Aproximou devagar,sua intimidade batia na minha com descrição,mas aquilo era o de menos por incrível que pareça,seus lábios eram o meu ponto.

Eu:Lisa?-A chamei logo a mesma bater sua cabeça no meu peito,ela havia dormido concerteza-Vc queria me beijar,né danada?-Inverti nossas posições,neguei e enrolei uma toalha em sua cabeça para que os cabelos não a deixasse com mais dores de cabeça.

Vesti minha blusa na mesma e depois tirei a toalha,apesar de amar mulheres e seus corpos,também tenho respeito e caráter.Liguei o ar condicionado para esquentar a garota,a cobri e fui tomar meu banho dessa vez,merecia bater uma já que quem poderia me aliviar estava no sono da morte.

Aí me pergunto:Que horas ela vai acordar?


Notas Finais


Até o próximo ❤😍❤😍❤😍❤😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...